A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hospital Federal Cardoso Fontes Serviço de Cirurgia Geral Hérnia Femoral Gigante Bruno Serradeira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hospital Federal Cardoso Fontes Serviço de Cirurgia Geral Hérnia Femoral Gigante Bruno Serradeira."— Transcrição da apresentação:

1 Hospital Federal Cardoso Fontes Serviço de Cirurgia Geral Hérnia Femoral Gigante Bruno Serradeira

2 Femoral Hérnia Femoral Mais comum em mulheres Mais de 40% dos casos se apresentam com encarceramento ou estrangulamento Passa medial aos vasos e nervo femorais, através do canal femoral

3 Anatomia

4

5

6 Variações anatômicas nas hérnias femorais Clássica (orifício de Lytle)Clássica (orifício de Lytle) Atípicas: - pré-vascular (Teale, Moschowitz) - látero-vascular (Hesselbach) - retro-vascular (Serafini) - pelo lig. pectíneo (Cloquet) - pelo lig. lacunar (Laugier)Atípicas: - pré-vascular (Teale, Moschowitz) - látero-vascular (Hesselbach) - retro-vascular (Serafini) - pelo lig. pectíneo (Cloquet) - pelo lig. lacunar (Laugier)

7

8 Técnica cirúrgica Mc Vay Aproximação da borda da aponeurose do transverso abdominal ao Ligamento de Cooper desde o tubérculo púbico até os vasos femorais, a partir dos quais a fixação é feita com o trato iliopúbico até o anel inguinal interno. Uma incisão de relaxamento curvilínea é feita a 1 cm do tubérculo púbico até a borda lateral do reto abdominal para diminuir a tensão.

9

10

11 Lytle onsiste em fechar o verdadeiro orifício herniário femoral). Pode ser executada por via pré-peritoneal, ou por via anterior Consiste em fechar o verdadeiro orifício herniário femoral). Pode ser executada por via pré-peritoneal, ou por via anterior Orifício crural não se confunde com orifício da hérnia crural

12

13

14

15

16

17


Carregar ppt "Hospital Federal Cardoso Fontes Serviço de Cirurgia Geral Hérnia Femoral Gigante Bruno Serradeira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google