A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Organização das Atividades de Seleção de Materiais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Organização das Atividades de Seleção de Materiais."— Transcrição da apresentação:

1 Organização das Atividades de Seleção de Materiais

2 Denominações comuns Lista de Desiderata: materiais que a biblioteca deseja adquirir Demanda reprimida: títulos procurados mas não possuídos pela biblioteca Lista de Sugestões: títulos sugeridos para aquisição

3 Importância de Definir Os responsáveis pela tomada de decisão (Quem seleciona? Quando? Como?) Os mecanismos de identificação e registro dos itens a serem selecionados A política de seleção

4 Responsabilidade pela seleção Alguém externo à biblioteca (não o bibliotecário) Comissão de Seleção, de caráter deliberativo, da qual o bibliotecário participa como membro ou como coordenador ou presidente Comissão de Seleção, de caráter consultivo, para assessoria ao responsável pela seleção Bibliotecário

5 Mecanismos de Identificação, Avaliação e Registro Formulários Instrumentos auxiliares

6 Instrumentos Auxiliares da Seleção Ampliam o conhecimento de bibliotecários e usuários sobre os materiais de informação correntes Possibilitam a identificação e complementação de falhas no acervo Proporcionam juízos avaliativos dos materiais disponíveis

7 Adequação dos Instrumentos Auxiliares Exaustividade do Instrumento Seleção corrente ou retrospectiva Fornecimento de apreciações críticas sobre os itens Idiomas incluídos Inclusão de diferentes tipos de suportes e materiais não convencionais

8 Tipos de Instrumentos Auxiliares Catálogos de Editores, Folhetos, etc. Resenhas Bibliografias e listas de livros recomendados

9 Catálogos de Editores, Folhetos, etc. São parciais e têm objetivos mercadológicos São recebidos pelas bibliotecas em grande quantidade, estando facilmente disponíveis São úteis para seleção de materiais correntes Em geral, trazem informações bibliográficas bastante completas Muitas editoras disponibilizam seus catálogos na internet, facilitando a aquisição

10 Exemplo: Catálogo de Editora - I Os quadrinhos afastam as crianças e adolescentes do mundo dos livros ou podem representar, na verdade, um valioso recurso pedagógico em sala de aula? Depois da leitura deste volume, não restarão mais dúvidas. Aqui, os autores provam que os antigos preconceitos contra as histórias em quadrinhos não têm nenhum fundamento. Por meio de exemplos práticos e muitas sugestões de atividades, os educadores encontrarão nesta obra uma fonte inesgotável de inspiração para trabalhar as HQs com seus alunos.

11 Exemplo: Catálogo de Editora - II Capítulos específicos dão orientações didáticas sobre o uso delas em várias disciplinas, como Português, História, Geografia e Artes. O livro traz também, em sua primeira parte, um guia básico sobre a linguagem dos quadrinhos, indispensável para que os professores se familiarizem ainda mais com o gênero e, assim, possam extrair o maior número possível de recursos do rico e fascinante universo das HQs. Obra: RAMA, A.; VERGUEIRO, W. Como usar as histórias em quadrinhos em sala de aula. São Paulo: Editora Contexto, 2004.

12 Editoras na Internet

13 Resenhas Publicadas em jornais, revistas de circulação geral e periódicos especializados Sua confiabilidade é maior quando se dirigem a públicos especializados Internacionalmente, existem periódicos da área de Biblioteconomia que trazem resenhas elaboradas por bibliotecários especializados e dirigidas aos profissionais da área

14 Bibliografias e listas de livros recomendados Podem ser produzidas por associações profissionais e entidades ligadas ao ensino Podem ser influenciadas pelo ambiente em que foram produzidas, tanto a realidade específica como características da instituição que encomendou o trabalho Ficam rapidamente desatualizadas

15 Política de Seleção Instrumento de trabalho para apoiar as decisões de seleção Deve ser –Simples: ser de fácil utilização; –Claro: ser facilmente compreensível por bibliotecários e usuários –Verdadeiro: corresponder às práticas utilizadas

16 Componentes do Documento de Política de Seleção Identificação dos responsáveis pela seleção Identificação dos critérios utilizados no processo de seleção Relação e descrição dos instrumentos auxiliares utilizados Documentos correlatos (políticas específicas)


Carregar ppt "Organização das Atividades de Seleção de Materiais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google