A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Óbitos Infantis e Fetais Estudo de caso ÓBITO FETAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Óbitos Infantis e Fetais Estudo de caso ÓBITO FETAL."— Transcrição da apresentação:

1 Óbitos Infantis e Fetais Estudo de caso ÓBITO FETAL

2 CASO FETAL Data do Óbito: 23/11/2011 Peso :850 grs. Idade Gestacional : 33 semanas, Idade da mãe:35 anos Trabalho remunerado,2º grau completo, casada,primigesta,gravidez planejada, tinha acesso a informações e a métodos de contraceptivos, gravidez única, fez pré-natal, iniciou pré-natal com 03 meses gestacional, pois o exame anterior teve resultado negativo. Fez 8 consultas, tomou 3 doses de antitetânica, pré-natal na US, conveniada ao SUS, avaliou o pré-natal como ótimo. Apresentou TA elevada, edema/inchaço pela manhã, cefaleia. Durante o final da gestação, fez uso de medicação. Não foi considerada gestante de alto risco, manteve acompanhamento pela atenção básica durante o PNAR. A gestante procurou a unidade de saúde porque o bebê parou de se mexer (4 horas antes do parto).Teve contrações, bolsa d'água rompeu na hora do parto, líquido escuro, com aspecto sanguinolento,foi atendida no prazo de 30 minutos quando chegou ao hospital, médico que fez o parto não obstetra, não foi utilizado partograma, apresentou TA de 180x100 mmHg + cefaleia. Fez uso de oxitocina + ampicilina. Feto foi assistido na sala de parto pela enfermeira. Não foi realizado tentativa de reanimação. Relato de mal formação e circular de cordão. Observação: Item 47 da FIDomiciliar: morte ocorreu depois do trabalho de parto.

3 CASO FETAL Avaliado pela Câmara Técnica Estadual de Análise de óbito Infantil e Fetal em Enviado pela DIVEP Ofício nº 766/ 2012 para a 22ª Dires com as seguintes recomendações Recomendações gerais: Necessidade de encaminhamento das recomendações abaixo descritas as unidades e instituições pertinentes. Formação da Câmara Técnica Municipal de Análise de Óbitos Infantis e Fetais.

4 CASO FETAL Recomendações Específicas: Após leitura dos dados da investigação, o óbito foi considerado evitável, sendo classificado pela Lista de Wigglesworth Expandida como Morte fetal anteparto(W2). Atenção Pré Natal: Garantia da medicação adequada para controle da hipertensão na gravidez. No referido, caso existe relato de prescrição de atenolol; Garantia da referência para pré-natal de alto risco em tempo oportuno. Identificado na investigação encaminhamento tardio para acompanhamento da gravidez de risco em unidade especializada, assim como,não identificação da emergência para encaminhamento para atenção hospitalar no diagnóstico de pré-eclâmpsia.

5 CASO FETAL Realização de visita domiciliar pela equipe de saúde da família visando avaliar condições sociais,econômicas,monitoramento da pressão arterial e adesão as orientações do pré natal. Seguir protocolo do Ministério da Saúde para DHEG. Atenção hospitalar ao recém nascido(RN): Melhoria na identificação da malformação relatada. Alteração no SIM local: Causa básica após investigação: a)Hipóxia intra uterina não especificada; b)Crescimento intra uterino retardado/ PIG c) DHEG Parte II: Feto e recém nascido afetado por outras compressões do cordão umbilical.


Carregar ppt "Óbitos Infantis e Fetais Estudo de caso ÓBITO FETAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google