A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REVISÃO DO MODELO DE FINANCIAMENTO DA TRS PANORAMA ATUAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REVISÃO DO MODELO DE FINANCIAMENTO DA TRS PANORAMA ATUAL."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 REVISÃO DO MODELO DE FINANCIAMENTO DA TRS

4 PANORAMA ATUAL

5 HEMODIÁLISE (HD) - Valores incompatíveis com boas práticas Custo da sessão de HD de acordo com a Fundação Instituto de Pesquisa Econômicas (FIPE): R$ 144,00 Valores pagos pelo SUS para sessão de HD: 1999 R$ 93, R$ 155,00 Reajuste de 65,6%

6 ESTRATIFICAÇÃO DOS CUSTOS DA HD Fonte: FIPE, 1997

7 Fonte: Faculdade de Ciências Econômicas – UFBA, 2008 ESTRATIFICAÇÃO DOS CUSTOS DA HD

8 ENFERMEIRO 2001 – R$ 1.076,00 44 horas semanais R$ 2.179,0044 horas semanais TÉCNICOS E AUXILIAR ENFERMAGEM 2001 – R$ 441,0044 horas semanais 2010 – R$ 978,0044 horas semanais Fonte: Estação de Pesquisa de Sinais de Mercado (EPSM/NESCON) a partir do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED/MTE). Brasil - MTb/SPES/CGIT/Lei 4.293/65 RECURSOS HUMANOS

9 De 2001 para 2010 houve aumento: ENFERMEIROS: 107,54% TEC/AUX ENF.: 85,4% reajuste de 13% em 2011.

10 ÁGUA E LUZ REAJUSTE DE ENERGIA ELÉTRICA: 108% REAJUSTE DE ÁGUA: 80,38%

11 SALÁRIO MÍNIMO 2001: R$ 180, : R$545,00 Aumento de 302%

12 IGPM De 2001 a 2010, IGPM aumentou 129,85%

13 Reajuste na Hemodiálise de 2001 a ,6%

14 Reajuste de diversos índices nacionais no período de 2001 à 2011

15 ACESSO VASCULAR Pagamento SUS para FÍSTULA AV R$ 236,00 Gastos da clínica: Cirurgião vascular: R$ 400,00 + Sala cirúrgica: R$ 400,00 Total ~ R$ 800,00 (R$ - 564,00 por FAV) Pagamento SUS para cateteres R$ 448,00 Gastos da clínica: Cateter (longa permanência): R$ 780 a R$1800,00 Cirurgião vascular: R$ 400,00 Total ~ R$ 1600,00 (R$ - 732,00 a ,00 por cateter)

16 COMPETÊNCIADATA DO DEPÓSITO Dias para o pagamento 11/201012/01/ /201028/02/ /201122/03/ /201108/04/ /201112/05/ REPASSE AOS ESTADOS E MUNICÍPIOS GESTÃO PLENA DE RECURSOS DO FAEC - NEFROLOGIA * O REPASSE ESTADUAL / MUNICIPAL AOS PRESTADORES DEMORA, EM MÉDIA, MAIS 10 DIAS.

17 CONSEQUÊNCIAS

18 Número de Clínicas vs. Número de Pacientes Fonte: Censo SBN 2010

19 % Tempo de Uso de Máquinas Fonte: Censo SBN, 2010

20 (8.796 / ) Número de óbitos e mortalidade anual Fonte: Censo SBN, 2010

21 PROPOSTAS REAJUSTE EM CARÁTER EMERGENCIAL PAGAMENTO EM DIA REAJUSTE ANUAL LIGADO A ALGUM ÍNDICE DE CORREÇÃO (IGPM, SALÁRIO MÍNIMO) PAGAMENTO DE HONORÁRIOS MÉDICOS (HD, DP E CONSULTAS)

22 PROPOSTAS REAJUSTE DO ACESSO VASCULAR. PAGAMENTO DAS EXIGÊNCIAS DA PORTARIA RDC 154: NUTRICIONISTA. PSICÓLOGO. ASSISTENTE SOCIAL. ANTIBIÓTICOS. HEMOCULTURAS, CULTURAS LÍQUIDO PERITONEAL. EXAMES RELACIONADOS A MONITORIZAÇÃO DA ÁGUA CULTURAS, FÍSICO-QUÍMICOS. GARANTIAS DO GESTOR PARA INTERNAÇÕES E ACESSO À MEDICAÇÕES.

23 PROPOSTAS ADICIONAIS PARA ATENÇÃO SECUNDÁRIA PLANEJAMENTO ORÇAMENTÁRIO PARA: CONTEMPLAR PLANO DE CARREIRA PARA MÉDICOS LIGADOS AO SUS. AUMENTO DO NÚMERO E REGIONALIZAÇÃO DE RESIDÊNCIAS MÉDICAS EM NEFROLOGIA (MEC) CRIAR REDE DE REFERÊNCIA E CONTRARREFERÊNCIA PARA ACESSO VASCULAR

24 RECOMENDAÇÃO DO MS AOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE PARA HAVER NEFROLOGISTAS EM CIDADES COM MAIS DE HABITANTES. existem 578 cidades com mais de habitantes. atualmente temos somente 348 cidades com nefrologista. PROPOSTAS ADICIONAIS PARA ATENÇÃO SECUNDÁRIA

25 PROPOSTAS ADICIONAIS PARA A ASSISTÊNCIA BÁSICA PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA PARA DESENVOLVIMENTO DE MULTIPLICADORES PARA IMPLANTAÇÃO EFETIVA DOS PROTOCOLOS ASSISTENCIAIS NA DOENÇA RENAL (Cadernos de atenção à saúde). INSERÇÃO DA DRC NO PLANO DE DOENÇAS CRÔNICAS E AGRAVOS NÃO TRANSMISSÍVEIS (DANT – MS)

26


Carregar ppt "REVISÃO DO MODELO DE FINANCIAMENTO DA TRS PANORAMA ATUAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google