A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

6º CITYSCAPE Painel II: Desafios do Real Estate Market O Avanço dos Reajustes de Mão de Obra no Setor da Construção Haruo Ishikawa Vice-presidente de Relações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "6º CITYSCAPE Painel II: Desafios do Real Estate Market O Avanço dos Reajustes de Mão de Obra no Setor da Construção Haruo Ishikawa Vice-presidente de Relações."— Transcrição da apresentação:

1 6º CITYSCAPE Painel II: Desafios do Real Estate Market O Avanço dos Reajustes de Mão de Obra no Setor da Construção Haruo Ishikawa Vice-presidente de Relações Capital-Trabalho do SindusCon-SP 29/10/2012

2 Evolução de Salários na Construção Civil de São Paulo 8,12 6,01 5,50 8,51 6,12 8,01 9,75 7,42 3,00 4,00 5,00 6,00 7,00 8,00 9,00 10, Índices Salariais Ano 2005 a 2012

3 Evolução de Salários na Construção Civil de São Paulo 6,61 3,34 3,44 5,90 5,84 5,49 6,30 4,88 2,00 3,00 4,00 5,00 6,00 7, INPC Ano 2005 a 2012 Acumulado 12 Meses

4 Evolução de Salários na Construção Civil de São Paulo 6,61 3,34 3,44 5,90 5,84 5,49 6,30 4,88 8,12 6,01 5,50 8,51 6,12 8,01 9,75 7,42 0,00 2,00 4,00 6,00 8,00 10,00 12, INPC Acumulado em 12 mesesConveções Coletivas Construção Civil em São Paulo INPC e Índices Salariais Ano 2005 a 2012

5 Evolução de Salários na Construção Civil de São Paulo

6 Não QualificadaQualificada Qualificado em Montagem Industrial 2005R$ 585, R$ 620, R$ 654, R$ 712,80R$ 851, R$ 767,80R$ 917, R$ 829,40R$ 990, R$ 910,80R$ 1.086,80R$ 1.328, R$ 979,00R$ 1.168,20R$ 1.328,80 Pisos Salariais no Município de São Paulo e Região Ano 2005 a 2012

7 Evolução de Salários na Construção Civil de São Paulo R$ 0,00 R$ 200,00 R$ 400,00 R$ 600,00 R$ 800,00 R$ 1.000,00 R$ 1.200, Salario minimo no Brasil Pisos salariais da Construção Civil no Município de São Paulo Aumento Salarial ao Mínimo Nacional Ano 2005 a 2012

8 AnoEstoqueVariação do EstoqueVariação (%) , , , , , , ,5 2012* ,1 Fonte: SindusConSP/ IBRE/FGV - * Até Agosto Demanda de Mão de Obra na Construção Civil Crescimento do Emprego Formal no Setor – Brasil 2005 a 2012

9 AnoEstoqueVariação do EstoqueVariação (%) , , , , , , ,7 2012* ,1 Fonte: SindusCon-SP/ IBRE/FGV * Até Agosto Demanda de Mão de Obra na Construção Civil Crescimento do Emprego Formal no Setor – São Paulo 2005 a 2012

10 Demanda de Mão de Obra na Construção Civil

11 Crescimento da Contratação de Mão de Obra - Ajudantes de obras

12 Aumento do Valor do Preço de Serviços na Construção Civil Dados fornecidos por construtora

13 Conclusão A negociação coletiva tem resultado em aumento dos salários dos trabalhadores da construção civil, contribuindo para melhoria da qualidade de vida desses trabalhadores. Ainda não existe um projeto abrangente de qualificação da mão de obra da construção civil. A demanda por mão de obra qualificada tem elevado os níveis salariais além do valor negociado pela construção civil. O aumento significativo dos preços de serviços decorrem da escassez da mão de obra qualificada.

14 Muito Obrigado. SindusCon-SP Relações Capital-Trabalho Fone:


Carregar ppt "6º CITYSCAPE Painel II: Desafios do Real Estate Market O Avanço dos Reajustes de Mão de Obra no Setor da Construção Haruo Ishikawa Vice-presidente de Relações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google