A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT - 2008 Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura REQUISITOS TÉCNICO-OPERACIONAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT - 2008 Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura REQUISITOS TÉCNICO-OPERACIONAIS."— Transcrição da apresentação:

1

2 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura REQUISITOS TÉCNICO-OPERACIONAIS REQUISITOS TÉCNICO-OPERACIONAIS

3 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura PROCEDIMENTO ACUPUNTURAL - procedimento cirúrgico- invasivo de inserir uma agulha, com o intuito de promover estimulação neural. ATO FINAL de uma série encadeada de indispensáveis atos médicos: ouvir o enfermo e elaborar sua anamnese; proceder ao seu exame físico; elaborar o diagnóstico clínico-etionosológico e seu conseqüente prognóstico; fazer a prescrição do tratamento reconhecidamente efetivo, que pode ou não ser o acupuntural; se for a indicação correta, realizar o procedimento acupuntural. PROCEDIMENTO ACUPUNTURAL - procedimento cirúrgico- invasivo de inserir uma agulha, com o intuito de promover estimulação neural. ATO FINAL de uma série encadeada de indispensáveis atos médicos: ouvir o enfermo e elaborar sua anamnese; proceder ao seu exame físico; elaborar o diagnóstico clínico-etionosológico e seu conseqüente prognóstico; fazer a prescrição do tratamento reconhecidamente efetivo, que pode ou não ser o acupuntural; se for a indicação correta, realizar o procedimento acupuntural. Atendimento em Acupuntura

4 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Necessita ser adequado para o fim a que se destina. Instalações físicas para executar as avaliações necessárias ao estabelecimento de um diagnóstico adequado. Instalações físicas a aplicação dos tratamentos preconizados. Necessita ser adequado para o fim a que se destina. Instalações físicas para executar as avaliações necessárias ao estabelecimento de um diagnóstico adequado. Instalações físicas a aplicação dos tratamentos preconizados. Consultório Médico de Acupuntura

5 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura a. instalações das higienização das mãos, preferencialmente com acionamento não manual, e com sabão bactericida; b. toalhas descartáveis, de material não reciclável, para a secagem das mãos; c. anti-sepsia da pele, com álcool a 70%; d. agulhas de tamanhos variáveis e obrigatoriamente descartáveis; a. instalações das higienização das mãos, preferencialmente com acionamento não manual, e com sabão bactericida; b. toalhas descartáveis, de material não reciclável, para a secagem das mãos; c. anti-sepsia da pele, com álcool a 70%; d. agulhas de tamanhos variáveis e obrigatoriamente descartáveis; Normas de Biossegurança

6 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura acondicionamento dos resíduos sólidos gerados, definidos como potencialmente infectantes – Tipo A ( Resolução CONAMA Nº05/1993); gerenciamento dos resíduos desde a geração até a disposição final, de forma a atender aos requisitos ambientais e de saúde pública e saúde ocupacional -SERVIÇOS DE ACUPUNTURA - Tipo E (Resolução CONAMA nº 358, de 29 de abril de 2005, Artigos 1º e 3º). acondicionamento dos resíduos sólidos gerados, definidos como potencialmente infectantes – Tipo A ( Resolução CONAMA Nº05/1993); gerenciamento dos resíduos desde a geração até a disposição final, de forma a atender aos requisitos ambientais e de saúde pública e saúde ocupacional -SERVIÇOS DE ACUPUNTURA - Tipo E (Resolução CONAMA nº 358, de 29 de abril de 2005, Artigos 1º e 3º). Acupuntura no Brasil

7 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Ambiente de trabalho limpo e adequado; Cuidadosa higienização das mãos; Preparação dos locais de inserção das agulhas; Técnica asséptica, Manuseio cuidadoso e disposição final das agulhas e outros resíduos gerados Ambiente de trabalho limpo e adequado; Cuidadosa higienização das mãos; Preparação dos locais de inserção das agulhas; Técnica asséptica, Manuseio cuidadoso e disposição final das agulhas e outros resíduos gerados Prevenção de Infecção

8 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura O número de sessões de tratamento é variável, sendo estabelecido de acordo com o diagnóstico e com o estado de cada paciente, devendo ser diferenciados os quadros agudos, crônicos e de manutenção. O tratamento necessita ser seqüencial e normalmente ocorre em séries de 10(dez) sessões A freqüência é definida pelo profissional, sendo estabelecida de acordo com a gravidade e o comprometimento de cada indivíduo. O número de sessões de tratamento é variável, sendo estabelecido de acordo com o diagnóstico e com o estado de cada paciente, devendo ser diferenciados os quadros agudos, crônicos e de manutenção. O tratamento necessita ser seqüencial e normalmente ocorre em séries de 10(dez) sessões A freqüência é definida pelo profissional, sendo estabelecida de acordo com a gravidade e o comprometimento de cada indivíduo. Operacionalização do Tratamento

