A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O homem que calculava Malba Tahan. O homem que calculava Malba Tahan Autor: Malba Tahan Júlio César de Mello e Souza Nasceu em 1895, no Rio de Janeiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O homem que calculava Malba Tahan. O homem que calculava Malba Tahan Autor: Malba Tahan Júlio César de Mello e Souza Nasceu em 1895, no Rio de Janeiro."— Transcrição da apresentação:

1 O homem que calculava Malba Tahan

2 O homem que calculava Malba Tahan Autor: Malba Tahan Júlio César de Mello e Souza Nasceu em 1895, no Rio de Janeiro. Viveu em São Paulo. Morreu em 1974, no Recife. Pedagogo, publicou + de 120 livros sobre MTM. Obra + popular: O homem que calculava.

3 O homem que calculava Malba Tahan Escola literária: 2ª geração Modernismo Contemporânea Gênero: Ficção / Romance Temas: Ética, Matemática, Religião, Sabedoria, Inteligência. Narração: 1ª pessoa Espaço: Bagdá Tempo: Século XIII

4 O homem que calculava Malba Tahan Personagens: Hank-Tade-Maiá Hank-Tade-Maiá: * narrador da história; * conhece Beremiz por acaso, tornam-se amigos; * percebe a inteligência de Beremiz e decide levá-lo a Bagdá para torná-lo conhecido; * torna-se escriba de Ibrahim Maluf.

5 O homem que calculava Malba Tahan Personagens: Beremiz Samir Beremiz Samir: * personagem central da história; * nascido na Pérsia, é humilde, religioso, inteligente e muito ético; * torna-se secretário de Ibrahim Maluf.

6 O homem que calculava Malba Tahan Personagens: Ibrahim Maluf el Barad Ibrahim Maluf el Barad: * ministro do rei; * xeque muito rico. Telassim Telassim: * 17 anos; * filha de Iezid (poeta); * 1º aluna, depois esposa de Beremiz; * condenada a ser infeliz se não aprendesse MTM antes dos 18 anos.

7 Personagens: Iezid-Abdul-Hamid Iezid-Abdul-Hamid: * xeque, poeta, pai de Telassim; * confidente do Califa Al-Motacém. Al-Motacém – Abu-Abas-Ahmed – Emir dos Crentes – Vigário de Alá Al-Motacém – Abu-Abas-Ahmed – Emir dos Crentes – Vigário de Alá: * rei (califa) de Bagdá; * ofereceu dinheiro e poder a Beremiz, que recusou. O homem que calculava Malba Tahan

8 O homem que calculava Malba Tahan Personagens: Salem Nasair Salem Nasair: * xeque salvo por Beremiz e Hank-Tade após ter sido assaltado por ladrões. Cluzir Schá Cluzir Schá: * jovem príncipe de Laore e Délhi; * estava de passagem em Bagdá rumo a Meca; * convida Beremiz para segui-lo; * volta à Índia para buscar Nô-Elin, amigo do pai do príncipe que ensinou os cálculos a Beremiz.

9 O homem que calculava - Capítulo I - No qual encontro, durante uma excursão, singular viajante. Que fazia o viajante e quais as palavras que ele pronunciava. Hank-Tade-Maiá voltava de uma excursão da cidade de Samarra rumo a Bagdá. Viu Beremiz falando números exorbitantes... Milhões. Curioso, perguntou o que aquilo significava. Beremiz diz que irá contar-lhe a história de sua vida.

10 O homem que calculava - Capítulo II - Neste capítulo Beremiz Samir, o Homem que Calculava, conta a história de sua vida. Como fiquei informado dos cálculos prodigiosos que realizava e porque nos tornamos companheiros de jornada. Beremiz Samir nasceu na aldeia Khói, Pérsia. Jovem foi trabalhar como pastor para um rico senhor de Khamat. Diariamente, ao nascer do sol, levava o rebanho para o campo e, antes do cair do sol, trazia-os de volta.

11 O homem que calculava - Capítulo II - Neste capítulo Beremiz Samir, o Homem que Calculava, conta a história de sua vida. Como fiquei informado dos cálculos prodigiosos que realizava e porque nos tornamos companheiros de jornada. Para não perder nenhuma ovelha e ser castigado, contava-as diversas vezes ao dia. Com o tempo isso ficou fácil, começou a contar pássaros, folhas etc.

