A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior

2 Programa Brasil Classe Mundial Fórum de Competitividade

3 Futuro O Brasil mudou. É preciso criar o Futuro ESTABILIDADE E DESENVOLVIMENTO Estabilização Macroeconômica Desenvolvimento como fator de estabilidade Ênfase 1 2 Futuro Estabilidade como fator de desenvolvimento

4 Fórum de Competitividade PANORAMA ATUAL DA COMPETIÇÃO Globalização Competição internacional entre cadeias produtivas Necessidade de integração competitiva das cadeias produtivas do Brasil na economia internacional Competitividade internacional

5 Fórum de Competitividade (*) Preliminar COMÉRCIO MUNDIAL DE MERCADORIAS Acirramento da competição internacional

6 Fórum de Competitividade (*) Preliminar COMÉRCIO MUNDIAL DE MERCADORIAS Importação sem correspondente exportação ParticipaçãodoBrasil(%)

7 Fórum de Competitividade FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS Política de Desenvolvimento da Produção Micropolítica Balcão Questões pontuais Mesopolítica Organização das demandas dos setores econômicos Articulação com os objetivos de médio prazo do desenvolvimento do País Macropolítica Que Brasil queremos ter no ano 2030? Que papel o Brasil pode se propor a ter na economia global no ano 2030? Cenários e definições

8 Fórum de Competitividade Agropecuária Mineração Celulose Petroquímica Linho Algodão Juta Sisal Seda Lã Amianto Raiom Eteno Poliéster Poliacrílico Nylon Elastano Olefinica Fibras artificiais Fibras sintéticas Fibras manufaturadas Fibras naturais FibrasTêxteisFibrasTêxteis CADEIA PRODUTIVA UM EXEMPLO CADEIA PRODUTIVA UM EXEMPLO Malharia Tecelagem AcabamentoAcabamento Componentes Máquinas ferramentas Máquinas têxteis Confecção Máquinas agrícolas

9 Fórum de Competitividade Elo competitivo a jusante = cadeia competitiva Elo 3 Elo 2 Elo 1 Produto Prod 1 Prod 2 Informações Consumidor COMPETITIVIDADE NOS ELOS Prod 3 Exp Imp Exp Imp Exp Imp

10 Fórum de Competitividade CADEIAS PRODUTIVAS - SITUAÇÃO ATUAL Elos têm conhecimento limitado da dinâmica da cadeia produtiva como um todo Cada elo se volta fundamentalmente para o elo anterior e o posterior Elos competem entre si Processo desarticulado

11 Fórum de Competitividade FATORES E CONDICIONANTES DA C0MPETITIVIDADE Dimensões Empresarial Estrutural Sistêmica Custo/Preço Qualidade Inovação Marketing

12 Fórum de Competitividade FATORES E CONDICIONANTES DA C0MPETITIVIDADE Dimensões Empresarial Estrutural Sistêmica Mercado (tamanho e acesso) Dinâmica da concorrência Escala Acesso à tecnologia

13 Fórum de Competitividade FATORES E CONDICIONANTES DA C0MPETITIVIDADE Dimensões Empresarial Estrutural Sistêmica Acesso à Educação e Conhecimento Custo Brasil Gargalos, oportunidades e desafios

14 Fórum de Competitividade ANÁLISE EM CADA ELO Custos e preços nacionais Custos e preços internacionais X Gargalos, oportunidades e desafios Importa? Por que não reduz as importações? Exporta? Por que não aumenta as exportações? Está satisfeito com o elo para o qual vende? Está satisfeito com o elo do qual compra? Exemplo: Custo/Preço

15 Fórum de Competitividade EmpresáriosGoverno O QUE SÃO OS FÓRUNS? Trabalhadores Diagnóstico Consensualizado Plano de Ações e Metas Compromissos Aumento da competitividade das cadeias produtivas Macrobjetivos de desenvolvimento do país Congresso Nacional

16 Fórum de Competitividade MACROBJETIVOS Curto Prazo Médio Prazo Longo Prazo Curto Prazo Médio Prazo Longo Prazo 1. Geração de emprego, ocupação e renda 2. Desenvolvimento produtivo regional 3. Melhoria do Balanço de Pagamentos Aumento das exportações Competição com as importações Competição com serviços internacionais 4. Capacitação tecnológica 1. Geração de emprego, ocupação e renda 2. Desenvolvimento produtivo regional 3. Melhoria do Balanço de Pagamentos Aumento das exportações Competição com as importações Competição com serviços internacionais 4. Capacitação tecnológica

