A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Energia e sustentabilidade Carlos Pimenta

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Energia e sustentabilidade Carlos Pimenta"— Transcrição da apresentação:

1 Energia e sustentabilidade Carlos Pimenta
breves notas 2010

2 O modelo actual exclui demasiadas pessoas do acesso à energia ¼ da população mundial consome ¾ da energia 1/4 da população mundial não tem acesso regular à electricidade

3 O custo da energia representa um risco sobre a Economia e Balança de Pagamentos

4 É Ambientalmente insustentável
We are running out of atmosphere much faster than fossil fuels … at all price points

5 Comporta riscos sistémicos demasiado importantes

6 A incerteza sobre os efeitos da mudança climatica obriga-nos a agir

7 Os novos recursos fósseis...
Text Consequências para o ambiente na região + elevadas emissões de CO2 The Athabasca Oil Sands in Alberta - CANADA

8 Primary energy (supply side) Energy service (demand side)
Energy matrix Primary energy (supply side) Energy service (demand side) electricity oil coal gas lighting ventilation heating cooling hot water multimedia propulsion industry hydro biomass wind solar hidrogen !

9 ENERGY EFFICIENCY Energia útil Energia primária Eficiência Energética
= X equipamento processos sistemas Poluição = Eficiência A energia primária usada no Mundo é 0,1 ‰ da energia que vem do Sol.

10 No sistema convencional a eficiência tem sido descurada
Conventional power station 50-60% losses in power stations 10% losses in transmission and distribution % of primary energy reaches the users Fuel 100% Cogeneration water to process or heating Cogeneration unit % of primary energy reaches the users Electricity Fuel 100%

11 A INTENSIDADE ENERGÉTICA
EU-27 In 2007 there was an absolute decoupling of economic growth and energy consumption, with the latter decreasing by 1.1% compared to 2006 Fig. 1: Trends in total energy intensity, gross domestic product and total energy consumption, EU-27 Intensidade Energética em Portugal vs média Europeia

12 COMPOSIÇÃO DA PRODUÇÃO DE ELECTRICIDADE EM PORTUGAL
AS HERANÇAS DO PASSADO Fonte: REN IPH = 0,77

13 COMPOSIÇÃO DA PRODUÇÃO DE ELECTRICIDADE EM PORTUGAL
AS HERANÇAS DO PASSADO

14 COMPOSIÇÃO DA PRODUÇÃO DE ELECTRICIDADE EM PORTUGAL
AS HERANÇAS DO PASSADO

15 A evolução da relação energia/emissões de CO2

16 From nuclear, coal, oil and water to natural gas, wind and steam: the recent trend
Europe's current and future energy position: demand, resources, investments - Commission staff working document (SEC(2008) 2871)

17 Existem alternativas de política

18 Política Energética: Um possível VADEMECUM
Prospectiva e inovação em energia customizada ao n/ país Reestruturação dos mercados da electricidade, do gás natural e dos combustíveis, assegurando uma liberalização efectiva e uma regulação independente Continuidade do programa das energias renováveis na vertente da electricidade e dinamização da vertente calor (solar e biomassa de proximidade) Promoção da eficiência energética Reorganização da fiscalidade e dos sistemas de incentivos do sistema energético Aprovisionamento público “energeticamente eficiente e ambientalmente relevante” Comunicação, sensibilização e monitorização e reporte da avaliação das políticas na energia. Audição PSD 9 Julho 2010

19 A Gestão do Território *RENOVAÇÃO URBANA *MOBILIDADE
EXPO- Parque das Nações Urban energy network electricity - heating - cooling *RENOVAÇÃO URBANA *MOBILIDADE *REDES DE ENERGIA INTEGRADAS *EDIFICIOS EFICIENTES

20 Um Estado que tem de ser mais ambicioso

21 O caso da iluminação Te ~22% of electricity consumption is for general illumination Nota: *1 Quad = 91 TWatt-hr Efficiencies of energy technologies in buildings: Heating: % Elect. motors: % Fluorescents: 25% Incandescents: 5%

22 O exemplo dos LEDs

23 Energia e Sustentabilidade
Audição PSD 9 Julho 2010

24 A Mobilidade terá de fazer parte da solução
Grid integration of plug-in hybrids could also provide storage for vehicle-to-grid (V2G), as cars are parked 95% of the time; reducing peak demand

25 As renováveis estão a evoluir técnica e economicamente muito depressa

26 As tecnologias das renováveis estão em evolução muito rápida

27 Um novo ciclo de investimento
Concurso eolico 2006 Um novo ciclo de investimento 48 new wind farms, 1200 MW 2700 GWh/yr of electricity, 25% of the portuguese wind energy production in 2011 27

28 Total Investment Total Added Value Job Creations Balance of Payments
€ 286 m per year Job Creations 2 100 direct, indirect Balance of Payments Exports > 60% of the production (€200m per year from 2010) Avoided gas imports > € 100 m per year Avoided purchase of CO2 certificates € 24 m per year (1 MtCO2 per year) Local Development Local taxes € 5 m per year Land rents € 3,4 m per year

29 Um novo paradigma

30 Uma realidade em transição

31 Um sistema "smart" e sustentável:
Fim da separação actual entre os sectores autónomos e verticalizados da electricidade, do petróleo e do gás Aproximação à energia mais integrada, incluindo a produção renovável e o armazenamento descentralizado Aumento da eficiência de todo o sistema ao nível da procura, da oferta e do transporte, distribuição e comercialização dos diferentes vectores energéticos

32 Smart Players Os operadores de sistema necessitam de gerir
Generation Grid Consumption Storage Smart Regulation Os operadores de sistema necessitam de gerir Flexibilidade dos consumidores, produção e rede Audição PSD 9 Julho 2010 32 32

33 É economicamente eficiente
Reduzir perdas de transporte Optimizar o dimensionamento e limitar a necessidade de back-up Permitir um uso racional da energia tomando em conta o seu custo em cada momento

34 COMPOSIÇÃO DA PRODUÇÃO DE ELECTRICIDADE EM PORTUGAL
OS DESAFIOS DO PRESENTE demand response inelastic peak WHOLESALE MARKET PRICE MW different prices corresponding to different generation technologies price without demand response price with

35 The investment in smart grids is becoming more and more important at global level; energy software key to the construction of a new paradigm ZPryme, January, 2010,

36 The Resilience Factor:
Conventional energy systems: accidents/incidents that have huge global impacts – environment/health, markets/prices, availability “… The BP oil spill in the Gulf Coast is the worst environmental disaster of its kind in our nation's history(…) We are working to hold BP accountable for the damage to the lands and the livelihoods of the Gulf Coast, and we are taking strong precautions to make certain a spill like this never happens again.“ Barack Obama 14.June.2010

37 The Resilience Factor:
Renewable systems: accidents/incidents with local expression, little/no impacts at the regional/global scale

38 A Energia está em todos os sectores
A análise do ciclo de vida da emissão de Gases Efeito Estufa


Carregar ppt "Energia e sustentabilidade Carlos Pimenta"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google