A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Solos CETESB – Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Parâmetros legais a serem estabelecidos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Solos CETESB – Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Parâmetros legais a serem estabelecidos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Solos CETESB – Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Parâmetros legais a serem estabelecidos

3 SSLs - USEPA

4 Ar CETESB, CONAMA 03/90, Dec. Est. 8468/76

5 Qualid ade Índice MP 10 (µg/m 3 ) O 3 (µg/m 3 ) CO (ppm) NO 2 (µg/m 3 ) SO 2 (µg/m 3 ) Boa , Regular , Inadeq uada Má Péssima>299>420>800>30>2260>1600 ParâmetrosAtençãoAlertaEmergência partículas totais em suspensão (µg/m 3 ) - 24h partículas inaláveis (µg/m 3 ) - 24h fumaça (µg/m 3 ) - 24h dióxido de enxofre (µg/m 3 ) - 24h SO 2 X PTS (µg/m 3 )(µg/m 3 ) - 24h dióxido de nitrogênio (µg/m 3 ) - 1h monóxido de carbono (ppm) - 8h ozônio (µg/m 3 ) – 1h 400* * O nível de atenção é declarado pela CETESB com base na Legislação Estadual que é mais restritiva (200 µg/m 3 ). Padrões de Qualidade do Ar

6 Água Portaria 518/04 resol. CONAMA 357/05 Critérios de Potabilidade Responsabilidades dos distribuidores/concessionários Classes dos Corpos d´água Novas abordagens CETESB – Qualidade das águas interiores/índices

7 IAP - Índice de qualidade de água bruta para fins de abastecimento público CategoriaPonderação Ótima 79 < IQA 100 Boa 51 < IQA 79 Regular 36 < IQA 51 Ruim 19 < IQA 36 Péssima IQA 19 IAP = IQA x ISTO IQA – grupo de variáveis básicas (Temperatura da Água, pH, Oxigênio Dissolvido, Demanda Bioquímica de Oxigênio, Coliformes Termotolerantes, Nitrogênio Total, Fósforo Total, Resíduo Total e Turbidez); ISTO a) Variáveis que indicam a presença de substâncias tóxicas (Teste de Ames - Genotoxicidade, Potencial de Formação de Trihalometanos - PFTHM, Número de Células de Cianobactérias, Cádmio, Chumbo, Cromo Total, Mercúrio e Níquel); b) Grupo de variáveis que afetam a qualidade organoléptica (Ferro, Manganês, Alumínio, Cobre e Zinco).

8 Metodologia do cálculo do IVA - Índice de qualidade de água para proteção da vida aquática O IVA deverá ser calculado a partir do IPMCA e do IET, segundo a expressão: IVA = (IPMCA x 1,2) + IET CategoriaPonderação Qualidade Ótima IVA 2,5 Qualidade Boa 2,6 IVA 3,3 Qualidade Regular 3,4 IVA 4,5 Qualidade Ruim 4,6 IVA 6,7 Qualidade PéssimaIVA > 6,8 IVA - Índice de qualidade de água para a proteção da vida aquática

9 UGRHI 12 – Baixo Pardo/Grande

10 Certificações e Sistemas de Gestão da Qualidade ISO – Série de Normas 9 Subcomitês – Definições, Ciclo de vida à Mudanças Climáticas Certificados Verdes - Selos Produtos certificados (madeira, plástico, químicos, cerâmicas, etc...)

11

12 Padrões de Referência – características do ambiente (físicos, sociais e biológicos) Poluentes (metais, orgânicos, VOC, SVOC, agentes biológicos, pesticidas, agrotóxicos, calor, ruído, radiação) Ambiente Natural

13


Carregar ppt "Solos CETESB – Manual de Gerenciamento de Áreas Contaminadas Parâmetros legais a serem estabelecidos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google