A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A LOGÍSTICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MARCILIO CUNHA LOGÍSTICA EMPRESARIAL - MODULO 16.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A LOGÍSTICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MARCILIO CUNHA LOGÍSTICA EMPRESARIAL - MODULO 16."— Transcrição da apresentação:

1 PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A LOGÍSTICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MARCILIO CUNHA LOGÍSTICA EMPRESARIAL - MODULO 16

2 População 2010 População 2010 Brasil Brasil habitantes habitantes Região Nordeste Região Nordeste habitantes habitantes Pernambuco Pernambuco habitantes habitantes Fonte : IBGE MARCILIO CUNHA

3 País Consumo ( em reais ) Estados Unidos 20,4 trilhões 20,4 trilhões China 10,9 trilhões 10,9 trilhões Japão 7,0 trilhões 7,0 trilhões Alemanha 4,4 trilhões 4,4 trilhões Brasil 3,5 trilhões 3,5 trilhões França 3,2 trilhões 3,2 trilhões Inglaterra 3,0 trilhões 3,0 trilhões Itália 2,8 trilhões 2,8 trilhões MERCADO CONSUMIDOR DO MUNDO EM 2020 Fontes : McKinsey e Fecomércio MARCILIO CUNHA

4 ESTADOS NORDESTINOS QUE MAIS CRESCEM EM VENDAS ( em bilhões de reais ) ( em bilhões de reais ) Estado Crescimento Pernambuco 20,1 20,1 58,9 58,9 193 % 193 % Alagoas 5,6 5,6 16,0 16,0 186 % 186 % Piauí 5,6 5,6 16,0 16,0 186 % 186 % Paraíba 7,1 7,1 19,8 19,8 179 % 179 % Maranhão 9,2 9,2 24,9 24,9 171 % 171 % Ceará 16,9 16,9 45,4 45,4 169 % 169 % Sergipe 3,7 3,7 8,4 8,4 127 % 127 % Bahia 29,1 29,1 64,8 64,8 123 % 123 % Rio Grande do Norte 6,1 6,1 13,3 13,3 118 % 118 % Fontes : McKinsey e Fecomércio MARCILIO CUNHA

5 O NORDESTE E A INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA Algumas das principais rodovias que fazem NordesteSudeste a interligação Nordeste – Sudeste já estão trabalhando acima de sua capacidade. R$ 25,8 bilhões O Nordeste precisa receber R$ 25,8 bilhões infraestrutura em infraestrutura para chegar competitivo e com capacidade de escoar a sua produção 2020 em Fonte: Confederação Nacional da Indústria CNI e Federações das Indústrias dos Estados da Região MARCILIO CUNHA

6 O NORDESTE E A INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA AÇÕES AÇÕES VALOR VALOR Implantação de ferrovias R$ 12 bilhões R$ 12 bilhões Melhorias nos portos R$ 11 bilhões R$ 11 bilhões Hidrovias R$ 272,8 milhões R$ 272,8 milhões Rodovias R$ 2,3 bilhões R$ 2,3 bilhões Total Total R$ 25,8 bilhões Fonte: Confederação Nacional da Indústria CNI e Federações das Indústrias dos Estados da Região MARCILIO CUNHA

7 A MALHA LOGISTICA NO NORDESTE: A MALHA LOGISTICA NO NORDESTE: é composta por mais de rotas de ligação. é composta por mais de rotas de ligação. o estudo identificou 196 nós que representam as o estudo identificou 196 nós que representam as principais origens e destinos de cargas da região. principais origens e destinos de cargas da região. o estudo sinaliza dificuldades que enfrentam os o estudo sinaliza dificuldades que enfrentam os modais ao passar por esses locais para chegar modais ao passar por esses locais para chegar ao seu local de consumo. ao seu local de consumo. Fonte: Confederação Nacional da Indústria CNI e Federações das Indústrias dos Estados da Região MARCILIO CUNHA

