A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INFORLUB MANUTENÇÃO EM SISTEMAS DE ARREFECIMENTO INFORLUB.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INFORLUB MANUTENÇÃO EM SISTEMAS DE ARREFECIMENTO INFORLUB."— Transcrição da apresentação:

1 INFORLUB MANUTENÇÃO EM SISTEMAS DE ARREFECIMENTO INFORLUB

2 AUMENTAR TEMP NA CAMARA DÉCADA DE º C 350 º C 250 º C 100 º C >>>> 650 º C 550 º C 300 º C 150 º C AUMENTO DA TEMPERATURA DE COMBUSTÃO 600 º C TAXAS de 6:1 até 9:1TAXAS de 10:1 até 15:1

3 TEMPERATURA MÉDIA DA ÁGUA / FLUIDO Acima de 110 ºC >>>> 70 A 100 ºC DÉCADA DE 80

4 CORROSÃO ELETROLÍTICA GALVÂNICA

5 CONVÊNCIONAL ASTM D5117 ASTM D5117 AG-TL774D AG-TL774D SAE 1034 SAE 1034 COMO DEVE SER O ÓLEO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS : ORGÂNICO ASTM D5117 ASTM D5117 ASTM D4340 ASTM D4340 AG-TL774D AG-TL774D SAE 1941 SAE 1941 DÉCADA DE >>>> ABAIXO de 400 o CACIMA de 600 o C

6 COMO DEVE SER O FLUÍDO DE ARREFECIMENTO DO MOTOR MODERNO ? CONTER TERMO-CAPACITÔRES COMO : MONOETILENOGLICÓIS OU POLÍMEROS CONTER TERMO-CAPACITÔRES COMO : MONOETILENOGLICÓIS OU POLÍMEROS USAR APENAS COMO DILUENTE : ÁGUA DESMINERALIZADA E DEIÔNIZADA USAR APENAS COMO DILUENTE : ÁGUA DESMINERALIZADA E DEIÔNIZADA OS SAIS PROTETIVOS DEVEM SER : DE NATUREZA ORGÂNICA OS SAIS PROTETIVOS DEVEM SER : DE NATUREZA ORGÂNICA NÃO CONTER SAIS DOS TIPOS : NÃO CONTER SAIS DOS TIPOS : BORATOS, FOSFATOS, SILICATOS, NITRITOS E AMINAS CÁUSTICAS COMOCOMO

7 CUIDADO PODE TER CORROSÃO ! O QUE É BORRA O SEU CLIENTE NÃO DÁ MANUTENÇÃO NO SISTEMA DE NO SISTEMA DE ARREFECIMENTO ?

8 O QUE É BORRA VERIFIQUE SE HÁ UMA ESPÉCIE DE PÓ BRANCO OU LEVEMENTE PIGMENTADO EM TORNO DO BOCAL DO VAZO EXPANSÔR ! SE HOUVER, ENTÃO EXISTE CORROSÃO NO SISTEMA !

9 O QUE É BORRA QUANDO HOUVER CORROSÃO RECOMENDE QUE SEJA FEITA UMA LIMPEZA DO SISTEMA UMA LIMPEZA DO SISTEMA COM TROCA DO FLUIDO ! COM TROCA DO FLUIDO !

10 O QUE É BORRA ATENÇÃO ! CUIDADOS ESPECIAIS DEVEM SER TOMADOS ? Esta é uma operação de altíssimo risco ! Antes de iniciar uma Limpeza do Sistema informe claramente ao cliente dos riscos que existem nesta operação. Acompanhe a Limpeza de perto e interrompa-a se perceber riscos para o motor.

11 O QUE É BORRA ATENÇÃO ! CUIDADOS ESPECIAIS DEVEM SER TOMADOS ? Antes de iniciar uma Limpeza do Sistema informe claramente ao cliente dos riscos que existem nesta operação pois, SE HOUVER UMA PANE GRAVE DO MOTOR Você estará mais protegido ! PEÇA A SEU CLIENTE PARA ASSINAR UM TERMO DE AUTORIZAÇÃO DO SERVIÇO !

