A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perspectivas atuais do Trabalho Pedagógico OTP 7.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perspectivas atuais do Trabalho Pedagógico OTP 7."— Transcrição da apresentação:

1 Perspectivas atuais do Trabalho Pedagógico OTP 7

2 Elementos para a construção de um pensamento escolar 1.Crises e alternativas para a realidade contemporânea 2.A educação permanente do ser humano; 3.O Desafio tecnológico e o meio ambiente; 4.Os paradigmas holonômicos 5.Uma escola única (de significado para todos) e popular (com um conteúdo aplicados aos desafios modernos)ç

3 Crises e Desafios do trabalho pedagógico -A escola tradicional: criticada no Renascimento ainda está presente no imaginário da cultura ocidental; -A escola nova: trouxe inúmeras conquistas para as ciências da educação e as metodologias de ensino, buscando atender novas expectativas. AS DUAS: ENTENDEM A EDUCAÇÃO COMO PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO PESSOAL E INDIVIDUAL.

4 CARACTERÍSTICAS DA NOVA EDUCAÇÃO: Deslocamento da formação puramente individual do homem para o social. Nova função social da escola: educação popular. Educação popular: caráter democrático, popular e socialista que busca atender as exigências do próprio desenvolvimento da sociedade. - Enquanto a educação tradicional está baseada na reprodução de valores e a cultura da sociedade, a educação se organiza de outra forma, ou seja, aceitando as diferenças próprias da sociedade contemporânea.

5 -A Nova educação: está organizada a partir da constatação da disfuncionalidade da escola tradicional na contemporâneidade. -Nove sintomas podem ser apontados nesta escola tradicional: a.A escola ligada ao passado; b.A incapacidade da escola oferecer a instrução como parte do conhecimento; c.A promoção de estudos de maneira puramente mecânica; d.O autoritarismo escolar;

6 e. A negação das relações interpessoais; f. A despreocupação com o conhecimento da realidade; g. A incapacidade de poder preparar o indivíduo para poder viver e atuar no mundo atual; h. As dificuldades em relacionar educação e política g. A incapacidade de reciclar os professores que acabam ‘neuróticos’ pelos conteúdos e não priorizam as relações que os conteúdos promovem.

7 -PROPOSTA: A escola Viva: que articularia em seu projeto pedagógico e em suas ações particulares a concretude da vida, a formação política, social, ativa, científica e socialista; -Pontos a serem trabalhados nesta escola: a.O desenvolvimento pessoal e social; b.A escola que compense as desigualdades ligadas a existência do meio social; c.Uma escola que se vincule à vida e às necessidades vitais da criança;

8 d. A escola que sirva à integração social e à cooperação entre os indivíduos; e. Desenvolvimento das possibilidade e os interesses comuns de cada um; f. Utilize os recursos disponíveis da sociedade para aprendizagem e o desenvolvimento dos alunos; g. Deixe de reproduzir o status quo da realidade e ajude-o a transformá-la.

9 Educação permanente do ser humano -UNESCO: 1968 – “Educação Permanente” -Orientação pelo princípio de que o homem se educa a vida inteira. Nós nos tornamos sujeitos sociais durante toda a avida e não apenas durante os anos de frequ~encia escolar. -Este conceito deveria orientar as políticas educacionais dos países membros (incluindo o Brasil)

10 - Para alcançar o que foi proposto pela UNESCO, o planejamento educacional dos países deve ser pensado a partir de um integração econômica, social e política que supere as dificuldades regionais e promova uma educação que busque a igualdade de recursos para todos. - Este processo, por mais que não tenha conseguido a sua totalidade, ainda foi um avanço principalmente para os países que buscam a vivência democrática em seus grupos.

11 Desafio tecnológico e a Ecologia -Novas linguagens aplicadas a educação: passagem da escrita e da oralidade para outros elementos midiáticos (radio, televisão, internet); -A escola: se utiliza dos meios tradicionais como único elemento válido de conhecimento. -A mudança do método é fundamental: a função da escola deve ser em ensinar a pensar, dominar a linguagem e ensinar a pensar criticamente. (não a decorar ou memorizar os conteúdos)

12 -Outro elemento: o meio em que o homem vive. -Um dos elementos marcantes da vida do homem é o seu meio e a sua capacidade de transformá-lo conforme suas necessidades. -Desta forma, a educação deve promover no homem a interrelação entre corpo, mente e equilíbrio. -O organismo aprende por estímulos internos e externos gerando sintomas físicos, emocionais e mentais. -Estes elementos devem ser considerados em uma discussão que recoloque o ser humano como centro de interesse do conhecimento.

13 Paradigmas holônicos -holônico: holos = todo -Paradigmas: modelos -Na verdade é a busca por novos modelos que sirvam para orientar os rumos e relacionamentos da sociedade humana, e na qual a educação tem grande contribuição para isto. -A escola tradicional possui um modelo de sociedade e de ordem comum sem levar em consideração as diferenças individuais dos homens.

14 -A nova escola: novos modelos a partir da diferença individual e a sua relação com o todo. -Estas diferenças: cotidiano, individualidade, decisões, projetos, singularidades, criatividade, complementaridade, divergências são exemplos de paradigmas holônicos. -A ideia de paradigmas holônicos casa com o discurso do multiculturalismo no interior da escola.

15 Escola Única e Popular -Países em desenvolvimento: a luta por uma escola pública passa a ser um instrumento de luta e de emancipação, associando a luta social com a luta pedagógica; -A escola única = uma educação para todos. Busca de uma escola de participação democrática e de vivência conjunta. -A ideia de uma escola presente, crítica e participativa, autônoma, plural em ideias e não em consumo de ideias.

16 -A escola única, popular e ‘oniforme´ (por inteira) : desenvolvimento de todas as potencialidades humanas para que todos possam organizar sua presença no mundo. -Escola = grego (scholé): lazer, ou aquele em que o lazer é empregado. -Georges Snyders: alegria de construir o saber elaborado. -Novas correntes e tendências de pensamentos devem ser utilizadas para a organização do trabalho neste espaço de realização social de todos os sujeitos.

17 Enfim, -A perspectiva atual traz novas questões de ordem políticas, metodológicas e epistemológicas -As tendências limitam o trabalho escolar situando os fenômenos acontecidos na escola como parte da aprendizagem; -Nova concepção: Buscar a síntese de uma educação que utilize as teorias como forma de organizar um novo espaço de pensamento e novas possibilidades de atuação do professor frente as realidades que se apresentam no ambiente escolar.


Carregar ppt "Perspectivas atuais do Trabalho Pedagógico OTP 7."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google