A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA E O AGRIBUSINESS: Desafios e Oportunidades Prof. JUDAS TADEU GRASSI MENDES - Engenheiro Agrônomo (UFPR, 1971) - Ph.D. (doutor)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA E O AGRIBUSINESS: Desafios e Oportunidades Prof. JUDAS TADEU GRASSI MENDES - Engenheiro Agrônomo (UFPR, 1971) - Ph.D. (doutor)"— Transcrição da apresentação:

1 ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA E O AGRIBUSINESS: Desafios e Oportunidades Prof. JUDAS TADEU GRASSI MENDES - Engenheiro Agrônomo (UFPR, 1971) - Ph.D. (doutor) em Economia (EUA, 1980) - Pós-doutorado nos EUA (1995) - Foi Professor Visitante nos EUA e Japão - Autor de seis livros de Economia - Um dos dois Fundadores e Diretor Presidente da Estação Business School parceira do IBMEC e da FranklinCovey

2 Tópicos a serem Abordados AMBIENTE ECONÔMICO: após 94 - OS 5 PROCESSOS - Competitividade: desafios ATUAL CRISE: origem e conseqüências AGRONEGÓCIO BRASIL: desafios e oportunidades GESTÃO DE GENTE: desafios

3 BRASIL até 1994 Moinhos de Trigo Telefones: Investimento Bancos: às 16 h Automóveis: Carroças Informática: XT versus Pentium

4 BRASIL Após 94 Da proteção ao Produtor para a Defesa do Consumidor Modelo dos Países Desenvolvidos: – Defesa do Consumidor – Força Produtor ser Competitivo

5 BRASIL Após 94 Ser competitivo implica em: – Maior produtividade, via tecnologia – Menor custo unitário – Qualidade Exemplos na Agricultura brasileira: 1. duplica a produção: em só + 20% de área 2. foi a âncora verde do Plano Real 3. Frango: Brasil canta de galo no mundo.

6 OS 5 PROCESSOS Globalização Abertura Economia Brasileira Estabilização: Plano Real –Perdedores: Oligopólios e Governo –Ganhadores : Baixa Renda: 3 Festanças –Perda-Ganho: Bancos Privatização Conscientização consumidor brasileiro

7 EQUAÇÃO DO LUCRO AFETADA – Antes de 94: CMe + Margem = P – Depois de 94: L = P - CMe

8 Empresa de Sucesso É aquela que: – Produz barato: < CMe, – Algo diferenciado: > P Desafio: Diferenciar Exemplo: Del Vale e Purity Tripé: Custo - Preço - Valor

9 APÓS 94: Sobre os PREÇOS -Difícil repassar preço p/consumid. - Consumidores com + opções, + traidores e - fidelizados - Diferenciação: afeta Preços

10 APÓS 94: Sobre os CMe -Via Tecnologia: > Produtividade -Via Economia de Escala -Via Economia de Escopo Atenção: cuidado com o custo fixo Na crise: preocupação com custos

11 Desafios à competitividade Baixo investimento em tecnologia Nível educacional: RH a diferença CUSTO BRASIL : – Infra-estrutura: Transporte, Portos – Monetária: Juros altos. R$ 162 bi. – Tributária: 62 impostos: R$1 trilhão

12 Setor Público: o problema Em 6 anos ( ) o governo Lula teve superávit primário de R$ 546 bilhões,pagou de juros R$ 922 bilhões A dívida interna aumentou de R$ 750 bilhões para cerca de R$ 1,4 trilhão Despesas imexíveis: 89% da Receita

13 Setor Público: o problema d) R$ 465 bilhões em 2008 em 4 itens: Juros (162); Pessoal (131); Custeio Máquina (136); Déficit Previdência (36). Ou seja: R$ 1,3 trilhão/dia. e) Mas investiu apenas: R$ 28 bilhões f) Nunca i nvestiu-se tão poucos recursos vindos do setor público em estradas, portos, saneamento, educação e saúde.

