A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fundos de Investimentos 1.Um fundo de investimento com administração ativa tem como característica: a) seu objetivo é acompanhar o benchmark; b) seu objetivo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fundos de Investimentos 1.Um fundo de investimento com administração ativa tem como característica: a) seu objetivo é acompanhar o benchmark; b) seu objetivo."— Transcrição da apresentação:

1 Fundos de Investimentos 1.Um fundo de investimento com administração ativa tem como característica: a) seu objetivo é acompanhar o benchmark; b) seu objetivo é superar o benchmark; c) não perder para o CDI d) não permitir rentabilidade negativa.

2 Fundos de Investimentos 1.Um fundo de investimento com administração ativa tem como característica: a) seu objetivo é acompanhar o benchmark – isto é objetivo de fundo passivo b) seu objetivo é superar o benchmark; c) não perder para o CDI – CDI é para ser referência de fundo DI ou benchmark apenas para renda fixa, não para ações. Linguagem coloquial d) não permitir rentabilidade negativa – Nenhum fundo dá esta garantia. Nos fundos vem escrito que a rentabilidade deste fundo pode ser negativa. -Benchmark, comparação entre desempenho de um fundo e referencial. CDI, SELIC para Renda Fixa, IBOVESP para ações, Dólar para fundos cambiais. -Outros benchmarkings de bolsa de valores são, IBRx50, IBRx100, Smal, ISE, Índice de Energia Elétrica.

3 Fundos de Investimentos Um fundo que tem como benchmark a PTAX, rendeu no mês de março passado 0,43%. Estamos falando provavelmente de um fundo: a) cambial; b) DI; c) De ações; d) Multimercado.

4 Fundos de Investimentos Um fundo que tem como benchmark a PTAX, rendeu no mês de março passado 0,43%. Estamos falando provavelmente de um fundo: a) cambial; b) DI; benchmark DI c) De ações; benchmark Ibovespa d) Multimercado. benchmark DI PTAX é a taxa de câmbio, ou seja a variação do dólar frente ao real. Calculada com a variação do dólar do dia anterior. Se dizemos que o dólar caiu 2% hoje, a PTAX de amanhã é -2%.

5 Fundos de Investimentos A Sra. Andrade recebeu uma indenização de R$ ,00. Fez o depósito em conta-corrente e solicitou a aplicação dos recursos, da seguinte maneira: 25% em renda fixa, 15% em PGBL, 10% em fundo multimercado com alavancagem e 50% em fundo de ações. Como gerente da conta da Sra. Andrade, que medidas você deve tomar? a) Checar a origem dos recursos junto à cliente, guardar registro na própria instituição, sujeita à verificação posterior do Banco Central e, a seguir, assegurar-se junto a Sra. Andrade sobre seu horizonte de prazo, objetivos, idade e necessidade de liquidez. b) Atualizar o cadastro e verificar com a Sra. Andrade seu horizonte de prazo, objetivos idade e número de filhos. c) Informar imediatamente ao Banco Central sobre o depósito, checar a origem dos recursos junto à cliente, recusar o investimento em PGBL e atualizar o cadastro. d) Fazer uma visita pessoal a Sra. Andrade, informar ao Banco Central imediatamente sobre o depósito e recusar o investimento em fundo de ações.

6 Fundos de Investimentos A Sra. Andrade recebeu uma indenização de R$ ,00. Fez o depósito em conta-corrente e solicitou a aplicação dos recursos, da seguinte maneira: 25% em renda fixa, 15% em PGBL, 10% em fundo multimercado com alavancagem e 50% em fundo de ações. Como gerente da conta da Sra. Andrade, que medidas você deve tomar? a) Checar a origem dos recursos junto à cliente, guardar registro na própria instituição, sujeita à verificação posterior do Banco Central e, a seguir, assegurar-se junto a Sra. Andrade sobre seu horizonte de prazo, objetivos, idade e necessidade de liquidez. b) Atualizar o cadastro (atitude correta, mas incompleta) e verificar com a Sra. Andrade seu horizonte de prazo, objetivos idade e número de filhos. Não é só atualizar o cadastro, tem que verificar a origem do recurso. O resto está certo. Atualizar cadastro é parte da checagem de recursos. c) Informar imediatamente ao Banco Central sobre o depósito, checar a origem dos recursos junto à cliente, recusar o investimento em PGBL e atualizar o cadastro. Não tem que recusar o investimento, o resto está certo d) Fazer uma visita pessoal a Sra. Andrade, informar ao Banco Central imediatamente sobre o depósito e recusar o investimento em fundo de ações. Não tem que recusar o investimento, mas sim analisar se ele é correto para o cliente. O resto está correto

