A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO. Não existem regras ou leis para gestão Não existem regras ou leis para gestão Não existem países pobres ou ricos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO. Não existem regras ou leis para gestão Não existem regras ou leis para gestão Não existem países pobres ou ricos,"— Transcrição da apresentação:

1 PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO

2 Não existem regras ou leis para gestão Não existem regras ou leis para gestão Não existem países pobres ou ricos, mas simplesmente países mal e bem administrados, que sabem extrair o máximo dos recursos disponíveis. Não existem países pobres ou ricos, mas simplesmente países mal e bem administrados, que sabem extrair o máximo dos recursos disponíveis.

3 Produção Vivemos em uma sociedade de organizações Vivemos em uma sociedade de organizações Na prática as organizações existem para produzir algo para a sociedade Na prática as organizações existem para produzir algo para a sociedade Objetivo das organizações é a produção Objetivo das organizações é a produção

4 Empresas Grandes: mais 500 funcionários Grandes: mais 500 funcionários Médias: de 50 a 500 funcionários Médias: de 50 a 500 funcionários Pequenas: até 50 funcionários Pequenas: até 50 funcionários

5 Tipo de Produção Primárias: desenvolvem atividades extrativas Primárias: desenvolvem atividades extrativas Secundárias: desenvolvem atividades transformação Secundárias: desenvolvem atividades transformação Terciárias: desenvolvem serviços Terciárias: desenvolvem serviços

6 Empresa como um sistema aberto EntradasFornecedores SaídasClientes Empresas Empresas Retroação

7 Empresa Têxtil Preparação Almoxarifado Fiação Tecelagem Tinturaria Acabamento Expedição Depósito

8 Produção Sob encomenda: produz somente depois de receber o pedido Sob encomenda: produz somente depois de receber o pedido Em Lotes: produz uma quantidade limitada de um produto a cada vez Em Lotes: produz uma quantidade limitada de um produto a cada vez Em Lotes: produz determinado produto sem mudanças, por um longo período Em Lotes: produz determinado produto sem mudanças, por um longo período

9 Sistemas de Produção Tecnologia Utilizada Resultado da Produção Produção por encomenda Habilidade manual ou operação de ferramentas. Artesanato. Pouca padronização e automatização. Mão de obra intensiva e especializada Produção em unidades. Pouca previsibilidade dos resultados e incerteza quanto a sequência das operações Produção em Lotes Máquinas agrupadas em baterias do mesmo tipo (seções ou departamentos). Mão de obra intensiva e barata, utilizada com regularidade Produção em quantidade conforme cada lote. Razoável previsibilidade dos resultados. Certeza quanto à sequência das operações Produção Contínua Através de máquinas especializadas e padronizadas, dispostas linearmente. Padronização e automação. Tecnologia intensiva. Produção em grande quantidade. Forte previsibilidade dos resultados. Certeza absoluta quanto a sequência das operações

10 Principais áreas da Empresa President e Produção PCP FinançasPessoalMarketing Planejamento e Controle da Produção

11 PCP- Planejamento e Controle Visa aumentar a eficiência e eficácia da empresa Visa aumentar a eficiência e eficácia da empresa Planejamento O que se deve fazer O que se deve fazer Quando fazer Quando fazer Quem deve fazer Quem deve fazer Como fazer Como fazer Objetivos a alcançar Controle Medir desempenho: Comparar com o planejado Corrigir o desempenho: Identificar erros ou desvios

12 PCP ProduçãoFinançasVendasEngenhariaComprasAlmoxarifado Contabilidade e Custos RH

13 PCP 1 fase: Projeto 2 fase: Planejamento Plano de Produção Programação da Produção 3 fase: Controle

14 Projeto de Produção Projeto Quantidade e tipos de máquinas Quantidade de pessoal disponível Estoque de matéria prima Características do produto / serviço Boletim de Operação Lote econômico de produção

