A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Afecções Cirúrgicas da Região Cervical Marcelo Marcondes Stegani Disciplina de Cirurgia Pediátrica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Afecções Cirúrgicas da Região Cervical Marcelo Marcondes Stegani Disciplina de Cirurgia Pediátrica."— Transcrição da apresentação:

1 Afecções Cirúrgicas da Região Cervical Marcelo Marcondes Stegani Disciplina de Cirurgia Pediátrica

2 Anomalias branquiais Embriologia –4a a 6a semanas IU – arcos, bolsas e fendas branquiais –Arcos branquiais - estruturas cartilaginosas, vasculares, nervosas e musculares –Cada derivado branquial dará origem a uma região específica da cabeça, pescoço e tórax

3 Embriologia I – mandíbula, maxila, mm. da mastigação e do assoalho da boca, 5 o nervo, ouvido/orelha II – amígdala, tireóide, 7 o nervo, osso hióide, parte superior do pescoço III – timo, paratireóide inferior, 9 o nervo, osso hióide IV – paratireóide superior, arco da aorta, a. subclávia direita, 10 o nervo V e VI – cartilagens, a. pulmonar, ducto arterioso, 10 o nervo

4 Anomalias branquiais I – raras (1-8%) – ouvido II – 90% com 10-30% de bilateralidade –Sinus são mais freqüentes em crianças –M:F –Da fossa tonsilar até 1/3 inferior da borda anterior do m. esternocleidomastóideo –Epitélio escamoso estratificado / respiratório III - raras

5 Anomalias branquiais Diagnóstico –Secreção mucóide por orifício em bordo anterior do esternocleidomastóideo –Presença de cisto cervical lateral anterior –Estridor, disfagia, odinofagia, nódulo frio em cintilografia Tratamento –Ressecção cirúrgica

6 Anomalias branquiais Diagnóstico diferencial –Higroma cístico –Cisto dermóide –Cisto epidérmico –Lipoma –Neurofibroma –Hemangioma –Linfangioma –Linfadenite crônica supurativa –Linfadenite por micobactéria –Linfonodos –Leucemia –Torcicolo –Tumor de parótida –Tumor de origem dentária

7 Cisto tireoglosso Embriologia –4a semana IU – 2o arco branquial origina a tireóide que migra caudalmente e permanece conectada a faringe primitiva (forame cego) através do ducto tireoglosso até a 10a semana IU

8 Cisto tireoglosso Doença mais freqüente –3 vezes mais freqüente que anomalias branquiais M:F Linha média, logo abaixo do osso hióide Diagnóstico acima de 2-3 anos Tecido tireoidiano ectópico dentro ou próximo – 25 a 35%

9 Cisto tireoglosso 75% - cistos 25% - orifício de drenagem 3% - lingual 7% - supra-esternal 1/4 - desviado da linha média

10 Cisto tireoglosso Sintomas –Cisto na linha média, que pode estar infectado Investigação –Ecografia –Cintilografia Tratamento –Operação de Sistrunk

11 Tireóide ectópica Tu benigno de 1/3 posterior da língua Base da língua, abaixo do osso hióide M:F = 3:1 Geralmente é o único tecido existente, associada a hipotireoidismo em 15% Aparece ao nascer (DD Cisto tireoglosso) Manter ?

12 Linfadenopatia cervical Linfadenite aguda supurativa (2 semanas) Linfadenite cervical subaguda (2 a 6 semanas) Adenite por micobactéria –M. tuberculosis –M. scrofulaceum, M. avium –intracellulare e M. kansasii –Tratamento cirúrgico - atípicas Doença da arranhadura do gato (Bartonella henselae)

13 Torcicolo congênito Tumor fibroso no m. esternocleidomastóide 2 a 8 semanas após o nascimento Cabeça rodada para o lado contrário Tratamento fisioterápico Resolução da fibrose – 6 a 12 meses Complicação – assimetria facial Tratamento cirúrgico

14 Rânula Massa cística Obstrução parcial do ducto da glândula sublingual Tratamento - marsupialização

15 Cisto/apêndice pré-auricular Comuns, geralmente bilaterais, ocorrência familiar Originados do mesênquima que forma o pavilhão auricular Diagnóstico diferencial com anomalias do 1 o arco branquial Tratamento cirúrgico

16 Hemangiomas Neoplasias vasculares benignas Fase proliferativa precoce Involução espontânea Raça branca 3F:1M

17 Hemangiomas 30% ao nascimento 70% nas primeiras semanas de vida 60% - cabeça e pescoço

18 Hemangiomas 50% involuem até os 5 anos 70% involuem até os 7 anos ~40% aos 6 anos –Formação cicatricial –Telangiectasia –Pele redundante

19 Hemangiomas Expectante – 90% Corticoterapia - 70% –Prednisolona 2 a 5 mg/kg/d por 15 a 30 dias, se efetivo meses Interferon 2a – UI/m 2 Propranolol Laser Embolização/cirurgia

20 Linfangiomas MF congênitas do sistema linfático Hamartomas Envolvem pele e tecido subcutâneo Sem risco de malignização 1F:1M Triângulo cervical posterior Cervical - 70%

21 Linfangiomas Higroma cístico –Grandes cistos –Invasão dos tecidos adjacentes –1: NV –70% ao nascimento –Disfagia, problemas respiratórios e infecção cervical

22 Linfangiomas Cirurgia Bleomicina –0,3 a 0,6 mg/kg/dose intra-lesional a cada 15 a 30 dias OK-432 –0,08 a 0,1 mg diluída em 10 ml de SF 0,9%


Carregar ppt "Afecções Cirúrgicas da Região Cervical Marcelo Marcondes Stegani Disciplina de Cirurgia Pediátrica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google