A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 MANUAL DE ORÇAMENTO PROF. JOSÉ CORREIA. 2 Beyond Budgeting Orçamento por Atividades Orçamento Flexível Orçamento de Base Zero Orçamento Contínuo Orçamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 MANUAL DE ORÇAMENTO PROF. JOSÉ CORREIA. 2 Beyond Budgeting Orçamento por Atividades Orçamento Flexível Orçamento de Base Zero Orçamento Contínuo Orçamento."— Transcrição da apresentação:

1 1 MANUAL DE ORÇAMENTO PROF. JOSÉ CORREIA

2 2 Beyond Budgeting Orçamento por Atividades Orçamento Flexível Orçamento de Base Zero Orçamento Contínuo Orçamento Empresarial Projeção dos recursos baseada na estrutura organizacional e acompanhamento pelos departamentos. Orçamento Empresarial Projeção dos recursos baseada na estrutura organizacional e acompanhamento pelos departamentos. Renovação do período concluído e acréscimo do mesmo período no futuro. Projeção dos recursos baseada em pacotes de decisão da estaca zero e com justificativa para todos os novos gastos. Projeção dos recursos para vários níveis de atividade. Projeção dos recursos nas atividades por meio de direciona- dores de custos. Projeção dos recursos de forma descentrali- zada e flexível, guiada por um conjunto de princípios. PROCESSOS ORÇAMENTÁRIOS MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL

3 3 CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL 3.2 ORÇAMENTO DE VENDAS CONCEITO: Ele estima as quantidades de cada produto e serviço que a empresa planeja vender ou prestar, define o preço a ser praticado, impostos incidentes e a receita a ser gerada, como também pode imbuir a quantidade de clientes a serem atendidos, as condições básicas dessa venda, a vista ou a prazo, entre outras informações. Geralmente, ele serve de base para as outras peças orçamentárias, por isso, se suas estimativas não forem precisas podem inviabilizar o controle orçamentário como um todo. Orçamento de vendas são as previsões de vendas para um determinado período orçamentário.

4 4 CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL 3.2 ORÇAMENTO DE VENDAS Em destaque: Para melhorar a gestão, as organizações determinam a previsão do volume de vendas com a elaboração do orçamento de vendas. Um time de futebol profissional precisa prever o número de torcedores que assistem aos jogos no estádio ou pela televisão, a cada campeonato. As empresas aéreas precisam prever o número de passageiros que vão voar em cada rota e os hotéis precisam prever a taxa de ocupação durante os diferentes dias e meses. As empresas comerciais como, o Carrefour, Big, Americanas e Casas Bahia etc., devem prever vendas de varejo de milhares de produtos em diferentes locais. As empresas industriais, como VW, Fiat, GM, Ford e Renault etc., devem prever a demanda de clientes para cada modelo diferente de carro ou caminhão que vendem.

5 5 CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL 3.2 ORÇAMENTO DE VENDAS RESTRIÇÕES INTERNAS capacidade produtiva insuficiente; estrutura administrativa inadequada; pessoal interno inabilitado; insuficiência de capital de giro; RESTRIÇÕES EXTERNAS política de comércio exterior desfavorável; política monetária (crédito e taxa de juros) desfavorável; mercado fornecedor precário; restrição de mão-de- obra externa; RESTRIÇÕES NO ORÇAMENTO DE VENDAS

6 6 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE VENDAS dados históricos, como tendências de vendas da empresa, competidores e a indústria (se disponíveis); tendências econômicas gerais ou fatores como taxas inflacionárias, taxas de juros, crescimento da população e gasto pessoal etc.; fatores regionais e locais que afetam as vendas; mudanças de preço previstas, em custos de compras e de vendas; planos de marketing previstos; o impacto de novos produtos ou mudanças na linha de produtos inteira; e outros fatores, como eventos políticos e legais e mudanças de tempo. FATORES E FONTES DE INFORMAÇÃO:

7 7 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE VENDAS Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Previsão de Vendas (Unidades) Preço Unitário – R$X 80 Total de Vendas – R$ (Receita Bruta) Impostos (20%) Receita Líquida

8 8 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento Custos de Venda Aceitáveis Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Estabelecimento das políticas de compras e estocagem de matérias- primas; Estabelecimento das políticas de estocagem de produtos acabados.