8 CUSTO LOGÍSTICO DE TRANSPORTE CUSTO LOGÍSTICO DE TRANSPORTE NO NORDESTE : NO NORDESTE : significou 6% do Produto Interno Bruto (PIB) significou 6% do Produto Interno Bruto (PIB) da Região. da Região. atingiu o valor de R$ 30,2 bilhões. atingiu o valor de R$ 30,2 bilhões. foram contabilizados nesses custos foram contabilizados nesses custos ( frete interno, pedágios, transbordo, tarifas ( frete interno, pedágios, transbordo, tarifas portuárias e fretes em todos os modais de portuárias e fretes em todos os modais de transporte – aéreo, aquaviário e rodoviário ). transporte – aéreo, aquaviário e rodoviário ). Fonte: Confederação Nacional da Indústria CNI e Federações das Indústrias dos Estados da Região MARCILIO CUNHA

9 PERNAMBUCO ARRANJOS PRODUTIVOS CONFECÇÕES ARTESANATO GESSO CAPRINOOVINOCULTURA TURISMO: ROTA DO CANGAÇO E LAMPIÃO APICULTURA TURISMO: ENGENHOS E MARACATUS FRUTICULTURA IRRIGADA MADEIRA E MÓVEIS TURISMO: LITORAL SUL TURISMO: ROTEIRO DO VINHO TURISMO: AGRESTE MERIDIONAL LEITE E DERIVADOS TURISMO: RURAL, CULTURAL E NEGÓCIOS TERCIÁRIO MODERNO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MARCILIO CUNHA

10 PIB PERNAMBUCO R$ Bilhões PIB PERNAMBUCO R$ Bilhões PIB PERNAMBUCO R$ 110 Bilhões PIB PERNAMBUCO R$ 110 Bilhões Fonte: IBGE MARCILIO CUNHA

11 Apesar dos avanços, os investimentos ainda estão concentrados na região metropolitana: 77,4 % serão realizados no Grande Recife. 77,4 % serão realizados no Grande Recife. R$ 40,7 bilhões ficam na área metropolitana. R$ 40,7 bilhões ficam na área metropolitana. R$ 11,9 bilhões espalhados nas demais regiões. R$ 11,9 bilhões espalhados nas demais regiões. Fonte : Ceplan MARCILIO CUNHA INVESTIMENTOS INVESTIMENTOS

12 No setor industrial a concentração é ainda maior: R$ 34,5 bilhões R$ 34,5 bilhões para região metropolitana. R$ 5,1 bilhões R$ 5,1 bilhões para todo o interior. Só na construção civil o interior leva vantagem: R$ 6,1 bilhões R$ 6,1 bilhões estão distribuídos pelo interior. R$ 4,4 bilhões R$ 4,4 bilhões ficam no Grande Recife. Fonte : Ceplan MARCILIO CUNHA

13 INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO SETOREMPRESAS Alimentos Vestuário e acessórios Minerais não - metálicos Construção de edifícios Serviços para construção Produtos de metal Móveis Imp. e rep. de gravações OutrosTotal empresas empresas Fonte : Cadastro industrial FIEPE – 2011/2012 MARCILIO CUNHA

14 EMPREGOS NAS INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO EMPREGOS NAS INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO SETOREMPREGOS Alimentos Vestuário e acessórios Minerais não - metálicos Construção de edifícios Serviços para construção Produtos de metal Móveis Imp. e rep. de gravações OutrosTotal empregos empregos Fonte : Cadastro industrial FIEPE – 2011/2012 MARCILIO CUNHA

15 INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO INDUSTRIAS DE PERNAMBUCO Agreste depois da Região Metropolitana, é o Agreste que reune 28,8% o maior percentual de empresas: 28,8% o Agreste é dominado pelas industrias de vestuário e acessórios empresas o setor cresceu e hoje são empresas. 90% mais de 90% são micro ou pequenas. Fonte : Cadastro industrial FIEPE – 2011/2012 MARCILIO CUNHA

