A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Photo Album by USER Representa ç ões do professor e implementa ç ão de curr í culo de educa ç ão ambiental.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Photo Album by USER Representa ç ões do professor e implementa ç ão de curr í culo de educa ç ão ambiental."— Transcrição da apresentação:

1 Photo Album by USER Representa ç ões do professor e implementa ç ão de curr í culo de educa ç ão ambiental

2 Objetivo: O trabalho teve como objetivo implementar o curriculo de educação ambiental para jovens residentes em tonro do Parque São Bartolomeu (suburbio de Salvador – Bahia)

3 Investigar a influência do sistema de representações do professor na implementação de currículo em Educação Ambiental Objetivo

4 A responsabilidade pelo quadro de degradação ambiental - Aspectos pontuais da organização das sociedades (produção de sua existencia) - Modo de vida dos homens, representações e crenças (aspectos ligados a subjetividade humana)

5 A transformação dos sistemas ecossociais dependem - Capacidade humana de buscar e estabelecer metas de inter-relação definidas - Padrão de relacionamento entre o homem, o ambiente e a natureza

6 As metas de inter-relação homem e ambiente condicionadas ao modo como o homem se organiza para produzir a sua existência e ao repertório cultural do indivíduo, o seu sistema de representação, crença e valor.

7 Como atuam as representações e as práticas? Devem atuar uma sobre a outra reciprocamente para determinar metas de inter-relação homem e ambiente e a partir delas construir novos pensamentos que desafiam o relacionamento homem/ambiente

8 Ainda hoje.... Os sujeitos estão unicamente envolvidos com a idéia de dominação da natureza (apropriação de seus recursos para atingir determinado fim) A relação do homem com o meio ambiente está intimamente ligada com os valores que a sociedade institui ao longo do processo histórico

9 A concepção do currículo Depende da apropriação e reconstrução de valores, de confrontos entre ação e conhecimentos, práticas e representações no campo ambiental, é um processo social no qual interagem diferentes referenciais de leitura da realidade e diferentes sujeitos.

10 A noção de currículo reflete um deslocamento de perspectiva dos níveis de análise sociológica do espaço macro, da relação com a sociedade em direção ao espaço micro, dos estabelecimentos de ensino, da sala de aula e das interações sociais que ai tem lugar.

11 O currículo não se limita a seleção de conteúdos disponíveis num determinado momento histórico, ele deve transformar o conteúdo existente em transmissível (objeto de ensino) dai a importância do professor que realizará a transposição didática

12 Composição do currículo Professor e aluno possuem uma base de conceitos e referenciais que serão utilizados para estruturar as experiências educativas e culturais que compõem o currículo.

13 Professor Figura Chave... O conhecimento escolar resulta da contradição da socialização, do conhecimento cientifico e ou erudito e do conhecimento hegemônico e outros tipos de saberes;Nesse contexto, o professor e a figura chave no processo de implementação do currículo.

14 A crise ambiental e o currículo O currículo deve explorar a dimensão cultural e imaginaria do sujeito e oferecer oportunidades ao professor e ao aluno para a construção e a reconstrução de representações mais apropriadas a novo significado e o papel deles no domínio ambiental.

15 Objetivo do Trabalho Saber como o professor elabora o currículo em razão de suas representações e sobretudo como o processo de aprendizagem pode ser afetado pelas representações da natureza, da relação entre o homem e a natureza, e dos processos de ensino e aprendizagem.

16 Ambiente da Pesquisa Parque São Bartolomeu, localizado dentro do Parque Pirajá, subúrbio de Salvador- BA 500 mil habitantes Área de 1550 hectares com um rico e diversificado ecossistema formado por manguezais, trechos de mata atlântica e manancial hídrico (quedas dagua cultuadas por religiões afro-brasileiras)

17 Ponto de Vista Ambiental – Serias Ameaças - processo de ocupação espontânea - destruição das matas nas cabeceiras dos rios - lançamento de esgotos nos cursos da água - atividades de mineração, extração de madeira e carvão, queimadas - cercado pela miséria e pobreza

18 A iniciativa do projeto O projeto Parque São Bartolomeu foi uma iniciativa da Associação Amigos do Parque, com o objetivo de sustar a marcha de destruição do local através de definição de estratégias de intervenção física e educativa.

19 Características do projeto... 2 anos (1991/93) 6 professores de diferentes áreas 60 jovens (14/17 anos) negros e mestiços com escolaridade mínima da 3ª serie do 1º grau moradores do Parque que deveriam estar freqüentando escola pública com disponibilidade de 20 horas para se dedicar ao projeto bolsa–auxilio da prefeitura para se tornarem Guias e Guardiães do Parque São Bartolomeu

20 O Currículo de Educação Ambiental do Parque Objetivo de proporcionar conhecimentos, experiências e vivências dos jovens para exercerem o papel de cidadão no processo de revitalização do Parque e seu entorno nas dimensões natural, cultural, religiosa e histórica.

21 O Currículo de Educação Ambiental do Parque O currículo foi construído e desenvolvido através da reflexão do professor a partir de praticas educativas diárias. O currículo inclui conteúdos de linguagem, comunicação, biologia, geologia artes e historia.

22 O Currículo de Educação Ambiental do Parque O eixo articulador e integrador foi o trabalho com a linguagem em varias expressões – teatro, expressão corporal, plástica, artística, textos orais e escritos. Enfatizou o conhecimento do aluno para resgate da memória coletiva e a valorização do saber popular para maior intervenção efetiva da coletividade.