17 Fórum de Competitividade 1. Geração de emprego, ocupação e renda 2. Desenvolvimento produtivo regional 3. Melhoria do Balanço de Pagamentos 4. Capacitação tecnológica 1. Geração de emprego, ocupação e renda 2. Desenvolvimento produtivo regional 3. Melhoria do Balanço de Pagamentos 4. Capacitação tecnológica Macrobjetivos Metas Instrumentais 1. Produtividade 2. Qualidade 3. Inovação 4. marketing Metas Instrumentais 1. Produtividade 2. Qualidade 3. Inovação 4. marketing Setor Produtivo Governo Políticas Públicas Políticas Públicas

18 Fórum de Competitividade RESULTADO DE CADA FÓRUM Permite uma visão integral e integrada da cadeia produtiva Identifica a dinâmica dos elos e da cadeia produtiva. Identifica os condicionantes, gargalos, elos faltantes e potencialidades de cada elo Permite a convergência para um só diagnóstico (Setor Produtivo e Governo) Induz à definição consensual de metas e ações exeqüíveis e desafiadoras

19 Fórum de Competitividade RESULTADO DE CADA FÓRUM Estabelece a hierarquia e a priorização das ações, permitindo a eficiência e eficácia da ação política Dá perspectiva temporal ao atendimento das demandas do setor produtivo, aumentando a previsibilidade do retorno dos investimentos Articula oportunidades e potencialidades regionais Conduz a compromissos de atingimento de macrobjetivos de desenvolvimento e de contratos de competitividade empresarial Governo articulador e processo inovador

20 Fórum de Competitividade FUNCIONAMENTO DOS FÓRUNS Quatro fases Etapa preparatória Etapa de diagnóstico e análise Etapa de decisão Operação permanente do Fórum

21 Fórum de Competitividade PROCESSO DE DECISÃO NO GOVERNO Não Sim Execução Acompanhamento Decisão Órgãos responsáveis no Governo Órgãos responsáveis no Governo Fórum Gecex/Câmara de Desenvolvimento Gecex/Câmara de Desenvolvimento Decisão Sim Não Comunicação pública Comunicação pública

22 Fórum de Competitividade O PAPEL DOS ÓRGÃOS DE GOVERNO Promover a articulação entre o setor produtivo, Governo e Congresso Nacional Encaminhar as propostas identificadas aos órgãos e entidades competentes Dar visibilidade ao conjunto das ações governamentais relativas a uma cadeia produtiva, com impactos no curto, médio e longo prazos, para viabilizar a negociação das contrapartidas dos setores produtivos MDIC

23 Fórum de Competitividade O PAPEL DOS ÓRGÃOS DE GOVERNO Participar dos Fóruns Avaliar e definir a formatação das propostas em suas áreas de competência Anunciar e implementar as medidas em suas áreas de competência Demais órgãos e entidades

24 Fórum de Competitividade ESTÁGIO ATUAL DO PROGRAMA ESTÁGIO ATUAL DO PROGRAMA

25 Fórum de Competitividade Cosméticos, Hig. Pess. e Perf. Turismo Naval e Marinha Mercante Construção Civil Eletroeletrônico Química – Transformados Plásticos Têxtil e Confecções Competição com Importação ExportaçãoDesen. Prod. Regional Emprego e Renda Critérios Cad. Produtivas Serviços Transporte Aéreo PROCESSO DE SELEÇÃO Excelente Potencial Muito Bom Potencial Bom Potencial

26 Fórum de Competitividade PROCESSO DE SELEÇÃO Siderurgia Aeroespacial Bens de Capital Agronegócios Automotiva Madeira e móveis Couro e Calçados Competição com Importação ExportaçãoDesen. Prod. Regional Emprego e Renda Critérios Cad. Produtivas Excelente Potencial Muito Bom Potencial Bom Potencial Audiovisual

