A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mapeamento- Saúde. Convite Vôo pela área da saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mapeamento- Saúde. Convite Vôo pela área da saúde."— Transcrição da apresentação:

1 Mapeamento- Saúde

2 Convite Vôo pela área da saúde

3 Década de 1920 LEI ELOY CHAVES Foco: saúde para os trabalhadores CAPs Década de 1960 Foco: Governo militar termina com participação social INPS 1986 Redemocratização 8ª Conferência Nacional de Saúde 1978 Alma-Ata Saúde não é ausência de doença Direito e dever do povo participar individual e coletivamente do planejamento da saúde

4 1988 SUS aprovado pela Constituição Federal Direito de acesso universal à saúde para toda a população Lei Orgânica 8080/90- Regulamentação da participação da comunidade na gestão o SUS Lei Orgânica 8142/90- transferências intergovernamentais de recursos UNIVERSALIDADE INTEGRALIDADE EQUIDADE DESCENTRALIZAÇÃO A unidade organizadora do fluxo é a UBS; REGIONALIZAÇÃO

5 2008 Criação do Núcleo de Apoio à Saúde da Família - NASF 1994 Criação do Programa Saúde da Família 1998 Organizações Sociais de Saúde (OSS) representam um modelo de parceria adotado pelo governo do Estado de São Paulo para a gestão de unidades de saúde Atualmente 34 hospitais, 38 ambulatórios, 1 centro de referência, duas farmácias e três laboratórios de análises clínicas são administrados por esta forma de gerenciamento SP

6

7 Principais dados demográficos Distritos Área (km²) População residente (2000) Densidade Demográfica (Hab/km²) IDH Alto de Pinheiros7, ,520,810 Itaim Bibi10, ,200,850 Jardim Paulista6, ,960,811 Pinheiros8, ,930,833 Subprefeitura Pinheiros32, ,850,823 Fonte: IBGE Censo 2000, Secretaria do Desenvolvimento Trabalho e Solidariedade, 2002

8 Região é muito heterogênea

9 Fonte : Sempla/Dipro, 2008

10 Indicadores (2008)PinheirosPMSP Baixo peso ao nascer8,209,45 Gravidez precoce2,1513,75 Pré natal insuficiente5,7025,79 Mortalidade materna0,00 ?45,85 Mortalidade infantil5,1012,00 Mortalidade por causas externas35,9649,74 Mortalidade por doenças do aparelho respiratório125,8870,67 Mortalidade por câncer237,62115,30 Unidades de atendimento básico0,460,78 Leitos hospitalares (por mil habitantes)14,733,16 Fontes: SEADE, Pro-Aim, SINASC, Sempla

11 Unidades Territoriais Causa da Morte TP 01 TP 02 TP 03 TP 04 TP 05 TP 06 TP 07 TP 08 TP 09 TP 14 S P Pinheiros Alto de Pinheiros Itaim Bibi Jardim Paulista Pinheiros TP01 Algumas Doenças Infecciosas TP02 Tumores (Cancer) TP03 Doenças do Sangue, dos Olhos, do Ouvido, da Pele, do Siist. Osteomuscular, Gravidez, Parto e puerpério TP04 Doenças Endócrinas, Nutricionais e Metabólicas TP05 Transtornos Mentais TP06 Doenças do Sistema Nervoso TP07 Doenças do Aparelho Circulatório TP08 Doenças do Aparelho Respiratório TP09 Doenças do Aparelho Digestivo TP10 Doenças do Aparelho Geniturinário TP11 Causas Perinatais TP12 Anomalias Congênitas TP13 Mal Definidas TP14 Causas Externas Fonte: Pro Aim, 2008

12 Unidades de Atendimento Básico Unidade Territorial MunicípioEstado Total Taxa 20 mil hab. UBSCSPAM Município de São Paulo ,76 Subprefeitura de Pinheiros42060,44 Alto de Pinheiros10010,45 Itaim Bibi20020,49 Jardim Paulista01010,24 Pinheiros11020,64 Fonte: Sempla/Dipro, 2008 (estimativa 2007)

13 Equipamentos de Saúde Tipo do Equipamento Nº Equipamentos Unidade Básica de Saúde - UBS4 Hospital Municipal0 Hospital5 Centro de Atenção Psicosocial - CAPS3 Centro de Convivência e Cooperativa - CECCO0 Assistência Médica Ambulatorial - AMA0 Ambulatório de Especialidades - AE0 Supervisão de Vigilância em Saúde - SUVIS0 Laboratório1 Centro de Testagem e Aconselhamento - CTA DST/AIDS0 Serviços de Assistência Especializada - SAE DST/AIDS0 Centro de Referência - CR DST/AIDS0 Centro de Referência em Saúde do Trabalhador - CRST0 Posto de Atendimento Médico - PAM0 Pronto Socorro - PSM1 Todos13

