A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Associação Brasileira de Produtores de Maçã ABPM.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Associação Brasileira de Produtores de Maçã ABPM."— Transcrição da apresentação:

1 Associação Brasileira de Produtores de Maçã ABPM

2 SOBRE A ABPM

3 Trata-se de entidade civil, sem fins econômicos, ou político-partidários, que representa a classe dos produtores brasileiros de maçã. Fundação: 31 de janeiro de Sede em Fraiburgo (SC).

4 A ABPM conta atualmente com 35 associados, dentre os quais: –3 associações locais; e, –4 cooperativas. São cerca de produtores entre sócios diretos e indiretos.

5 AMAP – Associação Catarinense dos Produtores de Maçã e de Pêra –Fundada em: 1999 –1.800 sócios –Sede em: São Joaquim-SC

6 AGAPOMI – Associação Gaúcha dos Produtores de Maçã e Pêra –Fundada em: 1977 –100 sócios –Sede em: Vacaria-RS

7 FRUTIPAR – Associação dos Fruticultores do Paraná –Fundada em: 1977 –23 sócios –Sede em: Campo Largo - PR

8 Os 35 sócios respondem aproximadamente por: –90% da produção nacional de maçã; –94% da comercialização no MI; e, –95% das exportações.

9 O SEGMENTO BRASILEIRO DA MAÇÃ

10 LOCALIZAÇÃO

11 ÁREA PLANTADA (ha) Fonte: IBGE/ABPM/AGAPOMI/Frutipar

12 PRODUÇÃO BRASILEIRA DE MAÇÃ Média de produção décadas de 70, 80, 90 e 2000 a Volume (t) Fonte: IBGE/ABPM/AGAPOMI/Frutipar

13 PRODUÇÃO BRASILEIRA DE MAÇÃ POR ESTADO SAFRA (VOLUME - t) Fonte: IBGE/ABPM/AGAPOMI/FRUTIPAR EstadoProdução (t)(%) Santa Catarina % R. Grande do Sul % Paraná % Total %

14 PRINCIPAIS VARIEDADES PRODUZIDAS SAFRA (VOLUME - t) Fonte: IBGE/ABPM/AGAPOMI/FRUTIPAR EstadoProdução (t)(%) Gala e Clones % Fuji e Clones % Outras % Total %

15 CAPACIDADE DE ARMAZENAGEM FRIGORÍFICA (t) Fonte: ABPM/AGAPOMI/FRUTIPAR Tipo de FrioCapacidade (t) (%) AC % Convencional % Total %

16 UMA INDÚSTRIA MODERNA Pomares cultivados com variedades modernas, seguindo as últimas tendências em termos de sistemas de condução; Modernas estruturas de classificação, embalagem e armazenagem;

17 UMA INDÚSTRIA MODERNA Adequação aos principais protoclos nacionais e internacionais de certificação, como: –PIF; Garantia de Origem; GlobalGAP; APPCC; Natures Choice, BRC e outros.

18 UMA INDÚSTRIA MODERNA O que significa: –Respeito às legislações com enfoque na esfera ambiental, trabalhista, e dos organismos de saúde; –Ênfase na sustentabilidade; –Segurança do alimento: aspectos de higiene, racionalização do uso de agroquímicos, monitoramento de resíduos de pesticidas e prática de ratreabilidade total.

19 SABOR: O GRANDE TRUNFO DA MAÇÃ BRASILEIRA Os pomares estão implantados em regiões com altitude superior a m, e sofrem forte influência subtropical: Resultado: uma maçã mais colorida, aromática, doce e crocante. Verdadeiro destaque internacional pelo sabor.

20 CONSUMO DO BRASILEIRO Maçã nacional e importações Fonte: ABPM/SECEX

21 EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS volume (t) e faturamento (mil USD) Fonte: SECEX

22 SALDO: EXPORTAÇÕES (-) IMPORTAÇÕES (MILHÕES DE USD) Fonte: SECEX

23 OS ASPECTOS SOCIAIS

24 PRODUTORES DE MAÇÃ ESTADONÚMERO DE PRODUTORES SC2.001 RS698 PR32 TOTAL2.731 Fonte: ABPM/EPAGRI/AGAPOMI

25 OFERTA DE EMPREGO DA INDÚSTRIA DA MAÇÃ EMPREGOS DIRETOS: EMPREGOS GERADOS:

26 EMPREGO SAZONAL Além dos empregos permanentes a produção de maçã oferece trabalho temporário em duas épocas –Outubro a dezembro: raleio. –Fevereiro a maio: colheita.