7 Fundos de Investimentos Ainda quanto ao caso da Sra. Andrade: após conversar com a cliente, você é informado que ela tem 55 anos, um filho cursando a Universidade e, dado o seu histórico, possui investimentos bastante conservadores. Você: a) aconselha a cliente a rever seus percentuais de portfólio, concentrando 40% dos recursos em fundo multimercado com alavancagem, 10% em fundo de ações e 50% em renda fixa; b) aconselha a cliente a rever seus percentuais de portfólio, concentrando 50% em PGBL e 40% em renda fixa e apenas 10% em renda variável, afinal o perfil da cliente é conservador e ela tem um filho que ainda estuda; c) nenhuma das anteriores. A cliente é conservadora, portanto não tolera riscos inerentes a fundo de ações e nem a fundo multimercado; d) nenhuma das anteriores. Você precisa de mais informações para fazer a adequação do investimento e/ou a readequação da carteira ao perfil da cliente.

8 Fundos de Investimentos Ainda quanto ao caso da Sra. Andrade: após conversar com a cliente, você é informado que ela tem 55 anos, um filho cursando a Universidade e, dado o seu histórico, possui investimentos bastante conservadores. Você: a) aconselha a cliente a rever seus percentuais de portfólio, concentrando 40% dos recursos em fundo multimercado com alavancagem, 10% em fundo de ações e 50% em renda fixa; b) aconselha a cliente a rever seus percentuais de portfólio, concentrando 50% em PGBL e 40% em renda fixa e apenas 10% em renda variável, afinal o perfil da cliente é conservador e ela tem um filho que ainda estuda; A aplicação é conservadora, mas o PGBL é para longo prazo e ela com 55 anos sem filho não pode ter aplicações de tão longo prazo (20 anos) c) nenhuma das anteriores. A cliente é conservadora, portanto não tolera riscos inerentes a fundo de ações e nem a fundo multimercado; Multimercado pode ser conservador. d) nenhuma das anteriores. Você precisa de mais informações para fazer a adequação do investimento e/ou a readequação da carteira ao perfil da cliente. Sempre é possível ter mais informações, mas as informações são suficientes Foi escolhido a alternativa que deixa a maior parte do capital de forma conservadora, sem longo prazo visto sua falta de necessidade de uma previdência PGBL. Previdência é para aposentadoria ou educação. Ela não precisa de nenhum dos dois.

9 Fundos de Investimentos Pode-se apontar como uma das vantagens de um fundo exclusivo: a) Não há regulamento. b) Não cobra taxa de administração. c) Não há incidência de tributos na fonte, ou seja, a tributação é feita apenas na declaração anual. d) Nenhuma das alternativas acima está correta.

10 Fundos de Investimentos Pode-se apontar como uma das vantagens de um fundo exclusivo: a) Não há regulamento. Há regulamento, gestor e administrador, como um fundo normal. b) Não cobra taxa de administração. Se tem gente trabalhando, estas pessoas serão pagas. c) Não há incidência de tributos na fonte, ou seja, a tributação é feita apenas na declaração anual. Não, existe tributos na fonte, mas, permite ao investidor trocar de posição sem pagar impostos d) Nenhuma das alternativas acima está correta. Existe uma vantagem que o fundo não precisa pagar imposto quando troca de posição, como faz o investidor se investir sem o apoio de um fundo exclusivo.

11 Fundos de Investimentos Com relação à tributação de fundos de investimento, assinale a afirmação INCORRETA: a) Fundos de curto prazo terão come-cotas semestral de 25% dos rendimentos. b) Fundos de longo prazo terão come-cotas semestral de 15% dos rendimentos. c) A alíquota de tributação para fundos de curto prazo é de 22,5% sobre rendimentos com até 6 meses e 20% sobre rendimentos acima de 6 meses. d) O acerto de alíquotas tanto para fundos de curto prazo como para fundos de longo prazo é sempre no momento do resgate.