9 9 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento dos Estoques Finais Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento Custos de Venda Aceitáveis Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional plano de vendas; características relativas à armazenagem dos materiais; escala econômica de fabricação; capacidade máxima de fabricação; duração e etapas do processo industrial; lotes econômicos de fabricação; utilização de mão-de-obra direta, em face da variação da fabricação; arranjos entre os programas de fabricação de produtos de diferentes sazonalidades.

10 10 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE PRODUÇÃO Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Previsão de Vendas (Un.) (+) Estoque Final Total Previsão Necessária (–) Estoque Inicial Previsão de Produção (Un.)

11 11 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento dos Estoques Finais Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento Custos de Venda Aceitáveis Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Determinação das quantidades de matérias-primas exigidas para o atendimento da fabricação e fornecimento das informações à área de compras; Elaboração do programa de suprimentos, além de informações sobre qualidade, desperdício, entre outros; Determinação do custo estimado das matérias-primas necessárias à fabricação, incluindo o plano de investimentos e informações à área financeira.

12 12 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DOS CUSTOS DE MATÉRIA-PRIMA Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Previsão de Produção (Un.) MP Un. (Kg)X 2 Total MP Neces (+)Est. MP Final Total Prev. MP (–) Est. MP Inic Previsão MP-Kg Preço MP – R$X 5 Total Custo MP

13 13 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento Custos de Venda Aceitáveis Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Determinação do número de horas necessárias; Valorização em termos monetários; Obtenção do custo total de MOD.

14 14 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DOS CUSTOS DE MAO-DE-OBRA Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Previsão de Produção Un MOD por Un. (Horas) X 2 Total de MOD (Horas) Previsão Valor Hora MOD–R$ X 10 Total Custo MOD

15 15 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento Custos de Venda Aceitáveis Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional São custos como mão-de-obra indireta, depreciação, outros materiais, seguros, aluguéis, serviços de terceiros, energia elétrica, água, entre outros.

16 16 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DOS CUSTOS DE INDIRETOS FABR. Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Custos Variáveis R$ Material indireto Mão-de-obra indireta Energia- elétrica Manutenção Total Variável

17 17 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DOS CUSTOS DE INDIRETOS FABR. Exemplo Ilustrativo: Custos FixosJaneiroFevereiroMarço Salários supervisão Depreciação Taxas / Seguros Manutenção Total Fixos Total CIF Horas MOD Taxa de Rateio dos CIF Total CIF / Total Horas MOD ( / ) = 7,88

18 18 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Os orçamentos de MP, MOD e CIF são reunidos para formar o orçamento do custo dos produtos vendidos.

19 19 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Os custos/despesas administrativas, de vendas, financeiras e de pessoal incluem todas as despesas necessárias para a gestão das operações de uma empresa e também os itens relativos a pessoal, viagens, telefone, correio, fax, material de escritório, depreciação dos bens de escritório, seguros, taxas, energia elétrica, entre outros.

20 20 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DAS DESPESAS Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Despesas Variáveis R$ Comissão de vendas Frete Total Variável

21 21 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DAS DESPESAS Exemplo Ilustrativo: Despesas Fixas Propaganda Salários Vendas Salários Administração Depreciação Taxas e Seguros Total Fixos Total Despesas

22 22 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional A Demonstração de Resultado do Exercício projetada é elaborada a partir dos orçamentos operacionais auxiliares, como: o orçamento de vendas, orçamento de fabricação e orçamento de despesas operacionais.

