A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB 14. Componentes e implantação Objetivo: compreender a notação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB 14. Componentes e implantação Objetivo: compreender a notação."— Transcrição da apresentação:

1 1 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB 14. Componentes e implantação Objetivo: compreender a notação dos diagramas de componentes e implantação

2 2 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Os diagramas de componentes e instalação são apresentados em geral em conjunto e os de instalação apenas para situações onde haja diferentes localizações físicas do sistema COMPONENTES –Cada arquivo que compõe o sistema pode ser considerado um componente –UML já prevê alguns estereótipos Executáve (executable) Biblioteca (library) Tabela (table) Documento (document) Arquivo (file)

3 3 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Dependência –Quando um componente utiliza serviços ou depende de alguma outra forma de outros componentes –Também pode ser representado para mostrar as classes que estão sendo manipuladas ou implementadas por um componente

4 4 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Exemplo para contas

5 5 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Interface –Serviço realizado por uma classe ou componente –Se o componente implementa alguma função de interface, relaciona-se com a mesma através de um relacionamento de realização –Se utiliza a interface, há um relacionamento de dependência Sub-sistemas

6 6 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB IMPLANTAÇÃO –Visão mais física –Só tem alguma utilidade quando projetado para que o software seja executado em várias máquinas ou para que se comunique com outros hardwares Nós –Máquina onde um ou mais métodos são executados, podendo ter um nome específico ou não

7 7 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Associações –Ligações físicas entre os nós Exemplo

8 8 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Exemplo nós e componentes

9 9 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB Exemplo do controle de cursos


Carregar ppt "1 - Lafayette B. Melo – Análise e Projeto de Sistemas para a Internet – COINFO – CEFET-PB 14. Componentes e implantação Objetivo: compreender a notação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google