A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Propriedades Tribológicas das Superfícies Artroplastia Total do Quadril Dr Carlos A S Macedo Dr Carlos R Galia Hospital de Clínicas de Palegre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Propriedades Tribológicas das Superfícies Artroplastia Total do Quadril Dr Carlos A S Macedo Dr Carlos R Galia Hospital de Clínicas de Palegre."— Transcrição da apresentação:

1 Propriedades Tribológicas das Superfícies Artroplastia Total do Quadril Dr Carlos A S Macedo Dr Carlos R Galia Hospital de Clínicas de Palegre

2 USA-2002 # Cirurgias de ATQ

3 Fatores Limitantes das ATQ 1º Técnica Cirúrgica 2º Fixação do Implante 3ºOsteólise 4º Fadiga 5º Remodelação Thomas P. Schmalzried, JBJS (AM). 2003; 85-A

4 A maioria das revisões ocorrem, para tratar a osteólise, não o desgaste. O desgaste é clínicamente importante quando provoca progressiva osteólise.

5 Tribologia É a ciência que estuda a interação de superfícies, submetidas a cargas e a movimentos relativos.

6 Propriedades Tribológicas Fricção Lubrificação Desgaste

7 Desgaste É o prejuízo de uma ou ambas superfícies de contato, que experimentam movimentos relativos sob carga.

8 Fricção É a resistência encontrada por um corpo, que experimenta um movimento em relação a outro

9 Lubrificação É a camada de material, com menor tensão de cisalhamento, que se coloca entre as superfícies em contato.

10 Desgaste... Mecanismos Adesão Abrasão Fadiga

11 Modos de Desgaste... Modo 1 - duas superfícies primarias. Modo 2 - uma primárias e outra secundárias Modo 3 - interposição de 3º corpo Modo 4 - duas superfícies secundarias

12 Modos de Desgaste Modo 1 - duas superfícies primarias.

13 Modo 2 - uma primárias e outra secundárias Modos de Desgaste

14 Desgaste / Modos Modo 3 - interposição de 3º corpo

15 Desgaste / Modos Modo 4 - duas superfícies secundarias

16 As superfícies de carga com polietileno produzem partículas, que desencadeiam reações inflamatórias, e podem produzir osteólise.

17 Superfícies Alternativas ao PE Objetivos. Diminuir quantidade de partículas Opções.Aumentar a resistência do PE.Substituir o PE

18 ...e as superfícies alternativas ao PE ???

19 Cerâmica / Cerâmica Benefícios # muito,alta resistência # sem toxidade # longo seguimento Risco * posição ? * partículas ?? * fraturas ???

20 Metal / Metal Benefícios # alta resistência # baixo desgaste # longo seguimento Riscos * liberação de íons * sensibilidade tardia * carcinogênese

21 Cross-Linked PE / Metal Benefícios # sem toxidade # resistência # múltiplas opções Riscos * alterações das propriedades * falha material * partículas bioativas * curto seguimento

22

23

24 As Superfícies Alternativas... Resolvem o problema do desgaste? São de ampla indicação? Qual a dimensão do estudos clínicos? Apresentam novos problemas? São compatíveis com nossos sistemas?

25 UHMWPE esterilizado com raios gama e envelhecidos, geram mais partículas de desgaste, que UHMWPE esterilizados sem radiação gama. Wroblewski JBJS vol 80 mar. 98

26 INFORMAÇÕES DO PASSADO Poly 2 UHMWPE c/ fibras de carbono DESASTRE!!! Hylamer Rearranjo molecular do UHMWPE sob pressão e calor + radiação RETIRADO DO MERCADO!!! Heat Pressing Associado à fadiga e delaminação

27 Testes mostraram que polímeros Poly2 e Hylamer apresentaram resistência ao desgaste não melhor que o UHMWPE controle e mesmo assim foi introduzido no mercado com grande divulgação. ??? H.Amstutz CORR nº

28 A inexistência de informações de longo seguimento sobre componentes de NEW POLYS, determinou que a Agência de Implantes Médicos da UK divulgasse em final de 1999,uma recomendação de muito cuidado, e que os pacientes fossem monitorados com atenção.

29 O aumento de resistência do polímero induzido pelo cross-linked pode tornar-se negativo à médio e longo prazo, pela oxidaçãoin vivo de radicais livres residuais. McKellop H, Savoney R JBJS AM 2000: 82 :

30 Ainda não existe nenhuma experiência clínica, com longo seguimento, que dê suporte à promessa de integridade in vivo sugerido pelas avaliações laboratoriais dos UHMWPE cross-link disponíveis no mercado. Committee on Biomedical Engineerind Committee on Hip and Knee Arthritis JBJS vol 83A. supl 2 part

31 Quatro dos mais conhecidos UHMWPE cross-linked comercializados nos USA, testados in vitro, resultaram superiores ao controle. Quando submetidos ao envelhecimento artificial, à 80 ºC em presença de ar, durante três semanas. Um apresentou desgaste maior que o controle. QUAL??? Specialty Update JBJS vol. 83 A n.10 Oct.2001#

32

33 É prudente examinar o desgaste dos NEW POLYS sob condições que ocorrem em vivo. Wroblewski,MB J Arthroplasty Dec 2001

34 MEETING OF THE HIP SOCIETY San Francisco, California March 13, 2004


Carregar ppt "Propriedades Tribológicas das Superfícies Artroplastia Total do Quadril Dr Carlos A S Macedo Dr Carlos R Galia Hospital de Clínicas de Palegre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google