16 O polo de confecções do Agreste O polo de confecções do Agreste empresas empresas são ligadas ao segmento de confecções na região empregos empregos são gerados,entre formais e informais. 12 cidades 12 cidades formam hoje o polo. Fonte: Sindicato da Industria do Vestuário de Pernambuco MARCILIO CUNHA

17 80 % do faturamento 80 % do faturamento do setor de confecções de Pernambuco estimado em R$ 3,5 bilhões, vem do polo. 1 bilão de peças 1 bilão de peças são produzidas por ano. 15 % 15 % de todas as confecções do Brasil são produzidas no Agreste de Pernambuco. O polo de confecções do Agreste O polo de confecções do Agreste Fonte: Sindicato da Industria do Vestuário de Pernambuco MARCILIO CUNHA

18 O polo do Vale do São Francisco O polo do Vale do São Francisco Produção de Frutas no Vale do São Francisco – Potencial de 175 mil t anuais FONTE: TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA Mil t Taxa de crescimento anual 7,8% a.a. MARCILIO CUNHA

19 O polo gesseiro do Araripe O polo gesseiro do Araripe formado pelos municípios de Araripina, Trindade, Ipubi, Ouricuri e Bodocó Ipubi, Ouricuri e Bodocó. 95 % da gipsita do país 95 % da gipsita do país é produzida no polo. 318 empresas 318 empresas estão instaladas na região. 10,8 % 10,8 % é o aumento de produção ao ano. Fonte : Jornal do Comércio / Diário de Pernambuco MARCILIO CUNHA

20 O polo gesseiro do Araripe O polo gesseiro do Araripe 1,2 milhão de toneladas ano 1,2 milhão de toneladas ano de gesso são produzidas no polo. 3,3 milhões de toneladas ano de gipsita 3,3 milhões de toneladas ano de gipsita são produzidas no polo. R$ 300 milhões R$ 300 milhões é o faturamento das empresas na região. 12 mil empregos diretos 12 mil empregos diretos proporcionados pelas empresas. 60 mil empregos indiretos 60 mil empregos indiretos são gerados no polo. Fonte : Jornal do Comércio / Diário de Pernambuco MARCILIO CUNHA

21 O polo gesseiro do Araripe O polo gesseiro do Araripe Produção de Gipsita em Pernambuco Produção de Gipsita em Pernambuco –Aumentou 3,5 vezes nos últimos 10 anos –Potencial de 22 milhões de ton anuais Taxa de crescimento anual 10,8% a.a. Milhões de Toneladas Fonte : Transnordestina Logística SA MARCILIO CUNHA

22 O polo na Zona Mata Norte O polo na Zona Mata Norte EmpresasInvestimentosEmpresasInvestimentos Fiat + Sistemistas R$ 7,1 bilhões CBVA R$ 70 milhões Hemobrás R$ 670 milhões Multisaúde R$ 4,3 milhões Multilab R$ 200 milhões AC Diagnósticos R$ 13,5 milhões Riff Soro R$ 83,8 milhões Hair Fly R$ 20 milhões Ion Química R$ 18 milhões Imbesa-Rishon R$ 6 milhões CBVP R$ 550 milhões PE polo ecologístico (Complexo Industrial Portuário – em estudo) R$ 3 bilhões Vita Derm R$ 28 milhões Total R$ 11,76 bilhões Fonte : Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

23 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape influência direta: Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca influência direta: Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. influência indireta: Jaboatão dos Guararapes, Escada e Moreno. Moreno. erritórioexpandido:Ribeirão,Sirinhaém e Rio Formoso. Território expandido:Ribeirão,Sirinhaém e Rio Formoso. Área: 1.774,07 km² Área: 1.774,07 km² ( 1,8 % de Pernambuco ). Fonte : Condepe/Fidem MARCILIO CUNHA

