A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Na Prática. Objetivo é o Lucro Ambiente altamente competitivo – Vale-tudo? Cidadão espera atitudes éticas das empresas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Na Prática. Objetivo é o Lucro Ambiente altamente competitivo – Vale-tudo? Cidadão espera atitudes éticas das empresas."— Transcrição da apresentação:

1 Na Prática

2 Objetivo é o Lucro Ambiente altamente competitivo – Vale-tudo? Cidadão espera atitudes éticas das empresas

3 A empresa é considerada ética se cumprir com todos os compromissos éticos que tiver. Ou seja, agir de forma honesta com todos aqueles que tem algum tipo de relacionamento com ela (Tansey,1995,p100)

4 A convivência em sociedade, para que não seja caótica, deve acontecer de forma ordenada. São necessárias REGRAS Cultura é a totalidade dos produtos desenvolvidos pela atividade humana, sejam materiais ou simbólicos Cultura = Ética

5 Todas as pessoas possuem um senso ético e estão constantemente avaliando e julgando suas ações, que quase sempre, não envolvem apenas o indivíduo, mas também as outras pessoas. Ética é ciência da conduta

6 Ética das Virtudes: Qualidade positiva do indivíduo. Origem: Sócrates 400 a.c Platão e Aristóteles Coragem, justiça, prudência...

7 Ética Religiosa: Delimitada por parâmetros, ou mandamentos Ética do Dever: Imanuel Kant 1800 Centrado na razão humana Racional

8 Ética Finalista: Os fins justificam os meios Maquiavel sec XV Utilitarismo: Objetivo proporcionar o máximo de felicidade ao maior número de pessoas. John Stuart Mill(1806)

9 Moral – Conjunto de hábitos e costumes efetivamente vivenciados por um grupo humano Direito – Acordos de caráter obrigatório, estabelecidos entre pessoas

10 É legal? Tenho certeza de que não estarei violando a lei NãoNão É imparcial? É justa com todos os interessados a longo e curto prazo? NãoNão Como me sinto a respeito? Posso me orgulhar da decisão? NãoNão SimSim SimSim SimSim Vá em Frente

11 Início: EUA 1960 Inserida nas universidades em 1980 Preocupadas com a sua sobrevivência a longo prazo, conciliar os interesses empresariais com os da sociedade

12 Durante anos ética e negócios não andavam juntos Hoje, falar de ética, valores, integridade e responsabilidade, é uma idéia cada vez mais aceita pela comunidade empresarial Ter padrões éticos significa ter parceiros a longo prazo

13 Comportamento da empresas entendida como lucrativa quando age de conformidade com os princípios morais e as regras aceitas pela coletividade. Uma empresa dificilmente sobrevive sem ética!

14 Corporação amoral: Persegue o sucesso a qualquer custo Corporação Legalista Apegada a lei, mas não a seu espírito Posturas éticas apenas para evitar problemas legais

15 Corporação Receptiva Interessada em mostrar-se responsável porque é conveniente Corporação ética que aflora Equilibra preocupações éticas e lucratividade Corporação Ética Equilibra lucros e ética completamente

16 Organogramas Cargos Autoridade Formal Políticas e Objetivos Indicadores Influências Sentimentos Poder Relações Interpessoais Valores Confiança Necessidades Desejos

17 Organiza ção Entidades de Crédito Fornecedores Clientes Governos Estrangeiros Atividades Sociais Grupos de Apoio Meios de Comunicação Comunidades Locais Distribuidores Concorrentes Trabalhadores Acionistas

18 A competição faz parte dos negócios Concorrência desleal Cartéis, monopólios trustes etc... Espionagem industrial Difamação do concorrente

19 Nenhum cliente cria vínculo com uma empresa que tentou ludibriá-lo Propaganda contra

20 Cumprir a lei Garantir a liberdade Não permitir assédios, abusos Garantir a saúde e segurança

21 Comissão para o comprador Suborno Venda paralela – duas empresas participam Toda negociação conduzida sob suspeita e desconfiança é mais lenta e produtiva

22 Viver com os outros nem sempre é coisa fácil Ampliar conhecimento interno para daí constituir melhores relações com outras pessoas Respeito aos outros

23 O líder determina o tom moral da organização O líder lida com seres humanos, pessoas que tem desejos e necessidades, sonhos e motivações

24

25

26 Manipulador – Os fins justificam os meios Burocrático – comunica e faz cumprir as regras e normas da empresa Administrador – as coisas sejam feitas para atingir os propósitos da organização Transformador – motivador, retira o melhor de cada um

27 Respeitar o ser humano Confiar no grupo Evitar críticas a qualquer pessoa em público, procurando elogiar, diante do grupo. Sempre dar o exemplo Evitar dar ordens, procurar a cooperação

28 Consultar os membros do grupo antes de tomar a decisão Antes de agir, explicar o que vai fazer e porque Evitar tomar parte nas discussões quando presidir uma reunião Dar a cada um seu lugar, levando em consideração seus gostos, interesses, e aptidões

29 Forte tendência do consumidor Bem estar de seus colaboradores

30 Responsabilidade Discricionária Responsabilidade ÉticaResponsabilidade Legal Responsabilidade Econômica Contribuir para a comunidade e qualidade de vida Fazer o que é certo Obedecer a Lei Ser Lucrativa

31 Visa o equilíbrio entre o desenvolvimento econômico, o meio ambiente e as questões sociais Responsabilidade Social é um compromisso moral As empresas desempenham um papel árduo e podem influenciar na redução do impacto do uso dos recursos naturais

32

33 Semântica Falar sobre ética Prática Atuar eticamente Teoria Pensar sobre ética Responsab ilidade Social

34 Trabalho Infantil Trabalho Forçado Saúde e Segurança SA 80000

35 Discriminação Práticas Disciplinares Horário de Trabalho Remuneração Sistema de gestão

36 Baseado no Livro Ética Empresarial Na Prática, de Mario Sérgio Cunha Alencastro. Ed. IBPEX, Curitiba 2010.


Carregar ppt "Na Prática. Objetivo é o Lucro Ambiente altamente competitivo – Vale-tudo? Cidadão espera atitudes éticas das empresas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google