14 TRABALHAMOS PARA PAGAR JUROS Por ano, pagamos de juros: a) Governo: R$ 162 bilhões b) Pessoas: R$ 45 bilhões c) Empresas: R$ 50 bilhões Sem contar as tarifas: R$ 55 bilhões

15 CRISE FINANCEIRA ATUAL Sua Origem: -BUSH e a guerra do Iraque: US$ trilhão (emissão de moeda) -O ENDIVIDAMENTO DO GOVERNO AMERICANO -O ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS DOS EUA (140% da renda disponível)

16 CRISE FINANCEIRA ATUAL MERCADO FINANCEIRO: criatividade - Fundos de Pensão: US$ 14 trilhões - Fundos de Hedge - Derivativos: emissores e seguradoras Mercado Financeiro não é auto-regulável - Há necessidade de regulação. - Problema: ele Cria dinheiro.

17 CRISE FINANCEIRA ATUAL Seqüência: Da crise do sub-prime para Crise de Crédito norte-americano para Crise financeira global para Crise econômica (desaceleração) - Economia real (produção).

18 CRISE FINANCEIRA ATUAL SUA ORIGEM E SEUS 6 MOMENTOS (Lula): 1.Crise? Ah, é a crise do Bush, não temos nada a ver com ela. 2.Não vai chegar aqui: é Marolinha. 3.É séria, mas Brasil está blindado. 4.É inacreditável que os países ricos criem uma crise, e nós temos que pagá-la. 5.A solução deve partir da ONU 6.É uma crise Global: nova arquitetura financeira mundial.

19 CRISE FINANCEIRA ATUAL DESARTICULAÇÃO DO SISTEMA FINANCEIRO QUE SE BASEAVA EM: a) UMA SUPERVISÃO FROUXA b) NA EXPECTATIVA DOS BANCOS TEREM SUFICIENTE CAPITAL PARA SUPORTAR QUALQUER PERDA DE VALOR DE SEUS ATIVOS. RECOMPOR O S. F. TOMARÁ TEMPO

20 CRISE FINANCEIRA ATUAL AS PESSOAS FOCARAM EM GRANDEZAS SECUNDÁRIAS, COMO FICAR RICAS, em vez de GRANDEZAS PRIMÁRIAS, COMO CARÁTER E CONTRIBUIÇÃO À SOCIEDADE. Por isso: a confiança perdida.

21 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Conseqüências para o MUNDO MUNDO VAI CRESCER MENOS NECESSIDADE DE MAIOR REGULAÇÃO E CONTROLE DO SISTEMA FINANCEIRO - DIA 15 de NOVEMBRO, REUNIÃO DOS PRINCIPAIS LÍDERES: UM NOVO SISTEMA. NOVO BRETTON WOODS? 2002: os escândalos da ENRON e da WORLDCOM: Lei Sarbannes-Oxley, com normas mais rigorosas de transparência contábil.

22 CRISE FINANCEIRA ATUAL: MUNDO vai crescer Menos Mundo 3,8 3,4 2,2 0,5 Ricos 2,8 2,3 1,0 - 0,6 A. Latina 5,3 5,4 4,2 2,0 Emergentes 7,5 7,5 6,1 4,5 Sud. Asiático 9,2 9,3 7,5 6,6

23 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Conseqüências para o MUNDO Difícil implementar decisões no plano mundial: vide Protocolo de Kyoto. SISTEMA FINANCEIRO TERÁ MENOR % NOS LUCROS CORPORATIVOS: - Era de 10% em 1980; Hoje: 40% - Inglaterra (Londres) queda de importância

24 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Conseqüências para o MUNDO DECLÍNIO RELATIVO DOS EUA: Continua (1929: 42% do PIB mundial; hoje: 22%) Os BCs se tornaram mais importantes; Os países emergentes vão se tornar mais importantes; DÓLAR: como é a moeda de liquidação nos negócios, é procurado. Fortaleceu-se.