23 23 ORÇAMENTO EMPRESARIAL PROJEÇÃO DO DEMONSTRATIVO DO RESULTADO Exemplo Ilustrativo: Elemento de Custo QuantidadeCusto Unitário – R$ Total Material Direto 2 Kg510 Mão-de-obra Direta 2 horas1020 CIF 2 horas7,8815,76 45,76

24 24 ORÇAMENTO EMPRESARIAL PROJEÇÃO DO DEMONSTRATIVO DO RESULTADO Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarço Receita BrutaR$ Vendas (Tabela 3.1) (–) Deduções Impostos (Tabela 3.1) Receita Líquida CPV( )( )( ) Lucro Bruto Despesas Operacionais Desp.Vendas Adm.(Tab3.6)(35.000)(37.000)(39.000) Lucro Operacional Contribuição Social (9%)(1.774,80)(2.415,60)(3.056,40) Imposto de Renda (15%)(2.958)(4.026)(5.094) Lucro líquido14.987, , ,60

25 25 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional A geração de propostas de investimento; A estimação dos fluxos de caixa das diversas propostas; A avaliação dos fluxos de caixa; A escolha de projetos com base em um critério de aceitação; A reavaliação permanente dos projetos de investimentos já aceitos e em execução.

26 26 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO ANÁLISE DE INVESTIMENTOS: Valor Presente Líquido Taxa Interna de Retorno Payback

27 27 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO Valor Presente Líquido

28 28 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO Taxa Interna de Retorno

29 29 ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO Payback Payback = = 3.7 anos 9.500

30 30 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Indicar a posição financeira provável em resultado das operações planejadas. Indicar o excesso ou a insuficiência de disponibilidades. Indicar a necessidade de empréstimos ou a disponibilidade de fundos para investimento temporário. Permitir a coordenação dos recursos financeiros em relação a: (1) capital de giro total; (2) vendas; (3) investimentos; e (4) capital de terceiros. Estabelecer bases sólidas para a política de crédito. Estabelecer bases sólidas para o controle corrente da posição financeira.

31 31 Exemplo Ilustrativo: JaneiroFevereiroMarçoAbril Contas a Receber – dezembro Vendas – Janeiro Vendas – Fevereiro Vendas – Março Total Entradas ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE CAIXA ORÇAMENTO DE CONTAS A RECEBER

32 32 Exemplo Ilustrativo: ORÇAMENTO EMPRESARIAL ORÇAMENTO DE CAIXA JaneiroFevereiroMarçoAbril Fornecedores Dezembro Compras Janeiro Compras Fevereiro Compras Março Total Saídas ORÇAMENTO DE PAGAMENTO DE FORNECEDORES

33 33 ORÇAMENTO DE CAIXA Saldo Inicial ,10 Entradas Vendas Outros Total das Entradas Total em Caixa ,10 Saídas Fornecedores (MP)(27.500)(33.500)(38.500) Salários (MOD)(61.000)(71.000)(81.000) CIF(48.220)(51.420)(54.620) Vendas e Admin.(33.500)(35.500)(37.500) Imposto s/Venda(40.000)(48.000)(56.000) C.S. e I.R.(3.000)(4.732,80)(6.441,60) Investimento0(35.000)0 Total das Saídas( )( ,90)( ,60 ) Excesso ou Deficiências , ,50 Financiamento Empréstimo00(20.000) JaneiroFevereiroMarço Aplicação Financ.00(20.000) Saldo Final , ,50

34 34 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional O Balanço Patrimonial projetado poderá ser apresentado na forma de comparabilidade entre os exercícios encerrados no ano anterior e o orçado.

35 35 ORÇAMENTO EMPRESARIAL BALANÇO PATRIMONIAL PROJETADO ATIVOPASSIVO Circulante Caixa (Tabela 3.11)10.565,50 Fornecedores (Tabela 3.10)20.500,00 Aplicação Financeira (Tabela 11)20.000,00 Salários a Pagar Contas a Receber (Tabela 3.9) ,00 Imposto de Renda e Cont.Social a Recolher (Tabela 3.8) 8.150,40 Estoque Impostos a Recolher (Tabela 3.1 e 3.8)64.000,00 Matéria-Prima (Tabela 3.3)4.550,00 Empréstimos e Financiamentos80.000,00 Produtos Acabados (Tabela 3.2)20.592,00 Outras Contas a Pagar600,00 Exigível a Longo Prazo Realizável a Longo Prazo Empréstimos e Financiamento20.000,00 Contas a Receber1.000,00 PermanentePatrimônio Líquido Investimentos Capital Social ,00 Participações Outras Empresas800,00 Lucros Acumulados59.757,10 Imobilizado Terreno ,00 Imóvel90.000,00 Veículos (Tabela 11)35.000,00 Máquinas e Equipamentos25.000,00 (–) Depreciação Acumulada(7.500,00) Diferido Pesquisa e Desenvolvimento5.000,00 Total do Ativo ,50Total do Passivo ,50

