A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Princípios da Psicologia Profa. Aline Andrade. Lidar com o ser humano, é uma experiência sem precedentes. Nada é tão perigoso, nada é tão sedutor, nada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Princípios da Psicologia Profa. Aline Andrade. Lidar com o ser humano, é uma experiência sem precedentes. Nada é tão perigoso, nada é tão sedutor, nada."— Transcrição da apresentação:

1 Princípios da Psicologia Profa. Aline Andrade

2 Lidar com o ser humano, é uma experiência sem precedentes. Nada é tão perigoso, nada é tão sedutor, nada é tão inesperado, e por tudo isto, nada é tão fascinante. Autor Desconhecido

3 Teorias da Personalidade

4 FREUD salientou a importante relação existente entre o comportamento de um ser humano adulto e certos episódios de sua infância, resolveu preencher o considerável hiato entre causa e efeito com atividades ou estados do aparelho mental. Desejos conscientes ou inconscientes ou emoções no adulto representam esses episódios passados e são considerados como os responsáveis diretos de seu efeito sobre o comportamento.

5 PLATÃO desenvolveu a noção de que o homem está em contato permanente com dois tipos de realidade: a inteligível e a sensível. A primeira é a realidade imutável, igual a si mesma. A segunda são todas as coisas que nos afetam os sentidos, são realidades dependentes, mutáveis e são imagens das realidades inteligíveis.

6 DESCARTES "o fundador da filosofia moderna" e o "pai da matemática moderna"filosofia moderna Descartes viu que os "costumes", a história de um povo, sua tradição "cultural" influenciam a forma como as pessoas pensam naquilo em que acreditam.

7 SKINNER Skinner baseou suas teorias na análise das condutas observáveis. Dividiu o processo de aprendizagem em respostas operantes e estímulos de reforço, o que o levou a desenvolver técnicas de modificação de conduta (Behaviorismo) Estímulo (S) e Resposta (R)

8 Behaviorismo o conjunto das teorias psicológicas (dentre elas a Análise do Comportamento, a Psicologia Objetiva) que postulam o comportamento como o mais desejável objeto de estudo da Psicologia.

9 Behaviorismo Clássico apresenta a Psicologia como um ramo puramente objetivo e experimental das ciências naturais processo psicológico observável Psicologia da Contração Muscular comportamento poderia ser modelado

10 Behaviorismo Filosófico idéia de disposição comportamental ou tendências comportamentais descrições de comportamentos, ou padrões de comportamentos analisa os estados mentais intencionais e representativos

11 Behaviorismo Metodológico entende o comportamento apenas como respostas públicas dos organismos questão da observabilidade é central

12 Behaviorismo Radical Análise Experimental do Comportamento estímulo discriminativo, aumenta a probabilidade de ocorrência de uma resposta reforço (positivo ou negativo) que "estimule" o comportamento punição (positiva ou negativa) que iniba o comportamento em situações semelhantes posteriores.

13 EstímulosRespostas

14 Retira-se um estímulo agradável após o sujeito apresentar um determinado comportamento Procedimento Efeito no Comportamento Operante Aumenta a freqüência desse comportamento Aumenta a frequência desse comportamento Reduz a frequência desse comportamento Reduz a frequência desse comportamento Apresentação de um estímulo agradável após o sujeito apresentar um determinado comportamento Retira-se um estímulo desagradável após o sujeito apresentar um determinado comportamento Apresentação de um estímulo desagradável após o sujeito apresentar um determinado comportamento Punição negativa Tipo de Reforço Reforço positivo Reforço negativo Punição positiva

15 Cognitivismo os processos mentais que estão por detrás do comportamento Construtivismo uma das correntes teóricas empenhadas em explicar como a inteligência humana se desenvolve partindo do princípio de que o desenvolvimento da inteligência é determinado pelas ações mútuas entre o indivíduo e o meio.

