A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DMA – Diretoria de Meio Ambiente e Ação Social. Marcos Lopes de Souza Eng. Sanitarista (UFSC) Msc. Engenharia Ambiental(UFSC) Pesquisador APD/DMA/SANEPAR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DMA – Diretoria de Meio Ambiente e Ação Social. Marcos Lopes de Souza Eng. Sanitarista (UFSC) Msc. Engenharia Ambiental(UFSC) Pesquisador APD/DMA/SANEPAR."— Transcrição da apresentação:

1 DMA – Diretoria de Meio Ambiente e Ação Social

2 Marcos Lopes de Souza Eng. Sanitarista (UFSC) Msc. Engenharia Ambiental(UFSC) Pesquisador APD/DMA/SANEPAR INVENTÁRIO DE GASES DE EFEITO ESTUFA (GEE) - Experiência da SANEPAR - Mudanças climáticas e as Interfaces com o Saneamento São Paulo, 26 maio de 2011

3 Inventário GEE na Sanepar 1.A Sanepar 2.Mudanças Climáticas na Sanepar 3.Inventários GEE 4.Inventário GEE Redução/neutralização GEE 3 Conteúdo da apresentação

4 Inventário GEE na Sanepar 4 MISSÃO Prestar serviços de Saneamento Ambiental de forma sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida. VISÃO Ser uma empresa de excelência, comprometida com a universalização do Saneamento Ambiental. A Sanepar

5 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 5 Municípios Não Atendidos Municípios atendidos: 344 ETAs: 177 ETEs: 227 Aterros Sanit.: 2

6 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 6 Receita Tarifária (em milhões)

7 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 7 Principais Indicadores 2010

8 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 8 População atendida com rede de água (mil habitantes)

9 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 9 Índice de atendimento com rede de água (%) População urbana

10 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 10 Índice de atendimento com rede de esgoto (%) População urbana

11 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 11 ETA Írai, Curitiba, Pr.

12 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 12 ETE Padilha Sul, Curitiba, Pr.

13 Inventário GEE na Sanepar A Sanepar 13 Aterro Sanitário, Cianorte, Pr.

14 Inventário GEE na Sanepar Mudança Climática na Sanepar 14 ALTERAÇÕES DO REGIME PLUVIOMÉTRICO Maior escoamento superficial; Maior dificuldade para recarga de aquíferos. TEMPERATURA Maior consumo de água; Maior evaporação em reservatórios. NÍVEL DOS MARES Aumento da salinidade em captações de água.

15 Inventário GEE na Sanepar Mudança Climática na Sanepar

16 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 16 A elaboração de inventários é o primeiro passo para que uma empresa possa contribuir para o combate às mudanças climáticas (GHG Protocol). Economia de Baixo Carbono

17 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 17 Instrumento de gestão; Instrumento de gestão; Identificação de oportunidades de melhoria operacional e redução de gastos; Identificação de oportunidades de melhoria operacional e redução de gastos; Exigência do mercados; Exigência do mercados; Oportunidades (mercado de carbono); Oportunidades (mercado de carbono); Atração de investimentos, etc. Atração de investimentos, etc.

18 Inventário GEE na Sanepar Inventários GEE 18 Inventários realizados (Ano base): em andamento (GHG/EPC) Execução: técnicos da Sanepar

19 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE

20 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE METODOLOGIA

21 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE METODOLOGIA Limite organizacional: Abordagem de Controle Operacional. Limites Operacionais: Sistemas de Abastecimento de Água (SAA); Sistemas de Esgotamento Sanitário (SES).

22 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 Tipo de Emissão EscopoCategoriaAtividades/Fontes Direta1Abastecimento de Água- Direta1Esgotamento sanitárioTratamento de esgoto (CH 4 e N 2 O) Direta1Queima combustíveisVeículos e equipamentos Sanepar Indireta2Consumo de energia elétrica Abastecimento de água Esgotamento sanitário Atividades administrativas METODOLOGIA Limites Operacionais:

