A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA OU EMPRESARIAL ASPECTO SOCIAL Trata de considerar a responsabilidade social.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA OU EMPRESARIAL ASPECTO SOCIAL Trata de considerar a responsabilidade social."— Transcrição da apresentação:

1 SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA OU EMPRESARIAL ASPECTO SOCIAL Trata de considerar a responsabilidade social.

2 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL Definição do Instituto Ethos: Responsabilidade social empresarial é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais compatíveis com o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais.

3 ORIGENS DA RSE Remonta ao século XIX quando a prerrogativa de conduzir os negócios de forma corporativa era prerrogativa do Estado e da Monarquia, e não do interesse privado (ASHLEY, 2002) Até início do séc. XX, a legislação sobre as corporações tinha como propósito a realização de lucros para seus acionistas.

4 ORIGENS DA RSE Em 1916, com Henry Ford, presidente e acionista majoritário da Ford Company, alegando objetivos sociais, decidiu subtrair uma parte dos dividendos que deveriam ser repassados aos acionistas, para utilizá-los em benefício dos funcionários. Dois sócios questionam legalmente e ganham a causa porque a justiça americana considerou que a primeira responsabilidade da empresa era gerar lucro e pagar seus impostos.

5 ORIGENS DA RSE Podemos concluir que a filantropia corporativa e eventuais investimentos na imagem da empresa só poderiam ser utilizados para atrair consumidores à medida que favorecessem o lucro.

6 ORIGENS DA RSE Visão clássica As responsabilidades das empresas está na maximização dos lucros e na obediência às leis, cabendo ao Estado e à sociedade as demais responsabilidades (FRIEDMAN, 1997).

7 ORIGENS DA RSE A Declaração Universal dos Direitos Humanos (10 dezembro 1948 – Paris) defenda a igualdade sob a lógica de que todos os indivíduos devem ter a mesma oportunidade de direitos e a liberdade de desenvolver suas capacidades. Dignidade e direitos iguais a todos os membros da família são os fundamentos da liberdade, da justiça e da paz no mundo.

8 ORIGENS DA RSE Meados do séc. XX temos as primeiras manifestações do pensamento acerca do social, no âmbito empresarial. 1940, em parte da Europa (120 industriais ingleses) foi registrado o primeiro apoio empresarial. A responsabilidade dos que dirigem a indústria é manter um equilíbrio justo entre os vários interesses do público, como consumidor, dos funcionários e operários, como empregados, e dos acionistas, como investidores; além de também dar a maior contribuição à Nação como um todo (DUARTE e DIAS, 1986, p.3)

9 ORIGENS DA RSE Somente após os efeitos da 2ª. GG, com os prejuízos humanos conhecidos, as cortes americanas reconheceram a adoção de ações filantrópicas nas organizações. Instituições da sociedade civil denunciaram o uso de armas de extermínio em massa, que afetava o meio ambiente, manchando a imagem das empresas que economicamente se beneficiaram da guerra.

10 ORIGENS DA RSE As lutas e movimentos pelos direitos humanos, especialmente os de estudantes e protestos contra as sequelas provocadas à sociedade e à humanidade, pela Guerra do Vietnã. Nos anos 60 as lutas pela garantia dos direitos civis e igualdade social, destacando-se o Movimento Negro norte-americano, a luta das mulheres, influenciaram fortemente as corporações empresariais que lucravam com a guerra.

11 ORIGENS DA RSE 1980 a 1990 houve o fortalecimento da redemocratização dos movimentos sociais. Brasil, em 1984, a publicação do Primeiro Balanço Social pela Nitrofértil.

12 BALANÇO SOCIAL O Balanço Social é um mecanismo utilizado pelas empresas para tornarem públicas as suas intenções e compromissos, visando à transparência de suas ações no exercício da responsabilidade social corporativa(RSC), trazendo informações qualitativas e quantitativas. Relatório de Sustentabilidade Empresarial, Balanço Social Corporativo, Relatório Social e Relatório Social-Ambiental são outros nomes utilizados pelas organizações, especialistas e acadêmicos para designar o material informativo sobre a situação da organização em relação a questões sociais e ambientais. (OLIVEIRA, 2008). Vide exemplo 0/index.html 0/index.html

13 CONCEITO É algo ainda difícil de precisar... Responsabilidade vai muito além da postura legal da empresa, da prática filantrópica ou do apoio à comunidade. Significa mudança de atitude numa perspectiva de gestão empresarial com foco na qualidade das relações e na geração de valor para todos. O conceito de RS é amplo: refere-se à ética como princípio balizador das ações e relações com todos os públicos com os quais a empresa interage: acionistas, funcionários, consumidores, rede de fornecedores, meio ambiente, governo, mercado, comunidade (TORRES, 2022, p.18)

14 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL O ideal seria que as empresas de medicamentos fossem, na realidade, empresas de saúde; as empresas automobilísticas, empresas de transporte e mobilidade, e assim sucessivamente. Cada negócio encontraria sua verdadeira função social, em um mundo em que as relações de poder e consumo devem ser repensadas.

15 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL INICIATIVAS 1) Público Interno - provocar momentos de formação sobre o tema da responsabilidade social e o desenvolvimento sustentável, convidando seus públicos de interesse a refletirem sobre sua atuação em relação a essas questões. Resultados: maior nível motivacional, menores índices de turnover e atração de novos talentos

16 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL 2) Cadeia de fornecimento, há possibilidade de geração de parcerias duradouras, de longo prazo,criando uma visão compartilhada do negócio. 3) Potencial de redução, reutilização e reciclagem de materiais.

17 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL 4) Agregar valor à marca, que vai além do produto tangível, associando a ela valores positivos,gerando relacionamentos mais duradouros com consumidores e impactando em imagem e vendas.

18 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL GOVERNANÇA CORPORATIVA Prática de gestão que a partir de um conjunto eficiente de mecanismos, de incentivos e de monitoramento, asseguram que o comportamento dos executivos esteja alinhado com o interesse dos acionistas, evitando o chamado conflito de agência.

19 RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL Exemplos: Pão de Açúcar, Fleury.

20 PESQUISA Muito se fala mas pouco se faz, de fato... 1) A empresa promove, em sua estrutura formal, práticas de responsabilidade social que geram resultados efetivos na melhoria da condição de vida do público com ela envolvido? 2) Com essas práticas a empresa promove sua sobrevivência no mercado, é reconhecida como organização socialmente responsável, obtendo dessa forma a proteção por parte do consumidor?

21 PESQUISA 3) A empresa promove essas ações sem uma preocupação legítima de verificar seus impactos sobre a população envolvida, indo além das estatísticas de atendimento? 4) Em suas práticas de responsabilidade social, promovem a sustentabilidade local ou apenas se baseiam na assistência social, no repasse de recursos sem perspectivas de futuro?


Carregar ppt "SUSTENTABILIDADE CORPORATIVA OU EMPRESARIAL ASPECTO SOCIAL Trata de considerar a responsabilidade social."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google