16

17 Comportamento Humano o comportamento é a conduta, procedimento, ou o conjunto das reações observáveis em indivíduos em determinadas circunstâncias inseridos em ambientes controlados.

18 Psicologia Organizacional A Psicologia Organizacional, inicialmente denominada como Psicologia Industrial, estuda os fenômenos psicológicos presentes nas organizações. Mais especificamente, atua sobre os problemas organizacionais ligados à gestão de recursos humanos (ou gestão com pessoas).

19 Psicologia Organizacional As Revoluções que mudaram o mundo Revolução Industrial (capitalismo) Revolução Francesa (política) As duas Grandes Guerras Redefinição do Trabalho Crescimento do Movimento das Relações Humanas Responsabilidades da empresa em relação ao trabalhador

20 PSICOLOGIA E GESTÃO A psicologia contribui na compreensão das pessoas, a integração entre as pessoas e as circunstâncias, a interação entre o cliente e o fornecedor, a interação entre um gerente e seus funcionários em qualquer sistema de gerenciamento.

21 Mudanças

22 As eras da administra ç ão no s é culo XX Era Industrial Clássica Início da Industrialização Estabilidade Pouca Mudança Previsibilidade Estabilidade e certeza Administração científica Teoria Clássica Relações Humanas Teoria da burocracia Era Industrial Neoclássica Desenvolvimento industrial Aumento da Mudança Fim da previsibilidade INOVAÇÂO Teoria Neoclássica Teoria Estruturalista Teoria Comportamental Teoria de Sistemas Teoria da Contingência Era da Informação Após 1990 Tecnologia da Informação (TI) Serviços Aceleração da mudança Imprevisibilidade Instabilidade e incerteza Ênfase em produtividade Qualidade Competitividade Cliente Globalização

23 Teoria Clássica x Teoria Burocrática Teoria Clássica Ênfase nos pormenores estruturais Orientação normativa e prescritiva Ênfase na organização industrial Abordagem dedutiva: do todo para as partes Busca de meios científicos para o trabalho rotineiro Teoria da Burocracia Ênfase nos grandes esquemas Orientação descritiva e explicativa Ênfase na organização burocrática Abordagem indutiva: Das partes para o todo Preocupação com as características e conseqüência da burocracia.

24 Novas abordagens da administra ç ão As novas abordagens da Administração Ênfase na estrutura Ênfase nas pessoas Ênfase no ambiente e tecnologia Teoria Neoclássica Peter Drucker Harold Koonz Teoria Estruturalista A. Etzioni Richard Hall Teoria Comporta- mental Herbert Simon D. McGregor Teoria da Contingência P.R. Lawrence Jay W, Lorsch Teoria de Sistemas F.E. Kast A.K. Rice

25 Teoria Comportamental Comportamento individual cedeu espaço ao comportamento grupal Trouxe novos conceitos sobre motivação, liderança, comunicação, dinâmica de grupos, processo decisório, comportamento organizacional e estilos administrativos. Teoria do Desenvolvimento Organizacional (DO)

26 Teoria das Relações Humanas Abordagem Humanística da Adm. Teoria das Relações Humana Ênfase nas Pessoas

27 Experiência de Hawthorne Nível de produção é resultante da Integração Social Nível de produção é resultante da Integração Social As recompensas e sanções sociais (O homem Social) As recompensas e sanções sociais (O homem Social) Grupos Informais Grupos Informais As relações humanas As relações humanas A importância do conteúdo do cargo A importância do conteúdo do cargo Ênfase nos aspectos emocionais Ênfase nos aspectos emocionais

28 A necessidade de romper muralhas, navegar outros mares e explorar as possibilidades da psicologia.

29 SATISFAÇÃO Variável de Natureza Afetiva


Carregar ppt "Princípios da Psicologia Profa. Aline Andrade. Lidar com o ser humano, é uma experiência sem precedentes. Nada é tão perigoso, nada é tão sedutor, nada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google