A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modernismo - 1922 PRONOMINAIS PRONOMINAIS Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modernismo - 1922 PRONOMINAIS PRONOMINAIS Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco da."— Transcrição da apresentação:

1 Modernismo PRONOMINAIS PRONOMINAIS Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco da Nação Brasileira Dizem todos os dias Deixa disso camarada Me dá um cigarro Marcado pela SAM, representa o rompimento com a arte e a literartura de cunho tradicional, ou seja, a negação do que era VELHO em nome de tudo que fosse NOVO. Pasárgada Pasárgada E quando eu estiver mais triste Mas triste de não ter jeito Quando de noite me der Vontade de me matar Lá sou amigo do rei Terei a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada. E quando eu estiver mais triste Mas triste de não ter jeito Quando de noite me der Vontade de me matar Lá sou amigo do rei Terei a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada.

2 Modernismo de 1922 Macunaíma Dizem que um professor naturalmente alemão andou falando por aí por causa da perna só da Ursa Maior que ela é o saci... Não é não! Saci inda pára neste mundo espalhando fogueira e traçando crina de bagual... A Ursa Maior é Macunaíma. É mesmo o herói capenga que de tanto penar na terra sem saúde e com muita saúva, se aborreceu de tudo, foi-se embora e banza solitário no campo vasto do céu. Dizem que um professor naturalmente alemão andou falando por aí por causa da perna só da Ursa Maior que ela é o saci... Não é não! Saci inda pára neste mundo espalhando fogueira e traçando crina de bagual... A Ursa Maior é Macunaíma. É mesmo o herói capenga que de tanto penar na terra sem saúde e com muita saúva, se aborreceu de tudo, foi-se embora e banza solitário no campo vasto do céu.

3 Modernismo Denúncia dos problemas sociais Denúncia dos problemas sociais Seca, miséria, fome, êxodo etc. Seca, miséria, fome, êxodo etc. Relações injustas de trabalho Relações injustas de trabalho Misticismo e religiosidade Misticismo e religiosidade Decadência dos engenhos Decadência dos engenhos Cangaço Cangaço Coronelismo Coronelismo Linguagem coloquial Linguagem coloquial Visão de mundo infantil (memorialismo) Visão de mundo infantil (memorialismo) Tradição oral (cultura popular) Tradição oral (cultura popular) Mundo rural x mundo urbano Mundo rural x mundo urbano Tipos: beato, jagunço, cangaceiro etc. Tipos: beato, jagunço, cangaceiro etc. Feminismo x Patriarcalismo (R. Queiroz) Feminismo x Patriarcalismo (R. Queiroz) Metalinguagem Metalinguagem Historicismo e heroismo (Erico verissimo) Historicismo e heroismo (Erico verissimo) Neo-realismo Neo-realismo Neo-naturalismo Neo-naturalismo Segunda fase do Modernismo, voltada para o romance de seca, o romance social nordestino.

4 Jorge Amado

5 Biografia Jorge Leal Amado de Faria nasceu em Itabuna, em 12 de agosto de Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas, existindo também exemplares em braille e em fitas gravadas para cegos. Seu primeiro romance O país do carnaval foi inexpressivo, mas o segundo foi aplaudido nacionalmente. Militante do Partido Comunista, foi preso e viveu exilado. Desenvolveu sua obra em duas linhas distintas: romances sociais (proletários e engajados) e romances de costumes (valorização da cultura brasileira e critica de costumes). É o autor mais adaptado da televisão brasileira, verdadeiros sucessos como Tieta do Agreste, Gabriela, Cravo e Canela e Teresa Batista cansada de guerra são criações suas, além de Dona Flor e seus dois maridos e Tenda dos Milagres. A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão, além de ter sido tema de escolas de samba por todo o Brasil. Jorge Amado só foi superado, em número de vendas, apenas por Paulo Coelho, mas no gênero romance ficcional, desde 1930, em quantidade e qualidade, não há paralelo no Brasil. Seus livros devem ser vistos de forma metonímica, pois normalmente a Bahia de Jorge Amado é o Brasil, tanto que alguns críticos o vêem como o mais baiano dos brasileiros e ao mesmo tempo o mais brasileiro do baianos. Em 1994 teve sua obra reconhecida ao receber o Prêmio Camões, o maior da língua portuguesa. Faleceu em 06 de agosto de Jorge Leal Amado de Faria nasceu em Itabuna, em 12 de agosto de Seus livros foram traduzidos em 55 países, em 49 idiomas, existindo também exemplares em braille e em fitas gravadas para cegos. Seu primeiro romance O país do carnaval foi inexpressivo, mas o segundo Cacau foi aplaudido nacionalmente. Militante do Partido Comunista, foi preso e viveu exilado. Desenvolveu sua obra em duas linhas distintas: romances sociais (proletários e engajados) e romances de costumes (valorização da cultura brasileira e critica de costumes). É o autor mais adaptado da televisão brasileira, verdadeiros sucessos como Tieta do Agreste, Gabriela, Cravo e Canela e Teresa Batista cansada de guerra são criações suas, além de Dona Flor e seus dois maridos e Tenda dos Milagres. A obra literária de Jorge Amado conheceu inúmeras adaptações para cinema, teatro e televisão, além de ter sido tema de escolas de samba por todo o Brasil. Jorge Amado só foi superado, em número de vendas, apenas por Paulo Coelho, mas no gênero romance ficcional, desde 1930, em quantidade e qualidade, não há paralelo no Brasil. Seus livros devem ser vistos de forma metonímica, pois normalmente a Bahia de Jorge Amado é o Brasil, tanto que alguns críticos o vêem como o mais baiano dos brasileiros e ao mesmo tempo o mais brasileiro do baianos. Em 1994 teve sua obra reconhecida ao receber o Prêmio Camões, o maior da língua portuguesa. Faleceu em 06 de agosto de 2001.brailletelevisão brasileiraTieta do AgresteGabriela, Cravo e Canela Teresa Batista cansada de guerraDona Flor e seus dois maridosTenda dos Milagrescinemateatrotelevisãoescolas de sambaPaulo Coelhoromance 1994Prêmio Camõesbrailletelevisão brasileiraTieta do AgresteGabriela, Cravo e Canela Teresa Batista cansada de guerraDona Flor e seus dois maridosTenda dos Milagrescinemateatrotelevisãoescolas de sambaPaulo Coelhoromance 1994Prêmio Camões

6 Cinema e Televisão

7 Inspiração

8 Características de Jorge Amado Preocupação social (atitude de denúncia) Preocupação social (atitude de denúncia) Luta pela posse de terra em Ilhéus Luta pela posse de terra em Ilhéus Perda da inocência (trabalho e prostituição) Perda da inocência (trabalho e prostituição) Engajamento político-partidário Engajamento político-partidário Sensualismo brasileiro cria o erotismo das personagens Sensualismo brasileiro cria o erotismo das personagens Descrição realista, mas lírica ( rixas e amores do mar) Descrição realista, mas lírica ( rixas e amores do mar) Discurso étnico (índio, branco, negro, árabe ) Discurso étnico (índio, branco, negro, árabe ) Misticismo (influência africana) Misticismo (influência africana) Traços culturais (comidas, danças etc.) Traços culturais (comidas, danças etc.)

9 Mais livros


Carregar ppt "Modernismo - 1922 PRONOMINAIS PRONOMINAIS Dê-me um cigarro Diz a gramática Do professor e do aluno E do mulato sabido Mas o bom negro e o bom branco da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google