24 Fonte : PROJETEC Áreas de influência do Complexo Áreas de influência do Complexo MARCILIO CUNHA

25 até Natal (RN) até Aracajú (SE) Duplicação BR-101 Até Natal (RN) e Aracajú (SE) Duplicação BR-104 de Caruaru até Toritama Duplicação BR-408 da BR-232 até Timbaúba Duplicação PE-60 de Suape até PE-38 Requalificação PEs-09/38 Transnordestina Implantada Restauração Ferrovia Sul de Cabo até Propriá (SE) Duplicação BR-232 De São Caetano até Arcoverde Duplicação BR-104 até divisória PE | PB Anel viário RMR 1º trecho – até Moreno Anel viário RMR Completo Reforço da Malha Viária Reforço da Malha Viária Fonte : PROJETEC MARCILIO CUNHA

26 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape população: 1,1 milhão de habitantes ( 12 % de PE ) população: 1,1 milhão de habitantes ( 12 % de PE ). densidade demográfica: 540,06 habitantes/km² ( PE = 86,31 hab/km² ). 540,06 habitantes/km² ( PE = 86,31 hab/km² ). PIB: R$ 10,7 bilhões ( 21,6 de Pernambuco ). Taxa de analfabetismo da população com mais de 15 anos : 17,1 % de 15 anos : 17,1 % ( PE = 29,5 % ) Fonte : Condepe/Fidem MARCILIO CUNHA

27 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape PETROQUÍMICA investimento: R$ 4,94 bilhões. empregos na construção: (em julho) empregos na operação: fábricas: fios de poliéster (POY) resinas PET e PTA (matéria-prima resinas PET e PTA (matéria-prima do poliéster. do poliéster. produção: PTA 700 mil t/ano produção: PTA 700 mil t/ano PET 450 mil t/ano PET 450 mil t/ano POY 240 mil t/ano POY 240 mil t/ano Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

28 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape EmpesasInvestimentoEmpregosInício de operação Estaleiro Atlântico Sul R$ 2 bilhões R$ 2 bilhões Operando Promar R$ 300 milhões R$ 300 milhões Construcap R$ 720 milhões R$ 720 milhões Galíctico R$ 704 milhões R$ 704 milhões Total R$ 3,7 bilhões R$ 3,7 bilhões POLO NAVAL Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

29 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape COMPANHIA SIDERÚRGICA SUAPE INFORMAÇÕES Investimento R$ 1,8 bilhão R$ 1,8 bilhão Empregos em construção Empregos na operação Início de Operação Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

30 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape REFINARIA ABREU LIMA INFORMAÇÕES Investimentos R$ 26 bilhões R$ 26 bilhões Empregos na construção ( em julho ) ( em julho ) Pico de mão de obra ( em outubro ) ( em outubro ) Empregos na operação Produção barris processados/dia barris processados/dia Produtos Diesel, GLP ( gás de cozinha ), Diesel, GLP ( gás de cozinha ), nafta, bunker e coque nafta, bunker e coque Mercados Norte e Nordeste Norte e Nordeste Início de operação Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

31 Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape COMPLEXO DE SUAPE INFORMAÇÕES Empresas instaladas Empregos Empreendimentos em instalação Empregos na construção dos empreendimentos US$ 22 bilhões US$ 22 bilhões 38 mil 38 mil Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

32 COMPLEXO DE SUAPE Território Estratégico de Suape Território Estratégico de Suape INVESTIMENTOS PÚBLICOS Nos últimos 4 anos R$ 1,1 bilhão R$ 1,1 bilhão Nos próximos 4 anos R$ 4 bilhões R$ 4 bilhões MOVIMENTAÇÃO DE CARGASPREVISÃO ,3 milhões de toneladas 9,3 milhões de toneladas milhões de toneladas 12 milhões de toneladas milhões de toneladas 28 milhões de toneladas milhões de toneladas 50 milhões de toneladas Fontes: Empresas e Governo de Pernambuco MARCILIO CUNHA

