A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março 2008 - 1/23 Prof. Dr.- Ing. Helio Adão Greven Profa. Ms. Alexandra Follmann.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março 2008 - 1/23 Prof. Dr.- Ing. Helio Adão Greven Profa. Ms. Alexandra Follmann."— Transcrição da apresentação:

1 SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23 Prof. Dr.- Ing. Helio Adão Greven Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf A COORDENAÇÃO MODULAR NA CONSTRUÇÃO DESAFIOS E OPORTUNIDADES

2 HISTÓRICO 1ª aplicação da CM: Crystal Palace, construído em 1851, em Londres, para a Exposição Universal Módulo utilizado: dimensões das placas de vidro Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

3 Alfred Bemis: método modular cúbico (1930); publicação de A transformação da casa (1936), onde expõe teoria de uma Coordenação Modular, resumida no axioma pelo qual todos os objetos que satisfaçam à condição de possuírem dimensões múltiplas de uma medida comum, são comensuráveis entre si, e, portanto, também o são em relação à construção. Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

4 -Le Corbusier (1941) propõe uma metodologia de correlacionamento de dimensões - Ernest Neufert: (1942) publica Bauordnungslehre, onde expõe o sistema de coordenação octamétrica (100cm/8). Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

5 Módulos em Utilização: 10 cm – módulo adotado internacionalmente (ISO) 12,5 cm – módulo adotado pela Alemanha até 1976 (atualmente em declínio de uso) 4 - módulo adotado pelos Estados Unidos, com indicadores de ser substituído pelo módulo internacional de 10 cm Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

6 Torre de Babel da construção Solução de problemas no canteiro de obras Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

7 Desperdício e Custos majorados Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

8 Responsabilidade ambiental Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

9 Coordenação Modular Tríade básica: - Reticulado Modular de Referência - MÓDULO (10 cm) - Ajuste Modular Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

10 MÓDULO 10 cm Submódulos Multimódulos Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

11 Ajuste Modular É uma medida que relaciona a Medida de Projeto do componente com a medida Modular compatibilizando um elemento a outro. Estabelece a relação dos componentes da construção com o reticulado modular de referência. Também chamado de folga, junta ou tolerância. Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

12 ADIÇÃO DE COMPONENTES MODULADOS Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

13 Exemplo compositivo com componentes modulados Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

14 Montagem Componentes separados COMPONENTES COORDENADOS MODULARMENTE Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

15 Montagem Componentes isolados Complementação (retrabalho) Cortes (desperdício de materiais) COMPONENTES NÃO COORDENADOS MODULARMENTE Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

16 Cortes (desperdício) Complementação (retrabalho) COMPONENTES NÃO COORDENADOS MODULARMENTE Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

17 PaísMóduloAno França10 cm1942 Estados Unidos4 polegadas1945 Bélgica10 cm1948 Finlândia10 cm1948 Itália10 cm1949 Polônia10 cm1949 Brasil10 cm1950 Alemanha12,5 cm / 10 cm 1951/1976 Bulgária10 cm1951 Noruega10 cm1951 Hungria10 cm1951 Suécia10 cm1952 Portugal10 cm1953 União Soviética10 cm1954 Grécia10 cm1955 Romênia10 cm1956 Áustria10 cm1957 Iugoslávia10 cm1958 Dinamarca10 cm1958 Tchecoslováquia10 cm1960 Bielorússia10 cm1962 Holanda10 cm1965 Inglaterra4 polegadas1966 Brasil: um dos primeiros países a publicar uma norma de Coordenação Modular: a NB-25, em Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

18 Por quê no Brasil a Coordenação Modular não conseguiu se consolidar? - ? ? ? - Cadeia produtiva sem integração e sem comunicação. Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

19 - Houve tentativas esparsas para a aplicação da Coordenação Modular, no entanto sem êxito, por se tratarem de elos simples na cadeia produtiva, sem o respaldo de um trabalho de compatibilização conjunta entre todos os componentes utilizados na construção civil. Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

20 Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf - Neste momento é imprescindível resgatar este tema, uma vez que a cadeia produtiva se conscientizou que para se atingir patamares mais elevados, visando metas ligadas à INDUSTRIALIZAÇÃO DA CONSTRUÇÃO, a Coordenação Modular é ferramenta universal e decisiva para avanços mais significativos de toda a construção civil brasileira! SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

21 NormaCódigoStatusPublicação Ajustes modulares e tolerânciasNBR 5725 (orig. NB 417)em vigor2/1982 Altura modular de teto-piso (entre pavimentos consecutivos) NBR 5713 (orig. NB 331)em vigor2/1982 Alturas modulares de piso a piso, de compartimento e estrutural NBR 5710 (orig. NB 305)em vigor2/1982 Alvenaria modularNBR 5718 (orig. NB 340)em vigor2/1982 Bloco vazado modular de concretoNBR 5712 (orig. NB 307)em vigor2/1982 CoberturasNBR 5720 (orig. NB 344)em vigor2/1982 Componentes de cerâmica, de concreto ou de outro material utilizado em lajes mistas na construção coordenada modularmente NBR 5716 (orig. NB 338)em vigor2/1982 Coordenação modular da construção - TerminologiaNBR 5731 (orig. TB 202)em vigor2/1982 Coordenação modular da construção - ProcedimentoNBR 5706 (orig. NB 25)em vigor12/1977 Detalhes modulares de esquadriasNBR 5728 (orig. NB 423)em vigor2/1982 Divisória modular vertical internaNBR 5721 (orig. NB 345)em vigor2/1982 Equipamento para complemento da habitação na construção coordenada modularmente NBR 5727 (orig. NB 422)em vigor2/1982 Espaço modular para escadasNBR 5717 (orig. NB 339)em vigor2/1982 CM – NORMAS BRASILEIRAS EM VIGOR Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

22 Esquadrias modularesNBR 5722 (orig. NB 346)em vigor2/1982 Forro modular horizontal de acabamento (placas, chapas ou similares) NBR 5723 (orig. NB 372)em vigor2/1982 Local e instalação sanitária modularNBR 5715 (orig. NB 337)em vigor2/1982 MultimódulosNBR 5709 (orig. NB 304)em vigor2/1982 Painel modular verticalNBR 5714 (orig. NB 332)em vigor2/1982 Posição dos componentes da construção em relação a quadrícula modular de referência NBR 5707 (orig. NB 302)em vigor2/1982 Princípios fundamentais para a elaboração de projetos coordenados modularmente NBR 5729 (orig. NB 424)em vigor2/1982 RevestimentosNBR 5719 (orig. NB 343)em vigor2/1982 Série modular de medidasNBR 5726 (orig. NB 420)em vigor2/1982 Símbolos gráficos empregados na coordenação modular da construção NBR 5730 (orig. SB 62)em vigor2/1982 Tacos modulares de madeira para soalhos na construção coordenada modularmente NBR 5724 (orig. NB 373)em vigor2/1982 Tijolo modular de barro cozidoNBR 5711 (orig. NB 306)em vigor2/1982 Vãos modulares e seus fechamentosNBR 5708 (orig. NB 303)em vigor2/1982 NormaCódigoStatusPublicação CM – NORMAS BRASILEIRAS EM VIGOR FL.-2 Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23

23 Prof. Dr.- Ing. Helio A. Greven - Profa. Ms. Alexandra Follmann Baldauf SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março /23


Carregar ppt "SNCC – SEMINÁRIO NACIONAL CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL- Março 2008 - 1/23 Prof. Dr.- Ing. Helio Adão Greven Profa. Ms. Alexandra Follmann."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google