25 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Conseqüências para a A. LATINA Países da A.L que vão sofrer mais: - México: dependente dos EUA - Venezuela: queda preço Petróleo - Argentina: Problemas fiscais - Brasil: sofrerá relativamente menos

26 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Aspectos Positivos para o Brasil a) Dívida interna não indexada ao dólar; b) Reservas cambiais elevadas; c) Bancos com baixa alavancagem d) Maior exportador de alimentos e) Mercado externo diversificado: A.L.= 26%; U.E. = 24%; EUA = 14% China = 9%; Outros = 27%

27 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Aspectos Positivos para o Brasil f) Mercado interno: poder compra maior: - Classe C: de 43% p/ 54% população - Classe D: de 15% para 13% - Classe E: de 30% para 18% Razões: 1. Controle da Inflação 2. Política assistencialista: Fome Zero 3. Facilidade de Crédito

28 CRISE FINANCEIRA ATUAL: Aspectos Negativos para o BRASIL a)Descontrole do Setor Público; b)Crédito mais escasso e mais caro c)Aumento da inadimplência d)Menos investimentos produtivos e)50% do lucro das empresas vai para as despesas financeiras f)Crescimento de 1,5% em 2009

29 CRISE FINANCEIRA ATUAL Efeitos são diferentes Siderurgia/ Máquinas e Automóveis: queda maior: entre 10% e 15% Eletrodomésticos e Construção queda menor: em torno de 5% Alimentos e Bebidas devem crescer próximo a 3%.

30 CRISE FINANCEIRA ATUAL Últimos dados no Brasil assustam Produção Industrial = - 12,4% (dez/08) Emprego = mil (dez/08) (Demissões) Exportações caíram em dez/08 Vendas de carros = - 7,6% (Jan/09) Vendas de Caminhões = - 20% (Jan/08)

31 CRISE FINANCEIRA ATUAL Dados no Mundo que assustam a) Importações EUA continuam em queda b) Exportações Chinesas caíram em janeiro c) Alemanha teme a pior recessão pós-guer. d) Decasségueis de retorno ao Brasil e) GM: Ações no menor patamar em 85 anos e problema de caixa f) Países ricos terão recessão em 2009

32 CRISE FINANCEIRA ATUAL Dados Positivos no Mundo a)Novo governo dos EUA b)Pacote de mais de US$ 800 bi. c)Pacote na China d)População chinesa com maior poder de compra.

33 CRISE FINANCEIRA ATUAL CONCLUSÃO NÃO ASSISTEREMOS AO FIM DO CAPITALISMO - Economia de Mercado mudará pouco ASSISTIREMOS O FIM: - DA EXUBERÂNCIA FISCAL - DO MONETARISMO FROUXO

34 AGRONEGÓCIO: O grande negócio da Economia UM TERÇO DO PIB De 36% a 40 % DAS EXPORT. BRASIL. 30 % DO EMPREGO GERADO NO PAÍS 45 % DOS GASTOS FAMILIARES UTILIZA METADE FROTA CAMINHÕESA

35 AGRONEGÓCIO IMPORTÂNCIA O NEGÓCIO está fora da porteira: É um negócio de R$ 800 BILHÕES (+ de 2 Bilhões/dia) Mas a Receita Bruta da Agropecuária é inferior a R$ 200 bilhões

36 PRODUÇÃO(*) ANIMAL CRESCE + ORIGEM % ANIMAL VEGETAL Total Alim GRÃOS (*) Em milhões de toneladas ANIMAL: inclui: carnes bovina, suína e de Frango, leite e ovos VEGETAL: inclui: arroz, batata-inglesa, feijão, mandioca e trigo. GRÃOS: inclui: aveia, centeio, cevada, milho, soja e trigo.

37 TENDENCIA À VERTICALIZAÇÃO DENTRO DA PROPRIEDADE: - AUMENTO DA PRODUTIVIDADE - MUDANÇA DO PERFIL: - Grãos para os grandes - Pequenos ?