27 Fórum de Competitividade PreparatóriaMaio de Aeroespacial PreparatóriaMaio de Automotiva PreparatóriaJunho de Naval e Marinha Mercante PreparatóriaJunho de Bens de Capital Projetos ExecutivosInstalado (06/02/01)5. Madeira e móveis Projetos ExecutivosInstalado (17/08/00)3. Transformados Plásticos Instalado (27/03/02) Instalado (23/01/02) Instalado (11/10/01) Instalado (13/12/00) Instalado (30/05/00) Instalado (18/05/00) Instalação Diagnóstico e análise8. Turismo Diagnóstico e análise7. Transporte Aéreo Projetos Executivos6. Couro e Calçados Projetos Executivos4. Eletroeletrônico Contrato de Competitividade2. Têxtil e Confecções Projetos Executivos1. Construção Civil Fase AtualCadeia Produtiva 10/04/2002 SITUAÇÃO ATUAL DOS FÓRUNS

28 Fórum de Competitividade SITUAÇÃO ATUAL DOS FÓRUNS 10/04/2002 Não iniciadoAdiado 17. Cosméticos, Hig. Pess. e Perf. Não iniciadoNão definida15. Agronegócios Cancelado Não definida Instalação 16. Audiovisual Não iniciado14. Serviços Preparatória13. Siderúrgico Fase AtualCadeia Produtiva

29 Fórum de Competitividade CADEIA PRODUTIVA DE COURO E CALÇADOS

30 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva de Couro e Calçados Macrometa: aumentar as exportações de calçados Agregar valor às exportações de calçados de couro para atingir, até 2006, o valor de US$ 2,9 bilhões (aumentar em 1/3 as exportações)

31 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva de Couro e Calçados Riscos no mercado internacional de calçados China: competição em volume de produção, com incremento da qualidade Itália: competição em diferenciação de produto (qualidade, imagem, marca, marketing e moda)

32 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Couro Política: melhorar a qualidade e agregar valor ao couro Ações Programa de qualidade Pecuária de corte: em elaboração (Fórum de Competitividade - MDIC, MAPA, CNA, Frigoríficos e CICB) Frigoríficos: em execução (APEX e CICB)

33 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Couro Modernização dos curtumes Linha de financiamento para investimento em modernização e em introdução de etapas de processamento de couro de maior valor agregado (do wet blue para o semi-acabado e acabado): em elaboração (Fórum de Competitividade - MDIC e BNDES)

34 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Couro Regularização da oferta do couro wet blue no mercado interno Imposto de Exportação sobre couro wet blue – CAMEX (alíquota de 9%) Linha de financiamento para estocagem do couro: em elaboração (Fórum de Competitividade - MAPA, MDIC, CNA, ABIEC e CICB) Aumento do capital de giro associado ao investimento para modernização: em elaboração - MDIC e BNDES

35 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Couro Resultados esperados Melhoria das condições da oferta de couro (maior qualidade e menor oscilação de preço) Inversão da lógica de exportar o wet blue e importar o couro semi - acabado e acabado Acirramento da concorrência entre os produtos finais calçados e estofamento, com relação a matéria-prima, fortalecendo a Cadeia Produtiva

36 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Calçado Política: aumentar as exportações (volume e agregação de valor) Ações Promoção comercial Missões comerciais (Governo e Iniciativa Privada) Feiras e eventos (Governo, APEX e Iniciativa Privada) Projeto Comprador e Projeto Imagem (APEX e Iniciativa privada)

37 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Calçado Inteligência da informação: em execução (Fórum de Competitividade - MDIC, Setor Produtivo e Centros Tecnológicos)

38 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Calçado Design - Oficinas no interior das indústrias Atividades: estilismo, design, modelagem, desenvolvimento de produto, modelagem técnica, uso de CAD/CAN, antecipação de tendências de mercado Em desenvolvimento em 20 empresas nos pólos calçadistas de São João Batista (SC) e Campina Grande (PB) (Fórum de Competitividade: MDIC, SEBRAE e SENAI)

39 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Calçado Resultados esperados Diferenciação de produto Acesso a novos mercados (outros países) e a nichos de mercado Recuperação de espaço de mercado perdido

