A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Higiene mental (saúde mental) e higiene do sono

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Higiene mental (saúde mental) e higiene do sono"— Transcrição da apresentação:

1 Higiene mental (saúde mental) e higiene do sono
PROFª.: MERCÊS MOTA Disciplina: Higiene,profilaxia e autocuidado em saúde

2 HIGIENE MENTAL Saúde mental

3 INTRODUÇÃO É o perfeito ajustamento do indivíduo com o meio. Também são componentes importantes a auto-estima e a capacidade de estabelecer relações afetivas com outras pessoas. Pessoas mentalmente saudáveis compreendendo que não são perfeitas, nem podem ser tudo para todos. Elas vivenciam uma vasta gama de emoções, incluindo tristeza, raiva e frustração, assim como, alegria, amor e satisfação.

4 Enquanto são capazes de enfrentar os desafios e as mudanças da vida cotidiana, sabem procurar ajuda quando têm dificuldade em lidar com traumas e transições importantes. Agitação, agressividade, depressão ansiedade, conflitos interpessoais, alteração do sono, abuso de substâncias, etc, são situações ou sinais que podem levar o ser humano a ter a sua saúde mental abalada, podendo levar à distúrbios mentais, que podem ser leves moderados ou severos.

5 Os casos mais severos são tratados com terapia, medicação e muita dedicação por parte dos familiares e amigos. Quando o “stress”de fato ocorre, é importante reconhecê-lo e saber lidar com ele.

6 Aqui vão algumas sugestões:
Reconheça seus limites: se você estiver diante de um problema além do seu controle e que não pode ser modificado no momento, não lute contra ele. Aprenda a aceita-lo até chegar o momento em que possa resolvê-lo.

7 Compartilhe seu “stress”: conversar com alguém sobre seus problemas e precauções ajuda. Talvez um amigo, uma pessoa da família, um professor, um conselheiro possam ajudar você a ver eu problema sob um ângulo diferente. Se você acha que seu problema é grave, é melhor procurar a ajuda de um profissional, de um psiquiatra, psicólogo ou assistente social. Saber quando procurar este tipo de ajuda pode evitar problemas mais graves no futuro.

8 Procure praticar atividade física: quando você estiver nervoso, com raiva ou chateado, reduza a pressão através de exercícios ou atividade física. Correr, caminhar, jogar tênis ou trabalhar no jardim são algumas atividades adequadas para isso. O exercício físico alivia a sensação de opressão, relaxa e ajudar a transformar as contrações faciais em sorrisos. Lembre-se de que seu corpo e sua mente trabalham juntos.

9 Cuide-se: você é especial. Repouse o suficiente e alimente-se bem
Cuide-se: você é especial. Repouse o suficiente e alimente-se bem. Se ficar tenso e irritável por dormir pouco, ou se não se alimentar corretamente, você terá menor capacidade de lidar com situações estressantes. Se o stress prejudicar seu sono continuamente, procure a ajuda do seu médico.

10 Reserve tempo para se distrair: programe tempo para o trabalho e tempo para a recreação. O lazer pode ser tão importante par ao seu bem-estar quanto o trabalho. Você necessita de distrações na sua rotina diária de trabalho para relaxar e evitar “ stress”.

11 Seja participante: uma forma de evitar o tédio ou se sentir triste e solitário é ir onde as coisas estão acontecendo. Ficar sentado sozinho, sem fazer nada, pode deixá-lo frustrado. Ao invés de sentir pena de si mesmo, tente participar de algo bom e produtivo. Envolva-se com pessoas que precisem de você. Ofereça seus préstimos à vizinhança ou participe de organizações assistenciais como voluntário. Ao ajudar os outros você está ajudando a si próprio.

12 Organize suas atividades: tentar fazer tudo ao mesmo tempo pode ser estressante e, como resultado você pode acabar conseguindo fazer nada. Ao invés disso, organize uma lista das tarefas que você tem que realizar e então faça uma de cada vez, eliminando-a da relação até completar todas. Dê prioridade às mais importantes e faça-as primeiro.