23 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE Gases inventariados: Gás carbônico (CO 2 ), Metano (CH 4 ) e Óxido Nitroso (N 2 O). Gases inventariados: Gás carbônico (CO 2 ), Metano (CH 4 ) e Óxido Nitroso (N 2 O). Utilizados fatores de emissão reconhecidos pelo Governo brasileiro e IPCC (2006). Utilizados fatores de emissão reconhecidos pelo Governo brasileiro e IPCC (2006). Resultado em termos de CO 2 equivalente. Resultado em termos de CO 2 equivalente. METODOLOGIA Metodologia de cálculo e Fatores de Emissão

24 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 EscopoAtividade / Fonte EmissãoMetodologia / Ferramenta 1SESCH 4 IPCC (2006)/ Excel APD 1SESÓxido NitrosoIPCC (2006)/ Excel APD 1Queima combustíveis CO 2 GHG / Excel GHG Protocol 2Consumo de energia elétrica CO 2 GHG / Excel GHG Protocol Metodologia de cálculo e Fatores de Emissão METODOLOGIA

25 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 Metodologia de cálculo e Fatores de Emissão METODOLOGIA Exemplo: Emissão CH 4 (KgCH 4 /ano) U: Classe social; T: %utilização do tratamento; EF: Fator de emissão; TOW: carga orgânica total; S: Carga orgânica removida do lodo; R: metano recuperado.

26 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 Coleta de Dados METODOLOGIA Sistema de Informações Sanepar (SIS); Sistema de Informações Sanepar (SIS); Histórico das unidades operacionais. Histórico das unidades operacionais.

27 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 Cálculo METODOLOGIA

28 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 EscopoCO2 (Ton)CH4 (Ton)N2O (ton)CO2 eq (Ton) , ,45249, , ,340, ,34 TOTAL22.853, ,45249,61~ RESULTADO

29 Inventário GEE na Sanepar Inventário GEE 2009 Emissão total: ton CO 2 eq

30 Inventário GEE na Sanepar Escopo 1 78% 19% Inventário GEE 2009

31 Inventário GEE na Sanepar Escopo 2 92% 7% Inventário GEE 2009

32 Inventário GEE na Sanepar Resumo Inventário GEE ,62% 18,82% 2,17% 3,39%

33 Inventário GEE na Sanepar Indicadores Inventário GEE 2009 kg CO2 eq / m³ água produzida = 0.66 kg CO2 eq / m³ água consumida = 0,79 Kg CO2 / hab Sanepar = 46

34 Inventário GEE na Sanepar Neutralização GEE 34 Plantio de àrvores Desde 2007: árvores plantadas em 20 ETEs e mais de 2,5 milhões de mudas produzidas. 2009: mudas distribuídas. Cortina verde em ETE

35 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE Instalação de queimadores nos reatores

36 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE Aproveitamento Energético do Metano ETE Ouro Verde, Foz do Iguaçu, Pr.

37 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE Aproveitamento Energético do Metano Higienização térmica de lodo de ETE, Curitiba, Pr.

38 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE 38 Reciclagem agrícola de lodo de ETE Com lodo Sem lodo

39 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE Uso de etanol em veículos bi-combustíveis; Racionalização de material de expediente; Separação de resíduos sólidos recicláveis; Redução do consumo de EE nos escritórios. Programa Use o Bom Senso

40 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE 40 Eficientização energética 2,5% do consumo total de EE do Brasil, o equivalente a 10,4 bilhões de kWh/ano, são consumidos por serviços de saneamento (Procel).

41 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE 41 Eficientização energética - Controlar volumes aduzidos; - Reduzir infiltrações na rede de esgoto; - Redução do consumo horário de ponta; - Substituição de equipamentos obsoletos; - Projetos eficientes.

42 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE 42 Ligações Irregulares + Perdas Índice de Perdas por Ligação ( Litros/ligação/dia)

43 Inventário GEE na Sanepar Redução GEE 43 Índice de Perdas por Ligação ( Litros/ligação/dia) MASP-P

44 Marcos Lopes de Souza Fone: (41) 3330 – 3107 Curitiba - PR Muito Obrigado! INVENTÁRIO DE GASES DE EFEITO ESTUFA (GEE) - Experiência da SANEPAR -

45 DMA – Diretoria de Meio Ambiente e Ação Social


Carregar ppt "DMA – Diretoria de Meio Ambiente e Ação Social. Marcos Lopes de Souza Eng. Sanitarista (UFSC) Msc. Engenharia Ambiental(UFSC) Pesquisador APD/DMA/SANEPAR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google