27 EMPREGO SAZONAL Para a região produtora de Santa Catarina (22 cidades): deslocam-se nas épocas citadas, trabalhadores de Altamira do Paraná, Ampere, Campina da Lagoa, Candói, Cantagalo, Catanduvas, Chopinzinho, Coronel Vivida, Foz do Jordão, Francisco Beltrão, Guaraniaçú, Guarapuava, Honório Serpa, Itapejara Doeste, Laranjeiras do Sul, Nova Cantú, Quedas do Iguaçu, Rio Bonito do Iguaçu, São João, Saudades do Iguaçu e Verê, todos municípios pertencentes ao Estado do Paraná, e Ourinhos (SP).

28 EMPREGO SAZONAL Para o nordeste gaúcho (10 cidades): vêm trabalhadores da região noroeste (Ijuí, Três Passos, Santa Rosa, Cel. Bicaco, Sto Antônio das Missões), da fronteira oeste (Uruguaiana, Alegrete, Santana do Livramento), da região central (Santa Maria, Caçapava ) e dos municípios vizinhos.

29 CARACTERIZAÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO Carteira assinada. Capacitação dos colaboradores. Escolarização e ensino supletivo.

30 OFERTA DE TRABALHO Além dos empregos é preciso considerar a grande oferta de trabalho para transporte de pessoal, refeições coletivas, apicultura, oficinas mecânicas, fretes a curta distância (pequenos caminhões), transporte de carga para todo o país e portos. Os pequenos agricultores da região costumam trabalhar e alugar seus pequenos tratores durante a safra, enquanto aguardam suas colheitas de grãos. Salienta-se também toda a oferta de trabalho ligada à distribuição do produto: Ceasas, supermercados, feiras-livres, fruteiras, sacolões e toda a gama de serviços ligada às exportações.

31 Melhora a memória (Processed Apples Institute, com base na pesquisa do Dr. Thomas Seha, Universidade de Massachusetts); Melhora a circulação sanguínea, reduzindo o trabalho cardíaco e prolongando a vida útil do coração (Alimentos - Aspectos Energéticos A essência dos alimentos na saúde e na doença Dr.º YSAO YAMAMURA) MAÇÃ É SAÚDE

32 Sabe-se que na maçã existe um conjunto de substâncias que previnem a formação de radicais livres, entre essas substâncias estão flavonóides como a quercetina. São substâncias que diminuem a formação de radicais livres e com isso aumentam o tempo de vida, explica a bióloga Guendalina Turcato Oliveira, da PUC- RS. ( Apresentação no Programa Globo Repórter 27/03/2004)

33 Existem estudos feitos em países da Europa, como a Finlândia, que acompanharam mais de 10 mil pessoas durante 28 anos. O resultado mostrou que os indivíduos que comem maçã têm menos doenças como câncer de pulmão, mama, próstata, doenças cardiovasculares e até mesmo asma. Se fizéssemos um paralelo com os resultados dessa pesquisa, a gente esperaria que as pessoas no Brasil, por exemplo, que hoje vivem 68 anos, pudessem viver em média 80 anos, que é casualmente a longevidade média de países desenvolvidos como o Japão e a própria Finlândia, revela a biogerontóloga Ivana da Cruz, da PUC-RS. ( Apresentação no Programa Globo Repórter 27/03/2004)

34 É o melhor alimento para reduzir os sintomas da asma (American Journal of Clinical Nutrition, Set/2003) Combate os radicais livres, é um poderoso aliado contra o envelhecimento, e ajuda a combater as deficiências no processo de memorização e aprendizagem (Brain Research, Colorado, USA, jun/2000)

35 A ingestão de maçã reduz o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas (European Journal of Clinical Nutrition, Fev/2001) Age contra doenças crônicas e obstrutivas do pulmão (American Journal of Respiratory and Critical Care Medicine, Jul/2001) Previne o câncer de vesícula associado a pessoas fumantes (Mutation Research, jun/1998)

36 Protege contra o câncer de pulmão (Journal of the National Institute, jan/2000) Homens com dieta rica em maçã apresentam tendência estatística muito pequena, em relação a outros grupos, de desenvolverem câncer de próstata (European Urology. 1999) Pessoas com dieta rica em maçã têm 43% menos chance de desenvolver câncer de cólon (Universidade de Cornell, USA)

