A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA TÉCNICA 03 2006 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CFI AUTOLATINA AULA PARTE 3/3 ATUADORES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA TÉCNICA 03 2006 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CFI AUTOLATINA AULA PARTE 3/3 ATUADORES."— Transcrição da apresentação:

1 AULA TÉCNICA INSTRUTOR: SCOPINO

2 SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CFI AUTOLATINA AULA PARTE 3/3 ATUADORES

3 ENVIE SUAS DÚVIDAS À UMEC TEMOS PLANTÃO DE DÚVIDAS AO VIVO COM O INSTRUTOR SCOPINO NO FINAL DESTA AULA.

4 Já tivemos aula sobre a introdução e sensores do sistema CFI. Agora veremos: Injeção Eletrônica CFI - FIC ATUADORES

5 A ESTRATÉGIA BÁSICA SINAIS DE ENTRADA ECUECU SINAIS DE SAÍDA

6 BOMBA DE COMBUSTÍVEL ESTÁ LOCALIZADA DENTRO DO TANQUE, COM O MÓDULO DE COMBUSTÍVEL QUE ENVOLVE A BOMBA, PRÉ-FILTRO, BÓIA E COPO.RECEBE 12 Volts DO RELÉ AUXILIAR DA BOMBA (TERMINAL 87 DO RELÉ). AO SER LIGADA A IGNIÇÃO A BOMBA É ENERGIZADA POR CERCA DE 3 SEGUNDOS.

7 PRESSÃO DO SISTEMA CFI MARCHA LENTA1,0 bar GASOLINA 1,5 ÁLCOOL ACELERAÇÃO1,0 bar GASOLINA 1,5 ÁLCOOL PRESSÃO MÁXIMA Mínimo 2,0 bar Mínimo 3,0 bar

8 PRESSÃO DO SISTEMA EFI MARCHA LENTA2,5 bar ACELERAÇÃO3,0 bar PRESSÃO MÁXIMA Mínimo 5,0 bar

9 ATUADOR DE MARCHA LENTA É um motor de passo a passo, que a cada sinal da ECU, altera o posicionamento de seu eixo, permitindo uma maior ou menor passagem de ar pelo by-pass (desvio) do corpo de borboleta. Após sua limpeza ou troca, deve ocorrer o seu sincronismo, ligando e desligando a ignição por cerca de 20 vezes.

10 MOTOR DE PASSO

11 RESISTÊNCIA ENTRE TERMINAIS 1 e 4 ou 2 e 3 DE 45 A 85 OHMS DEMAIS MEDIÇÕESVALOR INFINITO

12 VÁLVULA INJETORA RECEBE TENSÃO ELÉTRICA E PULSO DA ECU, SENDO QUE ESTE PULSO NEGATIVO, É O TEMPO DE INJEÇÃO. DEVE SER TOTALMENTE ESTANQUE QUANDO NÃO RECEBER ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA. A RESISTÊNCIA DE SUA BOBINA DEVE SER DE 1,5 A 3,0 OHMS.

13 INJETOR CFI

14 INJETOR CFI MONTADO

15 VÁLVULA DO CANISTER É COMANDADA PELA ECU, SEMPRE COM MOTOR AQUECIDO E EM ROTAÇÕES INTERMEDIÁRIAS. ATRAVÉS DE SUA ABERTURA, OCORRE A LIMPEZA DOS GASES DO CANISTER. RESISTÊNCIA DE SUA BOBINA: 40 A 90 OHMS

16 BOBINA DE IGNIÇÃO É UM TRANSFORMADOR, DE TENSÃO BAIXA EM ALTA. A ECU ENVIA 12 volts E O PULSO APÓS O MOTOR ESTAR FUNCIONANDO. A UNIDADE DE IGNIÇÃO TFI, COMANDA A BOBINA NAS PARTIDAS OU SEM O SHORTING PLUG.

17 TABELA BOBINA RESISTÊNCIA ENROLAMENTO PRIMÁRIO 0,5 ohm RESISTÊNCIA ENROLAMENTO SECUNDÁRIO Acima de 3 Kohm

18 PERGUNTA COMO SE REGULA O PONTO DE IGNIÇÃO DO SISTEMA CFI OU EFI ?

19 RESPOSTA AQUECER O MOTOR RETIRAR O SHORTING PLUG VERIFICAR O PONTO COM A LÂMPADA ESTROBOSCÓPICA CORRIGIR SE NECESSÁRIO ATRAVÉS DO DISTRIBUIDOR INSTALAR O SHORTING PLUG. OBS. PARA CADA MOTOR EXISTE UM GRAU DE AJUSTE

20 OBRIGADO PELO ACOMPANHAMENTO DAS AULAS. ATÉ A PRÓXIMA: INJEÇÃO ELETRÔNICA ESPECIAL CÓDIGO DE FALHAS CFI Instrutor Scopino

21 E AGORA VAMOS AO VIVO AO PLANTÃO DE DÚVIDAS COM O SCOPINO UMEC – UNIVERSIDADE DO MECÂNICO


Carregar ppt "AULA TÉCNICA 03 2006 INSTRUTOR: SCOPINO. SCOPINO TREINAMENTOS INJEÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA: CFI AUTOLATINA AULA PARTE 3/3 ATUADORES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google