A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo de Cunho Etnográfico. NÍVEL DE IMPACTO CULTURAL SENTIDO PELOS ESTRANGEIROS AO CHEGAREM NO BRASIL EQUIPE: DOROTI MARLENE LÜDERS; DOROTI MARLENE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo de Cunho Etnográfico. NÍVEL DE IMPACTO CULTURAL SENTIDO PELOS ESTRANGEIROS AO CHEGAREM NO BRASIL EQUIPE: DOROTI MARLENE LÜDERS; DOROTI MARLENE."— Transcrição da apresentação:

1 Estudo de Cunho Etnográfico

2 NÍVEL DE IMPACTO CULTURAL SENTIDO PELOS ESTRANGEIROS AO CHEGAREM NO BRASIL EQUIPE: DOROTI MARLENE LÜDERS; DOROTI MARLENE LÜDERS; MARIA ANGÉLICA C. TIBONI; MARIA ANGÉLICA C. TIBONI; RAFAEL ESTEVAM PIOLI DA COSTA. RAFAEL ESTEVAM PIOLI DA COSTA.

3 CONCEITO DE ETNOGRAFIA A etnografia é originária e desenvolvida na antropologia, e procura descrever o conjunto de entendimentos e de conhecimento específico compartilhado entre participantes que guia seu comportamento num contexto específico, ou seja, a etnografia descreve a cultura, usos e costumes de um grupo de pessoas, interessada no ponto de vista dos sujeitos pesquisados. A etnografia é originária e desenvolvida na antropologia, e procura descrever o conjunto de entendimentos e de conhecimento específico compartilhado entre participantes que guia seu comportamento num contexto específico, ou seja, a etnografia descreve a cultura, usos e costumes de um grupo de pessoas, interessada no ponto de vista dos sujeitos pesquisados. Vera Helena Gomes Wielewicki

4 NÍVEL DE IMPACTO CULTURAL SENTIDO PELOS ESTRANGEIROS AO CHEGAREM NO BRASIL PROBLEMATIZAÇÃO: Este estudo tenciona recolher, analisar e avaliar como e em quais quesitos os estrangeiros sentem mais ou menos o impacto cultural no Brasil. Através dos resultados encontrados nas entrevistas, pretendemos representar as manifestações culturais sentidas por esses sujeitos em relação ao nosso país.

5 INSTRUMENTO DE PESQUISA Questionário elaborado previamente para as entrevistas por escrito. Assuntos abordados: país de procedência; país de procedência; língua; língua; faixa etária; faixa etária; sexo; sexo; grau de instrução; grau de instrução; motivo da vinda ao Brasil; motivo da vinda ao Brasil;

6 tempo de permanência no Brasil; tempo de permanência no Brasil; profissão; profissão; dificuldades culturais encontradas (língua, clima, relacionamento interpessoal, educação, costumes, gastronomia, violência, outros); dificuldades culturais encontradas (língua, clima, relacionamento interpessoal, educação, costumes, gastronomia, violência, outros); preconceito e discriminação sofridos; preconceito e discriminação sofridos; o que mais aprecia e o que menos gosta nos brasileiros; o que mais aprecia e o que menos gosta nos brasileiros; fala a língua materna com amigos e/ou familiares aqui no Brasil? fala a língua materna com amigos e/ou familiares aqui no Brasil?

7 PaísQtdeHM Argentina101 Bolívia312 Cabo Verde321 Canadá523 Chile110 Colômbia110 Coréia (Norte/Sul)725 El Salvador101 Espanha321 EUA110 Guiné Bissau550 Inglaterra110 Japão101 Moçambique220 Peru211 Paraguay431 Portugal110 Uruguay220 Venezuela220 TOTAL COLETA DE DADOS Entrevistas: 46

8 FORAM AGRUPADOS OS SUJEITOS PESQUISADOS POR PAÍSES DE MESMA LÍNGUA

9

10

11

12

13

14 Profissão dos Entrevistados estudantes (a grande maioria); estudantes (a grande maioria); professores; professores; engenheiros; engenheiros; contador; contador; cozinheiro; cozinheiro; médico; médico; odontólogo; odontólogo; técnico de enfermagem; técnico de enfermagem;

15 economistas; economistas; técnico em telecomunicações; técnico em telecomunicações; técnico em manutenção industrial; técnico em manutenção industrial; construtor; construtor; tradutor; tradutor; consultores; consultores; agente de telemarketing; agente de telemarketing; estagiários. estagiários.