9 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Alguns pacientes respondem ao tratamento com acupuntura de forma extraordinária, enquanto a resposta de outros é comparativamente lenta e arrastada o até inexistente. Muitas vezes é necessária uma ação integrada com os tratamentos convencionais, permitindo a sensível diminuição de doses de medicamentos e a melhoria da qualidade de vida do paciente. Alguns pacientes respondem ao tratamento com acupuntura de forma extraordinária, enquanto a resposta de outros é comparativamente lenta e arrastada o até inexistente. Muitas vezes é necessária uma ação integrada com os tratamentos convencionais, permitindo a sensível diminuição de doses de medicamentos e a melhoria da qualidade de vida do paciente. Operacionalização do Tratamento

10 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 1. Relacionados à qualidade da agulha O aço inoxidável é o material de escolha para as agulhas de acupuntural. Descartar agulhas com deformações ou angulações. Controle de qualidade da fabricação das agulhas de acupuntura - REGISTRO junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária - produtos médicos ou produtos para a saúde. 1. Relacionados à qualidade da agulha O aço inoxidável é o material de escolha para as agulhas de acupuntural. Descartar agulhas com deformações ou angulações. Controle de qualidade da fabricação das agulhas de acupuntura - REGISTRO junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária - produtos médicos ou produtos para a saúde. Acidentes e Reações Impróprias

11 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 2. Relacionados ao posicionamento do Paciente O paciente deve assumir uma postura confortável antes do agulhamento; Permanência em posição confortável, durante período de retenção da agulha; Não se mover abruptamente durante o tratamento. 2. Relacionados ao posicionamento do Paciente O paciente deve assumir uma postura confortável antes do agulhamento; Permanência em posição confortável, durante período de retenção da agulha; Não se mover abruptamente durante o tratamento. Acidentes e Reações Impróprias

12 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 3. Síncope O agulhamento e as sensações que o mesmo pode causar devem ser cuidadosamente explicados ao paciente; Procedimento acupuntural pela primeira vez DDH e manipulação delicada da agulha. Pode ocorrer perda abrupta da consciência durante o procedimento acupuntural ; Observar a compleição e verificar freqüentemente o pulso. 3. Síncope O agulhamento e as sensações que o mesmo pode causar devem ser cuidadosamente explicados ao paciente; Procedimento acupuntural pela primeira vez DDH e manipulação delicada da agulha. Pode ocorrer perda abrupta da consciência durante o procedimento acupuntural ; Observar a compleição e verificar freqüentemente o pulso. Acidentes e Reações Impróprias

13 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 4. Convulsões Todos os pacientes a serem tratados com acupuntura devem ser questionados sobre história pregressa de convulsões. HISTÓRICO DE CONVULSÕES – observação cuidadosa durante o tratamento. CONVULSÕES - remover todas as agulhas e administrar primeiros socorros. Se a condição não se estabilizar rapidamente ou se as convulsões persistirem, o paciente deverá ser transferido para um local de atendimento médico emergencial. 4. Convulsões Todos os pacientes a serem tratados com acupuntura devem ser questionados sobre história pregressa de convulsões. HISTÓRICO DE CONVULSÕES – observação cuidadosa durante o tratamento. CONVULSÕES - remover todas as agulhas e administrar primeiros socorros. Se a condição não se estabilizar rapidamente ou se as convulsões persistirem, o paciente deverá ser transferido para um local de atendimento médico emergencial. Acidentes e Reações Impróprias

14 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 5. Dor durante o agulhamento A ocorrência de dor durante a inserção é geralmente devida à técnica inábil, por agulhas ásperas, tortas ou espessas. Também pode ocorrer em pacientes altamente sensíveis. 5. Dor durante o agulhamento A ocorrência de dor durante a inserção é geralmente devida à técnica inábil, por agulhas ásperas, tortas ou espessas. Também pode ocorrer em pacientes altamente sensíveis. Acidentes e Reações Impróprias

15 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 6. Dor após o agulhamento Agulha inserida na profundidade dos tecidos com estimulação dos neuroreceptores dolorosos.. Agulha rodada com uma amplitude muito grande, ou superficializada e aprofundada ( pistonamento ), provoca sua torção com tecido fibroso. Geralmente, a dor que ocorre enquanto a agulha permanece inserida no local é causada pelo fato de se tornar curva ou angulada, em função do paciente ter se movido e é aliviada pelo retorno ao posicionamento original. 6. Dor após o agulhamento Agulha inserida na profundidade dos tecidos com estimulação dos neuroreceptores dolorosos.. Agulha rodada com uma amplitude muito grande, ou superficializada e aprofundada ( pistonamento ), provoca sua torção com tecido fibroso. Geralmente, a dor que ocorre enquanto a agulha permanece inserida no local é causada pelo fato de se tornar curva ou angulada, em função do paciente ter se movido e é aliviada pelo retorno ao posicionamento original. Acidentes e Reações Impróprias

