A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo de trabalho: Educação Matemática GT19 Coordenadores: Vinício de Macedo Santos Adair Mendes Nacarato Representante no Comitê Científico: Antonio Miguel.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo de trabalho: Educação Matemática GT19 Coordenadores: Vinício de Macedo Santos Adair Mendes Nacarato Representante no Comitê Científico: Antonio Miguel."— Transcrição da apresentação:

1 Grupo de trabalho: Educação Matemática GT19 Coordenadores: Vinício de Macedo Santos Adair Mendes Nacarato Representante no Comitê Científico: Antonio Miguel

2 O GT de Educação Matemática e sua necessidade O GT 19 é um importante fórum, no âmbito da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, de exposição e debate de parte significativa da produção científica na área de Educação Matemática do país. O diálogo com as Ciências da Educação sempre existiu e faz-se necessário pelas questões comuns e pela natureza multi/interdisciplinar da Educação Matemática. Entretanto há especifidades que se desconsideradas traz dificuldades de entendimento relativamente ao referencial e à temática das pesquisas. Nesse sentido, os educadores matemáticos sinalizaram para a necessidade de se criar um GT junto à ANPED..

3 HISTÓRICO Antes de 1997 – Diferentes pesquisadores, quando conseguiam, apresentavam seus trabalhos em grupos como: Formação de Professores, Ensino Fundamental, Didática, Currículo, dentre outros – Na 20ª Reunião Anual um grupo de professores da PUC-SP propõe a criação de um GT de Educação Matemática – Cria-se um Grupo de Estudos de Educação Matemática o Grupo de Estudos transforma-se em Grupo de Trabalho

4 O MOVIMENTO DO GT Ao longo desses anos o GT vem buscando sua própria identidade dentro da Anped o que pode ser analisado a partir das temáticas desenvolvidas nos trabalhos encomendados em cada uma das reuniões anuais. A dinâmica de trabalhos encomendados no GT iniciou- se em 2002 e vem se mantendo a cada reunião anual. Na avaliação ao final de cada encontro, há a indicação da temática para a próxima reunião. Constata-se a existência de um movimento de idéias que se centra ora em questões internas do GT, e da sua produção, ora em questões mais gerais relacionadas às pesquisas acadêmicas e ao desenvolvimento e estado da pesquisa em Educação Matemática no âmbito nacional e internacional.

5 TEMÁTICAS DOS TRABALHOS ENCOMENDADOS 2002 Havia uma preocupação inicial com a produção interna do GT. Assim o trabalho encomendado referiu-se ao Mapeamento e balanço dos trabalhos do GT 19 (Educação Matemática) no período de 1998 a 2001, desenvolvido por Dario Fiorentini/Unicamp a preocupação centrou-se na própria inserção do GT na Anped. O trabalho encomendado foi: Educação Matemática – uma área de conhecimento em consolidação. O papel da constituição de um grupo de trabalho dessa área na Anped, desenvolvido por Antonio Miguel (Unicamp), Antonio Vicente Marafioti Garnica (Unesp/RC), Ubiratan DAmbrósio (PUC-SP) e Sonia Barbosa Camargo Igliori (coord. – PUC/SP)

6 Ainda os trabalhos encomendados a temática volta-se às questões de pesquisa em Educação Matemática, com o trabalho Perspectivas teóricas em educação matemática: a investigação sobre a própria prática, desenvolvido por João Pedro da Ponte – Portugal novamente a preocupação centra-se na produção interna do GT, no que diz respeito à metodologia dos trabalhos apresentados, com a realização de um estado da arte: Educação Matemática: Análises Quantitativas e Qualitativas, desenvolvido por Adair Mendes Nacarato (USF); Ana Cristina Ferreira (UFOP); Celi Aparecida Espasandin Lopes (UNICSUL); Dario Fiorentini (UNICAMP); Regina Célia Grando (USF), Cileda Coutinho (PUC-SP), Saddo Ag Almouloud (PUC-SP), Clayde Regina Mendes (PUCCAMP); Miriam Cardoso Utsumi (CUML)

7 Questões e desafios postos ao GT Ao se constituir e se firmar como fórum de debate de pesquisas em Educação Matemática define-se progressivamente uma agenda do GT atendendo a duas necessidades: - Centrar o debate em questões relevantes de pesquisa na área e no lugar do GT de Educação Matemática na Anped estabelecendo critérios e pautas para os trabalhos encomendados, mini-cursos, sessões especiais e intercâmbios. Para isso tem estabelecido pontos e ações comuns com outros GTs. - Diversificar temáticas e aproximar pesquisadores de diferentes regiões do país.

