A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Trem de Alta Velocidade e a Engenharia Nacional Hélio Mauro França – Superintendente Executivo - ANTT São Paulo, 9 de setembro de 2010 SINDICATO DOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Trem de Alta Velocidade e a Engenharia Nacional Hélio Mauro França – Superintendente Executivo - ANTT São Paulo, 9 de setembro de 2010 SINDICATO DOS."— Transcrição da apresentação:

1 O Trem de Alta Velocidade e a Engenharia Nacional Hélio Mauro França – Superintendente Executivo - ANTT São Paulo, 9 de setembro de 2010 SINDICATO DOS ENGENHEIROS NO ESTADO DE SÃO PAULO

2 Ligação Rio – São Paulo em alta Velocidade Nas últimas décadas, vários estudos foram desenvolvidos, patrocinados ou autorizados, pelo Governo Brasileiro com vistas à implantação de um sistema de TAV. Entre eles, pode-se citar: INECO/ENEFER para a extinta RFFSA – Linha Rio de Janeiro - São Paulo. GEIPOT com assessoria da SNCF (Société National dês Chemins de Fer), em 1981 – Rio de Janeiro - São Paulo-Campinas. Acordo entre Ministério dos Transportes e o Governo do Estado de São Paulo, com assessoria da SNCF, em 1987 – Rio de Janeiro - São Paulo – Campinas – Araraquara. Concessão para implantação do Trem de Alta Velocidade, entre Rio de Janeiro e São Paulo, ao Grupo Interturion, concedida em 1989 e cancelada, pelo não cumprimento do objetivo, em 1990; TRANSCORR, coordenado pelo GEIPOT, com participação de sociedades brasileiras e alemãs, com financiamento a fundo perdido do Governo Alemão, em ITALPLAN CONSÓRCIO HALCROW – SINERGIA – Projeto TAV BRASIL 2008/2009

3 Projeto TAV Brasil O mais completo estudo já realizado:

4 Projeto TAV Brasil Ligação Rio – São Paulo: uma das mais atrativas para implantação de uma linha de alta velocidade:

5 Projeto TAV Brasil A região que abrange Rio de Janeiro - São Paulo - Campinas é a região econômica mais importante do país. Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo contêm 30% da população brasileira e 45,5% de seu PIB (Fonte: IBGE-2007). Região Metropolitana População de 2007 Área (km 2 ) Pop/km 2 Principais Indústrias Cidade Pólo (População) São Paulo Finanças, serviços, produção Campinas Alta tecnologia, automóveis, pesquisa, educação Jundiaí Serviços, produção Vale do Paraíba Paulista Produção, pesquisa, aeronáutica (São José dos Campos) Rio de Janeiro Turismo, finanças, serviços, produção Vale do Paraíba Fluminense Produção, aço, agricultura (Volta Redonda)

6 Projeto TAV Brasil Os 41 municípios no eixo da linha de alta velocidade corresponderiam ao segundo maior estado do País em termos de população, PIB e o maior PIB per Capita do País). ÁREA GEOGRÁFICAPopulação PIB (em mil R$) PIB per Capita (em R$) Estado de São Paulo (26 municípios identificados) ,00 Estado do Rio de Janeiro (15 municípios identificados) ,00 Municípios na rota do TAV (41) ,00 Brasil ,00 Municípios na rota do TAV em relação ao Brasil 13,9%23,8%172,1%

7 Projeto TAV Brasil A linha de alta velocidade Rio – São Paulo - Campinas equipara-se às principais ligações existentes no mundo em termos de distância, tráfego aéreo e possui população maior nas cidades chaves PRINCIPAIS LINHAS DE ALTA VELOCIDADE LIGAÇÃO DISTÂNCIA (km) POPULAÇÃO (milhões hab) TRÁFEGO AÉREO (*) (milhões pas/ano) TÓQUIO - OSAKA ,71964 PARIS - LYON ,01981 SEUL - PUSAN ,22003 BEIJING - SHANGAI N.D MADRI - BARCELONA ,82007 RIO - SÃO PAULO ,62006 (*) ANTES DA INTRODUÇÃO DA LINHA DE ALTA VELOCIDADE

8 Projeto TAV Brasil Situação da Demanda de Transporte

9 Participação Modal por motivo de viagem Motivo da Viagem por Ônibus Trabalho – 56% Não Trabalho – 44% Motivo da Viagem por Automóvel Trabalho – 69% Não Trabalho – 31% Motivo da Viagem por Avião Trabalho – 77% Não Trabalho – 23%

