A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Peroxissomos, microtúbulos, microfilamentos e centríolos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Peroxissomos, microtúbulos, microfilamentos e centríolos."— Transcrição da apresentação:

1 Peroxissomos, microtúbulos, microfilamentos e centríolos

2 1. Peroxissomos Peroxissomos são bolsas membranosas que contêm alguns tipos de enzimas digestivas. Sua semelhança com os lisossomos fez com que fossem confundidos com eles até bem pouco tempo. Entretanto, hoje se sabe que os peroxissomos diferem dos lisossomos principalmente quanto ao tipo de enzimas que possuem. Origem: retículo endoplasmático rugoso; Os peroxissomos, além de conterem enzimas que degradam gorduras e aminoácidos, têm também grandes quantidades da enzima catalase.

3

4 A catalase converte o peróxido de hidrogênio, popularmente conhecido como água oxigenada (H 2 O 2 ), e água e gás oxigênio. A água oxigenada se forma normalmente durante a degradação de gorduras e de aminoácidos, mas, em grande quantidade, pode causar lesões à célula 2 H 2 O 2 + Enzima Catalase 2 H 2 O + O 2

5 2. Microtúbulos Os microtúbulos são filamentos mais grossos, de cerca de 25 a 30 nm de diâmetro, que funcionam como verdadeiros andaimes de todas as células eucarióticas; São constituídos por moléculas de proteínas conhecidas como tubulinas, dispostas helicoidalmente, formando um cilindro; Desempenham papel extremamente importante na movimentação dos cromossomos durante a divisão de uma célula; Formação do citoesqueleto; Estrutura de cílios e flagelos.

6

7 3. Microfilamentos Os microfilamentos são os mais abundantes, constituídos da proteína contráctil actina e encontrados em todas as células eucarióticas. São extremamente finos e flexíveis, chegando a ter 4 a 6 nm (nanômetros) de diâmetro, cruzando a célula em diferentes direções, embora concentram-se em maior número na periferia, logo abaixo da membrana plasmática. Muitos movimentos executados por células animais e vegetais são possíveis graças aos microfilamentos de actina. Ciclose – vegetais; -Movimentos dos pseudópodes

8

9 4. Centríolos Organoide formado por água, proteína, carboidrato, lipídeo, DNA e RNA; Nas células de fungos complexos, plantas superiores (gimnospermas e angiospermas) e nematóides não existem centríolos. Eles estão presentes na maioria das células de animas, algas e vegetais inferiores como as briófitas (musgos) e pteridófitas (samambaias). Estruturalmente, são constituídos por um total de nove trios de microtúbulos proteicos, que se organizam em cilindro. São autoduplicáveis no período que precede a divisão celular(mitose), formando o fuso mitótico, estrutura responsável pela distribuição dos cromossomos migrando, logo a seguir, para os pólos opostos da célula. Embora esses microtúbulos não sejam originados dos centríolos e sim de uma região da célula conhecido como centrossomo.

10 Os cílios são curtos e numerosos podendo ser relacionados à locomoção e a remoção de impurezas. Nas células que revestem a traquéia humana, por exemplo, os batimentos ciliares empurram impurezas provenientes do ar inspirado, trabalho facilitado pela mistura com o muco que, produzido pelas células da traquéia, lubrifica e protege a traquéia. Em alguns protozoários, por exemplo, o paramécio, os cílios são utilizados para a locomoção. Os flagelos são longos e também se relacionam a locomoção de certas células, como a de alguns protozoários (por exemplo, o tripanosssomo causador da doença de Chagas) e a do espermatozóide. Em alguns organismos pluricelulares, por exemplo, nas esponjas, o batimento flagelar cria correntes de água que percorrem canais e cavidades internas, trazendo, por exemplo, partículas de alimento. Estruturalmente, cílios e flagelos são idênticos. Ambos são cilíndricos, exteriores as células e cobertos por membrana plasmática. Internamente, cada cílio ou flagelo é constituído por um conjunto de nove pares de microtúbulos periféricos de tubulina, circundando um par de microtúbulos centrais. Tanto os cílios como flagelos são originados por uma região organizadora no interior da célula, conhecida como corpúsculo basal.

11

12


Carregar ppt "Peroxissomos, microtúbulos, microfilamentos e centríolos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google