A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 1 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo (3a. Parte) DISCIPLINA: Comércio Exterior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 1 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo (3a. Parte) DISCIPLINA: Comércio Exterior."— Transcrição da apresentação:

1 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 1 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo (3a. Parte) DISCIPLINA: Comércio Exterior FONTE: DIAS, Reinaldo. RODRIGUES, Waldemar. Comércio Exterior Teoria e Gestão. Atlas. São Paulo: Prof. Bosco Torres

2 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 2 SURGIMENTO DO MERCANTILISMO - Portugal – século XV O rei de Portugal assumiu o poder absoluto: centralizando o poder de Estado, centralizando o poder de Estado, submetendo a nobreza, submetendo a nobreza, estreitando os vínculos com os comerciantes, estreitando os vínculos com os comerciantes, incentivando as descobertas de novas terras, incentivando as descobertas de novas terras, incentivando a expansão marítima através das rotas do atlântico, pacífico, índico e mediterrâneo. incentivando a expansão marítima através das rotas do atlântico, pacífico, índico e mediterrâneo. Esse fenômeno, de formação de estados absolutistas, se espalha a partir do século xv para Espanha, França e Inglaterra. Prof. Bosco Torres

3 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 3 Formação das Unidades Governamentais Antes do aparecimento do ESTADO NACIONAL, em diferentes épocas existiram unidades governamentais sob a forma de comunas (a menor subdivisão administrativa), comunas (a menor subdivisão administrativa), cidades-Estados e cidades-Estados e feudos (zona de influência preponderante). feudos (zona de influência preponderante). E as UNIDADES ECONÔMICAS formaram-se nesta ordem: a família; o feudo; a comunidade da vila; a cidade; a liga das cidades. Prof. Bosco Torres

4 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 4 Desenvolvimento da Suficiência dos Estados Os ESTADOS (países) centralizados surgiram gradativamente e desenvolveram mecanismos para se tornarem auto-suficientes: medidas econômicas especializadas, medidas econômicas especializadas, dinheiro, dinheiro, crédito, crédito, instituições, instituições, práticas comerciais. práticas comerciais. Prof. Bosco Torres

5 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 5 Influência dos Burocratas e Comerciantes Com o surgimento desses novos Estados, necessitou-se de burocratas para administrá-los e burocratas para administrá-los e comerciantes para financiá-los. comerciantes para financiá-los. É com base nesses dois grupos sociais que surge o MERCANTILISMO. Prof. Bosco Torres

6 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 6 Influência do Comércio no Desenvolvimento dos Estados O desenvolvimento dos estados (países) ocorreu por meio do estreitamento do vínculo entre a riqueza dos comerciantes (a burguesia mercantil) e o Estado fortalecido. Prof. Bosco Torres

7 Crescimento do Comércio, Riqueza e Poder O crescimento do comércio trazia - mais riquezas para o Estado e, portanto, - mais poder para o Estado, o qual dava - mais segurança e rentabilidade às rotas marítimas e aos monopólios exigidos pelos comerciantes. CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 7 Prof. Bosco Torres

8 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 8 Evolução do Comércio Mundial Com o fortalecimento do ESTADO, ocorreu um grande salto rumo a um futuro COMÉRCIO MUNDIAL no final do século XV, decorrente do(a) - avanço marítimo no Atlântico; - descoberta (por Portugal) de uma nova rota para a Índia; - descoberta da América pela Espanha. Prof. Bosco Torres

9 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 9 Evolução do comércio mundial. Prof. Bosco Torres

10 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 10 Início do intercâmbio mundial de mercadorias Explorações de novas terras, Explorações de novas terras, Zonas de colonização (América e África), Zonas de colonização (América e África), Feitorias comerciais de Portugal e Espanha, Feitorias comerciais de Portugal e Espanha, Incremento do comércio entre os países europeus, Incremento do comércio entre os países europeus, Incorporação de novas regiões ao comércio originário da Europa. Incorporação de novas regiões ao comércio originário da Europa. Prof. Bosco Torres

11 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 11 Intercâmbio mundial de mercadorias (Séc XVI) A penetração comercial européia chegara às duas costas do pacífico; – Os navios espanhóis faziam a rota do Peru a Europa através da região onde se localiza hoje o Panamá, e – Os portugueses chegavam às ilhas da atual Indonésia. Prof. Bosco Torres