12 Onde é narrada a singular aventura dos 35 camelos que deviam ser repartidos por três árabes. Beremiz Samir efetua uma divisão que parecia impossível, contentando plenamente os tr~es querelantes. O lucro inesperado com a transação. Beremiz presencia uma discussão entre 3 irmãos por causa de um lote de 35 camelos. Irmão + velho = ½ - Hamed = 1/3 - Harim = 1/9 S: 17 ½ = = = 4 Resultado: todos lucram. O homem que calculava - Capítulo III -

13 Do nosso encontro com um rico xeque. O xeque estava a morrer de fome no deserto. A proposta que nos fez sobre os 8 pães que trazíamos, e como se resolveu, de modo imprevisto o pagamento com 8 moedas. As três divisões de Beremiz, a dividão certa e a divisão perfeita. Elogiu que um ilustre vizir dirigiu ao Homem que calculava. 3 dias depois, encontraram Salém Nassir, rico mercador de Bagdá, ferido devido a um assalto. Narrador tinha 3 pães; Beremiz, 5. Salém prometeu pagar 8 moedas de ouro: 3 para o narrador e 5 para Beremiz. O homem que calculava - Capítulo IV -

14 Do nosso encontro com um rico xeque. O xeque estava a morrer de fome no deserto. A proposta que nos fez sobre os 8 pães que trazíamos, e como se resolveu, de modo imprevisto o pagamento com 8 moedas. As três divisões de Beremiz, a dividão certa e a divisão perfeita. Elogiu que um ilustre vizir dirigiu ao Homem que calculava. Conta: 3 pães por 3 pessoas = 9 pedaços 5 pães por 3 pessoas = 15 pedaços 5 pães por 3 pessoas = 15 pedaços 9+15 = 24 pedaços / 3 pessoas = 8 para cada = 24 pedaços / 3 pessoas = 8 para cada. narrador: 9 pedaços – 8 que comeu = 1 moeda. narrador: 9 pedaços – 8 que comeu = 1 moeda. Beremiz: 15 – 8 = 7 moedas. Beremiz: 15 – 8 = 7 moedas. Depois, ele dividiu igualmente. O homem que calculava - Capítulo IV -

15 O homem que calculava - Capítulo V - No qual vamos para a hospedaria. Palavras calculadas por minuto. Beremiz resolve um problema e determina a divida de um joalheiro. Sairam da casa do vizir rumo à hospedaria Marreco Dourado. Salim, dono da hospedaria, pediu ajuda a Beremiz. O joalheiro prometeu pagar a hospedagem com: 20 dinares, se vendesse as joias por 100 dinares 20 dinares, se vendesse as joias por 100 dinares 35 dinares, se vendesse as joias por 200 dinares 35 dinares, se vendesse as joias por 200 dinares

16 No qual vamos para a hospedaria. Palavras calculadas por minuto. Beremiz resolve um problema e determina a divida de um joalheiro. Ele vendeu 140 joias. 2º joalheiro: , então ½ 2º Salim: , então Solução: acréscimo de 100 joias acresc. 15 dinares. 20 joias 1/5 3 dinares 20 joias 1/5 3 dinares 40 joias 2/5 6 dianres 40 joias 2/5 6 dianres Salim deve receber 26 dinares Salim deve receber 26 dinares O homem que calculava - Capítulo V -

17 O homem que calculava - Capítulo VII- Nossa visita ao suque dos mercadores. Beremiz e o turbante azul. O caso dos quatro quatros. O problema dos 50 dinares. Beremiz resolve o problema e recebe um belíssimo presente. Beremiz e Hank vão ao mercado. Beremiz se interessa por um turbante azul-claro. Hank acha 4 dinares caro. O nome da loja interessou Beremiz: Os quatro quatros, mas deixou Hank confuso.

18 Nossa visita ao suque dos mercadores. Beremiz e o turbante azul. O caso dos quatro quatros. O problema dos 50 dinares. Beremiz resolve o problema e recebe um belíssimo presente. Beremiz explicou: 44 – 44 = 0 44/44 = 1 4/4 + 4/4 = 2 ( )/ 4 = (4-4)/4 = 4 (4 x 4 + 4)/4 = 5... Faz isso até o Vai mané, vai aprender... O homem que calculava - Capítulo VII-

19 Nossa visita ao suque dos mercadores. Beremiz e o turbante azul. O caso dos quatro quatros. O problema dos 50 dinares. Beremiz resolve o problema e recebe um belíssimo presente. O dono da loja, atento, pede ajuda a Beremiz. Emprestei 100 dinares, 50 para um xeque de Medina 50 para um judeu do Cairo. 50 para um judeu do Cairo. Medina pagou: = 50 Judeu pagou: = 51 O homem que calculava - Capítulo VII-

20 Nossa visita ao suque dos mercadores. Beremiz e o turbante azul. O caso dos quatro quatros. O problema dos 50 dinares. Beremiz resolve o problema e recebe um belíssimo presente. Explicação: saldos devedores não têm relação com o total da dívida. Exemplo: numa dívida de 50 dinares paga em 3 vezes: pagou 10, deve 40 pagou 5, deve 35 pagou 35, deve 0 pagou 50, mas devia 75 O homem que calculava - Capítulo VII-

21 O homem que calculava - Análise da obra - Romance, mas, 2º contracapa, Novela. Narra as histórias matemáticas de Beremiz Samir. Obra lançada, provavelmente, por volta de Cenário: Bagdá. Quando: início do século XIII.

