A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE Ozires Silva Presidente Reitor UNIMONTE 26 Agosto 2013 O POVO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE Ozires Silva Presidente Reitor UNIMONTE 26 Agosto 2013 O POVO."— Transcrição da apresentação:

1 SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE Ozires Silva Presidente Reitor UNIMONTE 26 Agosto 2013 O POVO

2 NOSSA (MINHA) GERAÇÃO DO SÉCULO XIX AO SÉCULO XXI

3 OS HABITANTES DA TERRA NO FUTURO Dirão que fizemos parte da geração do desperdício! Entre outros exemplos, não terão compreenderão como gastamos todo o petróleo do Planeta, feito pela Natureza, durante bilhões de anos, simplesmente o queimando nas ruas de nossas cidades

4 SERÃO NECESSÁRIOS CINCO PLANETAS TERRA SERÃO NECESSÁRIOS CINCO PLANETAS TERRA Se todos os habitantes da China alcançarem o atual padrão médio dos americanos, asseguram os bióticos, precisaríamos da ordem de cinco planetas Terra!!! ( com todas as incorreções que se possa colocar em questão)

5 PODEMOS CONTINUAR DA MESMA FORMA DE HOJE? PODEMOS CONTINUAR DA MESMA FORMA DE HOJE? Claramente não será possível!!! As gerações de hoje estão num processo de consumo dos recursos naturais impossível de ser mantido para o futuro!!!

6 …E VIVEMOS NUM MUNDO DESAFIADOR Um mundo no qual o NOVO está vencendo! Tudo do passado está sendo mudado, com coragem e ousadia Um produto ou serviço inovador vence!!! Um produto ou serviço inovador vence!!!

7 SOCIEDADE MUNDIAL MOLDADA PELO CONHECIMENTO A COMPETÊNCIA SE GENERALIZA Jamais se trocou tantas informações Educação e Treinamento, novos formatos As transações comerciais e operações cruzam todas as fronteiras e atingem os países mais distantes! A COMPETIÇÃO ENTRE PAÍSES, NÃO SOMENTE ENTRE EMPRESAS!

8 UM MUNDO GLOBAL E DIGITALIZADO ! A globalização atinge todos os setores! A digitalização, com a Tecnologia da Informação, tem sido o mecanismo mais presente na globalização! Os sucessos e os conteúdos produzem ações inovadoras, que levam a produtos e serviços, agora mudiais!

9 UM CONTRASTE ??? BRASIL... DE $ ENVOLVIMENTO ECONÔMICO VS DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

10 COMO TORNAR A MUDANÇA POSSÍVEL? Via novas lideranças políticas e da sociedade transformando a Educação como uma real prioridade, certamente teremos um caminho!!! UMA REAÇÃO POSSÍVEL ESTÁ NA EDUCAÇÃO

11 OS EXEMPLOS RECENTES Manchetes do FINANCIAL TIMES (Londres): CORÉIA DO SUL Fanatismo pela Educação! CHINA Maior Revolução Educacional do Mundo Moderno!

12 O NOSSO BRASIL NÃO ESTÁ BEM EM EDUCAÇÃO 70% da população brasileira é analfabeta funcional Em 65 países os alunos do Brasil aparecem na 53ª colocação (PISA* 2012) Há muito o que fazer para tirar milhões de brasileiros da marginalidade educacional para que ganhem qualidade de vida Para esse trabalho a participação de todos é essencial!!! Para esse trabalho a participação de todos é essencial!!!

13 NOSSA EDUCAÇÃO PRECISA GANHAR UMA REAL PRIORIDADE Novas e agressivas políticas para a Educação, formando cidadãos de sucesso tributação Eliminar a tributação sobre os Estudantes estímulos Instituir estímulos para as doações encargos sociais Eliminar os encargos sociais quando as empresas educarem os colaboradores Aberturas legais para as empresas e pessoas físicas contribuirem para melhoria da Educação! Aberturas legais para as empresas e pessoas físicas contribuirem para melhoria da Educação!

14 O ACELERADO DESENVOLVIMENTO MUNDIAL

15 O VALOR AGREGADO DOS NOSSOS PRODUTOS Ozires Silva Commodities – Somente uns US$ 50 ¢/Kg Aviões e Eletrônicos – US$ 2,000.00/Kg Satélites – US$ 50,000.00/Kg Produtos de novas tecnologias: US$ …milhões/Kg O valor da Proteína da PELE NOVA CRESCENTES VALORES DE PRODUÇÃO POR UNIDADE DE PESO DE PRODUTO.