10 Parâmetros Tarifários (Reais) OrigemDestino Modalidade de Transporte TAV AéreoAutomóvelÔnibus Econ.Exec. Rio de Janeiro São Paulo (em horário de pico)200,00325,00400,00137,1267,00 São Paulo (fora do horário de pico) 150,00250,00180,00137,1267,00 Rio de JaneiroCampinas200,00350,00400,00160,8075,00 Rio de Janeiro Volta Redonda/Barra Mansa40,20--41,4627,36 São José dos Campos102, ,3951,00 Volta Redonda/Barra Mansa São José dos Campos68,40--73,0934,00 São Paulo97, ,8546,00 Campinas118, ,4759,00 São José dos Campos São Paulo28,80--31,5217,30 Campinas49,00--51,9127,00 São PauloCampinas31,20--37,3818,00 Projeto TAV Brasil

11 Parâmetros de Tempo de Viagem (minutos) Projeto TAV Brasil

12 MATRIZ DE TRANSPORTE – 2008 (milhares de passageiros/ano) Sem o TAV ModalRIO - SÃO PAULORIO - CAMPINASREGIONALTOTAL Aéreo Automóvel Ônibus Total Com o TAV TAV Econômico TAV Executivo Total TAV Aéreo Automóvel Ônibus Total Projeto TAV Brasil

13 PROJEÇÃO DA DEMANDA – TAV (milhares de passageiros/ano) ORIGEMDESTINO SERVIÇO EXPRESSO Rio de JaneiroSão Paulo Rio de JaneiroCampinas SERVIÇO REGIONAL Rio de Janeiro V.Redonda/B.Mansa S.J.Campos V.Redonda/B.Mansa S.J.Campos São Paulo Campinas S.J.Campos São Paulo Campinas São PauloCampinas TOTAL Projeto TAV Brasil

14 ORIGEMDESTINO SERVIÇO EXPRESSO 1.460,12.328,54.012,15.769,7 Rio de JaneiroSão Paulo1.314,02.085,93.569,45.133,1 Rio de JaneiroCampinas146,1242,6442,7636,6 SERVIÇO REGIONAL 863,11.175,71.681,22.417,6 Rio de Janeiro V. Redonda/B. Mansa105,3131,5169,3243,4 S.J. dos Campos21,630,143,162,0 V. Redonda/B. Mansa S.J. dos Campos17,423,131,244,9 São Paulo17,922,830,043,1 Campinas4,76,59,313,4 S.J. dos Campos São Paulo246,3330,2468,9674,3 Campinas63,998,2152,4219,1 São PauloCampinas386,0533,3777,01.117,4 TOTAL 2.323,23.504,25.693,38.187,3 R$ milhão PREVISÃO DE RECEITAS Projeto TAV Brasil

15 ESTUDOS DE ENGENHARIA Traçado Referencial Geologia Meio ambiente Projeto TAV Brasil

16 Dados básicos para o estudo do traçado - Parâmetros da via férrea Bitola: mm Velocidade máx. de projeto: 350 km/h Raio horizontal mín: m Raio vertical mín: m Inclinação máx: 35 mm/m Carga por eixo do trem: 17 t Plataforma: 500 m (comporta composições com até 16 carros) - Informações sobre a região Relevo, geologia e hidrografia Condições/restrições ambientais Uso e ocupação do solo urbano e rural Rede de Transporte – rodovias e ferrovias Infraestruturas lineares – Linhas de Transmissão e dutos Áreas indígenas e quilombolas Informações levantadas junto a 65 municípios Projeto TAV Brasil

17 Estudo de Alternativas de Traçado Fases do estudo : a partir do eixo do traçado do TRANSCORR (estudo do MT) 1ª Fase: otimização em uma faixa de 20km de largura para seleção de um corredor de 2km de largura, que envolve os traçados de menor custo e menor impacto socioambiental. 2ª Fase: otimização do traçado de referência no corredor de 2km de largura, em termos de funcionalidade, custos, impacto socioambiental. Realizadas mais de 50 rodadas no Sistema Quantm. Desenvolvimento do traçado referencial com base em : - definição de pontos de passagem - parâmetros técnicos da via - informações socioambientais Premissas para definição de pontos de passagem: - Interligação das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas; - Conectar os aeroportos do Galeão, Guarulhos e Viracopos; e - Estações intermediárias no trecho do Vale do Paraíba Fluminense e Paulista Projeto TAV Brasil

