A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mix de Produtos – Parte 1 Varejo Prof. Vitor Pires.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mix de Produtos – Parte 1 Varejo Prof. Vitor Pires."— Transcrição da apresentação:

1 Mix de Produtos – Parte 1 Varejo Prof. Vitor Pires

2 Introdução ao Tema zProdutos - classificam e definem os diferentes tipos varejistas zMix de produtos X Diferencial competitivo zComo as empresas podem trabalhar seu mix de produtos? zA busca pelo equilíbrio de variedade excessiva e variedade incompleta

3 Hierarquia e Classificação Mercadológica do Mix de Produtos zNúmero de itens comercializados: yHipermercados - de 30 à 50 mil itens yMercado de médio porte - de 5 à 10 mil itens yLoja de Conveniência - aprox itens zOs produtos precisam ser classificados e agrupados zGerenciamento de Categoria

4 Gerenciamento de Categorias zConsiste em gerenciar as categorias como unidade estratégicas de negócios objetivando oferecer melhores serviços ao consumidor ñEntender o consumidor ñIntegrar a demanda e o fornecimento ñControle de compras e estoques ñAvaliação de desempenho por categoria da loja ñAdministração de preços

5 Hierarquia e Classificação do Mix de Produtos zDepartamentos ïPrimeiro nível de classificação ïAgrupamento de produtos de acordo com afinidade, substitutibilidade e complementaridade zCategorias ïGrupos ou famílias ïFormados por itens complementares ou substitutos zSubcategoria ñFormados por produtos com alto grau de substitutibilidade e complementaridade ñGuerra de Marcas

6 Hierarquia e Classificação do Mix de Produtos zSubsegmento ñTipos de embalagens ñValores ou atributos específicos zItem específico ñO Produto

7 Departamentos e Categorias zExemplos de Departamentos 4Bebidas 4Higiene pessoal 4Hortifruti 4Mercearia 4Bazar 4Carnes, aves e peixes 4Limpeza 4Padaria í Categorias da Mercearia í Massas alimetícias í Salgadinhos í Biscoitos í Café í Atomatados í Chocolates e bombons í Farináceos

8 Hierarquia de Categorias Departamento: Bebida Limpeza,Higiene Pessoal, Bebida, Mercearia, Bazar Categoria: refrigerante cervejas, sucos prontos, chás gelados,água mineral, refrigerante Subcategorias Guaraná Cola, Laranja, Uva, Limão, Guaraná Segmento e Subsegmento lata diet pet 2L, 600ml, lata / diet, normal Item Específico

9 Hierarquia de Categorias Departamento: Confecção Feminina Confecção infantil, Confecção Masculina, Confecção Feminina Categoria: Camisola Feminina Camisola Feminina,Calça Feminina, Vestido, Roupa íntima Subcategorias Camisola manga longa Camisola manga longa, Camisola manga curta, Pijama Segmento e Subsegmento Camisola m.longa malha Camisola m.longa poliester, camisola m.longa seda e Camisola m.longa malha Item Específico

10 Definição da Categoria Definição da Categoria zFornecedor cede informações de hábitos e necessidades do consumidor (pesquisas) zDefinição do nome da categoria zDefinição dos produtos zsegmentação que reflita a decisão de compra dessa categoria (escolha por marca, preço, embalagem e etc.)

11 Papel da Categoria Papel da Categoria zVarejista: Definição de como quer que sua loja seja vista pelo consumidor (posicionamento). Papéis das Categorias: zDestino - Ser o principal fornecedor de uma categoria para o consumidor zRotina - Ser o fornecedor preferido de uma categoria zSazonal - Ser o fornecedor importante de uma categoria. Ex. Ovos de páscoa, panetones zConveniência - Ser um dos fornecedores da categoria para o consumidor

12 Avaliação da Categoria Avaliação da Categoria Análise detalhada da categoria sob três perspectivas: zConsumidor - Seu perfil, hábitos de compra e razões de compra zVarejista - performance de vendas internas x mercado, lucratividade das marcas, sazonalidade das vendas de acordo com ações diferenciadas zFornecedor - Análise de dados de mercado sobre a categoria como tendências, performance por canal, por região e etc.

13 Metas da Categoria Metas da Categoria Metas a atingir: z Financeiros - crescimento em lucro e/ou faturamento z Ref. à Produtividade - giro de estoque, valor de estoque, melhora nos serviços z Ref. à Mercado - Aumento da participação da categoria nos negócios do varejista, aumento no tícket médio da categoria

14 Decisões Estratégicas - Produtos zAmplitude zProfundidade zPreço e Qualidade zMarcas Próprias e Política de Marcas

15 Amplitude e Profundidade Profundidade Pequena Amplitude Larga Amplitude Estreita Profundidade grande Hipermercados Grandes Mercados Açougue Padaria Clube de Compras Loja de Conveniência

16 Preço e Qualidade Preço Baixo Alta Qualidade Baixa Qualidade Preço Alto

17 Marcas Próprias zMarcas desenvolvidas e vendidas com exclusividade por varejista e atacadistas zEuropa e Estados Unidos – Forte presença; e o Brasil ? zEUA – 40% da lojas de Depto e 20% nos supermercados zBrasil – de 6% à 15% nos supermercados zQuais são as vantagens do varejista adotar uma política de marcas próprias ?

18 Vantagens das Marcas Próprias zMargens de lucros maiores e fidelidade dos clientes zFortalecer a imagem da empresa zGanhar maior poder de barganha zOferecer alternativas atraentes contra os concorrentes e suas ofertas zAmpliação da variedade de produtos zMelhora as margens de lucro

19 Por que trabalhar com Marcas Fortes? 1.Presença na lista de compra do consumidor 2.Atraem consumidores para a loja 3.Credibilidade das marcas fortes 4.Trazem boa rentabilidade 5.Possuem relação afetiva com os consumidores 6.Garantem desenvolvimento de negócio entre fornecedores e varejistas


Carregar ppt "Mix de Produtos – Parte 1 Varejo Prof. Vitor Pires."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google