A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal da Paraíba Laboratório de Mecânica Computacional LABMEC Laboratório de Mecânica Pulmonar LAMEP José Felício da Silva Coordenador

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal da Paraíba Laboratório de Mecânica Computacional LABMEC Laboratório de Mecânica Pulmonar LAMEP José Felício da Silva Coordenador"— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal da Paraíba Laboratório de Mecânica Computacional LABMEC Laboratório de Mecânica Pulmonar LAMEP José Felício da Silva Coordenador Fones (0xx83) ;

2 PARTE 1

3 Eng. Biomédica x Eng. Clinica Existe Diferença?

4 Engenharia Biomédica Whitaker Foundation Biomedical engineering is a discipline that advances knowledge in engineering, biology and medicine, and improves human health through cross-disciplinary activities that integrate the engineering sciences with the biomedical sciences and clinical practice. It includes: 1. The acquisition of new knowledge and understanding of living systems through the innovative and substantive application of experimental and analytical techniques based on the engineering sciences. 2. The development of new devices, algorithms, processes and systems that advance biology and medicine and improve medical practice and health care delivery. As used by the foundation, the term "biomedical engineering research" is thus defined in a broad sense: It includes not only the relevant applications of engineering to medicine but also to the basic life sciences.

5 Engenharia Biomédica Biomedical Engineering Society A Biomedical Engineer uses traditional engineering expertise to analyze and solve problems in biology and medicine, Students choose the biomedical engineering field to be of service to people, to partake of the excitement of working with living systems, and to apply advanced technology to the complex problems of medical care. The biomedical engineer works with other health care professionals including physicians, nurses, therapists and technicians. Biomedical engineers may be called upon in a wide range of capacities: to design instruments, devices, and software, to bring together knowledge from many technical sources to develop new procedures, or to conduct research needed to solve clinical problems.

6 Engenharia Biomédica Biomedical Engineering Society In this field there is continual change and creation of new areas due to rapid advancement in technology; some of the well established specialty areas within the field of biomedical engineering are: bioinstrumentation; biomaterials; biomechanics; cellular, tissue and genetic engineering; clinical engineering; medical imaging; orthopaedic surgery; rehabilitation engineering; and systems physiology.

7 Engenharia Clinica IEB SC A Engenharia Clínica estuda e implementa métodos para gerenciamento, controle e manutenção de equipamentos médico- assistenciais, visando sua melhor utilização e a segurança para funcionários e pacientes

8 Engenharia Clinica UNICAMP Engenharia Clínica, visa basicamente um melhor entendimento do princípio de funcionamento de equipamentos médico- hospitalares, o seu gerenciamento, a melhoria dos serviços prestados à área de saúde e a redução dos gastos relativos ao parque de equipamentos utilizados na unidade hospitalar.

9 Engenharia Clinica Serving initially as the healthcare provider's equipment manager, today's clinical engineer has become the technology officer and strategist helping health providers and industry alike plan for the manufacture or acquisition of technology, then ensuring its safe continued efficient utilization through a well-planned program of user training, maintenance and quality assurance.

10 Engenharia Clinica Biomedical Engineering Society Clinical Engineering is the application of technology to health care in hospitals. The clinical engineer is a member of the health care team along with physicians, nurses and other hospital staff. Clinical engineers are responsible for developing and maintaining computer databases of medical instrumentation and equipment records and for the purchase and use of sophisticated medical instruments. They may also work with physicians to adapt instrumentation to the specific needs of the physician and the hospital. This often involves the interface of instruments with computer systems and customized software for instrument control and data acquisition and analysis. Clinical engineers are involved with the application of the latest technology to health care.