23 Metodologia - referencial teórico metodológico a etnografia e o estudo de caso - observações das aulas e reuniões de planejamento e entrevistas com os professores; observações das provas finais e textos produzidos pelos alunos

24 Metodologia - análise etnográfica 4 etapas : análise de domínios analise taxonômica junção dos domínios identificados análise temática

25 RESULTADOS

26 Os alunos não conhecem o espaço, não dão importância e são indiferentes a ele;

27 RESULTADOS Visão naturalista – parque e uma realidade autônoma independente da sociedade e do sujeito social Visão moralista – a natureza é pura, limpa e imaculada e o homem pecador é que polui e contamina Visão religiosa – relação parque/natureza/o sagrado

28 RESULTADOS Os sentimentos dos alunos em relação ao parque expressam o desconhecimento da população local em relação ao verdadeiro significado do Parque para a sua sobrevivência

29 RESULTADOS Os professores tiveram dificuldades de atribuir significado/valor ao Parque devido a estigmatização da comunidade e dos alunos; Os professores desconsideraram os conhecimentos e representações dos alunos no currículo existente;

30 RESULTADOS A integração precoce de conteúdos em razão de temas comuns (fogo, ar, terra, água) – interdisciplinariedade – recebeu mais atenção dos professores do que os aspectos da cultura, modelos de pensamentos e símbolos que poderiam ter sido trazidos pelos alunos;

31 RESULTADOS Ainda que o discurso e desejo dos professores tivessem caráter interdisciplinar, prevaleceu o aprofundamento vertical com ênfase das aulas e definições, utilização de nomenclatura técnico-cientifica e concentração em assunto particular, sem se preocupar com a articulação a outros temas ligados ao contexto socionatural do aluno

32 RESULTADOS O que eu vejo no Parque é a questão da pobreza... ou seja os professores privilegiam o homem sob o ponto de vista material

33 RESULTADOS - pré-concepções sem reflexão prévia = expectativas normativas dentro do currículo - conseqüência da suposição: o currículo desconsidera os conhecimentos e representações do aluno

34 RESULTADOS - Quando o professor provoca o aluno ele se perde, não sabe o que fazer com os assuntos sugeridos. - Trabalhar com a interdisciplinaridade a partir de temas geradores é mais simples e mais fácil

35 RESULTADOS Formas em constante tensão: Aprofundamento vertical do conhecimento: muitas definições, excesso de nomenclaturas técnico- científicas, assunto particular, sem contexto sociocultural do aluno.

36 RESULTADOS Abordagem com ênfase na interdisciplinaridade: construção de roteiro de uma peça, composição de músicas coreografia das danças, confecção de máscaras e cenário, a partir dos conhecimentos históricos. Comunicação/História/Geografia.

37 Resultados: Ênfase no homem, no seu modo de vida Representação humanizada – padrão de relacionamento que mantêm com ele. Causas dessa representação: -Realidade concreta do aluno, pela perspectiva do professor - Estruturação do currículo sobre dois pilares básicos: compreensão crítica e intervenção da realidade – trabalho com a linguagem.

38 RESULTADOS: Característica morfológica do currículo - organização compartimentada sob a forma de disciplinas. - Conseqüência: falta de garantia de integração e articulação dos aspectos naturais, humanísticos, econômicos, políticos e culturais.

39 RESULTADOS: Barreiras - Ciências Naturais- cuida do espaço natural do parque: questão ambiental -Ciências Humanas- trata do homem que lá vive, sua história e sua cultura: degradação humana.

40 RESULTADOS - Razões da degradação ambiental – é desconsiderado o modelo de civilização: - Predador do ponto de vista natural - Excludente do ponto de vista social.

41 RESULTADOS O trabalho não é orgânico...

42 RESULTADOS Professores de Ciências Naturais – enfatizam experiências, situações concretas, trabalho de campo, observação in loco. A prática é entendida como motivação, submissão aos estímulos do ambiente, não como ação.

43 RESULTADOS Aulas de campo de Biologia: os conhecimentos prévios dos alunos são ignorados, como uma aula teórica. Pedagogia centrada no professor, transferência do saber.

44 RESULTADOS Professores de Geologia: o professor é um facilitador, faz aflorar conhecimentos, experiências. Pedagogia centrada no aluno, tipo apriorista, onde todo conhecimento é anterior à experiência.

45 RESULTADOS Professores de Humanas: aquisição do conhecimento é um processo de construção que ocorre sempre, mediado por uma pluralidade de linguagens. O saber se constrói – interacionismo – construções sucessivas e constantes elaborações de estruturas novas.

46 RESULTADOS No currículo: - Ausência de uma orientação teórico- prática única -Ausência de interação em razão de traços comuns

47 RESULTADOS Os alunos passaram a ver o parque numa perspectiva: - Crítica - Científica - Humanizada A reprovação na relação homem/parque é reflexo das condições de vida que são impostas

48 RESULTADOS - Novas concepções: nenhuma relação com o saber inicial do aluno. Dinâmica intrínseca – para o professor, o aluno não tem idéias noções e sentimentos próprios em relação ao parque. Para o aluno, o professor desconsidera a sua linguagem simbólica.

49 RESULTADOS Na esfera curricular – não há oportunidades para o confronto de saberes: o popular e científico.

50 Conclusão...o maior desafio está em romper com o autoritarismo dos saberes dominantes, ou seja, não os considerar como os únicos saberes válidos, desmascarar o processo que faz deles os melhores saberes.

51 Conclusão Currículo – deve ser campo de acordos e conflitos não necessariamente garantidores de um saber sistematizado universa, erudito e/ou científico.

52 Obrigada a todos!! Rosânia Lucia Figueira Stefânia Dellafonte Aragão


Carregar ppt "Photo Album by USER Representa ç ões do professor e implementa ç ão de curr í culo de educa ç ão ambiental."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google