8 O GT HOJE: ampliando sua inserção A avaliação dos trabalhos do GT ao término da reunião de 2005 apontou a necessidade de se examinar a pesquisa na área de uma perspectiva mais ampla procurando maior interlocução com as pesquisas e pesquisadores internacionais. Assim, em 2006, definiu- se o trabalho encomendado Presente y futuro de la investigación em Didáctica de las Matemáticas, desenvolvido por Juan Diaz Godino – Granada/Espanha. Para 2007 os educadores matemáticos sinalizaram para a necessidade de se discutir a relação entre a pesquisa e as políticas públicas. Desta forma o trabalho encomendado intitulado Pesquisa em Educação Matemática e Políticas Públicas, a ser debatido por Antonio Vicente Marafioti Garnica (UNESP), apoiou-se em textos solicitados a quatro pesquisadores da área.

9 OS MINI-CURSOS DENTRO DO GT Os mini-cursos oferecidos tem sido definidos a partir de demanda espontânea ou por meio de encomenda sugerida pelos participantes As temáticas dos mini-cursos relacionam-se com questões internas da própria Educação Matemática, quer como campo conceitual e epistemológico (Números Reais: quando e como ensinar?, em 2001; Teoria dos campos conceituais e o ensino da Geometria, em 2002; Atividade orientadora de ensino de Matemática: contributos da teoria da atividade, em 2007); quer como tendências de investigação (Informática e educação matemática, em 2000; História da Educação Matemática: porque e como?, em 2005); quer como metodologias de pesquisa (Metodologias de análises de dados estatísticos multidimensionais, em 2003; A pesquisa qualitativa em Educação Matemática, em 2004; Interações a distância mediadas pela tecnologia informática – referenciais teóricos e estratégias metodológicas em Educação Matemática, em 2006).

10 UM GT EM EXPANSÃO O GT conta com 142 participantes cadastrados – pesquisadores que compareceram a pelo menos uma reunião anual. Em cada reunião, o GT conta com um número que varia de 40 a 60 participantes. O GT conta com uma home page como forma de se comunicar com seus participantes que contém informações básicas, histórico do GT, notícias, trabalhos de todas as reuniões anuais, dentre outros.

11 Gestão do GT O funcionamento do GT conjuga orientações gerais da Anped e decisões tomadas pelos seus membros durante as reuniões anuais A excelência das discussões e a abordagem das questões consideradas relevantes e que conferem um importante papel do GT no cenário da pesquisa em Educação Matemática no país é resultado das orientações discutidas entre os membros do GT e da articulação dos trabalhos do corpo de pareceristas ad hoc, do representante no comitê científico e da coordenação.

12 Coordenações do GT Como Grupo de Estudos: 1997 a 1999 – Sonia Barbosa Camargo Igliori – PUCSP Como Grupo de Trabalho: 1999 a 2001 – Silvia Dias Alcântara Machado – PUCSP 2001 a 2003 – Luiz Carlos Pais –UFMS Marcelo Borba de Carvalho - UNESP 2003 a 2005 – Maria Tereza carneiro Soares – UFPR Janete Bolite Frant – PUCSP 2005 a 2007 – Vinício de Macedo Santos – USP Adair Mendes Nacarato – USF

13 Representantes no comitê científico: Dario Fiorentini - UNICAMP Vinício de Macedo Santos - USP Lícia Maia Souza Leão - UFPE Saddo Ag Almouloud – PUC-SP Antonio Miguel - UNICAMP

14 30 anos de Anped 10 anos de GT 19 Neste ano a ANPED comemora 30 anos e o GT de Educação Matemática completa 10, desde que foi criado como Grupo de Estudos. PARABÉNS! CAXAMBU, OUTUBRO/2007


Carregar ppt "Grupo de trabalho: Educação Matemática GT19 Coordenadores: Vinício de Macedo Santos Adair Mendes Nacarato Representante no Comitê Científico: Antonio Miguel."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google