15 Projeto de Produção Detalhamento Características das Máquinas Capacidade de produção de cada máquina, de cada bateria e de cada seção produtiva Efetivo de Pessoal Quantidade de empregados por cargo e por seção produtiva. Horários de trabalho Estoque de Matéria Prima Itens de matérias-primas e volumes de estoque para cada item. Controle de estoque. Procedimentos de requisição de MP. Características do Produto / Serviço Composição produto/serviço e lista de materiais (gráficos de explosão) utilizados Boletim de Operações Sequência e cadência do processo produtivo. Movimentação de MP e seus gargalos e demoras Lote econômico de Produção Tamanho ideal de lote de produção para proporcionar maximização de resultados e minimização de custos de MP e PA

16 Inventário de Máquinas por Seção SeçãoQtdeMaquinasCaracteristicas Preparação2Moedeiras Pffeifer Kg Preparação1Secadeira Hommans HS 202 – 1t Preparação1Misturadeira Moldagem4Injetoras Spearman S Kg Moldagem4Injetoras Spearman kg Moldagem4Extrusoras Signet K Kg Pré moldagem 10 Linhas Montagem Hoffstede HF 1000

17 Efetivo de Pessoal por Seção SeçãoEfetivoCargosObservações Preparação538OperadoresEscolhedoresAjudantes Moldagem1517OperadoresAjudantes Pré-Moldagem12111TécnicoMontadoresAjudantes

18 Inventário de Estoque de MP ItemFornecedorEstoque Dias de Produção Plástico Bruto Alfa S.A 30t30 Resina Básica Ducolor Ltda 200Bar22 PoliestirenoDucolor85Bar8 PVC Quimic S.A 240Kg15

19 Vista Explodida

20 Eficiência x Eficácia Insumos Processo Produtivo Máquinas Mão de Obra Matéria Prima Materiais em Vias Eficiência Produtos Acabados Eficácia

21 PCP 1 fase: Projeto 2 fase: Planejamento Plano de Produção Programação da Produção 3 fase: Controle

22 Plano de Produção Previsão de Vendas Previsão de Vendas Capacidade de Produção Capacidade de Produção Disponibilidade de MP Disponibilidade de MP Recursos Financeiros Recursos Financeiros

23 Previsão de Vendas Produ tos JanFevMarAbrMaioJunJulAgoTotal A B C Totais

24 Subfatores que determinam a capacidade de produção Capacidade De Produção Capacidade Instalada Mão de Obra disponível Matéria Prima disponível Recursos Financeiros

25 Elaboração do Plano de Produção Previsão de Vendas O que esperamos vender Capacidade de Produção (o que podemos produzir) Nível de Estoque (o que podemos produzir) Plano de produção O que temos de produzir

26 PCP 1 fase: Projeto 2 fase: Planejamento Plano de Produção Programação da Produção 3 fase: Controle

27 Programação da Produção Detalhar a produção para a Execução Detalhar a produção para a Execução Objetivos Coordenar e integrar todas as unidades envolvidas Coordenar e integrar todas as unidades envolvidas Garantir a entrega dos PA Garantir a entrega dos PA Garantir disponibilidade de MP Garantir disponibilidade de MP Distribuir carga de trabalho Distribuir carga de trabalho Evitar gargalos Evitar gargalos Aproveitar ao máximo a cap instalada Aproveitar ao máximo a cap instalada

28 Cronograma

29 Ordens Ordem de Produção (OP): é comunicação da decisão de produção Ordem de Produção (OP): é comunicação da decisão de produção Ordem de Montagem (OM): corresponde a OP Ordem de Montagem (OM): corresponde a OP Ordem de Compra (OC): Decisão da compra de MP Ordem de Compra (OC): Decisão da compra de MP Ordem de Serviço (OS): Decisão de prestação de serviços internos (manutenção, reparos..) Ordem de Serviço (OS): Decisão de prestação de serviços internos (manutenção, reparos..) Requisição de Materiais (RM): Comunicação que solicita MP ou materiais ao almoxarifado Requisição de Materiais (RM): Comunicação que solicita MP ou materiais ao almoxarifado

30 Sistema de Pedidos Sistemas de emissão de ordens Principais Características: Sistema do Produto Produto Ideal para prod. Encomenda. Atenção voltada para o produto. Mais fácil de controlar Sistema de Carga Atenção voltada para a carga de trabalho da máquina ou seção Sistema Estoque mínimo Fácil de implantar, Atenção voltada para o nível mínimo de estoque disponível SistemaEstoque-base Atenção voltada para o nível mínimo e contínuo de estoque disponível Sistema Período padrão Atenção voltada para o período Sistema de lotes de Componentes Ideal para prod em lotes. Atenção para quantidade padrão de cada lote de componente Sistema do lote-padrão Atenção voltada para a quantidade padrão de PA