14 ORGANIZAÇÃOAÇÕESPÚBLICO-ALVOOBJETIVOSINDICADORES CSI PINHEIROS "DR. VICTOR ARAÚJO HOMEM DE MELLO Atendimentos de clínicas básicas e de diversas especialidades médicas Moradores de Pinheiros – clínicas básicas (geral e ginecologia) Moradores e outras regiões – especialidades Crianças, adolescentes e adultos Prestar assistência ambulatorial de forma digna e humanizada aos usuários do SUS e garantir a saúde como um estado de completo bem- estar físico, mental e Social (OMS) Número de consultas agendadas e número de consultas realizadas: 5 a 6 mil por mês Psicologia- Projeto em escola Programa de Prestação de Serviços à Comunidade Ambulatório de Especialidades Centro de Aconselhamento e Orientação DST- AIDS 38 anos Farmácia Alopática e Homeopática 182 funcionários - 7 psicólogos e 2 psiquiatras Referência para outros serviços públicos estágios para universitários de escolas publicas e privadas Vacinação Fono - Fisioterapia Nucleo da terceira idade Programa Jovem Acolhedor

15 ORGANIZAÇÃOAÇÕESPÚBLICO-ALVOOBJETIVOSINDICADORES Projetos Terapêuticos (8 anos como iniciativa privada, em 2009 tornou-se OSCIP) Criar uma rede capaz de reestabelecer os laços sociais de pessoas que passaram por crises psicológicas. Qualificar o território com iniciativas de cultura. Clínica de Projetos, via encontros de grupos e fomento de uma rede territorial de apoio na região de Pinheiros. Eventos ligados a Cultura de Paz em praças, escolas e outros espaços como forma de "avizinhar-se" no território. Boletim mensal, instrumento de comunicação e fortalecimento de rede. Marcha pela Paz. Pessoas que passaram por crises e perderam seus laços sociais, que pagam pelos serviços (20 pacientes) 16 terapêutas. Atendimento a alunos da GV, via parceria com a faculdade. Número de pacientes: 9 por grupo Número de parceiros na rede: tentaremos obter esse dado Número de acessos ao site. 4 mil ao mês

16 Qual é a Rede de atendimento existente em Pinheiros? 16 estabelecimentos + Região Centro Oeste: Ambulatório de especialidades de Saúde mental: 1 CAPS Alccol e Drogas: 3 III Sé R. Frederico Alvarenga,259 2ºandar II Lapa Vila Madalena-PROSAM R. Heitor Penteado,1448 II Pinheiros R. Nicolau Gagliardi,439 CAPS Adulto: 4 I Butantã R. Oscar Pinheiro Coelho,287 II Lapa R. Roma,446 II Lapa Perdizes R. Dr. Cândido espinheira,616 III Pinheiros 4 CAPS Adulto III Itaim Bibi Av. Horácio Lafer,590 CAPS Infantil: 2 II Lapa R. Bergson, 52 tel II Sé R. Frederico Alvarenga,259 3ºandar tel / Ceccos: 2 Residências terapêuticas: 5

17 Quais são as questões da saúde em Pinheiros? Idosos e doenças crônicas degenerativas Transferência dos usuários da saúde privada para a pública Saúde mental Desestrutura familiar, tanto para criança como para idoso ORGANIZACIONAL Dificuldade de encaminhamento para algumas especialidades Falta de capacitação dos profissionais Exames de alta complexidade Serviço de saúde mental Serviço de assistência social Retaguarda pronto socorro e hospitalar secundário

18 Quem são os usuários que acessam os serviços? Moradores e não moradores

19 Quais são as políticas públicas para o território? Municipais- estaduais- federais Fontes de dados: Vigitel Painel de Monitoramento SIAB

20 Quais são as tensões no território?

21 Como a rede de saúde do território se comunica?

22 Levar o conhecimento sobre hábitos saudáveis e fatores de risco para a população (promoção); Acompanhar em todos os ciclos de vida nos aspectos bio psico social: pré natal, puericultura, adolescência, adulto, mulher, idoso (prevenção); Tratar ou encaminhar conforme as necessidades, tanto para equipamentos públicos como para privados (assistência). Fatores de Risco- Desgaste Fatores de Proteção

23 Desafios Comunicação Integração dos equipamentos de saúde presentes no território Busca de parceiros e aliados (na saúde, na educação, na cultura, no esporte, no lazer, na administração, etc) Mobilização da população local

24 Sugestões? Comentários?


Carregar ppt "Mapeamento- Saúde. Convite Vôo pela área da saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google