33

34 PERNAMBUCO POLO DE CONFECÇÕES CANAL DO SERTÃO EIXO NORTE EIXO LESTE BACIA LEITEIRA BR- 408 BR- 232 BR- 101 BR- 104 BR- 116 BR- 316 REVITALIZAÇÃO DO RIO SÃO FRANSCISCO INTERLIGAÇÃO DE BACIAS, CANAIS E ADUTORAS POLO GESSEIRO VINIFRUTICULTURA BR- 101 ADUTORA DO OESTE ADUTORA DO PAJEÚ ADUTORA DE AGRESTINA ADUTORA DO AGRESTE POLO FARMACOQUÍMICO COMPLEXO INDUSTRIAL PORTUÁRIO DE SUAPE BR- 423 Ações estruturadoras presentes em todas as Regiões de Desenvolvimento, relacionando-se com as cidades polo e com os principais arranjos produtivos PONTE DO IBÓ PLATAFORMA LOGÍSTICA MULTIMODAL TRANSORDESTINA GASODUTO EIXOS DE INTEGRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

35 PE 126 BR 101 BR 232 BR 423 BR 316 PE 604 BR 428 PE 555 BR 116 PE 177 PE 360 PE 390 PE 320 PE 292 PE 280 PE 265 BR 110 CARUARU GARANHUNS VITÓRIA DE SANTO ANTÃO PALMARES ARCOVERDE FLORESTA SERRA TALHADA AFOGADOS DA INGAZEIRA SALGUEIRO PETROLINA OURICURI RECIFE Requalificação das rodovias PE 090, PE 120, PE 126, PE 127, PE 177, PE 275, PE 292, PE 360 E PE 390. PERNAMBUCO VIAS ESTRATÉGICAS Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

36 PLANO CAMINHOS DA INTEGRAÇÃO Restauração de 36 rodovias estaduais : Restauração de 36 rodovias estaduais : melhoria de km # melhoria de km R$ ,00 # R$ ,00 Regiões beneficiadas com intervenções em estradas Regiões beneficiadas com intervenções em estradas: Região Metropolitana do Recife 182,5 km - Região Metropolitana do Recife : 182,5 km Zona da Mata 356,5 Km - Zona da Mata : 356,5 Km Sertão : 312,6 km - Sertão : 312,6 km Agreste306,2 km - Agreste : 306,2 km Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

37 PLANO CAMINHOS DA INTEGRAÇÃO Implantação de 29 rodovias estaduais : Implantação de 29 rodovias estaduais : somará 536,9 km aos km da malha # somará 536,9 km aos km da malha viária das 142 rodovias pavimentadas do viária das 142 rodovias pavimentadas do Estado. Estado. R$ ,00 # R$ ,00 Regiões beneficiadas com implantação em estradas Regiões beneficiadas com implantação em estradas: Região Metropolitana do Recife 83,5 km - Região Metropolitana do Recife : 83,5 km Zona da Mata 86,75 Km - Zona da Mata : 86,75 Km Sertão : 218 km - Sertão : 218 km Agreste148,65 km - Agreste :148,65 km Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

38 PLANO CAMINHOS DA INTEGRAÇÃO Investimento em duplicação : Investimento em duplicação : BR – 408 (Carpina/Bicopeba) 22,1 km # BR – 408 (Carpina/Bicopeba) 22,1 km BR – ,2 km # BR – ,2 km # BR – 423 (São Caetano/Garanhuns 80,2 km # BR – 423 (São Caetano/Garanhuns 80,2 km # Viadutos da Copa 2,0 km # Viadutos da Copa 2,0 km Total138,5 km Total: 138,5 km Investimento : R$ ,70 Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