40 Fórum de Competitividade CADEIA PRODUTIVA TÊXTIL E DE CONFECÇÕES

41 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva Têxtil e de Confecções Macrometa: aumentar as exportações de têxteis Exportações de US$ 4,3 bilhões em 2005, atingindo 1% das exportações mundiais de têxteis (marca já obtida pelo País no período de 1983/1984) Exportações de US$ 5,6 bilhões em 2008, atingindo 1,4% das exportações mundiais de têxteis

42 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva Têxtil e de Confecções Riscos no mercado internacional Crescimento da produção mundial de algodão Algodão subsidiado americano

43 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico: Algodão Política: manter a atratividade da produção de algodão no Brasil (a meta de aumento da produção de algodão competitivo já foi atingida) Ações Prorrogação, até dezembro/2002, do Programa de Apoio à Comercialização do Algodão Brasileiro, do BNDES (até novembro/2001, já haviam sido desembolsados R$ ,10) Ampliação das linhas de financiamento da produção - Banco do Brasil investiu, na forma de custeio, R$183 milhões na safra 99/00 e R$ 260 milhões na safra 00/01

44 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico: Algodão Resultados esperados Manter as atuais boas condições de oferta do algodão no mercado interno Garantir o diferencial competitivo do confeccionado brasileiro (maior participação de fibras naturais) - Ganhos do algodão no campo passam para o confeccionado

45 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Política: aumentar a produção e exportação de confecções (volume, qualidade e diferenciação) Ações Acesso a crédito - Financiamento da produção Apoio às empresas dos pólos de confecção existentes, buscando atendimento especializado e integral às suas demandas. Em 01 ano, foram contratados mais de R$12 milhões em 05 pólos que cumpriram a metodologia de trabalho

46 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Qualidade na Produção Convênio com o IPT-SP para aumentar a qualidade em 15 empresas de 10 pólos selecionados Convênio com o Centro de Tecnologia de Confecções do pólo de Vila Velha e Colatina (ES) para cursos de supervisores de confecção

47 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Agregação de valor via design Oficinas de design (PBD) nos pólos de São João Nepomuceno (MG), Teresina (PI), Goiânia (GO) Convênio com o IPT-SP para consultoria de design em 15 empresas de 10 pólos selecionados

48 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Fiscalização de Produtos Importados Adoção, pelo Brasil, das normas do MERCOSUL sobre etiquetagem de produtos têxteis, que permitem intensificar o controle da qualidade/ composição dos produtos importados (Res. CONMETRO nº 01/2001, de 08/05/01)

49 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Marketing e Promoção comercial TEXBRASIL - APEX/ABIT Missões comerciais - Governo/ ABIT Feiras e eventos - Governo/ APEX/ ABIT

50 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado: Confecções Resultados esperados Aumento das exportações de confecções (volume, preço e qualidade) Diferenciação do produto (design)

51 Fórum de Competitividade CADEIA PRODUTIVA DE MADEIRA E MÓVEIS

52 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva de Madeira e Móveis Macrometa: aumentar as exportações da Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis de aproximadamente US$ 2 bilhões em 2000 para US$ 3,39 bilhões em 2004

53 Fórum de Competitividade Cadeira Produtiva de Madeira e Móveis Riscos no mercado internacional de Móveis Exigência de móveis com madeira oriunda de florestas certificadas - cadeia de custódia da madeira

54 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Florestal Política: aumento da oferta de madeira e certificação florestal Ações Financiamento da produção de madeira Adequação dos mecanismos de financiamento florestal

55 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Florestal Floresta nativas e plantadas com manejo sustentável para suprir quantitativamente e qualitativamente a indústria de base florestal Criação do Sistema Brasileiro de Certificação Florestal-CERFLOR e busca do seu reconhecimento internacional Projeto Tecnologia em Silvicultura e Manejo para a Cadeia Produtiva de Madeira e Móveis Introdução de espécies alternativas e aplicação de madeiras alternativas na indústria moveleira para viabilizar a sustentabilidade no suprimento

56 Fórum de Competitividade Elo de maior valor estratégico - Florestal Resultados esperados Ampliação da base florestal Aumento da oferta de produtos florestais certificados Adequação da produção da madeira e sua destinação final de uso Difusão tecnológica para a melhoria da qualidade e produtividade, principalmente junto aos pequenos e médios produtores