18 Critérios adotados na definição do traçado referencial Critérios técnico/operacionais Custo de construção considerados os riscos geológicos; Tempo de viagem; Custo operacional Custo de manutenção. Critérios socioambientais Impacto social (desapropriação, reassentamento, reurbanização, relocação de vias, proteção acústica); Impacto ambiental (plantio compensatório, compensação ambiental, áreas de restrição total); Projeto TAV Brasil

19 Descrição do Traçado Referencial TRECHO EXTENSÃO (km) OBSERVAÇÃO Barão de Mauá – Galeão15,2 - Est. Barão de Mauá: reforma e revitalização/ oficina de apoio. - Est. Galeão: a construir / subterrânea. Galeão – Barra Mansa/Volta Redonda 102,9 - Est. Barra Mansa/Volta Redonda: a construir / em superfície. Barra Mansa / Volta Redonda – S. J. Campos 209,6 - Est. S. J. Campos: a construir / em superfície. - Principal Oficina de Manutenção. S. J. Campos – Guarulhos 63,0- Est. Guarulhos: a construir / subterrânea. Guarulhos – Campo de Marte 21,6 - Est. Campo de Marte: a construir / em superfície / Oficina de apoio. Campo de Marte – Viracopos 76,1- Est. Viracopos: a construir / subterrânea. Viracopos – Campinas22,9 - Est. Campinas: reforma e revitalização / Oficina de apoio. Extensão Total: 510,8 km Túnel: 90,9 km (18%) Ponte: 107,8 km (21%) Superfície: 312,1 km (61%) Projeto TAV Brasil

20 Estudos Ambientais Quantificação e avaliação do impacto socioambiental do traçado referencial Emitido o Termo de Referência para EIA/RIMA A ANTT realizará o estudo de impacto ambiental com vistas à obtenção da licença prévia Estudos Geológicos Elaborado o mapeamento geológico do corredor de referência Investigações para delimitação de áreas de risco geológico (serviços de sondagens e ensaios de laboratório) Análise qualitativa preliminar de riscos por compartimentos geológico- geomecânicos, por trecho do traçado referencial, por tipo de obra - indicação de medidas mitigatórias Projeto TAV Brasil

21 ESTUDOS OPERACIONAIS Projeto TAV Brasil

22 SERVIÇOS PROPOSTOS – TAV BRASIL Serviço regional de curta distância Serviço regional de longa distância Serviço expresso Volta Redonda/ Barra Mansa Aeroporto do Galeão Barão de Mauá PADRÃO DOS SERVIÇOS BÁSICOS – 2014 (8 carros) 22 Trens por hora/direção Intervalo dos serviços Trens por hora /direção Intervalo dos serviços Expresso Rio de Janeiro - São Paulo 320 min1,540 min Regional de curta distância Campinas - São José dos Campos com paradas intermediárias 610 min320 min Regional de longa distância Campinas - Rio de Janeiro com paradas intermediárias 2 (extensão do regional de curta distância) 30 min 1 (extensão do regional de curta distância) 60 min HORÁRIO DE PICOHORÁRIO FORA DE PICO TIPOS DE SERVIÇO Projeto TAV Brasil

23 Barão de Mauá Campinas Viracopos Campo de Marte Guarulhos São José dos Campos Barra Mansa/ Volta Redonda Galeão Serviço regional : curta distância Serviço regional : longa distância Serviço expresso Estação atendida Estação não atendida PROGRAMAÇÃO PROPOSTA (TRENS POR HORA - HORÁRIO DE PICO) 23 Projeto TAV Brasil

24 24 CARACTERÍSTICAS DO TREM PROJEÇÃO DO NÚMERO DE TRENS POR ANO Projeto TAV Brasil

25 TEMPOS DE VIAGEM E VELOCIDADES MÉDIAS (Trem com velocidade máxima operacional de 300 km/h) 25 Projeto TAV Brasil

26 ESTUDOS DE CUSTOS Investimentos Operacionais Projeto TAV Brasil

27 R$ mil ItemTotal Geral% Terraplenagem ,6 6,4 Estruturas ,2 52,8 Edificações e equipamentos ,1 4,1 Sinalização e telecomunicações ,4 1,7 Via permanente ,3 5,9 Sócio-ambiental ,9 11,8 Eletrificação ,0 3,7 Material rodante ,4 7,5 Serviços complementares ,0 6,1 TOTAL GERAL ,9 100,0 CUSTOS DE INVESTIMENTO R$ ,1 milhões /Km ou US$ ,5 milhões /Km