22 O homem que calculava - Resumo - Beremiz Samir é encontrado por Hank-Tade-Maiá, o narrador, quando este ia de Samara para Bagdá. O narrador vê um doido contando números enormes. Quando pergunta o que Beremiz está contando, escuta que são folhas. Percebe que Beremiz é inteligente e vê nele a chance de enriquecer, decide levá-lo para Bagdá.

23 O homem que calculava - Resumo - Observa que Beremiz resolve e explica vários problemas, verdadeiros enigmas e curiosidades da matemática. Beremiz conta também várias histórias e lendas, todas com moral (fábulas)Resolve Romance, mas, 2º contracapa, Novela. A narrativa se assemelha as Aventuras de Mil e Uma Noites, da Sherazade, em que ela conta uma história por noite ao Sultão.

24 O homem que calculava - Resumo - O cenário das histórias também é o Oriente, com a presença de reis, príncipes, sultões, xeques, dançarinas etc. Beremiz expõe sua inteligência e habilidade para pessoas simples: uns ficam com inveja, outros curtem. Em Bagdá, Beremiz vai trabalhar de secretário do grão-vizir (xeque) Ibrahim Maluf; e Hank-Tade- Maiá, de escriba. Beremiz começa a ficar famoso, fanha elogios e mimos.

25 O homem que calculava - Resumo - O poeta Lezid confia-lhe a educação matemática de sua filha, Telassim – jovem de 17 anos fadada à infelicidade após os 18 anos caso não soubesse matemática, segundo astrólogos. Beremiz lhe ensina matemática e desperta seu amor. No fim, os dois se casam e têm três filhos. Ele se apaixona por ela sem nunca tê-la visto, pois o pai a colocava atrás de uma parede, cercada por escravos que a mantinham segura.

26 O homem que calculava - Resumo - Beremiz fica tão famoso que até o califa o recebe em seu palácio e o elogia. No fim, o califa submete Beremiz a um teste pesado: ordena que sete sábios o interroguem com diversos tipos de questionamentos. Beremiz responde todos com um brilhantismo invejável. O califa o oferece títulos, dinheiro e poderes. Ele rejeita e pede a mão de Telassim em casamento.

27 O homem que calculava - Resumo - O pai dela é consultado e concorda. O poderoso Emir das Arábias lhe faz um último desafio: um problema para Beremiz resolver. Beremiz resolve e se casa com Telassim. Beremiz e Telassim abandonam a religião de Maomé e tornam-se cristãos. Eles têm três filhos e vão com o Hank-Tade-Maiá para Constantinopla, na Turquia.

28 O homem que calculava - Problemas resolvidos - Cap. 3: a divisão dos 35 camelos. Cap. 4: o pagamento de 8 pães com 8 moedas. Cap. 5: a proporção da quantia devida pelo mercador de joias. Cap. 7: o caso dos quatro quatros. Cap. 7: o problema dos 50 dinares. Cap. 8: a divisão dos 21 vasos de vinho.

29 O homem que calculava - Problemas resolvidos - Cap. 10: números perfeitos. Cap. 12: a venda de 60 melões por preços diferentes. Cap. 16: o cálculo dos grãos de trigos das casas do tabuleiro de xadrez. Cap. 21: a metade do tempo da prisão perpétua. Cap. 23: o problema das pérolas do rajá. Cap. 24: os cubos de 8 a 27.

30 O homem que calculava - Problemas resolvidos - Cap. 26: as 16 curiosidades numéricas do Alcorão. Cap. 28: as raízes quadradas dos números 2025, 3025 e Cap. 30: o enigma dos discos brancos e pretos. Cap. 32: as curiosidades do número 40. Cap. 34: as escravas de olhos pretos e azuis.

31 O homem que calculava - Saber fazer Matemática - Pessoas comuns podem fazer matemática. Os livros de Malba Taham mostram que a matemática está presente no dia a dia. Até analfabetos vivenciam a matemática. Observe, por exemplo, a geometria de uma prancha de surf. Matemática científica x Matemática cotidiana = matar um pernilongo com uma bomba nuclear x um tapa

32 O homem que calculava Malba Tahan


Carregar ppt "O homem que calculava Malba Tahan. O homem que calculava Malba Tahan Autor: Malba Tahan Júlio César de Mello e Souza Nasceu em 1895, no Rio de Janeiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google