16 As maiores dificuldades encontradas no Brasil pelos estrangeiros entrevistados.

17 Outros motivos O vestibular no Brasil, algo que no Uruguay não existe; O vestibular no Brasil, algo que no Uruguay não existe; Segurança; Segurança; A justiça não funciona para os criminosos como deveria; A justiça não funciona para os criminosos como deveria; Preconceito. Preconceito.

18

19 MOTIVOS DOS PRECONCEITOS OU DISCRIMINAÇÃO Por ser peruano, por acharem que todos peruanos são traficantes; Por ser peruano, por acharem que todos peruanos são traficantes; Por ser Argentina; Por ser Argentina; Étnico e social; Étnico e social; Étnico e racial; Étnico e racial; Preconceito por causa da língua – ao falar inglês na rua. Preconceito por causa da língua – ao falar inglês na rua. O fato de ser estrangeiro, a língua (mais de um entrevistado sentiu essa forma de discriminação); O fato de ser estrangeiro, a língua (mais de um entrevistado sentiu essa forma de discriminação); Xenofobia - não é de forma geral; Xenofobia - não é de forma geral;

20 Preconceito com a língua (exigiram que eu falasse o português); Preconceito com a língua (exigiram que eu falasse o português); Preconceito racial (mais de um entrevistado sentiu essa forma de preconceito, principalmente os africanos); Preconceito racial (mais de um entrevistado sentiu essa forma de preconceito, principalmente os africanos); Por causa da cultura e a maneira de ser das pessoas daqui; Por causa da cultura e a maneira de ser das pessoas daqui; Preconceito com os orientais; Preconceito com os orientais; Preconceito com os americanos, porque só comem Mc Donalds e dirigem carros grandes; Preconceito com os americanos, porque só comem Mc Donalds e dirigem carros grandes; Com piadas de português; Com piadas de português; Simplesmente preconceito (mais de um entrevistado respondeu isto); Simplesmente preconceito (mais de um entrevistado respondeu isto);

21

22 MOTIVOS DAS DIFICULDADES DE CONVIVÊNCIA: Não é generalizado, mas os brasileiros debatem constantemente sobre temas corriqueiros e pré-conceitos no sentido puro da palavra, ou seja, não se trata de discriminações, mas de senso comum deturpado e opiniões sem fundamentação; Não é generalizado, mas os brasileiros debatem constantemente sobre temas corriqueiros e pré-conceitos no sentido puro da palavra, ou seja, não se trata de discriminações, mas de senso comum deturpado e opiniões sem fundamentação; A língua e o jeito de se comunicar; A língua e o jeito de se comunicar; O preconceito cria uma grande barreira no convívio e de adaptação à sociedade brasileira; O preconceito cria uma grande barreira no convívio e de adaptação à sociedade brasileira; A dificuldade de se expressar em português e de fazer uso correto da ortografia e fonética da língua portuguesa; A dificuldade de se expressar em português e de fazer uso correto da ortografia e fonética da língua portuguesa; A relação humana; A relação humana; A diferença de cultura; dos costumes; do clima; os hábitos; A diferença de cultura; dos costumes; do clima; os hábitos; Costume de assistir novelas e futebol; Costume de assistir novelas e futebol;

23 A arrogância do brasileiro; A arrogância do brasileiro; As diferenças culturais e de princípios (modo de interpretar as coisas); As diferenças culturais e de princípios (modo de interpretar as coisas); Relação de igualdade; Relação de igualdade; Algumas gírias que não entendo; Algumas gírias que não entendo; Falta de fidelidade; Falta de fidelidade; São falsos, mas nem todos; São falsos, mas nem todos; Difícil conversar porque a língua é muito diferente; Difícil conversar porque a língua é muito diferente; O brasileiro faz muito barulho; O brasileiro faz muito barulho; Os brasileiros não falam devagar; Os brasileiros não falam devagar; A conversa pode ser bem difícil; A conversa pode ser bem difícil; Insegurança no relacionamento; Insegurança no relacionamento; Os homens são folgados (três pessoas responderam isto). Os homens são folgados (três pessoas responderam isto).