31 PCP 1 fase: Projeto 2 fase: Planejamento Plano de Produção Programação da Produção 3 fase: Controle

32 Controle da Produção Guiar as atividades da empresa Guiar as atividades da empresa Sempre alguma coisa sai diferente daquilo para o qual foi planejada Sempre alguma coisa sai diferente daquilo para o qual foi planejada Correção de falhas ou erros Correção de falhas ou erros Prevenção de novas falhas ou erros Prevenção de novas falhas ou erros

33 Planejamento Da produção Execução da produção Controle Da produção Eficiência Eficácia Produto ou Serviços

34 Padrão De Controle Padrões de quantidade Volume de produção Nível de estoque N° horas trabalhadas Padrões de qualidade CQ de MP CQ de PA Especificações do produto Padrões de Tempo Tempo-padrão de produção Tempo médio de estocagem Padrões de rendimento Padrões de Custos Custo de Produção Custo de Estocagem Custo Padrão

35 Métodos de Controle Controle Visual: mais utilizado Controle Visual: mais utilizado Controle Total: Controla todos os itens Controle Total: Controla todos os itens Controle por Amostragem: parcial, amostras escolhidas ao acaso Controle por Amostragem: parcial, amostras escolhidas ao acaso Controle por exceção: sobre desvios ou discrepâncias, sobre erros ou falhas Controle por exceção: sobre desvios ou discrepâncias, sobre erros ou falhas

36 Controle do Plano Produção Índice de Eficiência : Índice de Eficiência : Horas previstas Horas trabalhadas Coeficiente de utilização de MO: Horas aplic ao lote Horas totais MO

37 Coeficiente de utilização do equipamento Coeficiente de utilização do equipamento Horas aplic ao lote Horas totais do equip Coeficiente do tempo utilizado Tempo previsto Tempo Gasto Indice quantidades produzidas Unidades produzidas Unidades programadas

38 Índice de qualidade Índice de qualidade Unidades refugadas ou defeituosas Unidades refugadas ou defeituosas Unidades produzidas x 100 Índice de utilização de MP Quantidade de MP prevista Quantidade de MP utilizada Índice de cumprimento das Ordens Ordens não-cumpridas x 100 Ordens cumpridas

39 Controle de Estoques Índice de rotação de Estoques Índice de rotação de Estoques Nº entradas + Nº saídas X 100 Estoque médio do item

40 Controle das Datas de Término Verificar os prazos de produção Verificar os prazos de produção Feito através de fichas Feito através de fichas

41 Controle de Estoques Estocar significa guardar algo para a utilização futura Estocar significa guardar algo para a utilização futura Ocupa espaço, segurado contra incêndio, roubo etc.. Gera custo Ocupa espaço, segurado contra incêndio, roubo etc.. Gera custo A falta pode acarretar na parada da produção. Gera custo A falta pode acarretar na parada da produção. Gera custo

42 Finalidades Garantir o funcionamento da empresa Garantir o funcionamento da empresa Propiciar economia de escala por meio da compra em lotes Propiciar economia de escala por meio da compra em lotes

43 Tipos de Estoque Almox Preparação MoldagemMontagemAcabamentoDepósito Estoque de M P Estoque de Materiais em processamento Materiais semi-acabados Materiais Acabados (componentes) Estoque De P A

44 Sistema de Controle de Estoques Duas Gavetas ou Estoque mínimo: Duas Gavetas ou Estoque mínimo: Mais utilizado, utilização constante Renovação periódica: Renovação periódica: Para um período determinado Para fim específico: Para fim específico: Para uma lote específico

45 Muito Obrigado! Muito Obrigado! Baseado no livro de Idalberto Chiavenato, Planejamento e controle da produção, Ed Manoele, Baseado no livro de Idalberto Chiavenato, Planejamento e controle da produção, Ed Manoele, 2009.


Carregar ppt "PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO. Não existem regras ou leis para gestão Não existem regras ou leis para gestão Não existem países pobres ou ricos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google