12 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 12 Abundância de mercadorias leva à queda nos preços Esses dois movimentos de Portugal e Espanha provocaram na Europa a chamada revolução dos preços, decorrente da super oferta de produtos por conta do comércio internacional: abundante quantidade de especiarias vindas da Ásia e abundante quantidade de especiarias vindas da Ásia e enorme quantidade de metais preciosos com origem na América Espanhola. enorme quantidade de metais preciosos com origem na América Espanhola. Prof. Bosco Torres

13 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 13 Dados do Comércio Exterior Nascente 1503 – primeiro carregamento de metais preciosos das Antilhas; 1503 – primeiro carregamento de metais preciosos das Antilhas; 1519 – início da pilhagem tesouro dos astecas do México. (pilhagem = roubo, saque, principalmente feito por tropas conquistadoras); 1519 – início da pilhagem tesouro dos astecas do México. (pilhagem = roubo, saque, principalmente feito por tropas conquistadoras); 1534 – começa a pilhagem do tesouro dos incas do Peru; 1534 – começa a pilhagem do tesouro dos incas do Peru; 1521 a 1660 – 18 mil ton de prata e 200 ton ouro foram transferidas da América para a Espanha a 1660 – 18 mil ton de prata e 200 ton ouro foram transferidas da América para a Espanha. Prof. Bosco Torres

14 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 14 Metais preciosos e o aumento dos preços A REVOLUÇÃO DOS PREÇOS foi causada por esse enorme afluxo de metais preciosos da América para Espanha, quantidade esta que gerou uma inflação sem precedentes. Com a súbita desvalorização da moeda, os preços nominais de todos os produtos internos tiveram que se elevar. Prof. Bosco Torres Metais preciosos

15 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 15 Poderio de Portugal e Espanha Monopólio do comércio de especiarias que exercia no oceano Índico. Produção açucareira do Brasil: Em 1570: 180 mil arrobas= 2,64 mil ton Em 1580: 350 mil arrobas= 5,14 mil ton Em 1600: 1,2 milhão arrobas = 17,64 mil ton Produção das MINAS de suas colônias americanas. Prof. Bosco Torres

16 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 16 O Tratado de Tordesilhas O poderio de PORTUGAL e ESPANHA, em fins do século XV e XVI, era tal que, em 1494, tentaram dividir o mundo em suas respectivas áreas de influência, assinando, sob os auspícios do Papa, o TRATADO DE TORDESILHAS. Prof. Bosco Torres Tratado de Tordesilhas

17 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 17 Holanda como potência comercial e marítima Mas, apesar de seu poderio (imensos territórios e feitorias comerciais), PORTUGAL e ESPANHA não conseguiram converter-se em verdadeiras metrópoles comerciais e/ou industriais. No século XVI a HOLANDA despontava como potência comercial e marítima, fortalecida pelas relações com a coroa portuguesa que negociava os produtos obtidos no além-mar. Prof. Bosco Torres

18 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 18 Associação de Portugal com Holanda PORTUGAL, com um ativo comércio oriental, e necessitando de capitais, estabeleceu uma sociedade comercial com os banqueiros e comerciantes HOLANDESES, para a montagem do complexo açucareiro no brasil. Prof. Bosco Torres

19 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 19 Associação de Portugal com Holanda Nessa associação, ficaram encarregados - os portugueses, da produção: colonizadores, terras, escravos e primeira refinação do açúcar; - os holandeses, do financiamento do empreendimento, a comercialização nos mercados europeus e a segunda refinação do açúcar; - a ambos, o transporte do produto p/ Europa. Prof. Bosco Torres

20 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 20 Franceses e Ingleses também exploram a América Em seguida, franceses e ingleses se juntaram aos holandeses no processo de exploração e pilhagem dos novos mundos, fundando colônias, feitorias, fundando colônias, feitorias, dominando rotas comerciais, dominando rotas comerciais, atacando as frotas espanholas e portuguesas. atacando as frotas espanholas e portuguesas. Prof. Bosco Torres

21 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 21 Franceses e inglases também exploram a América Estes países no seu conjunto (Espanha, Portugal, Holanda, Inglaterra e França) recolheram uma extraordinária riqueza das terras descobertas, cuja acumulação contribuiu de forma decisiva para a REVOLUÇÃO INDUSTRIAL, iniciada no século XVIII. Prof. Bosco Torres Revolução Industrial

22 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 22 Teorias dos pensadores econômicos Os pensadores econômicos do período (sec XVI e XVIII), desenvolveram um conjunto de idéias que tornaram o comércio exterior um dos mais poderosos instrumentos da política econômica. Prof. Bosco Torres


Carregar ppt "CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo 1 CE_05.3_Surgimento e Caracteristicas do Mercantilismo (3a. Parte) DISCIPLINA: Comércio Exterior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google