39 PLANO CAMINHOS DA INTEGRAÇÃO Investimento em triplicação : Investimento em triplicação : BR – ,8 km R$ ,00 # BR – ,8 km R$ ,00 Investimento em iluminação : PE – ,8 km R$ ,00 # PE – ,8 km R$ ,00 Total : 16,6 km R$ ,00 Total : 16,6 km R$ ,00 Secretaria dos Transportes MARCILIO CUNHA

40 PERFIL DA FROTA DO ESTADO (até agosto de 2012) VEÍCULOSUNIDADES Automóveis Carga Ônibus Motos Outros Total Fonte: Detran PE MARCILIO CUNHA

41 IDADE DA FROTA IDADEVEÍCULOS % 5 anos 5 anos ,95 39,95 5 e 10 anos 5 e 10 anos ,39 19,39 10 e 15 anos 10 e 15 anos ,38 12,38 15 e 20 anos 15 e 20 anos ,87 8,87 20 e 25 anos 20 e 25 anos ,82 4,82 25 e 30 anos 25 e 30 anos ,28 5,28 30 e 35 anos 30 e 35 anos ,30 5,30 35 e 40 anos 35 e 40 anos ,99 2,99 40 anos 40 anos ,02 1,02 Fonte: Detran PE – agosto 2012 MARCILIO CUNHA

42 FERROVIAS DO NORDESTE EXTENSÃO : Km CONCESSÕES : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA - CFN TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA - CFN AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA ( km ) AL, PE, PB, RN, CE, PI, MA ( km ) FCA – FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA – VALE FCA – FERROVIA CENTRO ATLÂNTICA – VALE BA e SE ( km ) BA e SE ( km ) TRANSNORDESTINA TRANSNORDESTINA CONSTRUÇÃO 880 Km CONSTRUÇÃO 880 Km REMODELAÇÃO 1180 Km REMODELAÇÃO 1180 Km MARCILIO CUNHA

43 Será um dos eixos do desenvolvimento regional. Será um dos eixos do desenvolvimento regional. A integração ferroviária vai permitir ligar o litoral A integração ferroviária vai permitir ligar o litoral ao interior. ao interior. Pernambuco e Ceará serão beneficiados diretamente Pernambuco e Ceará serão beneficiados diretamente concentrando as exportações de grãos. concentrando as exportações de grãos. TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA FONTE: TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA MARCILIO CUNHA

44 TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA Possui 93 locomotivas e vagões. Possui 93 locomotivas e vagões. Operação e Terminais em 22 pátios e funcionários. Operação e Terminais em 22 pátios e funcionários. Presente em 127 municípios do Nordeste Presente em 127 municípios do Nordeste com PIB R$ 67 bilhões. com PIB R$ 67 bilhões. FONTE: TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA MARCILIO CUNHA

45 FERROVIA TRANSNORDESTINA INFRAESTRUTURA FERROVIARIA EXISTENTE Malha atual CFN Malha atual FCA Trecho complementar Ferrovia Norte-Sul Ferrovia dos Carajás Semiárido Eixo Costeiro Soja Irrigação Gesso Nova Transordestina Hidrovia São Francisco Hidrovia Araguaiá - Tocantins Belém São Luis Fortaleza Barcarena Marabá Açailândia Codó Itapipoca Crateús Pecém Teresina Imperatriz Serra dos Carajás Palmas Eliseu Martins Estreito Macau Natal João Pessoa Recife SUAPE Maceió Aracajú Salvador Propriá Arcoverde Missão Velha Coqueiral Itabaiana Sousa P. Carneiro Palmeiras Dos Indios Arrojado Crato Araripina Petrolina Juazeiro Senhor do Bom Fim BRASILIA Goiânia Salgueiro MARCILIO CUNHA

46 FERROVIA TRANSNORDESTINA MARCILIO CUNHA

47 FERROVIA TRANSNORDESTINA EliseuMartins Divisa PE / PI Trindade Missão Velha Pecém Suape Km 165 Km 96 Km 527 Km 310,63 Km226,79 Km Pesqueira Salgueiro Petrolina Parnamirim MARCILIO CUNHA