12 Fundos de Investimentos Com relação à tributação de fundos de investimento, assinale a afirmação INCORRETA: a) Fundos de curto prazo terão come-cotas semestral de 25% dos rendimentos. b) Fundos de longo prazo terão come-cotas semestral de 15% dos rendimentos. Correto, esta é a menor alíquota para FLP c) A alíquota de tributação para fundos de curto prazo é de 22,5% sobre rendimentos com até 6 meses e 20% sobre rendimentos acima de 6 meses. Correto, até 6 meses é 22,5% depois baixa 2,5 P.P a cada 6 meses. O fundo de CP não pode passar de um ano, portanto, será de no mínimo 20% d) O acerto de alíquotas tanto para fundos de curto prazo como para fundos de longo prazo é sempre no momento do resgate. Correto, por isso o come cotas cobra o mínimo. Tributação de RF, não importa o prazo, começa com 22,5% para menos de 6 meses e cai 2,5% a cada 6 meses, chegando a 15% no final. Ações é de 15%. É um fundo de ações fundos com mais de 50% do capital investido em ações.

13 Fundos de Investimentos Os fundos de investimento: a) podem ser considerados um produto de ativo; b) usam o CNPJ do banco; c) são um condomínio de pessoa com objetivo comum de investimento; d) são fiscalizados pela ANBIMA.

14 Fundos de Investimentos Os fundos de investimento: a) podem ser considerados um produto de ativo; Não, são um produto de passivo, quando o banco empresta é que é ativo b) usam o CNPJ do banco;Não, tem CNPJ próprio. Podem funcionar independente do banco c) são um condomínio de pessoa com objetivo comum de investimento; d) são fiscalizados pela ANBIMA. Só das entidades membros da ANBIMA são fiscalizados pela ANBIMA, os outros não, são fiscalizados pela CVM. Se os cotistas quiserem, o fundo que foi aberto pelo Itaú pode ser administrado e gerido pelo Bradesco. Os fundos são independentes do banco. O administrador é remunerado pela taxa de administração.

15 Fundos de Investimentos Os fundos de investimentos são fiscalizados: a) pelo Banco Central e CVM, dependendo do tipo; b) pela CVM; c) pela CVM em conjunto com a ANBIMA; d) pela ANBIMA e o Banco Central.

16 Fundos de Investimentos Os fundos de investimentos são fiscalizados: a) pelo Banco Central e CVM, dependendo do tipo; b) pela CVM; c) pela CVM em conjunto com a ANBIMA; d) pela ANBIMA e o Banco Central. Fundo é um título e que não pertence a um banco comercial nem ao governo, portanto, pertence a fiscalização da CVM. O fundo compra títulos referentes a CVM.

17 Fundos de Investimentos Um gerente vem acompanhando a rentabilidade de um fundo de ações mensalmente e notou que esse fundo rende sempre entre 0,10 a 0,15 pontos percentuais a menos que o Ibovespa. Esse fundo: a) é provavelmente um fundo de ações ativo em Ibovespa; b) é provavelmente um fundo de ações passivo em Ibovespa; c) é provavelmente um fundo de ações neutro; d) é provavelmente um fundo que tem em sua carteira no mínimo 51% em ações da Petrobrás.

18 Fundos de Investimentos Um gerente vem acompanhando a rentabilidade de um fundo de ações mensalmente e notou que esse fundo rende sempre entre 0,10 a 0,15 pontos percentuais a menos que o Ibovespa. Esse fundo: a) é provavelmente um fundo de ações ativo em Ibovespa; b) é provavelmente um fundo de ações passivo em Ibovespa; c) é provavelmente um fundo de ações neutro; d) é provavelmente um fundo que tem em sua carteira no mínimo 51% em ações da Petrobrás. Fundos passivos normalmente rendem um pouco a menos que o benchmark

19 Fundos de Investimentos O termo Chinese Wall se refere à: a) separação entre fundos e clubes de investimento; b) separação de funções entre gestor e administrador; c) separação de funções entre administrador de recursos de terceiros; d) separação de funções entre gestor e custodiante.

20 Fundos de Investimentos O termo Chinese Wall se refere à: a) separação entre fundos e clubes de investimento; b) separação de funções entre gestor e administrador; c) separação de funções entre administrador de recursos de terceiros; d) separação de funções entre gestor e custodiante. Objetivo é que o banco não use os recursos do fundo a seu favor, por exemplo, o fundo compre ações que o banco quer vender.

