A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

E. Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: PIA- POPULAÇÃO EM IDADE ATIVA: É A PARCELA DA POPULAÇÃO QUE SE CONSIDERA COM IDADE PARA TRABALHAR. PEA-

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "E. Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: PIA- POPULAÇÃO EM IDADE ATIVA: É A PARCELA DA POPULAÇÃO QUE SE CONSIDERA COM IDADE PARA TRABALHAR. PEA-"— Transcrição da apresentação:

1 e

2

3 Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: PIA- POPULAÇÃO EM IDADE ATIVA: É A PARCELA DA POPULAÇÃO QUE SE CONSIDERA COM IDADE PARA TRABALHAR. PEA- POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA: É A PARCELA DA PIA REALIZANDO ATIVIDADE CONSIDERADA PRODUTIVA MAIS AS PESSOAS DESOCUPADAS QUE PROCURARAM EMPREGO NUM PERÍODO DE REFERÊNCIA. PINA – Não Ativa PNEA – Não Economicamente Ativa

4 Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: PEA – População Economicamente Ativa de 10 a 65 anos e classificados como ocupados e desocupados. Força de Trabalho PIA – População em Idade Ativa (10 anos de idade – IBGE 2003) Desocupado – pertence a PEA e está procurando trabalho Ocupadas - As pessoas ocupadas são classificadas em: Empregados – formal, informal, militar e clérigos; Conta própria – dentistas, diaristas, camelôs; Empregadores – Patrões; Não-remunerados – donas de casa, voluntários, aprendiz e estagiários.

5 PINA PIA PEA Ocupados PNEA Desocupados Total da População Nunca TrabalharamJá Trabalharam Tempo IntegralTempo Parcial Conceitos Básicos de Economia do Trabalho:

6 Em 2007, segundo os dados da PNAD, havia, no Brasil, 159 milhões de pessoas em idade ativa, ou seja, com 10 anos ou mais de idade.

7 Fonte IBGE Total Divisão da população no Brasil, quanto ao trabalho 190

8 João Alves – 09 anos – pré-escolar D. Rosa – 40 anos – do lar Miguel – 22 anos – Estudante de Direito Andréia Pereira – 28 anos - Concurseira D. Maria da Silva – 61 anos – Diarista Sr. Gustavo – 66 anos - aposentado Exemplos: PIAPEAPINAPNEA Desocu pados Ocupa dos

9 TAXA DE DESEMPREGO O IBGE define uma pessoa como desempregado nos seguintes termos : "considera-se desempregada toda pessoa de 16 ou mais anos que, durante a semana de referência, isto é, a semana em que se fez a pesquisa, esteve procurando trabalho, isto é, que tomou medidas para procurar trabalho ou que procurou estabelecer-se durante a semana precedente". A porcentagem de pessoas desocupadas em relação ao total da população ativa (os ocupados e os desempregados) é conhecida como taxa de desemprego. TAXA DE = DESEMPREGADOS X 100 DESEMPREGO POPULAÇÃO ECONOMICAMENTE ATIVA Conceitos Básicos de Economia do Trabalho:

10 Conclusões: A população em idade ativa vem diminuindo o seu ritmo de crescimento, da mesma forma que a PEA. Hoje existem mais pessoas ocupadas porém o seu ritmo de crescimento é o mesmo da PIA e da PEA. As mulheres estão ocupando mais espaços no mercado de trabalho em detrimento da ocupação dos homens. O nível de desemprego é maior entre as mulheres. A redução na quantidade de pessoas desocupadas é maior entre os homens. Evolução da Economia do Trabalho no Brasil Dados para as regiões metropolitanas - PME Fonte IBGE

11 Aumento no número de pessoas com mais de 50 anos 27,4% da PIA Aumento na participação no mercado de trabalho de pessoas com mais de 50 anos – Em 2007 eram 19,1%; em 2008, 19,9%. As mulheres recebem 71% do salário médio dos homens Os negros tiveram um aumento de 17,7% em seus salários, contra 12,2% dos brancos. Entretanto, os negro ganham 50,8% do que os brancos recebem. Esta relação era de 48,5% em Trabalhador doméstico ganha 21,1% a mais do que em 2003 Principais destaques da evolução do mercado de trabalho nas regiões metropolitanas Fonte IBGE

12 Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: DESEMPREGO SAZONAL: O desemprego sazonal é causado por variações na demanda de trabalho em diferentes momentos do ano. Ex: Natal, colheita, piracema, etc. DESEMPREGO CÍCLICO ou CONJUNTURAL O desemprego cíclico está ligado às alterações do ritmo da atividade econômica, durante as flutuações da economia. O desemprego tem um forte componente cíclico; durante as recessões a taxa de desemprego aumenta, e nas fases de recuperação e expansão ela diminui. Quanto mais elevada a taxa de crescimento da população, maior é a redução. O desempregado para o IBGE é: Aquele que procurou emprego nos últimos 30 dias. Se procurou emprego há mais de 30 dias, não é considerado na taxa de desemprego.

13 DESEMPREGO FRICCIONAL É motivado pela mudança de emprego ou atividade dos indivíduos. É o tipo de desemprego de menor significação econômica. Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: DESEMPREGO ESTRUTURAL ou TECNOLÓGICO Os desempregados estruturais são aqueles trabalhadores que, por razões de qualificação, não correspondem às necessidades reveladas pela demanda. A origem desse tipo de desemprego é encontrada nas invasões tecnológicas que fazem com que, dados as novas condições de produção, a capacitação de certos trabalhadores não sejam as desejadas. O desemprego estrutural também pode originar-se pelo deslocamento de uma indústria de uma zona geográfica. O trabalhador que está desempregado por razões estruturais diferentemente do que ocorre com o desemprego friccional - não pode ser considerado como se estivesse numa situação transitória entre dois empregos, de fato, só há duas opções: enfrentar um prolongado período de desemprego ou trocar drasticamente de ocupação.

14 População Não Economicamente Ativa – Inativos São os chamados "marginalmente ligados à PEA". Já trabalharam ou procuraram emprego há um ano. Ou seja: já fizeram parte da PEA, também gostariam ou estariam disponíveis para trabalhar. Entretanto, não foram contabilizados como desempregados porque não procuraram emprego nos 30 dias anteriores à pesquisa. Por outro lado, não entraram como ocupados porque não trabalharam nos sete dias anteriores à pesquisa. Se o indivíduo trabalhou pela última vez há oito dias e não procurou emprego há 30 dias, ele entra nesse grupo e é considerado fora do mercado de trabalho. Conceitos Básicos de Economia do Trabalho:

15 Diferenças compensatórias de salários: Refere-se a compensação monetária pelo tipo ou local de trabalho (Ex: trabalhar na fronteira, na Amazônia, etc.)


Carregar ppt "E. Conceitos Básicos de Economia do Trabalho: PIA- POPULAÇÃO EM IDADE ATIVA: É A PARCELA DA POPULAÇÃO QUE SE CONSIDERA COM IDADE PARA TRABALHAR. PEA-"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google