37 Redução considerável do diabete Tipo 2, quando se incorpora a maçã na dieta (American Journal of Clinical Nutrition) Contribui no tratamento e prevenção da obesidade (UERJ, 2002) Reduz o risco de derrame cerebral (European Journal of Clinical Nutrition, Maio/2000)

38 AGRADECIMENTO AO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA

39 –Retorno do valor por quilograma de contratação da LEC aos R$ 0,60 já praticado em 2007; –Aumento no valor do subsídio ao seguro agrícola: 60% com limite em R$ 92 mil.

40 DEMANDAS SETOR

41 PONTOS GERAIS A fruticultura deveria ser contemplada especificamente dentro do PAP; Aumento considerável da burocracia nos bancos. Atraso na liberação de recursos; Ampliação do perfil das garantias para liberação de recursos, como reflexo da famigerada crise financeira;

42 PONTOS GERAIS As taxas das linhas privadas têm aumentado muito; As fusões e incorporações no sistema bancário têm complicado ainda mais a situação; Nenhuma instituição financeira aceita os pomares como garantia, ou seja, 1/3 dos investimentos do empreendimento não valem nada para este quesito.

43 LEC Custo de Produção Cx. 18 kg Valor (R$) Cx. 18 Kg Valor (R$/Kg) Soma (R$/Kg) Produção11,320,628 PH e Armazenagem4,400,2440,872 Embalagem3,670,2031,075 Adm+Coml2,790,1551,230 TOTAL22,181,230 Preço médio semana 1119,261,070 Prejuízo2,920,160 Não inclui encargos financeiros e impostos s/ venda.

44 LEC Estratificação PROPRIEDADES (em ha) Até 1010 < área <= < área <= 100 Área > 100 TOTAL N o. Produtores Total ha (%) área8,5%15,5%37,8%38,2%100%

45 LEC Reconhecimento do beneficiador e/ou agroindústria como legítimo beneficiário da LEC; Valor de empréstimo de R$ 0,87 por quilograma;

46 LEC Teto de contratação oferecido à agroindústria e/ou beneficiador da maçã de R$ 20 milhões; Evidenciar na Portaria o conceito de produtor rural, beneficiador e agroindústria.

47 CUSTEIO O custeio de 1 ha de macieiras está na faixa de R$ 20 mil; Aproximadamente 70% deste valor é custo com mão-de-obra.

48 CUSTEIO Pedimos que os limites para custeio sejam establecidos por ha e não por CNPJ ou CPF: pelo menos 70% do valor de custeio; Que a data de vencimento torne ao mês de setembro.

49 LINHAS DE SEGURANÇA PARA ADVERSIDADES CLIMÁTICAS Atribuindo-se 70% do volume de fruta industrial ao granizo, a perda de faturamento em 2009 chegará aos R$ 250 milhões.

50 SEGURO AGRÍCOLA Que o subsídio aconteça por ha e não mais por CNPJ ou CPF, mantendo-se o percentual de 60%.

51 LINHA PARA TELA ANTI-GRANIZO Qualidade do produto; Manter o produtor no mercado; Não deixar ociosa a estrutura industrial; Prejuízo no emprego.

52 LINHA PARA TELA ANTI-GRANIZO Nossa sugestão é que esta linha tenha teto no mínimo de R$700 mil por ano, o que equivale a uma cobertura de cerca de 50 ha, com juros de 6,75% aa, com 10 anos de prazo para pagamento e mais 3 anos de carência.

53 LINHAS DE INVESTIMENTOS PRODEFRUTA: extinta num momento inorportuno. Que ela retorne com teto no mínimo em 400 mil, tornando esta linha exclusiva para reconversão de pomares. MODERINFRA: elevar o teto desta linha para até 2 milhões.

54 PROAGRO: demora de até 8 meses na liberação dos recursos. PRODECOOP: que seja estendido também para os demais produtores e agroindústrias.

55 RENEGOCIAÇÃO DAS DÍVIDAS AGRÍCOLAS Linhas privadas não são contempladas; Os bancos complicam o acesso ao crédito de quem renegocia: menor limite, maiores garantias e burocracia.

56 OBRIGADO TEL:


Carregar ppt "Associação Brasileira de Produtores de Maçã ABPM."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google