21 Fundos de Investimentos Com relação ao texto a rentabilidade obtida no passado não é garantia de resultados futuros, pode-se afirmar que: a) o texto nem sempre é verdade, pois há fundos conservadores que constantemente replicam sua rentabilidade; b) ele deve vir em destaque no regulamento do fundo; c) trata-se de um excesso de zelo do administrador do fundo apenas; d) ele deve vir em todo material de divulgação de informação sobre o fundo para o investidor.

22 Fundos de Investimentos Com relação ao texto a rentabilidade obtida no passado não é garantia de resultados futuros, pode-se afirmar que: a) o texto nem sempre é verdade, pois há fundos conservadores que constantemente replicam sua rentabilidade; A ANBIMA não vai mandar divulgar uma frase que nem sempre é verdade b) ele deve vir em destaque no regulamento do fundo; Em todo material deve vir em destaque c) trata-se de um excesso de zelo do administrador do fundo apenas; É uma exigência d) ele deve vir em todo material de divulgação de informação sobre o fundo para o investidor. É comum o investidor aplicar pela rentabilidade passada e ele deve aplicar pela expectativa de rentabilidade futura. Um fundo pode estar com alta rentabilidade e mau posicionado e não manter os bônus resultados, principalmente os que trabalham com alavancagem e hedge

23 Fundos de Investimentos A precificação das ações num fundo de ações se dá: a) pelo seu preço de fechamento; b) pelo seu preço médio; c) pelo preço mais negociado no dia; d) pela mediana dos preços negociados no dia.

24 Fundos de Investimentos A precificação das ações num fundo de ações se dá: a) pelo seu preço de fechamento; b) pelo seu preço médio; c) pelo preço mais negociado no dia; d) pela mediana dos preços negociados no dia. Os resgates são feitos por dia, não por hora. Se fosse no final do dia e a ação subisse, o administrador teria perdas, pois teve que negociar a ação durante o dia, na medida em que as solicitações de resgate e aplicação são feitas. Visa proteger o fundo contra variações bruscas em determinadas horas do dia.

25 Fundos de Investimentos Para que um fundo de investimento não seja tributado pelo come-cotas, é necessário que sua carteira seja composta por: a) 100% dos títulos públicos prefixados; b) no mínimo 80% em títulos públicos federais e no máximo 20% em ações; c) no mínimo 67% em ações no mercado a vista; d) no mínimo 51% em ações.

26 Fundos de Investimentos Para que um fundo de investimento não seja tributado pelo come-cotas, é necessário que sua carteira seja composta por: a) 100% dos títulos públicos prefixados; b) no mínimo 80% em títulos públicos federais e no máximo 20% em ações; c) no mínimo 67% em ações no mercado a vista; d) no mínimo 51% em ações. Não é fundo de ações, pode ser multimercado. Fundos de ações tem que ter 67% em ações. Menos que isso pode ser multimercado

27 Fundos de Investimentos Segundo a classificação de fundos da ANBIMA, um fundo é considerado alavancado quando: a) a carteira do fundo é formada por títulos de renda fixa com elevado risco de crédito; b) existe a chance de que se perca mais que o patrimônio líquido do fundo; c) o fundo opera com derivativos; d) quando a própria instituição financeira administradora do fundo coloca recursos próprios nestes fundos.

28 Fundos de Investimentos Segundo a classificação de fundos da ANBIMA, um fundo é considerado alavancado quando: a) a carteira do fundo é formada por títulos de renda fixa com elevado risco de crédito; b) existe a chance de que se perca mais que o patrimônio líquido do fundo; c) o fundo opera com derivativos; Se opera com derivativos, mas sem alavancagem, por exemplo, compra de opções não é uma alavancagem. d) quando a própria instituição financeira administradora do fundo coloca recursos próprios nestes fundos. Um fundo alavancado aplica dinheiro que não tem, por isso, pode perder mais do que tudo que os cotistas aplicaram. São, por exemplo, operações a descoberto, swaps e mercado de futuros.