28 CUSTOS OPERACIONAIS ITEM R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%)R$ x 10 6 (%) VIA PERMANENTE44,412,1133,220,4266,530,5266,529,7 OBRAS DE ARTE55,715,255,88,674,18,574,18,3 MATERIAL RODANTE209,957,24386,359,3433,749,7435,148,5 CUSTOS ADMINISTRATIVOS 34,19,342,86,645,15,245,25,0 MARKETING, VENDAS E ESCRITÓRIOS 23,06,333,905,253,86,275,98,5 TOTAL367, , , , Projeto TAV Brasil

29 O prazo para a construção e início das Operações Comerciais da integralidade do TAV Rio de Janeiro - Campinas, previsto na Metodologia de Execução deverá ser de, no máximo, 6 (seis) anos, contados a partir da emissão da licença ambiental prévia e da transmissão da posse para a Concessionária da área relativa ao primeiro Trecho Operacional; O prazo para a operação, a manutenção e a conservação do TAV Rio de Janeiro – Campinas é de 40 (quarenta) anos contados a partir da data da expedição da licença ambiental de operação para a integralidade do TAV Rio de Janeiro – Campinas ou da última licença ambiental de operação, caso a construção seja faseada, na forma da Metodologia de Execução. Projeto TAV Brasil – CONCESSÃO - Prazos

30 A União constituirá uma empresa pública por ela controlada, que deterá participação acionária minoritária na Sociedade de Propósito Específico - SPE, a quem será outorgada a exploração da concessão da EF-222 mediante celebração do contrato de concessão. É condição, para fins de implementação da outorga da concessão,a participação acionária da empresa pública federal na SPE por meio de: a)capitalização de R$ ,00 (um bilhão, cento e trinta e cinco milhões de reais), a serem integralizados em moeda corrente nacional; b)capitalização de R$ ,00 (dois bilhões, duzentos e sessenta e cinco milhões de reais) por meio da integralização de ativos decorrentes das desapropriações necessárias à implantação da infra-estrutura e exploração do serviço público relativos ao TAV. A empresa pública federal e a adjudicatária da concessão serão partes em acordo de acionistas que verse sobre os direitos inerentes às ações representativas do capital da SPE, conforme disposto no Edital. Projeto TAV Brasil – Apoio Público

31 A concessionária poderá pleitear financiamento com recursos públicos, respeitado o limite máximo de 60,3% (sessenta inteiros e três décimos por cento) do valor dos investimentos; ou de R$ ,00 (dezenove bilhões, novecentos e setenta e sete milhões, duzentos e vinte e sete mil reais), o que for menor. O financiamento poderá ser concedido por instituição financeira pública federal desde que assegurada a garantia da União para a totalidade da dívida. Os valores acima são reajustados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA, considerando-se a data-base de dezembro de Projeto TAV Brasil – Apoio Público

32 O objeto do Edital é a Concessão do serviço público ferroviário de passageiros por TAV incluindo o projeto, a construção, a operação, a manutenção e a conservação do TAV Rio de Janeiro - Campinas, nos termos, no prazo e nas condições estabelecidas na Minuta do Contrato. A Concessão será remunerada mediante cobrança de Tarifa e a cessão do direito de exploração econômica das estações próprias, bem como de Receitas Extraordinárias, caso ocorram. O critério de julgamento do presente Leilão é a oferta do menor valor da Tarifa-Teto quilométrica para o Serviço Ferroviário Expresso Tarifado, observado o valor máximo de R$ 0,49 (quarenta e nove centavos de reais) por quilômetro. Projeto TAV Brasil – Objeto da Concessão

