A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Caatinga Esse ecossistema é marcado pelo clima semi-árido, que se caracteriza por chuvas irregulares ao longo do ano e temperaturas médias anuais compreendidas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Caatinga Esse ecossistema é marcado pelo clima semi-árido, que se caracteriza por chuvas irregulares ao longo do ano e temperaturas médias anuais compreendidas."— Transcrição da apresentação:

1 Caatinga Esse ecossistema é marcado pelo clima semi-árido, que se caracteriza por chuvas irregulares ao longo do ano e temperaturas médias anuais compreendidas entre 27ºC e 29ºC. A irregularidade das chuvas acarreta em estações do ano não muito bem definidas: uma quente e seca que dura nove meses, e outra quente e úmida que dura três meses. Se você for lá na estação seca não verá rio nenhum, porque os rios correm apenas durante o período de chuvas, tendo seus cursos interrompidos durante a estação seca. O solo da caatinga é pedregoso, pobre em nutrientes e não armazena a água que cai da chuva. Quando vamos a praia num dia muito quente de verão a parte da areia mais longe da água fica muito quente não é verdade? A mesma coisa acontece com o solo da Caatinga, e na estação seca a temperatura do solo pode chegar a 60° C. Assim, quando a água da chuva chega no solo ela logo evapora, diminuindo ainda mais a quantidade de água disponível para as plantas. A paisagem típica das caatingas consiste de extensas planícies rodeadas por planaltos e montanhas que não deixam chegar os ventos carregados de vapor de água vindos do mar, diminuindo as chuvas na região. Você poderia se perguntar: mas se falta água como as plantas e animais conseguem sobreviver? A vegetação da caatinga apresenta adaptações para viver nessas condições de falta de água. Cactos e bromélias são plantas comuns nessas regiões, pois são bem adaptadas a viverem em ambientes secos. Os cactos são plantas consideradas pelos ecólogos como suculentas, pois guardam grande quantidade de água dentro de seu caule. As bromélias, assim como os cactos, também reservam água. As folhas dessas plantas são grossas e duras e formam estruturas parecidas com copos, que conseguem guardar água da chuva. Existe, ainda, uma grande quantidade de pequenos arbustos retorcidos que perdem as folhas na estação seca. Essas plantas não morrem quando perdem as folhas! Elas ficam sem folhas para não perder água. HÃ???? É exatamente isso! De uma forma mais ou menos parecida com o que ocorre com agente, quando está calor as plantas também suam, ou melhor, perdem água para a atmosfera por buraquinhos nas folhas. Então na estação quente algumas plantas perdem as folhas para evitar que a pouca água disponível que possuem seja perdida. Sem as folhas como fazem a fotossíntese? Não fazem! Elas se alimentam de estoques de amido (várias moléculas de glicose juntas) que armazenam durante a época das chuvas. As plantas encontram-se espalhadas nesse tipo de vegetação formando grandes áreas abertas, que possuem poucas áreas de sombra. Os animais normalmente habitam as moitas de vegetação, por ser um local mais fresco. Na época das chuvas a paisagem muda muito rapidamente. As árvores cobrem-se de folhas e flores e o solo fica forrado de pequenas plantas. É a época também da reprodução de muitas plantas e animais. Um grande número de répteis como cobras e lagartos são encontrados nessa região. Esses répteis normalmente apresentam escamas muito grossas que revestem o corpo para não perderem muita água. E por mais incrível que isso possa parecer o xixi desses animais é sólido, e com isso, eles não gastam água para fazer xixi. Um outro grupo de animais que possuem interessantes adaptações aos ambientes muito quentes são os insetos. Por exemplo, alguns insetos podem viver dentro da planta que se alimenta. Esse hábito é bom para o inseto por muitos motivos: Primeiro, ele tem comida garantida; Segundo, dentro da planta é mais difícil de ser pego por um predador e Terceiro, dentro da planta ele se protege conta a perda de água. A dificuldade de se encontrar água dificulta a existência de grandes mamíferos na região, mas podem ser encontrados gatos do mato e outros animais que se alimentam principalmente de roedores, nas áreas mais úmidas da caatinga, próximo a rios, por exemplo. Podemos dizer que as altas temperaturas e a falta de chuvas são os fatores abióticos que mais influenciam a distribuição dos seres vivos na Caatinga.

2 CARNAÚBA Copernícia prunífera É uma palmeira típica do nordeste brasileiro que pode atingir de 10 a 15 m de altura. Essas plantas produzem uma cera que envolve suas folhas diminuindo a perda de água. XIQUE-XIQUE Pilosocereus gounellei É um cacto pequeno que resiste a muitos meses de estiagem, ou seja, sem chuvas. Por isso sua distribuição ocorre principalmente nas áreas mais secas da região semiárida nordestina. Podemos encontrar esse cacto formando pequenos grupos de indivíduos. UMBUZEIRO Spondias tuberosa É uma árvore de pequeno porte em torno de 6m de altura, de tronco curto em forma de guarda-chuva, formando uma sombra densa sobre o solo. Suas raízes possuem uma estrutura especial que consegue armazenar água. Vamos conhecer alguns seres vivos da CAATINGA!!!! Caatinga na época da seca.Caatinga na época de chuvas.

3 JARARACA Bothrops erythromelas São cobras típicas da caaatinga. São terrestres e procuram abrigo nas sombras das árvores, mas não costumam subi-las,. Medem aproximadamente 50 cm. Seu principal alimento são roedores e lagartos. JANDAIA Aratinga cactorum A jandaia é um periquito típico da caatinga. São pássaros que normalmente são encontrados formando casais. Alimentam-se de sementes de cactos selvagens e frutos como o umbú. CARCARÁ Polyborus plancus O Carcará é uma ave muito elegante, conhecida como a "águia do sertão", apesar de ser da família dos falcões. O carcará vive em casais que depois de formados andam sempre juntos. Alimenta-se de insetos, aranhas, minhocas, pequenas aves e filhotes de mamíferos. Alem, disso, não despreza nem animais mortos em início de decomposição e ainda come frutos e grãos que cata no chão. CALANGO Cnemidophorus ocellifer Esse pequeno lagarto vive junto ao chão, principalmente em áreas onde o solo é arenoso ou rochoso Passa a maior parte do tempo em movimento, se deslocando entre manchas de sol e sombra. Alimenta-se principalmente de insetos e aranhas.


Carregar ppt "Caatinga Esse ecossistema é marcado pelo clima semi-árido, que se caracteriza por chuvas irregulares ao longo do ano e temperaturas médias anuais compreendidas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google