29 Fundos de Investimentos Durante muitos anos, o mercado entendia que um fundo de renda fixa deveria sempre ter variação positiva. Entretanto, devido à metodologia de marcação de um título a mercado, este entendimento finalmente ficou mais claro. Hoje, o mercado compreende que o rendimento de um título de renda fixa nem sempre é positivo. Isso é reflexo do seguinte fato: a) Quando a taxa de juros de mercado cai, o rendimento do título também cai. b) A correlação entre a taxa de juros e rendimento de um título é sempre negativa. c) Se a taxa de juros de mercado sobe, o preço de mercado de um ativo de renda fixa deve cair e vice-versa. d) Se a taxa de juros de mercado cai, o preço de mercado de um ativo de renda fixa deve cair e vice-versa.

30 Fundos de Investimentos Durante muitos anos, o mercado entendia que um fundo de renda fixa deveria sempre ter variação positiva. Entretanto, devido à metodologia de marcação de um título a mercado, este entendimento finalmente ficou mais claro. Hoje, o mercado compreende que o rendimento de um título de renda fixa nem sempre é positivo. Isso é reflexo do seguinte fato: a) Quando a taxa de juros de mercado cai, o rendimento do título também cai. b) A correlação entre a taxa de juros e rendimento de um título é sempre negativa. c) Se a taxa de juros de mercado sobe, o preço de mercado de um ativo de renda fixa deve cair e vice-versa. d) Se a taxa de juros de mercado cai, o preço de mercado de um ativo de renda fixa deve cair e vice-versa. Se a taxa de juros sobe de 10% para 11%, um título que paga 15% de juros vale menos, pois agora eu quero receber 11% e não mais 10% e para este título de renda fixa render 11%, ele tem que ser mais barato que para render 10%.

31 Fundos de Investimentos A diferença básica entre um fundo de ações fechado e um aberto é que: a) o primeiro pode alavancar e o segundo não; b) o primeiro permite a cobrança da taxa de performance e o segundo não; c) não há resgate de cotas no primeiro; d) no primeiro só é aceito investidores com maior informação técnica sobre o mercado acionário.

32 Fundos de Investimentos A diferença básica entre um fundo de ações fechado e um aberto é que: a) o primeiro pode alavancar e o segundo não; b) o primeiro permite a cobrança da taxa de performance e o segundo não; c) não há resgate de cotas no primeiro; d) no primeiro só é aceito investidores com maior informação técnica sobre o mercado acionário. Fundos fechados não tem liquidez como nos fundos abertos, normalmente comercializados

33 Fundos de Investimentos Se um investidor pedir resgate de um fundo que trabalha com cota de abertura, num determinado dia em que as taxas de juros no mercado subiram, acarretando na desvalorização de vários títulos da carteira deste fundo, pode-se dizer que este investidor: a) sairá beneficiado, às custas dos outros cotistas; b) sairá prejudicado, beneficiando os outros cotistas; c) não sairá prejudicado nem beneficiado; d) sairá beneficiado, às custas do administrador

34 Fundos de Investimentos Se um investidor pedir resgate de um fundo que trabalha com cota de abertura, num determinado dia em que as taxas de juros no mercado subiram, acarretando na desvalorização de vários títulos da carteira deste fundo, pode-se dizer que este investidor: a) sairá beneficiado, às custas dos outros cotistas; Não, os outros cotistas serão remunerados pelo preço médio. b) sairá prejudicado, beneficiando os outros cotistas; c) não sairá prejudicado nem beneficiado; d) sairá beneficiado, às custas do administrador Só lembrar que foram criadas leis para proteger o cotista

35 Fundos de Investimentos Um investidor procura um fundo de renda fixa que trabalhe com cota de abertura. Este investidor: a) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo for de longo prazo; b) não terá dificuldade, pois todos os fundos do tipo renda fica podem trabalhar com cota de abertura; c) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo não for de longo prazo; d) não conseguirá encontrar um fundo deste tipo, pois fundos do tipo renda fixa somente podem trabalhar com cota de fechamento.

36 Fundos de Investimentos Um investidor procura um fundo de renda fixa que trabalhe com cota de abertura. Este investidor: a) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo for de longo prazo; b) não terá dificuldade, pois todos os fundos do tipo renda fica podem trabalhar com cota de abertura; c) somente encontrará fundos do tipo renda fixa com cota de abertura se o fundo não for de longo prazo; d) não conseguirá encontrar um fundo deste tipo, pois fundos do tipo renda fixa somente podem trabalhar com cota de fechamento. Apenas fundos de curto prazo e referenciados DI podem trabalhar com cota de abertura. Outros fundos podem ter oscilações durante o dia, fazendo com que o administrador tenha que honrar perdas.