36 36 ORÇAMENTO EMPRESARIAL Orçamento de Vendas Orçamento de Fabricação Orçamento do Estoque Final Orçamento dos Custos da MP Orçamento dos Custos da MOD Orçamento do CIF Orçamento do Custo Produtos Vendidos Orçamento dos Custos de Projeto/P&D Orçamento dos Custos de Marketing Orçamento dos Custos de Distribuição Orçamento dos Custos-Serviços Cliente Orçamento dos Custos Administrativos Projeção do Demonstrativo de Resultado Projeção do Balanço Patrimonial Projeção do Fluxo de Caixa Orçamento de Caixa Orçamento de Capital Orçamento Financeiro Orçamento Operacional Estimativas das entradas de caixa; e Estimativas das saídas de caixa.

37 37 AREAS DE INFORMAÇÃO DA ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Avaliação e comunicação ao investidor Planejamento operacional Tomada de decisão do dia-a-dia Desenvolvimento da estratégia, análise de investimento: estrutura de capital, planejamento e financiamento Avaliação de desempenho e incentivos MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL AVALIAÇÃO DO PROCESSO ORÇAMENTÁRIO

38 38 Análise das Demonstrações Contábeis ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL

39 39 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 1.1 Liquidez Imediata Disponível Passivo circulante 1.2 Liquidez CorrenteAtivo circulante Passivo circulante 1.3 Liquidez Seca AC – Estoques Passivo circulante 1.4 Liquidez GeralAtivo circulante + R.L.P. Passivo circulante + E.L.P. 2.1 Participação Capital de Terceiros______ Exigível total X 100_____ Exigível total + Patrimônio líquido 2.2 Composição do Endividamento Passivo circulante X 100 Exigível total INDICADORESFÓRMULAS MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL

40 40 ANÁLISE DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 3.2 Rotação dos Estoques Custo das mercadorias vendidas Estoque de mercadorias 3.3 Prazo Médio de Contas a Receber Contas a receber x 360 Receita Bruta 3.4 Prazo Médio de Fornecedores Fornecedores x 360 Compras 4.1. Margem de Lucro sobre as VendasResultado operacional Receita líquida 4.2. Giro do Ativo Operacional__Receita líquida__ Ativo operacional 4.3. Retorno sobre Investimento (ROI)Margem Operacional X Giro do Ativo Operacional (4.1x 4.2) X Valor Econômico Agregado (EVA)EVA= Resultado operacional – (Patrimônio líquido x CMPC*) MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL

41 41 Geralmente, existe nas empresas um abismo muito grande entre sistema de gestão e a remuneração de gestores e empregados. MANUAL DE ORÇAMENTO CAP. 3 – ORÇAMENTO EMPRESARIAL PLANO DE REMUNERAÇÃO VARIÁVEL Na participação nos lucros, gestores e empregados recebem bonificações vinculadas aos resultados financeiros. A remuneração variável através de indicadores financeiros é prática comum em muitas empresas. A remuneração por resultados costuma utilizar fórmulas ligando indicadores, metas e resultados a prêmios ou aumentos de salários. Ela está necessariamente atrelada a práticas de gestão participativa.


Carregar ppt "1 MANUAL DE ORÇAMENTO PROF. JOSÉ CORREIA. 2 Beyond Budgeting Orçamento por Atividades Orçamento Flexível Orçamento de Base Zero Orçamento Contínuo Orçamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google