33 Modalidade: Leilão, regido pela Lei nº 9.491/97, em 3 Etapas 1ª Etapa Pré-qualificação técnica: Experiência em projeto final de engenharia de TAV implantado Experiência em operação de TAV Experiência na implantação de sistema completo de TAV Experiência na fabricação de material rodante de TAV (deter tecnologia) 2ª Etapa Leilão de lance único na BM&Fbovespa – tarifa teto R$0,49 para a ligação expressa Rio de Janeiro – São Paulo 3ª Etapa Habilitação: jurídica e econômico-financeira Cumprimento de requisitos mínimos de Proposta Técnica e de Transferência de Tecnologia 33 Projeto TAV Brasil – LICITAÇÃO

34 PONTUALIDADE E AGILIDADE – É um sistema cuja operação não sofre interferências de questões climáticas, como os aeroportos, ou de congestionamentos, como nas rodovias. OCUPA MENOS ÁREA QUE RODOVIAS – Com 15 metros de largura, em média, as linhas de trens de alta velocidade ocupam 3,2 hectares por quilômetro de linha construída. As rodovias, com 28 metros de largura, a ocupação de área é de 9,3 hectares/quilômetro construído. MENOR CONSUMO DE ENERGIA POR PASSAGEIRO TRANSPORTADO – O TAV transporta 170 passageiros/km/kep, (1kwh = 0,086 kep – quilograma equivalente de petróleo) mais de três vezes a relação no caso de ônibus e 8,5 vezes mais que os aviões. MENOR EMISSÃO DE CO2 – Para cada cem passageiros transportados, o trem de alta velocidade emite o equivalente a 4 quilogramas de CO2. No caso de automóveis, a relação é de 14 quilogramas de emissão para cada grupo de cem passageiros transportados. Os aviões emitem 17 quilogramas de CO2 para cada grupo de cem passageiros. Projeto TAV Brasil – VANTAGENS

35 ABSORÇÃO DE TECNOLOGIA – Com o TAV, o Brasil passará a dominar nova tecnologia de ponta, que será transferida para empresas brasileiras, possibilitando o país a criar novas oportunidades de exportação de produtos e serviços de alto valor agregado. GERAÇÃO DE EMPREGOS – Serão 12 mil empregos diretos e indiretos na fase de construção, 30 mil nos primeiros anos de operação e outros 30 mil até o final da concessão, de 40 anos. DESENVOLVIMENTO REGIONAL – A operação do TAV possibilitará o desenvolvimento regional ao longo de seu traçado. Também permitirá que pessoas morem ao longo do seu traçado e trabalhem em São Paulo ou no Rio de Janeiro, melhorando a qualidade de vida das pessoas e das capitais. Projeto TAV Brasil – VANTAGENS

36 O TAV TEM CUSTO IMPREVISÍVEL – O custo do TAV será definido conforme o projeto básico para sua implantação de responsabilidade do grupo que vencer o leilão. Os estudos e o traçado referenciais foram concebidos para definição da viabilidade técnica e econômica do projeto e para definição de um teto tarifário, item indispensável para a realização de licitação para concessão de serviço público. A regra foi bem compreendida por todos os potenciais interessados e também pelo TCU, que não fez ressalvas sobre isso no Acórdão que permitiu a realização da licitação. ESTUDOS GEOLÓGICOS INSUFICIENTES – Os estudos geológicos feitos atenderam às necessidades para a elaboração do traçado referencial. Os potenciais investidores têm liberdade para proporem outro traçado. Assim, o aprofundamento dos estudos geológicos para a elaboração do traçado referencial poderia resultar em perda de tempo e, principalmente de dinheiro público, caso seja outro o traçado do projeto básico do vencedor do leilão. Projeto TAV Brasil – MITOS

37 MAU USO DE RECURSOS PÚBLICOS – Ao contrário de outros países, que usaram recursos públicos para implantar o Trem de Alta Velocidade, no caso brasileiro, o projeto será bancado pela iniciativa privada. O Governo assegura a financiabilidade do projeto, por meio de financiamento com juros e prazos compatíveis para projetos com a complexidade e tempo de maturação dos investimentos, caso do TAV. Os recursos públicos a serem utilizados serão de R$3,4 bilhões como aporte de capital na concessionária, sendo que R$ serão integralizados, na forma da legislação aplicável, em moeda corrente nacional, em direitos ou por meio dos ativos decorrentes das desapropriações necessárias à implantação da infra-estrutura e exploração do serviço público relativos ao TAV. Os recursos serão aportados pela Empresa Pública Federal a ser criada, que participará minoritariamente do projeto. Projeto TAV Brasil – MITOS

