A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PESQUISA & EDUCAÇÃO EUOUTRO CULTURA Cultura e civilização, tomadas em seu sentido mais vasto, são um conjunto complexo que inclui o conhecimento, as crenças,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PESQUISA & EDUCAÇÃO EUOUTRO CULTURA Cultura e civilização, tomadas em seu sentido mais vasto, são um conjunto complexo que inclui o conhecimento, as crenças,"— Transcrição da apresentação:

1 PESQUISA & EDUCAÇÃO EUOUTRO CULTURA Cultura e civilização, tomadas em seu sentido mais vasto, são um conjunto complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, o direito, os costumes e as outras capacidades ou hábitos adquiridos pelo homem enquanto membro da sociedade A primeira defini ç ão cient í fica de cultura foi cunhada por E. Tylor em1871 (apud. Laraia, p.25, 1986 Clifford Geertz vê o homem como um animal amarrado a teias de significado que ele mesmo teceu, e a cultura, como essas teias (1978, p.15)

2 CULTURA & ETNOCENTRISMO ETNOCENTRISMO = centra ç ão nos pr ó prios valores e na pr ó pria cultura ou etnia. Tal tendência, se bem que universal, é a lente que nos impede de olhar o outro na sua dignidade e positividade, é o que alimenta as ideologias sobre a carência cultural como explica ç ões sobre os modos de vida alheios. COMPLEXIDADE X LINEARIDADE Pensamento moderno: linearidade; progresso, evolução; pensamento binário: alta cultura x sem cultura; civilização X barbarie; fé na razão; objetividade matemático científica; liberdade e controle; superioridade humana; Pensamento complexo: redes de relações; teias de significações; culturas; civilizações; relativismo; subjetividades; caos; dúvidas e incertezas;

3 Para o antropólogo americano, vive-se, então, em uma imensa colagem, ou seja, em um mundo de texturas e símbolos variados e superpostos que pode ser percebido nas expressões da mídia, no acesso freqüente às linguagens outrora vistas como exóticas e distantes, na migração intensa de outras culinárias e gostos gastronômicos, assim como no consumo de artigos de vestimenta e mobiliário de distintas e longínquas regiões. Temos acesso a essa experiência no dia a dia: a vivência em uma colagem e a cultura da mistura.

4 Tal contexto, para ser entendido, demanda um exerc í cio discriminat ó rio constante, tendo em vista situar os elementos que configuram as colagens e suas intermedia ç ões. Requer a percep ç ão das rela ç ões entre os elementos, as media ç ões, assim como seus sentidos identit á rios, mesmo que fluidos. Exige, portanto, um olhar descentrado, que estranha os estere ó tipos, buscando um ponto de vista em rela ç ão aos significados do outro nos seus pr ó prios termos. Trata-se de buscar significados, sistemas simb ó licos e de classifica ç ão, em uma postura antropol ó gica, que pressupõe a quebra de visão dissimuladora da homogeneidade.

5 ETNOGRAFIA : UMA OP Ç ÃO TEORICO-METODOLOGICA Etnografia concebida como descrição, observação e trabalho de campo a partir de uma experiência pessoal. O antropólogo visa elaborar a ciência social do observado, a partir desse ponto de vista, ultrapassando suas próprias categorias. Construindo um conhecimento fundado na experiência etnográfica, na percepção do outro do ângulo das suas razões positivas e não da sua privação, buscando o sentido emergente das relações entre os sujeitos, ele estaria transpondo as suas próprias referências com aquelas do contexto observado. CONTRIBUIÇÕES À EDUCAÇÃO Pensar o outro como legítimo outro Romper com o olhar homogeinizador etnocentrico, civilizatório sobre o outro.

6 PESQUISA EM EDUCAÇÃO O que é ciência? Como se produz o saber científico? O método científico Pesquisas POSITIVISTAS Pesquisas FENOMENOLÓGICAS Pesquisas DIALÉTICAS

7 Níveis de Pesquisa: Os níveis de pesquisa variam de acordo com os objetivos a que a pesquisa se propõe. Podem ser assim classificados: Exploratória Descritiva Explicativa

8 Delineamentos das pesquisas Pesquisa bibliogr á fica Pesquisa documental Pesquisa experimental a) Pesquisa genuinamente experimental b) Pesquisa pr é -experimental c) Pesquisa quase-experimental d) Pesquisa ex-post-facto e) Levantamento ou surveys f) Estudo de campo g) Estudo de caso

9 PEDAGOGIA E PEDAGOGOS PARA QUÊ? Ao meu ver, a Pedagogia ocupa-se do fato, dos processos educativos, métodos, maneiras de ensinar, mas antes disso, ela tem um significado bem mais amplo, bem mais globalizante. Ela é um campo de conhecimentos sobre a problemática educativa na sua totalidade e historicamente e, ao mesmo tempo, uma diretriz orientadora da ação educativa (LIBÂNEO, 2004, p.29-30). Critica a reforma curricular dos cursos de Pedagogia Critica aos profissionais de educação que abriram mão de sua identidade como especialistas em educação

10 ATUAÇÃO DOS PEDAGOGOS a) a de professores do ensino p ú blico e privado, de todos os n í veis de ensino e dos que exercem atividades correlatas fora da escola convencional; b) a de especialistas da a ç ão educativa escolar operando nos n í veis centrais, intermedi á rios e locais dos sistemas de ensino (supervisores pedag ó gicos, gestores, administradores escolares, planejadores, coordenadores, orientadores educacionais etc.); c) especialistas em atividades pedag ó gicas para escolares atuando em ó rgãos p ú blicos, privados e p ú blicos não- estatais, envolvendo associa ç ões populares, educa ç ão de adultos, cl í nicas de orienta ç ão pedag ó gica/ psicol ó gica, entidades de recupera ç ão de portadores de necessidades especiais etc. (instrutores, t é cnicos, animadores, consultores, orientadores, cl í nicos, psicopedagogos etc.).

11 PARADOXO: MUNDO PEDAGOGIZADO – PERDA DA IDENTIDADE/IMPORTANCIA DO PEDAGOGO UMA ESCOLA MODERNA EM UMA SOCIEDADE P Ó S- MODERNA Para Libâneo é preciso: 1) Reafirmar a educação como capacitação para a autodeterminação racional, pela formação da razão crítica. 2) Redefinir o conceito de qualidade democrática numa pedagogia emancipatória 3) Articular a vida da escola com o mundo social, mundo informacional e mundo comunicacional, tornando a escola um espaço de síntese.

12 4) Repensar os processos de ensino e aprendizagem na sociedade do conhecimento e da informação; 5) Repensar os processos de gestão da escola, construir coletivamente a autonomia da escola e o projeto pedagógico; 6) Formação e profissionalização dos professores 7) Assegurar uma vinculação mais estreita da Pedagogia com a Ética 8) Um reforço da formação teórica dos pedagogos, num Curso de Pedagogia 9) A afirmação da especificidade do campo teórico- prático da Pedagogia

13 PROFESSOR: IDENTIDADE MEDIADORA Mediação – significa estar no meio, ser o elo entre o conhecimento e os sujeitos aprendentes; Não é atitude passiva, mas interativa; Concepção teorico epistemológica sobre como os sujeitos produzem o conhecimento: O conhecimento é dado? O conhecimento é nato? O conhecimento é construido?


Carregar ppt "PESQUISA & EDUCAÇÃO EUOUTRO CULTURA Cultura e civilização, tomadas em seu sentido mais vasto, são um conjunto complexo que inclui o conhecimento, as crenças,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google