A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento Estratégico Estratégia de nível corporativo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento Estratégico Estratégia de nível corporativo."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento Estratégico Estratégia de nível corporativo

2 Integrantes do grupo Alexandre Calicchio Anderson James Ângela Silva Gil Matos Rocha Gisele Maciel Sérgio Garcia Prof. Claudemir Vasconcelos

3 Crescimento Interno Expansão Escala de produção do mesmo produto ou serviço Abertura de Filiais Crescimento em vendas Aumento da fatia do mercado Capacidade produtiva do mix de produtos Desenvolvimento de novos produtos

4 Penetração de Mercado Aumento das vendas nos clientes existentes, por meio de uma agressividade maior das vendas Desenvolvimento de Mercado Manter os mesmo produtos buscando novos mercados, inclusive externo. Desenvolvimento de Produto Criar e desenvolver novos produtos ou produtos modificados para os mercados existentes.

5 Integração horizontal Quando a empresa expande-se, adquirindo outras, da mesma linha de negócios. Vantagens: Custo menor do que construir uma nova (fabrica) Obter uma posição de mercado valiosa Adquirir os serviços de uma equipe de gerentes e uma força de trabalho tecnicamente experiente Ex: Nestlé (Garoto) e Perdigão (Sadia)

6 Diversificação Horizontal Relacionada Aquisição de outra empresa de um setor externo a seu campo de atuação atual, mas relacionada a suas competências essenciais,para aproveitar sinergias e criar valor. A diversificação relacionada tem uma finalidade estratégica.

7 Diversificação Horizontal Relacionada O grupo AleSat, o quarto maior do país na distribuição de combustíveis, parte para a diversificação de suas atividades, diante de um mercado cada vez mais concentrado nos três grandes: BR, Cosan / Shell e Ultra / Ipiranga. Em dois meses vai entrar no segmento de distribuição de asfalto e espera ter, até o próximo ano, uma fatia de mercado próximo a que detém em sua atividade principal: 4%, ligeiramente abaixo dos 4,8% que controla na venda de álcool, gasolina e diesel. Está no horizonte da empresa ainda comprar um concorrente de menor porte.

8 Alguns dos custos associados com diversificação são novos equipamentos, o inventário, os novos sistemas, novas pessoas, nova distribuição, novos programas de marketing, e muito mais. Alguns dos benefícios associados à diversificação é melhorar a produtividade, melhorar o fluxo de trabalho, atendimento ao cliente, trabalho e economia de custos de produção, e muito mais.

9 Diversificação Horizontal Não Relacionada (diversificação por conglomerados) É conseguido por meio da aquisição de outra de um setor externo não relacionado a seu campo de operação. Geralmente são feitas por motivos de investimento financeiro. A idéia é criar (economia financeira) uma estrutura de portfólio os benefícios financeiros potenciais irão gerar valor. Economias Financeiras: são economias de custo realizadas por meio de alocações melhoradas de recursos financeiros com base em investimentos dentro ou fora da empresa. Tem uma finalidade financeira.

10 Um exemplo de conglomerado é a empresa Mitsubishi, que fabrica desde carros até canetas. LG que fabrica de celulares, notebooks e televisores, até eletrodomésticos. Os maiores conglomerados são norte-americanos e japoneses. Por exemplo, a General Electric, uma das maiores e mais internacionalizadas empresas do mundo, atua em diversos setores e fabrica uma grande variedade de produtos: Lâmpadas, fogões, geladeiras etc.

11 Integração vertical para frente: interagir diretamente com o consumidor final Integração vertical para trás: próxima de ganhar acesso a matérias primas Integração Vertical A quase integração vertical requer menores investimentos, mas não possibilita o acréscimo da diferenciação nem o aumento de barreiras à entrada dos novos concorrentes. A integração vertical parcial requer menores investimentos financeiros e envolve um menos risco operacional.

12 Integração Vertical de Empresas Relacionadas Consiste na aquisição de uma empresa com competências essenciais semelhantes ou complementares no canal de distribuição vertical Integração Vertical de Empresas Não-Relacionadas: é feita com possibilidades limitadas de transferência ou partilha de competências essências

13 Benefícios Economia na produção e distribuição (menores custos de transporte interno); Economia de informação e coordenação; Economia de estabilidade de relacionamento; Expansão da base tecnológica (para melhor gerenciamento de produto); Garantia de estabilidade da procura e oferta; Aumento da capacidade de diferenciação do produto/serviço; Entrada em negócios de elevada atratividade.

