A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Digestão Humana. Digestão: transforma macromoléculas não absorvíveis em pequenas moléculas Absorvíveis e solúveis para que possam ser transportadas pelo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Digestão Humana. Digestão: transforma macromoléculas não absorvíveis em pequenas moléculas Absorvíveis e solúveis para que possam ser transportadas pelo."— Transcrição da apresentação:

1 Digestão Humana

2 Digestão: transforma macromoléculas não absorvíveis em pequenas moléculas Absorvíveis e solúveis para que possam ser transportadas pelo sangue. Produtos da digestão Amido Glicogênio Gorduras DNA e RNA Proteínas Glicose Ác. Graxos/glicerol Nucleotídeos Aminoácidos Água, vitaminas e sais minerais Não necessitam digestão

3 METABOLISMO ENERGÉTICO

4 Características Duas regiões: Hidrofílica (Polar) e Hidrofóbica (Apolar) Relativamente insolúveis em água Solúveis em solventes orgânicos Bicamadas: Membrana Plasmática Cabeça Polar Cauda Apolar Grupo Fosfato Glicerol Molécula Fosfolipídio Patologias (doenças) Doenças Cardiovasculares Obesidade Patológica Funções Reserva energética Estrutura de membranas Impermeabilizante Hormonal Controle da temperatura corporal Lipídeos

5 Tipos Simples: ácidos graxos + álcool (glicerol) Principais: a)Glicerídeos: São os óleos e gorduras Tem função energética b) Cerídeos: São as ceras Tem função impermeabilizante c) Esterídeos: São os hormônios esteróides (sexuais) Ex: estrógeno, testosterona e progesterona Lipídeos

6 Características Principal fonte de energia celular Importantes constituintes estruturais Sinais de reconhecimento: Função informacional Patologia Diabetes Mellitus Obesidade Patológica Carboidratos

7 Monossacarídeos Pentoses Ribose (RNA) – C 5 H 10 O 5 Desoxirribose (DNA) – C 5 H 10 O 4 Hexoses Glicose – C 6 H 12 O 6 Frutose – C 6 H 12 O 6 Galactose – C 6 H 12 O 6 Fórmula geral: C N (H 2 O) N

8 Pentoses Fórmula geral: C 5 (H 2 O) 5

9 Hexoses fórmula geral: C 6 (H 2 O) 6

10 Oligossacarídeos Açúcares formados pela união de dois até dez monossacarídeos

11 Dissacarídeos Oligossacarídeos mais comuns

12 Polissacarídeos Polissacarídeos são macromoléculas formadas pela união de vários monossacarídeos. Ao contrário da glicose, os polissacarídeos dela derivados não possuem sabor doce, nem são solúveis em água.

13 Polissacarídeos mais comuns Amido Glicogênio Celulose Quitina Heparina

14 Amido Polímero de glicose (+ de 1400 moléculas de glicose). Produzido nas folhas através da fotossíntese. Armazenado em frutos, sementes, caules e raízes. Constitui de 50% a 65% do peso das sementes de cereais secos, e até 80% da substância seca dos tubérculos. Reserva energética vegetal. Detectado pelo corante à base de iodo denominado Lugol.

15 Amido

16 Glicogênio - Formado por cerca de moléculas de glicose. - Polissacarídeo de reserva energética animal e de fungos. - Em animais é encontrado principalmente no fígado e nos músculos.

17 Glicogênio Hepático A função do glicogênio hepático é a manutenção da glicemia entre as refeições, ou seja, é uma reserva de glicose que pode ser exportada para outros órgãos (como o cérebro, cuja energia é exclusivamente derivada da glicose,) quando necessário.

18 Celulose - Formada por moléculas de glicose - Reforço esquelético de vegetais - Digerida por Metazoários que apresentam microrganismos no trato digestório. - Não é digerida pelo organismo humano. - Constitui as fibras vegetais de nossa dieta.

19 Quitina Polissacarídeo que apresenta nitrogênio em sua composição. É encontrado no exoesqueleto de artrópodes, nas cerdas dos anelídeos poliquetas, na rádula de certos moluscos e parede celular de fungos.

20 Definição: polímeros de aminoácidos (aa) unidos por ligações peptídicas. Proteínas

21 Ligação entre os aminoácidos Os aminoácidos ligam-se uns aos outros, formando moléculas que chamamos de peptídeos. A ligação entre dois aminoácidos é ligação peptídica. Dois aminoácidos unidos por uma ligação peptídica formam um dipeptídeo. Mais de dois aminoácidos formam um polipeptídeo. Ligação peptídica Componentes das proteínas

22 Fatores que interferem na atividade enzimática Variação de PH Ácido Neutro Básico

23 Fatores que interferem na atividade enzimática EstômagoBocaIntestino ÁcidoNeutroBásico PepsinaPtialinaTripsina Digere Proteínas Digere Amido Digere Proteínas

24 Atividade enzimática Variação de PH Ph ideal para a Ptialina Fatores que interferem na atividade enzimática

25 Atividade enzimática Variação de PH Ph ideal para a Pepsina

26 Fatores que interferem na atividade enzimática Atividade enzimática Variação de PH Ph ideal para a Tripsina

27 Constituintes: Nucleotídeos: formados por três diferentes tipos de moléculas: um açúcar (pentose): desoxirribose no DNA e ribose no RNA. um grupo fosfato. uma base nitrogenada. Nucleotídeo de DNA Nucleotídeo de RNA OBS.: A molécula sem o grupo fosfato é chamada nucleosídeo. Unidade básica do ác. nucleico

28 Consiste de duas cadeias (fitas) helicoidais polinucleotídicas, enroladas ao longo de um mesmo eixo, formando uma dupla hélice de sentido rotacional à direita: dextrógera. Na dupla hélice as duas fitas de DNA são complementares (A = T e G = C) e apresentam polaridades opostas: antiparalelas:. Estrutura do DNA


Carregar ppt "Digestão Humana. Digestão: transforma macromoléculas não absorvíveis em pequenas moléculas Absorvíveis e solúveis para que possam ser transportadas pelo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google