16 EXPRESSIVO APOIO DA FAB A nova e bem sucedida indústria aeronáutica brasileira, com a EMBRAER e suas subisidárias, nasceu com EXPRESSIVO APOIO DA FAB, e com base na Educação, criatividade, dedicação e crenças! É POSSÍVEL MODIFICAR O PRESENTE E CONSTRUIR NOVOS FUTUROS!!! A NOSSA INDÚSTRIA AERONÁUTICA

17 UMA EXPRESSIVA INICIATIVA DOS ITEANOS Uma visão de um sistema de transporte aéreo regional de 1965 O projeto de uma nova aeronave no CTA, que seria um avião de transporte turbo-hélice, para 16 passageiros, robusto para operar em aeroportos sem infra-estutura Nenhum fabricante mundial tinha pensado nisso! E, se pensaram, acharam inviável OPERAR um avião de transporte de pequeno porte!

18 Precisávamos projetar e construir uma Prova do Conceito da Aviação Regional Com pouca credibilidade e muitas dificuldades conseguiu-se chegar ao sonho do primeiro voo! Esta é a foto original na manhã de 22 de Outubro de 1968

19 ESFORÇOS DE UM GRANDE CEARENSE Coronel Casimiro Montenegro Filho sonhou e lutou e, ao final dos anos 1940, conseguiu que a FAB criasse o ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica A primeira escola a formar Engenheiros Aeronáuticos no Brasil

20 EM SEQUÊNCIA MONTENEGRO CRIA O CTA A idéia de criar, ao lado do ITA (uma escola) e um Centro de Pesquisas Aeronaúticas, começando pela Educação, teve êxito! Naquele Centro, constituiu um Departamento de Aeronaves, onde, anos mais tarde, lá nasceria aEMBRAER

21 A intenção era a criação diferentes aeronaves para o Serviço de Transporte Aéreo Regional, que, acreditávamos, logo entraria em operação em todo o mundo! O projeto tinha de ser internacional, pois a demanda interna não era suficiente para remunerar as variadas tecnologias necessárias a um produto tão complexo e diversificado como o avião! A LUTA PELA PRODUÇÃO

22 Muitas reuniões com empreendedores privados foram realizadas, todas sem êxito. Os empresários não acreditavam que seria possível lançar um tão ousado projeto impunha-se uma nova iniciativa, Mas, impunha-se uma nova iniciativa, e foi imaginada uma companhia com capital do Estado e do setor privado (PPP) O GOVERNO DA ÉPOCA NÃO ACEITOU A IDÉIA A BUSCA DE SOLUÇÕES

23 EMB 110 BANDEIRANTE Primeiro avião de Transporte Aéreo Regional, desenvolvido a partir do protótipo do CTA Lançamento da produção garantida por uma encomenda de 80 unidades para a FAB

24 Num domingo, Abril de 1969 Num domingo, Abril de 1969 O Presidente de Brasil estava voando para Guaratinguetá, cujo aeroporto estava fechado por forte nevoeiro. SJCampos funcionou como alternativa! Embora num domingo, estávamos trabalhando e pudemos receber o Presidente, surgindo a oportunidade para convencê-lo para criar uma nova empresa estatal O Presidente prometeu trabalhar na idéia!!! UM DIA DE SORTE Ozires Silva

25 EMB 120 BRASÍLIA Avião de Transporte Pressurizado para 30 passageiros

26 EMB 312 TUCANO Avião de Treinamento Militar turboélice

27 Em 26 de Junho de 1969 Numa reunião Ministerial, pela primeira vez, foi pronunciado o nome daEMBRAER Empresa Brasileira de Aeronáutica S.A. criada sob a forma de uma Sociedade de Economia Mista, por Lei de 19 Ago 1969 SUCESSO!!!

28 COMEÇOU VISANDO PRODUZIR UMA LINHA DE AVIÕES COMERCIAIS E MILITARES Todos os tipos e modelos deveriam ser projetados, desenvolvidos e fabricados no Brasil, ganhando marcas próprias e garantindo a propriedade intelectual de todos os produtos

29 EMB 326 XAVANTE Avião de Treinamento Militar produzido Sob Licença da AERMACCHI Itália

30 Novas aeronaves executivas 4 a 40 assentos

31 AMX – Avião de Caça de Apoio ao Solo produzido em cooperação com a ALENIA da Itália

32 KC 390 Cargueiro militar contratado pela FAB.

33 Com a interrupção do Projeto CBA 123 a EMBRAER estava sem produtos para vender Não seria adequado transferir o capital para o setor privado sem produtos para entregar A Lei de Desestatização não permite investimentos durante o processo D ecidimos lançar o Projeto do EMB 145, primeiro jato comercial da Empresa financiado pelos fornecedores mundiais! A DECISÃO DE CRIAR UM NOVO JATO COMERCIAL