57 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Moveleiro Política: aumentar a exportação de móveis (volume e qualidade) Ações Design - Instalação de núcleos de design nos principais pólos (ex.: São Bento do Sul/SC, Curitiba/PR, Arapongas/PR, Ubá/MG, Bento Gonçalves/RS, Votuporanga/SP e Linhares/ES)

58 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Moveleiro Promoção comercial Missões Comerciais Projeto Comprador Estratégias de comercialização Estabelecimento de centrais de comercialização e distribuição no exterior (ex.: EUA) Formação de consórcios Pesquisas de mercado

59 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Moveleiro Qualidade Selo setorial de qualidade Núcleo de Inteligência Econômica e de Mercado Business Plan

60 Fórum de Competitividade Elo de maior valor agregado - Moveleiro Resultados esperados Aumento das exportações e da base exportadora de móveis com design e marca própria (atendimento de requisitos técnicos) Massificação da gestão do design junto ao setor moveleiro implantação de uma gestão agressiva de marketing e promoção comercial

61 Fórum de Competitividade CADEIA PRODUTIVA DA CONSTRUÇÃO CIVIL

62 Fórum de Competitividade Cadeia Produtiva da Construção Civil Macrometas: Geração de emprego, ocupação e renda redução do déficit habitacional

63 Fórum de Competitividade Elo maior valor adicionado - Edificação Segmento estratégico: Habitação de interesse social Política: viabilizar a habitação de interesse social para famílias de baixa renda, desenvolvendo um processo construtivo de alta produtividade Ações Uso de construção industrializada Casa 1.0projeto habitacional popular modular

64 Fórum de Competitividade Elo maior valor estratégico - Habitação Alternativas de acesso a crédito Programa de subsídio à habitação de interesse social Regulamentado pelo decreto n° 1456 de 11/03/2002 (imóvel até R$ 10 mil e renda até R$ 580,00/mês) Subsídio operacional (ao agente financeiro) por meio de leilão eletrônico

65 Fórum de Competitividade Elo maior valor estratégico - Habitação Melhoria de qualidade e produtividade Aumento do número de produtos da cesta básica da habitação certificados Exigência de certificação das construtoras

66 Fórum de Competitividade Elo maior valor estratégico - Habitação Modernização da legislação de estímulo à construção habitacional e revisão dos sistemas e programas de financiamento da habitação* Estatuto da cidade Ajustes na operacionalização do SFI Patrimônio de afetação * ação de abrangência mais ampla

67 Fórum de Competitividade Elo maior valor estratégico - Habitação Resultados esperados Oferta de moradia de qualidade com menor custo e condições de acesso ao crédito adequadas Redução do déficit habitacional

68 Cadeia Produtiva Competitiva Surge como problema? -Alternativas de Crédito – PSH -Exigências Caixa -Ampliar ações na cadeia -Incorporar necessidades -PBQP – Habitat Produtiva na área de Q&P de inovação -SIQ – Construtoras -Ind. da Construção -Insere C,T&I na Cadeia Produtiva -Certificação de -Plano estratégico de C,T&I - Fundos Setoriais R$ 1 Bi Materiais de Construção MDIC no Conselho -Atualização de Normas – NB1 - Treinamento de MDO Sebrae, Senai Necessidade de recursos financeiros para habitação e infra- estrutura QualidadeProdutividadeInovação

69 Cadeia Produtiva Competitiva + = - Ampliação da presença Inserção: - exportação de casas populares – Usiminas+CSN Oferta maior e constante de - exportação de serviços de engenharia trabalho de baixo custo - ampliação de exportação – cerâmica+mármore+granito e qualidade de = casa agregação de valor das exportações - Competição com importações Cal Vidro Material Elétrico Mercado Interno Mercado Internacional Equilíbrio da Balança Comercial

70 Benefício para a Sociedade Equilíbrio da Balança Comercial Redução do Risco Brasil Ampliar capacidade de captação derecursos Redução de Juros

71 Déficit Habitacional e Saneamento CréditoQualidadeProdutividadeInovação Contribuir para Equilíbrio da Balança Comercial Redução das Taxas de Juros

72 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Reginaldo Arcuri Secretário do Desenvolvimento da Produção Reginaldo Arcuri Secretário do Desenvolvimento da Produção Embaixador Sergio Amaral Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Embaixador Sergio Amaral Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior


Carregar ppt "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google