37 Fundos de Investimentos Ao receber o prospecto de um fundo no qual tencionava aplicar, o Sr. Agenor assustou-se com os dizeres que vinham logo na sua capa. O primeiro parágrafo tirava a responsabilidade da CVM, do Banco Central e a ANBIMA, com relação às informações do prospecto e sobre a qualidade do administrador. O segundo dizia que o fundo poderia perder tanto dinheiro, que o cotista poderia ser chamado a colocar recursos adicionais no fundo. Os três seguintes diziam que os sistemas de gerenciamento de riscos não garantiam nada, que o fundo não tinha garantia do Fundo Garantidor de Créditos e que a rentabilidade obtida no passado não era garantia de rentabilidade futura. Depois de tudo, ainda acrescentou, no último parágrafo, e sempre em letras maiúsculas, que a leitura do prospecto não era suficiente e que o investidor teria que ler o regulamento do fundo também. O gerente da conta do Sr. Agenor quase o perdeu como cliente por causa desses dizeres. Ao reclamar com a área de 17 Asset Management, onde todos os analistas, gerentes e diretores eram certificados pela ANBIMA, qual a resposta correta que o gerente obteve?

38 Fundos de Investimentos a) Realmente é um exagero colocar tudo isso, mas precisamos nos precaver contra prováveis perdas e ações judiciais. b) Para lhe dizer a verdade, nem colocamos tudo o que era obrigatório segundo o Código da ANBIMA, pois sabíamos que espantariam os clientes mais conservadores. c) Colocamos apenas o que é requerido segundo o Código da ANBIMA, não faltando nenhum esclarecimento extra. d) Trata-se de uma formalidade requerida pela nossa área de Compliance apenas, não sendo requerido pela ANBIMA.

39 Fundos de Investimentos a) Realmente é um exagero colocar tudo isso, mas precisamos nos precaver contra prováveis perdas e ações judiciais. b) Para lhe dizer a verdade, nem colocamos tudo o que era obrigatório segundo o Código da ANBIMA, pois sabíamos que espantariam os clientes mais conservadores. c) Colocamos apenas o que é requerido segundo o Código da ANBIMA, não faltando nenhum esclarecimento extra. d) Trata-se de uma formalidade requerida pela nossa área de Compliance apenas, não sendo requerido pela ANBIMA.

40 Fundos de Investimentos Qual das alternativas abaixo caracteriza um instrumento de renda fixa prefixada a) O conhecimento do valor de resgate do ativo em qualquer data. b) O preço de resgate fixo, qualquer que seja o prazo de vencimento do ativo. c) A taxa de juros de remuneração do ativo, recebida no vencimento da aplicação. d) O conhecimento do valor do cupom de juros em qualquer data.

41 Fundos de Investimentos Qual das alternativas abaixo caracteriza um instrumento de renda fixa prefixada a) O conhecimento do valor de resgate do ativo em qualquer data. Pode variar., só se sabe quanto será o resgate no vencimento b) O preço de resgate fixo, qualquer que seja o prazo de vencimento do ativo. Pode variar, depende se tem algum indexador, como IGPM c) A taxa de juros de remuneração do ativo, recebida no vencimento da aplicação. d) O conhecimento do valor do cupom de juros em qualquer data. Pode variar, depende do indexador. Cupom de juros é o valor que será recebido, por exemplo R$ 100,00 todo em dezembro 2010

42 Fundos de Investimentos Dentre os documentos abaixo, qual deles permite ao investidor tomar ciência dos riscos de um fundo? a) Regulamento. b) Termo de Adesão. c) Lâmina. d) Prospecto.

43 Fundos de Investimentos Dentre os documentos abaixo, qual deles permite ao investidor tomar ciência dos riscos de um fundo? a) Regulamento. Não fala de risco, fala das regras b) Termo de Adesão. Apenas diz que o cliente tem ciência e leu o prospecto c) Lâmina. É uma propaganda, não regulamentada pela ANBIMA d) Prospecto.