38 TENDENCIA À VERTICALIZAÇÃO FORA DA PROPRIEDADE: - Agronegócio: via Cooperativas - Industrialização: agregar valor - Efeito Positivo: preço e renda - Caminho: diferenciação

39 AGRONEGÓCIO: Tendências nas Empresas - Aquisições - Fusões - Parcerias - Empresas maiores - Mais integradas verticalmente

40 AGRONEGÓCIO: Tendências nos Produtos Menos Homegêneos; + Diferenciad. Elevado valor adicionado Maior Demanda de Produtos: + rico; + saudável; + serviços Menos colesterol e gorduras Rapidez no preparo; + sabor

41 AGRONEGÓCIO: Concentrado em Soja-Milho - Brasil: 75 % da área e 80% produção - Paraná: 82% da área e 88% produção

42 AGRONEGÓCIO PR: COMPARAÇÃO DA ÁREA DE 2008 COM 1980: ALGODÃO: queda de 85% ARROZ: queda de 80% CAFÉ: queda de 75% FEIJÃO: queda de 30% MILHO: aumento de 25% SOJA: aumento de 50%

43 A era da incerteza A única certeza: a das mudanças Não há vez para incompetente O sucesso hoje não garante o sucesso amanhã Os acomodados? Das 500 > (1975) => só 150 (hoje) GESTÃO DE GENTE: Desafios

44 Antigamente era feio alguem mudar de emprego. Sujava a carteira. Hoje, quando uma pessoa fica muito tempo em uma empresa na mesma funcão, dizem que esta estagnada na carreira. GESTÃO DE GENTE: Desafios

45 Para vencer na era da competividade: Positividade: pessoas negadoras? Flexibilidade: trabalhar em equipe Criatividade e inovação: Novas Formas Foco: saber o que quer Diferenciado GESTÃO DE GENTE: Desafios

46 GERENCIAMENTO AINDA DE CIMA PARA BAIXO SENHOR DO ENGENHO TINHA CAPATAZ Escravo CUIDADO COM EMPRESAS QUE TÊM GERENTES, COM PADRÃO DE CAPATAZ, QUE SÓ COBRAM: - Isso acontece porque há funcionarios tipo escravos - Erro escravo: trabalha mal, porque ganha pouco PESSOAS AINDA SÃO CONSIDERADAS DESPESAS GESTÃO DE GENTE: Gestão ainda da Era Industrial

47 Agora, vivemos a Economia baseada no Conhecimento, onde inovação é o fator competitivo. Inovação vem de gente: fator-chave Funcionários e chefes buscam COOPERAÇÃO Os gestores de pessoas têm de ser líderes, servir de Modelo GESTÃO DE GENTE: Na Era do Conhecimento, muda

48 É o fim do velho modelo industrial, do capataz (e da escravidão) e do gerente (que só manda e não sabe fazer nada) O que deve fazer o funcionário? - Fazer um trabalho espetacular para ser visto - Se preparar: Educação continuada - Ser excelente, para ser disputado. GESTÃO DE GENTE: Na Era do Conhecimento, muda

49 BRASIL - oportunidades Relembrando Olavo Bilac Apenas alguns exemplos: –Pró-álcool –Exportação –Produção agrícola –Turismo

50 BRASIL – Desafios Encarar os Problemas INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO - Apenas R$ 3,00 por aluno/dia - País injusto: Renda Pessoal - Crescimento Populacional Investimento em Infraestrutura Investimento em Ciência e Tecnologia Controle do Setor Público

51 ESTACAO Business School Uma Escola de Diferenciais Dois Parceiros? - IBMEC - FRANKLINCOVEY VOCE SA – Estacao, a única no ranking dos melhores MBAs.

52 FINALIZANDO: SOU UM OTIMISTA, MAS REALISTA BRASIL: UM PAÍS FANTÁSTICO, mas INJUSTO (péssima distribuição) - SÓ A EDUCAÇÃO: COPIAR O JAPÃO FOI UM PRAZER, ESTAR COM VOCÊS. ESPERO QUE TENHA SIDO: AGRADÁVEL E ÚTIL


Carregar ppt "ECONOMIA MUNDIAL E BRASILEIRA E O AGRIBUSINESS: Desafios e Oportunidades Prof. JUDAS TADEU GRASSI MENDES - Engenheiro Agrônomo (UFPR, 1971) - Ph.D. (doutor)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google