11 Que tipo de profissional pode obter a formação? Em Eng. Biomédica Em Eng. Clinica

12 Qual a posição do CONFEA/CREA ? Eng. Biomédico – Não reconhece Eng. Clinico – Ref. SESSÃO Plenária Ordinária nº – DECISÃO Nº PL-1804/98. – PROCESSO Nº CF-0445/98. – EMENTA Competência Profissional para portadores de certificados de pós-graduação em Engenharia Clínica.Existe um documento reconhecendo a formação do especialista

13 Qual a posição do CONFEA/CREA ? Resolução nº 218/73, bem como o contido nas Resoluções nº 262/79 e 278/83 e Decreto nº /85, DECIDIU esclarecer aos CREAs o seguinte: O projeto e a execução dos equipamentos eletro-eletrônicos e/ou eletromecânicos, odonto-médico hospitalares são de competência profissional dos engenheiros mecânicos, eletricistas e eletrônicos circunscritos, exclusivamente, no âmbito de sua formação profissional; Os profissionais portadores de certificados de cursos de pós- graduação, (especialização, mestrado ou doutorado), em Engenharia Clínica ou outra denominação correspondente, pertinentes às graduações acima citadas, expedidos por Instituições de Ensino Superior, devidamente reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura, poderão requerer e anotar as respectivas atribuições; Os CREAs, quando solicitados, deverão proceder as devidas anotações nas Carteiras Profissionais, com observância do contido no artigo 25 da Resolução nº 218/73, do CONFEA;

14 Onde obter a formação ? Eng. Biomédica Graduação UFPE UNIVAP Pós Graduação COPPE/UFRJ Áreas de concentração – UNICAMP, UFSC, USP etc Eng. Clinica – Cursos de Especialização UNICAMP IEB SC CATOLICA DE BA UFRS

15 PARTE 2

16 Laboratório de Mecânica Computacional - LABMEC Laboratório de Mecânica Pulmonar - LAMEP LABMEC – CT/UFPB LAMEP – NETEB/UFPB Grupo de Pesquisa - CNPQ – Mecânica Computacional e Avaliação de Tecnologia na área da Saúde

17 Estudo de Técnicas para Analise da Função Pulmonar – Técnicas TOF Oclusão Apneia

18 Estudo de Técnicas para Analise da Função Pulmonar – Desenvolvimento de equipamentos Instrumentação Processamento de sinais Sensores

19 Técnica de Oscilações Forçadas

20

21 Aplicações Medicina Ocupacional Diagnostico em crianças Diagnostico em Adultos Doentes sob ventilação mecânica

22 Avaliação de Tecnologia em Saúde Incubadoras Neonatais Ventiladores Unidades Eletrocirurgicas Esfigmomanometros Aparelho de Anestesia Segurança e qualidade

23 Avaliação de Tecnologia em Saúde Bancadas de Testes e Calibração Analise de equipamentos de testes Desenvolvimento de sistemas de testes e calibração Implantação de SEC em EAS Protocolos de testes e calibração METROLOGIA aplicada a Saúde

24 Software Médico e Sistema de Informação SI para centros de Hemodiálise Sistema de Gerenciamento de Parque Tecnológicos de EAS Sistema para avaliação de Software Médico

25 Automação e Controle Automação de mesa X-Y com aplicações em Maquina ferramenta – Controle posição – Determinação de incertezas – Influencia da temperatura no processo

26 Automação e Controle Automação de sistema de irrigação – Estudo de sensores – Estudo de técnicas de acordo com as condições ambientais – Estudo de técnicas de acordo com o tipo de cultura

27 Automação e Controle Equipamentos médico hospitalar – UEC – Incubadoras – Aparelho de anestesia – Ventiladores pulmonares

28 Projetos conjunto PROCAD RETECH – CEFET BA Nomenclatura – ANVISA/CEFETBA

29 Equipe Professores / Pesquisadores – José Felício da Silva - UFPB – João Bosco Aquino - UFPB – José Homero Feitosa – UFPB – Raimundo C. S. Freire – UFCG – Mara Clécia Cornialli – CEFETBA – Handerson Dourado – CEFETBA

30 Equipe Discentes 5 Doutorado 10 Mestrado 3 IC Alunos do PROCAD

31 Sites na área

32

33


Carregar ppt "Universidade Federal da Paraíba Laboratório de Mecânica Computacional LABMEC Laboratório de Mecânica Pulmonar LAMEP José Felício da Silva Coordenador"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google