14 Riscos Perpetuação de ineficiências (perda da qualidade); Aumento do risco operacional (aumento dos custos fixos); Perda de acesso a tecnologia externas (oportunidade tecnológica avançada); Redução da ligação ao mercado; Menor flexibilidade operacional.

15 Fusões e Aquisições Definição Fusão é considerada a estratégia pela qual duas empresas concordam em interagir suas operações de forma relativamente igual Aquisição é a estratégia pela qual a empresa compra o controle, ou 100% de outra empresa com a intenção de tornar a empresa adquirida uma subsidiária de seu portfólio, sendo que a aquisição pode ocorrer de forma amigável ou hostil.

16 Comparadas as atividades voltadas ao crescimento interno que uma organização pode empreender, as fusões e aquisições são notadamente uma forma relativamente rápida de se conseguir crescimento ou diversificação.

17 Exemplos Ocorreu em 2008 e com esta fusão, tornou-se o maior banco da América do Sul e está entre os 20 maiores do Mundo. Gerou ganhos de sinergia na ordem de R$ 5 bilhões nos três anos seguintes a fusão. A nova empresa nasce com os apostos de décima maior empresa de alimentos das Américas, segunda maior indústria alimentícia do Brasil (atrás apenas do frigorífico JBS Friboi), maior produtora e exportadora mundial de carnes processadas e terceira maior exportadora brasileira (atrás de Petrobras e da mineradora Vale). Empresa nasce com faturamento líquido anual de R$ 22 bilhões.

18 Definição As alianças estratégicas nada mais são do que parcerias em que duas ou mais empresas realizam um projeto específico ou cooperam em determinada área de negócio, por tempo determinado. Exemplo: Temos o Consórcio Via Amarela, responsável pelas obras da linha 4 do Metrô de SP. Neste consórcio temos as seguintes empresas:

19 Estratégias de Estabilização Para empresas que atuam em um único setor ou em mais de um setor: manutenção do conjunto operações sem busca de um crescimento significativo nas receitas ou no tamanho da empresa. Estratégias de Decrescimento Diminuir o tamanho da organização para que essa possa sobreviver e se adaptar a um período de Turbulência ambiental. As estratégias de decrescimento podem ser classificadas em três tipos básicos: Reviravolta Desinvestimento Liquidação.

20 Reviravolta (turnaround) É utilizado em casos de dificuldades de emergência como iminência de falências. Em alguns casos, grandes mudanças se fazem necessárias, e as empresas tendem a implementá-las utilizando-se de medidas drásticas, ações imediatas e correções em seus rumos. Quando a sobrevivência da empresa esta ameaçada, é necessário providências rápidas, muito mais radicais do que aquelas que ocorrem nos programas de racionalização de trabalho, melhorias, operacionais ou análise de valor. Essas medidas visam um só objetivo: reconduzir a empresa ao caminho do bom desempenho e da lucratividade (OLIVEIRA, 1994). Slatter e Lovett (1999) apresentam estratégias genéricas de turnaround em uma escala de 1 a 7 que se dirigem aos problemas geralmente encontrados nas organizações Conforme Quadro:

21 Quadro: Estratégias Genéricas de Reviravolta Sete ingredientes chaves: 1. Estabilização da crise: Controle do recebimento; gerenciamento das verbas; redução de ativos; financiamento a curto prazo; redução de custos. 2. Liderança: Mudança de CEO; mudanças gerenciais 3. Apoio Stakeholder: Comunicação 4. Foco da estratégia: Redefinição dos negócios

22 5. Mudanças organizacionais: Mudanças estruturais; de pessoas chaves; melhoria das comunicações; termos e condições de trabalho. 6. Melhoria nos processos críticos: Vendas e marketing; qualidade; sistemas de controle de informação 7. Reestruturação financeira: Refinanciamento

23 Desinvestimento Desinvestimentos, são os processos utilizados pelas empresas quando há uma necessidade ou desejo de iniciar uma redução no investimento de capital. Basicamente funciona como o oposto de um investimento, o processo envolve a venda de investimentos atuais, a fim de gerar recursos que podem ser usados para melhor proveito de alguma outra maneira. Quando ocorre: Vende uma das unidades de negócios; Spin off* Defini como uma unidade de negocio especial. *spin-off é uma empresa que surge de uma outra organização, mas que permanece possuída e administrada por seus geradores.

24 Desinvestimento

25 Liquidação Quando ocorre: Nem uma reviravolta resolve; Nem o desinvestimento forem viáveis; Negócios é encerrado e seus ativos vendidos.

26 Perguntas ???

27 FIM...Obrigado !!!


Carregar ppt "Planejamento Estratégico Estratégia de nível corporativo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google