13 Crie um ambiente calmo: você não pode fugir sempre dos problemas ou dificuldades, mas pode “sonhar o sonho impossível”. Você pode pintar mentalmente uma cena tranqüila num campo, para escapar de uma situação conflitiva ou estressante. Mude de cenário lendo um bom livro ou ouvindo uma música agradável, para criar momentos de paz e tranqüilidade.

14 A arte de relaxar: a melhor estratégia para evitar o “stress” é aprender a relaxar no mesmo ritmo de suas vidas. Por algum tempo desligue-se de suas preocupações com agendas, produtividade e com aquela filosofia de “fazer a coisa certa”. Dê a sim mesmo uma chance de sentir prazer em somente “ser”, sem esforço. Descubra atividades que lhe dêem satisfação e que sejam boas para seu bem-estar físico e mental. Desista de vencer a todo custo. Concentre-se em relaxamento, prazer e saúde. Seja bom para você mesmo.

15 HIGIENE DO SONO

16 Sono é um estado de repouso normal e periódico, que no homem, nos animais superiores se caracterizam especialmente pela suspensão de consciência, pelo relaxamento dos sentidos e dos músculos, pela diminuição do ritmo circulatório e respiratório e pela atividade mírica(sonhos, idéias, fantasias).

17 Durante o sono ocorre uma diminuição de atividades do córtex cerebral, à noite a temperatura do corpo se reduz e o ritmo cardíaco é mais lento e regular. O sono contribui consideravelmente para refazer as condições de vitalidade do organismo no final de cada jornada diária. A irritabilidade, o mau-humor e a fadiga neuromuscular são agravadas pela falta de sono.

18 O crescimento dos animais e vegetais torna-se mais acentuado durante o sono. O homem adulto necessita de 8 horas de sono em 24 horas,e as crianças de 10 horas aproximadamente. Para uma boa higiene do sono é importante: Dormir em ambiente limpo e arejado; Proteger dos ruídos; Roupa de cama e pessoal limpa, de acordo com a temperatura; Banho de chuveiro na temperatura tépida, antes de dormir; Cama individual, com colchão e travesseiro adequado às condições de saúde.

19 Estágios do sono Estágio 1- os sinais vitais se tornam lentos e os músculos relaxados, o indivíduo pode ser facilmente acordado. Estágio 2- os sinais vitais se tornam ainda mais lentos, o indivíduo pode ser acordado com relativa facilidade, embora ele esteja num estado de relaxamento mais profundo.

20 Estágios 3 e 4- o indivíduo está completamente relaxado, é extremamente difícil acordá-lo, a atitude cerebral é bastante reduzida. É neste estado que frequentemente ocorre anurese noturna (xixi na cama) e sonambulismo.

21 Estágios 5 ou sono REM- é o momento em que ocorre o sonho, os olhos se movem rapidamente, o relaxamento muscular neste estágio é maior na face e no pescoço e a atividade cerebral é semelhante a de um indivíduo acordado em profunda desconcentração. Neste estágio ocorre a liberação de hormônios que controlam a vitalidade, o cansaço, o metabolismo e a capacidade de resistência às infecções. À medida que se aproxima o amanhecer o sono REM é mais longo.

22 Fatores que afetam o conforto, o descanso e o sono
Idade- indivíduo em fase de crescimento necessita de mais horas de sono do que os adultos. Gravidez- a necessidade é maior principalmente nos 3 primeiros meses de gravidez. Estimulação excessiva- Ruídos desagradáveis- Desconforto- Ansiedade- Doença- Insônia-

23 A insônia é o mais comum dos problemas do sono, pode ser causada por ansiedade, tensão, neurose, padrões habituais de vida(trabalhos noturnos). Reflexos desagradáveis de experiências desagradáveis relacionados ao sono durante a infância, onde dormir pode ter sido uma forma de castigo, na vida adulta muitas vezes tem problemas de insônia.

24 Uma pessoa que sofre de insônia mostra-se irritável, nervosa, ansiosa
Uma pessoa que sofre de insônia mostra-se irritável, nervosa, ansiosa. A privação do estágio 4 do sono pode resultar em sensação permanente de mal-estar, cansaço, depressão.

25 UM ÓTIMO “SONO” À TODOS!


Carregar ppt "Higiene mental (saúde mental) e higiene do sono"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google