34 EMB-170/195 Aviões de Transporte de 70 a 120 assentos 2004

35 SUPER TUCANO A 29 USAF

36 OPERAÇÕES GLOBAIS Uma Multinacional Latina France Le Bourget Villepinte Singapore EUA Nashville Fort Lauderdale Jacksonville CHINA Pequim Harbin Portugal Alverca BRAZIL Gavião Peixoto Botucatu São José dos Campos Eugênio de Melo ELEB

37 UMA TENTATIVA COM A ARGENTINA! CBA VECTOR

38 AVIÕES BRASILEIROS HOJE VOAM EM 90 PAÍSES AVIÕES BRASILEIROS HOJE VOAM EM 90 PAÍSES 1 – Produtos globais com características e conteúdos, os melhores do mercado 2 – Intensa renovação de projetos e desenvolvimento de produtos 3 - Capitalização sólida 4 – Responsabilidade pela distribuição e vendas 5 – Inovação permanente com fortes estratégias para o futuro!

39 As políticas mundiaia para o desenvolvimento obriga o ganho de espaços no mercado internacional Para tanto temos de viver no mundo e não somente dentro de nossas fronteiras Não se pode pensar unicamente na COMPETIÇÃO. Há enormes espaços mundiais para a COLABORAÇÃO, principalmente pelo fato de que não mais há produtos ou serviços 100% nacionais ESTA É UMA HISTÓRIA DE PENSAR GRANDE

40 NOSSOS GOVERNOS PRECISAM ASSEGURAR PREVISIBILIDADE Novas e agressivas políticas para a Educação, formando cidadãos de sucesso Garantir investimentos na Infra-Estrutura Estimular as Ciências e as Pesquisas Tecnológicas e seus mecanismos de transferência para os empreendimentos VIA MECANISMOS LEGAIS INTELIGENTES E EFICAZES, ASSEGURAR COMPETITIVIDADE SISTÊMICA DO PAÍS

41 DESAFIOS PARA AS EMPRESAS E ORGANIZAÇÕES Inovar e vencer na Competição Global Gerar tecnologias e marcas próprias, na sua linha de produtos ou serviços Ou fora dela! Posições nos mercados nacional e internacional, com produtos atrativos aos olhos dos consumidores mundiais! EDUCAÇÃO, TREINAMENTO E MOTIVAÇÃO CONTINUADOS DA FORÇA DE TRABALHO!

42 O PONTO NEGRO Um Professor começou sua aula entregando aos alunos uma folha de papel com um único, PONTO NEGRO, no centro! Pediu que cada aluno escrevesse um pequeno texto comentando o que via!

43 NA REALIDADE A VIDA É UMA PÁGINA EM BRANCO Todos alunos, sem exceção, fixaram-se no Ponto Negro O Professor comentou que a vida é um presente da Natureza, dado a nós e temos motivos para comemorar sempre, mas não deveríamos nos fixar no Ponto Negro!!! E acentuou, tirem-no de suas vidas e aproveitem as bênçãos de cada momento, AVANÇANDO…

44 PENSAR NO FUTURO Várias empresas brasileiras já deslocam sua produção, total ou parcialmente, para outros países !!! Problemas: Câmbio, Taxas de Juros, Nível de Tributação, Custos Trabalhistas, Burocracia Pesada, Nível Educacional baixo da força de trabalho, Base Tecnológica insuficiente, Capitais Sementes difíceis… MAS TEMOS DE RECONQUISTAR NOSSA COMPETITIVIDADE

45 O ACELERADO DESENVOLVIMENTO MUNDIAL

46 A MOBILIDADE SE ACENTUA Para atender os requisitos da mobilidade, novas alternativas e soluções são necessárias Oportunidades estão aqui, e agora, e não podem ser perdidas Estratégias, Planejamentos, Focos, Eficiência Administrativa, Gerencial e ENVOLVIMENTO DE TODOS!!!

47 UM VALIOSO PENSAMENTO DE EINSTEIN Ozires Silva A MENTE QUE SE ABRE PARA UMA NOVA IDÉIA JAMAIS VOLTA AO SEU TAMANHO ORIGINAL!

48 O BRASIL PODE CONTRIBUIR PARA A SUSTENTABILIDADE Inovando e acreditando que conseguirá, e se dedicando com afinco e denodo, para que todos possamos ter um futuro de viver, mas deixando para as próximas gerações recursos naturais que necessitarão! E poderá ser um bom exemplo!

49 COM ENTUSIASMO, ESFORÇOS E PAIXÃO COM ENTUSIASMO, ESFORÇOS E PAIXÃO

50


Carregar ppt "SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE Ozires Silva Presidente Reitor UNIMONTE 26 Agosto 2013 O POVO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google