38 NÃO É PRIORITÁRIO – O TAV é uma alternativa para o principal corredor de transporte do país (Rio de Janeiro - São Paulo-Campinas). Os sistemas rodoviário e aeroviário apresentam sinais de saturação neste corredor e exigem investimentos urgentes, caso continuem sendo as únicas alternativas de transporte. Alguns trechos da Via Dutra, por exemplo, apresentam tráfego duas vezes superior à capacidade da rodovia. Rodovias e aeroportos causam mais danos ambientais tanto na construção como na operação. DINHEIRO PODERIA SER GASTO EM METRÔS – Metrôs são sistemas de transportes tipicamente urbanos, que devem ser tratados por estados e municípios em conjunto com o Governo Federal. O TAV é sistema de transportes de média e longa distâncias. Da mesma forma que o Governo não se furta a auxiliar os estados e municípios, especialmente as capitais e a construir ou ampliar seus sistemas de metrôs, também não pode se eximir da responsabilidade de assegurar meios para a mobilidade das pessoas em médias e longas distâncias. Projeto TAV Brasil – MITOS

39 O DINHEIRO DEVERIA SER GASTO EM FERROVIAS – Os investimentos em ferrovias estão ocorrendo: Entre 2007 e 2011 serão investidos R$ 15 bilhões para a construção de cinco mil quilômetros de novas ferrovias. E há previsão no PAC 2 – de investimentos de mais R$ 46 bilhões para a construção de mais nove mil quilômetros, além de adequações e melhorias em trechos da malha atual. No PAC 2, prevê-se também a construção da malha ferroviária para a tão sonhada saída pelo Oceano Pacífico. Todo o país estará interligado por malhas ferroviárias modernas, com opções de escolha de portos para os usuários, conforme o destino de suas exportações. Projeto TAV Brasil – MITOS

40 ACESSIBILIDADE – Necessidade de investimentos para melhorar o acesso dos usuários às estações por meio de transporte de massas e vias urbanas de alta capacidade; CAPACITAÇÃO DA INDÚSTRIA NACIONAL – Programa de transferência e absorção de tecnologia com aumento dos investimentos na indústria nacional para ofertar, de forma competitiva, equipamentos, sistemas e serviços para expansão da rede de alta velocidade; QUALIFICAÇÃO DA MÃO-DE-OBRA – Formação de profissionais para atender a futura demanda no segmento indústria da alta velocidade e dos serviços de transporte de passageiros; REORDENAMENTO URBANO – Melhoria da qualidade de vida nas cidades de modo a evitar o surgimento de gargalos decorrentes da implantação das linhas de alta velocidade; LICENCIAMENTO AMBIENTAL – Obtenção das licenças ambientais tempestivamente e com prioridade para preservação do meio ambiente para capturar efetivamente as vantagens do transporte de alta velocidade Projeto TAV Brasil – DESAFIOS

41 EXPANSÃO DA REDE DE ALTA VELOCIDADE NO BRASIL Estudos incluídos no PAC II EFF-222 Projeto em Licitação EFF-333 Plano Nacional de Viação Projeto TAV Brasil – DESAFIOS

42 Projeto TAV Brasil - Resumo Região mais populosa (36 milhões de habitantes) e mais desenvolvida economicamente (45% do PIB) do Brasil; Rio – São Paulo: 450 km em 93 min; São Paulo – Campinas: 100 km em 30 min; Estudos técnicos de demanda, alinhamento, geologia, operação e modelagem econômico-financeira concluídos e disponibilizados em Custo estimado do projeto: R$ 33,1 bilhões; Participação do setor público no projeto: equity e financiamento.

43 Início da operação estimado para 2016; Concessionária: responsável pelo projeto, construção, operação e manutenção, obedecidos parâmetros técnicos de performance Transferência de tecnologia obrigatória; Leilão aberto a todas as tecnologias existentes; Lançamento do Edital: 14 de julho de 2010; Recebimento das propostas: 29 de novembro de LEILÃO: 16 de dezembro de Projeto TAV Brasil - Resumo

44 OBRIGADO! TREM DE ALTA VELOCIDADE


Carregar ppt "O Trem de Alta Velocidade e a Engenharia Nacional Hélio Mauro França – Superintendente Executivo - ANTT São Paulo, 9 de setembro de 2010 SINDICATO DOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google