A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 IX Congresso Brasileiro e Panamericano de Atuária Junho/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 IX Congresso Brasileiro e Panamericano de Atuária Junho/2012."— Transcrição da apresentação:

1 1 IX Congresso Brasileiro e Panamericano de Atuária Junho/2012

2 2

3 3 Papel da PREVIC assegurar que a gestão dos fundos de pensão garanta os direitos dos participantes como o pagamento dos benefícios conforme contratado. -Educando - diretrizes de gestão; -Orientando e recomendando ações; -Determinando ações; ou -punindo os responsáveis.

4 4 Foco no Risco Supervisor e Entidades; Identificar e controlar; Foco nos grandes Riscos; Educação como diretriz; Chamada as boas práticas; Ênfase na resolução; Responsabilidade dos gestores

5 5 Atuação da PREVIC Na Metodologia do SBR

6 6 Educação Fiscalização

7 7 * Técnicos da EFPC e/ou da área de gestão de pessoas nas patrocinadoras. Públicos Gestores Profissionais* Patrocinadoras Participantes Gestão de Riscos Responsabilidade Base técnica Histórico Gestão de Pessoas Políticas de Remuneração Escolhas Impactos

8 8 Públicos Judiciário Imprensa Sociedade Risco Legal Blindar Planos Imagem Credibilidade Fomento Cultura LP

9 9 Antever problemas Fazer mais do que o mínimo Os Conselheiros são os primeiros supervisores

10 10 Fonte: Previc - Estatística Trimestral – Março 2012

11 11 Investimentos nos Segmentos

12 12 Taxas de Juros –planos BD

13 13 -redução da taxa de juros; -Migração para Ativos privados: -Necessidade de Diversificar; -Crescente demanda e Surgimento de novos ativos; -Necessidade de informações; -Registro adequado dos ativos; -Qualificação dos eventos. Cenário ATUAL Resolução 3792

14 14 Mitigação de Riscos Análise do risco de crédito –emissor - durante o investimento; Verificação das cláusulas –contratuais, inclusive rentabilidade; Acompanhamento da coobrigação e das garantias – além de sua efetividade - dinâmica de preços; Apoio e estruturação para as Entidades de menor porte.

15 15 Desenho Estratégico

16 16 Regulação Prudencial e Estratégica Atualização normativa do setor de previdência complementar nos assuntos de competência da DIACE; –Prevê o mapeamento de necessidades de ajustes na legislação vigente; –Avaliar e propor soluções com vistas a fortalecer o arcabouço jurídico do setor.

17 17 Monitoramento Eficiente A supervisão indireta - para assuntos de caráter atuarial, contábil e de investimentos é a principal atribuição da DIACE e visa: –Agilizar as atividades de monitoramento já implementadas; –Ampliar a cobertura e efetuar pesquisas de cenários e tendências de curto e médio prazos; e –Intensificar o foco para ações de maior exposição

18 18 Fortalecimento da Educação Previdenciária e Financeira diretriz estratégica da PREVIC. – Elevar o padrão de governança nas entidades; – incentivando a formação de conselheiros e dirigentes; –levar informação de qualidade aos participantes. –Fomentar a cultura de Educação Previdenciária e Financeira

19 19 Gestão Corporativa Valorização e formação do quadro técnico da PREVIC, consolidar as boas práticas de cultura organizacional. –Canais de comunicação interna; Diace e outras diretorias; Disseminação do conhecimento; Preocupação com a ambientação e gestão dos novos colegas; valorizar as competências, habilidades e atitudes.

20 20 Inteligência Aplicada bases de dados atualizadas; uso intenso de tecnologia; –Aperfeiçoar a estrutura baseada em TI. Apropriar suporte tecnológico Qualificar os servidores.

21 21 Desafios Os ativos e passivos devem ser avaliados pelo seu comportamento no longo prazo frente a diferentes conjunturas sociais e macroeconômicas; Diversificação dos recursos alocados deve ser baseada no conhecimento e controle dos riscos e das obrigações.

22 22 Desafios Fomentar o Mercado qualificado: –Mercado incipiente gera dificuldade de encontrar produtos adequados a realidade dos fundos de pensão, nos aspectos de regras de rentabilidade e liquidez; –Qualificação e tratamento dos dados –Auditoria, auto-regulação e forte supervisão pelos órgãos fiscalizadores Concorrem para dar maior credibilidade ao mercado e a avaliação do crédito; e –Reduzir a concentração.

23 23 Principais Atividades Novas Demonstrações Atuariais Qualificar sistema de captação, mapear Riscos e prover controle por TI. Monitoramento de Observância; Consistência e parâmetros mínimos Matriz de Riscos Atuariais - SBR; Curso para Fiscais da PREVIC; Subsídios a Fiscalização; e Assistência a AGU.

24 24 Resolução CGPC 18/2006 Resolução CGPC 26/2008 Portaria MPS 140/1995 Instrução Previc 09/2010 Base Normativa

25 25 -Convênio de cooperação; -Movimento Qualificado; -Acompanhamento dos eventos e ocorrências; -Acessos a dados cadastrais; -Fortalecimento do mercado; -mecanismos de controle e governança do mercado; -Qualificação dos Fiscais. Cenário ATUAL

26 26 OBRIGADO! Edevaldo Fernandes da Silva Diretor de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos (61)


Carregar ppt "1 IX Congresso Brasileiro e Panamericano de Atuária Junho/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google