24 APRECIO NOS BRASILEIROS: Povo muito trabalhador, povo homogêneo; Povo muito trabalhador, povo homogêneo; A informalidade e a alegria; (*); A informalidade e a alegria; (*); A naturalidade, a autenticidade; A naturalidade, a autenticidade; O patriotismo e a perseverança; O patriotismo e a perseverança; O bom humor, a fé e confiança e a dedicação ao trabalho; O bom humor, a fé e confiança e a dedicação ao trabalho; Povo alegre e a liberdade (*); Povo alegre e a liberdade (*); A personalidade, a forma de ser, abertos e simpáticos (*); A personalidade, a forma de ser, abertos e simpáticos (*); Acolhida ao receber, mas somente de algumas pessoas, não todas. Acolhida ao receber, mas somente de algumas pessoas, não todas. Espontaneidade (*); Espontaneidade (*);

25 Facilidade e falta de inibição para se relacionar com os outros (*); Facilidade e falta de inibição para se relacionar com os outros (*); São hospitaleiros, extrovertidos, simpáticos (*); São hospitaleiros, extrovertidos, simpáticos (*); A comida brasileira; A comida brasileira; O gosto pelo futebol, churrasco e cerveja (*); O gosto pelo futebol, churrasco e cerveja (*); Calorosos e joviais; Calorosos e joviais; Amigáveis, liberdade e beleza (*); Amigáveis, liberdade e beleza (*); Carinhosos (*); Carinhosos (*); O caráter, a amizade; O caráter, a amizade; La belleza de las mujeres; La belleza de las mujeres; (*) Mais de um entrevistado deu a mesma resposta.

26 NÃO GOSTO NOS BRASILEIROS: Cultura de massa muito influenciada por bandeiras externas (no caso de países desenvolvidos); Cultura de massa muito influenciada por bandeiras externas (no caso de países desenvolvidos); São despolitizados, machistas, ciumentos, possessivos (os dois sexos); São despolitizados, machistas, ciumentos, possessivos (os dois sexos); Falta de espírito de luta pelos seus ideais; Falta de espírito de luta pelos seus ideais; São apaixonados e só falam em futebol; São apaixonados e só falam em futebol; Falta de patriotismo; Falta de patriotismo; A informalidade; A informalidade; A falta de educação; A falta de educação; O elitismo, o racismo, embora escondido; O elitismo, o racismo, embora escondido; A idolatria pelos EUA (Miami); A idolatria pelos EUA (Miami); A criminalidade em alguns estados; A criminalidade em alguns estados;

27 A falsidade; A falsidade; A antipatia; A antipatia; Falam muito rápido; Falam muito rápido; São atrasados e barulhentos; São atrasados e barulhentos; Cantam e fazem barulho em casa; Cantam e fazem barulho em casa; A mudança de temperamento; A mudança de temperamento; São maus motoristas; São maus motoristas; Os jovens se beijam em público e isso é muito estranho para mim; Os jovens se beijam em público e isso é muito estranho para mim; A violência; A violência; Da comida brasileira; Da comida brasileira; Da discriminação racial. Da discriminação racial.

28 CONCLUSÃO: Em geral as entrevistas foram satisfatórias e retrataram o sentimento de cada um dos pesquisados, e corresponderam à realidade social que foi observada em nossa pesquisa de campo. De acordo com as afirmações, ficou relevante a questão da discriminação e preconceito racial, que infelizmente continua muito enraizado em nossa sociedade. A língua, o clima, os costumes, a violência e o relacionamento interpessoal, também foram alguns dos quesitos que mais contribuíram para o impacto cultural dos estrangeiros no Brasil.

29 ALGUNS DOS ENTREVISTADOS QUE SE DEIXARAM FOTOGRAFAR (PARAGUAY, PERU, URUGUAY, BOLÍVIA, COLÔMBIA E CHILE)


Carregar ppt "Estudo de Cunho Etnográfico. NÍVEL DE IMPACTO CULTURAL SENTIDO PELOS ESTRANGEIROS AO CHEGAREM NO BRASIL EQUIPE: DOROTI MARLENE LÜDERS; DOROTI MARLENE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google