A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTOLERÂNCIA AO TRATAMENTO PARA TB MEDICAÇÃO SINTOMÁTICA QUANDO SUSPENSÃO TEMPORÁRIA E/OU DEFINITIVA QUANDO MUDAR Ivone Tanajura Biscaia – HEOM/BA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTOLERÂNCIA AO TRATAMENTO PARA TB MEDICAÇÃO SINTOMÁTICA QUANDO SUSPENSÃO TEMPORÁRIA E/OU DEFINITIVA QUANDO MUDAR Ivone Tanajura Biscaia – HEOM/BA."— Transcrição da apresentação:

1 INTOLERÂNCIA AO TRATAMENTO PARA TB MEDICAÇÃO SINTOMÁTICA QUANDO SUSPENSÃO TEMPORÁRIA E/OU DEFINITIVA QUANDO MUDAR Ivone Tanajura Biscaia – HEOM/BA

2 TUBERCULOSE... AINDA UMA MANCHA... ONDE 80% DOS CASOS DE TB ESTÃO CONCENTRADOS - OMS

3 MEDIDAS PARA O CONTROLE DA TB: Medidas preventivas – Vacinação RN / Vigil. Epidem. / QMP Diagnóstico precoce Tratamento adequado ADESÃO AO TRATAMENTO: Regularidade da prescrição Completude do tratamento prescrito Comparecimento regular às consultas Redução de: Sofrimento humano Mortalidade Fontes de infecção

4 A NÃO ADESÃO AO TRATAMENTO / RISCO DE ABANDONO É o principal obstáculo para a efetividade do tratamento para TB Multifatorial - Ambiente social em que vive o paciente - Paciente (Ex: intolerância medicamentosa) A INTOLERÂNCIA MEDICAMENTOSA Dose Horário de administração Idade Estado nutricional Alcoolismo Função hepática Função renal Co-infecção pelo HIV

5 ESQUEMAS PADRONIZADOS NO BRASIL E-I: 2RHZ / 4RH E-II: 2RHZ / 7RH E-IR: 2RHZE / 4RHE (1995) E-III: 3SZEEt / 9EEt OBS: Para MDR-TB ( e XDR-TB ) esquemas especiais (alto custo e menos eficácia) não aqui apresentados.

6 Inquérito nacional de resistência - Brasil (1998)

7 ISONIAZIDA(H) + RIFAMPICINA(R) Dupla de maior poder bactericida X Mycobacterium tuberculosis Z ---2RHE / 4RH H ---2RSEZ / 4RE R --- 2SEHZ / 10EH Substituições da :

8 EFEITOS MENORES: ( 5 a 20% ) - Orientação- EFEITOS MAIORES: ( 2 A 8%) -Suspensão ou modificação- INTOLERÂNCIA / EFEITOS ADVERSOS AOS ANTI-TB :

9 Efeitos menores (5-20%) REA REAÇÕES ADVERSAS AO USO DAS DROGAS ANTITUBERCULOSE:

10 DESSENSIBILIZAÇÃO *

11 Droga: Reações indesejáveis: Isoniazida (H) neuropatia periférica, náuseas, vômitos e icterícia Rifampicina (R) náuseas, vômitos, icterícia, urticária e manifest. hemorrágicas Pirazinamida (Z) artralgias, náuseas, vômitos e icterícia Estreptomicina (S) perda de equilíbrio e diminuição da audição Etambutol (E) náuseas, vômitos e alterações visuais (até cegueira) Etionamida (Et) náuseas, vômitos, diarréia e icterícia

12 QUE FAZER NOS CASOS DE INTOLERÂNCIA MEDICAMENTOSA ? (MEDICAMENTO)

13 QUE FAZER NOS CASOS DE INTOLERÂNCIA MEDICAMENTOSA ? (EFEITO / SINTOMA)

14 QUE FAZER NOS CASOA DE INTOLERÂNCIA MEDICAMENTOSA ? ( EFEITO / SINTOMA)

15 INTERAÇÕES DOS ANTI-TB COM OUTROS MEDICAMENTOS: * RMP + ART(HIV)

16 AJUSTE DAS MEDICAÇÕES ANTI-TB NOS PACIENTES RENAIS: ( * Clearance de creatinina )

17 Fonte: Controle da Tuberculose Uma Proposta de Integração Ensino-Serviço Óleo sobre madeira de Poty Lazarotto; parte do painel Tratamento da Tuberculose (Acervo do Centro de Referência Prof. Hélio Fraga) Trecho de Pneumotórax de Manuel Bandeira

18 Pneumotórax Febre, hemoptise, dispnéia e suores noturnos. A vida inteira que podia ter sido e que não foi. Tosse, tosse, tosse. Mandou chamar o médico: Diga trinta e três. Trinta e três... trinta e três... trinta e três... Respire. ………………………………………………………………………………. O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado. Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax? Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino. Manuel Bandeira ( ) Poty Lazarroto ( ) Painel: Tratamento da Tuberculose

19 ESPERANÇA... OBRIGADO ! Ivone Tanajura Biscaia HEOM/BA INTENÇÃO...COMPRMETIMENTO...

20 ESPERANÇA... INTENÇÃO... COMPROMETIMENTO. OBRIGADO ! Ivone Tanajura Biscaia HEOM/BA


Carregar ppt "INTOLERÂNCIA AO TRATAMENTO PARA TB MEDICAÇÃO SINTOMÁTICA QUANDO SUSPENSÃO TEMPORÁRIA E/OU DEFINITIVA QUANDO MUDAR Ivone Tanajura Biscaia – HEOM/BA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google