16 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 7. Dor após a retirada da agulha Manipulação inadequada ou estimulação excessiva. Para casos moderados, a área afetada deve ser pressionada; para casos severos, calor local pode ser aplicado em adição à digito-pressão 7. Dor após a retirada da agulha Manipulação inadequada ou estimulação excessiva. Para casos moderados, a área afetada deve ser pressionada; para casos severos, calor local pode ser aplicado em adição à digito-pressão Acidentes e Reações Impróprias

17 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 8. Agulha retida Espasmo muscular, rotação com amplitude muito grande, rotação em apenas uma direção causando acúmulo de fibras musculares ao redor da agulha ou pelo movimento do paciente. 8. Agulha retida Espasmo muscular, rotação com amplitude muito grande, rotação em apenas uma direção causando acúmulo de fibras musculares ao redor da agulha ou pelo movimento do paciente. Acidentes e Reações Impróprias

18 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 9. Agulha quebrada Baixa qualidade de manufatura, erosão entre o corpo e o cabo da agulha, espasmo muscular intenso ou movimento súbito do paciente, retirada incorreta de uma agulha retida, angulada ou deformada, ou uso prolongado de corrente galvânica. 9. Agulha quebrada Baixa qualidade de manufatura, erosão entre o corpo e o cabo da agulha, espasmo muscular intenso ou movimento súbito do paciente, retirada incorreta de uma agulha retida, angulada ou deformada, ou uso prolongado de corrente galvânica. Acidentes e Reações Impróprias

19 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 10. Infecção local Negligência ao estrito uso de técnicas assépticas, especialmente na auriculoterapia. Como forma de prevenção, o agulhamento deve ser evitado em áreas com linfedema ou que já apresentem lesões cutâneas. 10. Infecção local Negligência ao estrito uso de técnicas assépticas, especialmente na auriculoterapia. Como forma de prevenção, o agulhamento deve ser evitado em áreas com linfedema ou que já apresentem lesões cutâneas. Acidentes e Reações Impróprias

20 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 11. Queimaduras durante moxabustão Queimaduras cutâneas devem ser evitadas durante a moxabustão indireta. Moxabustão direta não deve ser aplicada em pontos da face ou em locais onde tendões ou grandes vasos sanguíneos estão localizados. Cuidados especiais devem ser tomados em pacientes com nível de consciência reduzida, distúrbios sensoriais, desordens psicóticas, dermatite purulenta, ou em áreas com circulação dificultada. 11. Queimaduras durante moxabustão Queimaduras cutâneas devem ser evitadas durante a moxabustão indireta. Moxabustão direta não deve ser aplicada em pontos da face ou em locais onde tendões ou grandes vasos sanguíneos estão localizados. Cuidados especiais devem ser tomados em pacientes com nível de consciência reduzida, distúrbios sensoriais, desordens psicóticas, dermatite purulenta, ou em áreas com circulação dificultada. Acidentes e Reações Impróprias

21 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 12. Estimulação Elétrica e Laserterapia Contra-indicada na gravidez, em pacientes com marca-passo, perda da sensibilidade cutânea, em casos de circulação deficitária, doença arterial severa, febre de origem indeterminada ou lesões cutâneas severas. 12. Estimulação Elétrica e Laserterapia Contra-indicada na gravidez, em pacientes com marca-passo, perda da sensibilidade cutânea, em casos de circulação deficitária, doença arterial severa, febre de origem indeterminada ou lesões cutâneas severas. Acidentes e Reações Impróprias

22 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura 13. Lesão de órgãos vitais Existem pontos de punção que carreiam risco potencial particular, mas como em todas as modalidades de tratamento, é importante se considerar o risco-benefício do procedimento. 13. Lesão de órgãos vitais Existem pontos de punção que carreiam risco potencial particular, mas como em todas as modalidades de tratamento, é importante se considerar o risco-benefício do procedimento. Acidentes e Reações Impróprias

23 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Áreas não devem ser puncionadas Fontanela em bebês, genitália externa, mamilos, o umbigo e o globo ocular Áreas não devem ser puncionadas Fontanela em bebês, genitália externa, mamilos, o umbigo e o globo ocular Acidentes e Reações Impróprias

24 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Precauções a serem adotadas Cuidado especial deve ser tomado no agulhamento de pontos localizados na proximidade de órgãos vitais ou áreas sensitivas Precauções a serem adotadas Cuidado especial deve ser tomado no agulhamento de pontos localizados na proximidade de órgãos vitais ou áreas sensitivas. Acidentes e Reações Impróprias

25 1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura Os registros dos pacientes devem contra amplo detalhamento da histórica médica, achados clínicos, dados diagnósticos, plano de tratamento e resposta ao tratamento, ao mesmo tempo em que deve ser considerados estritamente confidenciais. Prontuário Médico


Carregar ppt "1ª Semana Acadêmica da Faculdade de Medicina – UFT - 2008 Dr. Antônio Carlos Martins Cirilo Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura REQUISITOS TÉCNICO-OPERACIONAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google