12 NÃO SE ESQUEÇA ! 1- A limpeza química é uma solução paliativa que pode evitar uma pane mais grave se feita a tempo. 2- Em casos graves a limpeza química não isenta da substituição dos componentes danificados. 3- Nenhuma solução corretiva é melhor que uma manutenção preventiva realizada segundo as especificações do fabricante do veículo. O QUE É BORRA

13 1ª ETAPA: PREPARANDO A DESCONTAMINAÇÃO 1- Dê preferência a operações mecanizadas. 2- Use somente solubilizantes e solventes de boa procedência. 3- Não descarte o produto da limpeza na rede de esgoto. 4- Use apenas aditivos que atendam as especificações. 5- Oriente o cliente sobre a manutenção periódica. 6- Não use água ou aditivos fora da especificação. 7- Proteja as partes pintadas contra respingos dos produtos. O QUE É BORRA

14 2ª ETAPA: INICIANDO A DESCONTAMINAÇÃO 1- Na falta de uma máquina apropriada, siga as seguintes recomendações. 2- Abra o dreno inferior do sistema e esgote o fluido velho. 3- Deixe escorrer por quinze minutos. 4- Após a drenagem encha o sistema com água limpa. 5- Adicione um Solvente na proporção indicada no frasco do produto. 6- Use Solventecom garantia de procedência por medida de segurança. 6- Use Solvente com garantia de procedência por medida de segurança. 7- Se não souber a proporção deve ser (1 lt para cada 6 lts de água). 8- Deixe o Solventeagir por 48 horas. 8- Deixe o Solvente agir por 48 horas. 9- Remova a solução descartando-a em local apropriado. 10- Encha e esvazie por três vezes o sistema com água limpa para enxaguar. O QUE É BORRA

15 3ª ETAPA: CONCLUÍNDO A DESCONTAMINAÇÃO 1- Feche o dreno e coloque a água desmineralizada e deiônizada, 2- Ligue o motor e deixe funcionar na marcha lenta sem mover o carro, 3- Acrescente o Aditivo na proporção recomendada, 4- Eleve a rotação até +/ RPM, durante 10 segundos, 5- Observe se a temperatura está além do limite de operação, 6- Desligue o motor e faça sangria no Sistema para drenar bolhas de AR, 7- Observe os ruídos característicos de funcionamento do motor, O QUE É BORRA

16 4ª ETAPA: CONCLUÍNDO A DESCONTAMINAÇÃO 1- Peça ao cliente para retornar após andar km, 2- Meça a concentração da mistura água + aditivo, e corrija se necessário, 3- Indague ao cliente sobre o comportamento da temperatura do motor. 4- Repita a checagem da concentração do fluido a cada km ou seis meses, 3- Adote a recomendação do fabricante do carro para escolha do Fluido certo e para programar as próximas trocas. O QUE É BORRAO QUE É BORRA

17 CUIDADO !! ESPECIFICAÇÕES SIGA RIGOROSAMENTE AS ESPECIFICAÇÕES E PLANOS DE MANUTENÇÃO DA MONTADORA! O CLIENTE ESCOLHE ERRADO MAS SE QUEBRAR É VOCÊ QUEM PAGA !!!!!! NÃO SE ARRISQUE !!

18 RESPONSÁVEL TÉCNICO ESPECIFICAÇÕES PERANTE A LEI RESPONSÁVEL TÉCNICO É AQUELE QUE ESPECIFICA QUAL PRODUTO DEVE SER USADO. NO CASO DOS ÓLEOS E FLUIDOS RT É QUEM FABRICOU O CARRO. QUEM MUDAR ESTA DETERMINAÇÃO ASSUME TOTAL RESPONSABILIDADE SOBRE OS EFEITOS QUE ESTA ALTERAÇÃO PRODUZIR

19 ESPECIFICAÇÕES ENTÃO ! PARA A SUA PROTEÇÃO SIGA RIGOROSAMENTE AS ESPECIFICAÇÕES E PLANOS DE MANUTENÇÃO DA MONTADORA ! INFORLUB

20 INFORLUB


Carregar ppt "INFORLUB MANUTENÇÃO EM SISTEMAS DE ARREFECIMENTO INFORLUB."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google