48 Pátio de Arapiraca – Al DEPOIS DEPOIS Pátio de Arapiraca – Al ANTES ANTES FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA MARCILIO CUNHA

49 SE PB FIO MÁQUINA E TARUGOS GERDAU BAHIA > RECIFE ARGILA PAMESA E PORTO RICO PROPRIÁ –SE > CABO MILHO AVIP E CORN MINAS GERAIS > CABO / PE MILHO (INDUSTRIALIZADO) ASA ALIMENTOS MINAS GERAIS > PARAÍBA URÉIAFERTINE SERGIPE > MACEIÓ / RECIFE TRANSPORTE DE CARGAS - ORIGEM X DESTINO TRANSPORTE DE CARGAS - ORIGEM X DESTINO FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA MARCILIO CUNHA

50 FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA FONTE : TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA PRODUTOS ACABADOS GERDAU RECIFE > BAHIA CIMENTOCIMENTEIRAS PARAÍBA > BAHIA CONTAINERS COMPANHIAS NAVEGAÇÃO BAHIA > P.SUAPE COQUE GRUPO JOÃO SANTOS P.RECIFE > SERGIPE P.CABEDELO > SERGIPE ÁLCOOL E AÇUCAR USINAS USINAS > CE / PI / MA USINAS > EXPORTAÇÃO CE PI PI MA USINAS SE TRANSPORTE DE CARGAS -ORIGEM X DESTINO TRANSPORTE DE CARGAS -ORIGEM X DESTINO MARCILIO CUNHA

51 FONTE: TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA FONTE: TRANSNORDESTINA LOGÍSTICA SA PTA (ÁCIDO TEREFTÁLICO) RHODIA CAMAÇARI-BA >P.SUAPE PISO CERÂMICO PAMESA / PORTO RICO P.SUAPE > BA / SP / RJ CHAPAS DE AÇO FASAL IPATINGA-MG > CABO-PE MG SPRJ TRANSPORTE DE CARGAS -ORIGEM X DESTINO TRANSPORTE DE CARGAS -ORIGEM X DESTINO MARCILIO CUNHA

52 FONTE :: COMPLEXO PORTUÁRIO INDUSTRIAL DE SUAPE FONTE :: COMPLEXO PORTUÁRIO INDUSTRIAL DE SUAPE ROTAS INTERNACIONAIS DE COMÉRCIO E TRANSPORTE MARÍTIMO MARCILIO CUNHA

53

54 PLATAFORMA LOGÍSTICA MULTIMODAL MIGUEL ARRAES EA DI TCR TCA BR-116 BR-232 AI TCF CCS CA MARCILIO CUNHA

55 ZONA DE PROCESSAMENTO DE EXPORTAÇÃO JABOATÃO DOS GUARARAPES JABOATÃO DOS GUARARAPES LOCALIZAÇÃO : BR – 101 ÁREA : 198 hectares EMPREGOS GERADOS : SEGURANÇA JURÍDICA : tratamento fiscal,cambial e administrativa (20 anos) (20 anos) DESTINO DA PRODUÇÃO : ELETRÔNICOS,FARMACÊUTICOS E TI EXPORTAÇÃO : 80 % EXPORTAÇÃO : 80 % NACIONALIZAÇÃO : 20 % NACIONALIZAÇÃO : 20 % Fonte: Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes MARCILIO CUNHA

56 Mercados em expansão no Nordeste Mercados em expansão no Nordeste Polo Gesseiro Avicultura Refinaria IndústriaSucro-Alcooleira Fruticultura Fertilizantes Construção Civil Manufaturados Siderurgia MARCILIO CUNHA

57 (81)


Carregar ppt "PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A LOGÍSTICA DO ESTADO DE PERNAMBUCO MARCILIO CUNHA LOGÍSTICA EMPRESARIAL - MODULO 16."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google