44 Fundos de Investimentos No material informativo sobre a rentabilidade dos fundos de investimentos, os bancos costumam divulgar alguns índices de referência, como, por exemplo, o CDI, que significa: a) a taxa DI-Over, extra-grupo, que é o resultado da média aritmética das operações no mercado de CDI, considerando apenas as transações entre instituições que pertencem a diferente grupos; b) a taxa DI-Over, que é o resultado da média ponderada das operações no mercado de CDI, considerando todas as transações realizadas neste mercado; c) a taxa DI-Over, extra-grupo, que é o resultado da média ponderada das operações no mercado de CDI, realizadas apenas entre instituições que pertencem a diferentes grupos financeiros; d) a taxa DI-Over, que é a média ponderada das transações realizadas entre as trinta maiores instituições financeiras.

45 Fundos de Investimentos No material informativo sobre a rentabilidade dos fundos de investimentos, os bancos costumam divulgar alguns índices de referência, como, por exemplo, o CDI, que significa: a) a taxa DI-Over, extra-grupo, que é o resultado da média aritmética das operações no mercado de CDI, considerando apenas as transações entre instituições que pertencem a diferente grupos; b) a taxa DI-Over, que é o resultado da média ponderada das operações no mercado de CDI, considerando todas as transações realizadas neste mercado; c) a taxa DI-Over, extra-grupo, que é o resultado da média ponderada das operações no mercado de CDI, realizadas apenas entre instituições que pertencem a diferentes grupos financeiros; d) a taxa DI-Over, que é a média ponderada das transações realizadas entre as trinta maiores instituições financeiras. Analisar a mais completa de preocupações

46 Fundos de Investimentos O Imposto de Renda sobre aplicações financeiras incide sobre o rendimento: a) sempre antes da incidência do IOF; b) sempre que houver lucro, mas antes da incidência de IOF; c) Sempre que houver lucro, mas após a incidência de IOF; d) Sempre que houver lucro, mas somente no vencimento, independente do tipo de aplicação.

47 Fundos de Investimentos O Imposto de Renda sobre aplicações financeiras incide sobre o rendimento: a) sempre antes da incidência do IOF; b) sempre que houver lucro, mas antes da incidência de IOF; Se acontecer, o investidor pode perder dinheiro, pois o IOF é regressivo e relativo ao prazo aplicado c) Sempre que houver lucro, mas após a incidência de IOF; d) Sempre que houver lucro, mas somente no vencimento, independente do tipo de aplicação. Não, tem o come cotas que tira as cotas

48

49 Qual dos fundos acima é um fundo de investimento em cotas de fundo de investimento? a) A b) B. c) C. d) E.

50 Qual dos fundos acima é um fundo de investimento em cotas de fundo de investimento? a) A b) B. c) C. d) E. Aplica em cotas de fundo de investimentos da própria instituição.

51 Com relação ao fundo C, pode-se afirmar que: a) ele deve ser um fundo Renda Fixa ativo; b) ele deve ser um fundo multimercado com renda variável e com alavancagem; c) ele deve ser um fundo de ações, uma vez que tem ações na carteira; d) ele deve ser um fundo que só aceita Investidores Qualificados, uma vez que faz operações de risco com derivativos.

52 Com relação ao fundo C, pode-se afirmar que: a) ele deve ser um fundo Renda Fixa; b) ele deve ser um fundo multimercado com renda variável e com alavancagem; Não tem derivativos nem renda variável c) ele deve ser um fundo de ações, uma vez que tem ações na carteira; Não tem renda variável d) ele deve ser um fundo que só aceita Investidores Qualificados, uma vez que faz operações de risco com derivativos. Não tem derivativos Um fundo que busca superar o CDI ó pode ser multimercado, renda fixa ativo ou DI ativo. Multimercado opera com vários títulos. Renda fixa tem títulos de renda fixa. Este fundo tem títulos pós fixados com referência ao DI. Compromissada é similar ao CDB com maior rentabilidade. Este fundo tenta superar o DI com compromissada e CDB do BB, porém correndo praticamente apenas risco de mercado.

53 Com relação ao fundo A, pode-se afirmar que: a) ele é um fundo agressivo; b) ele deve ser um fundo de ações ativo, sem alavancagem, com investimento mínimo de R$ 5.000,00; c) ele deve ser um fundo de ações ativo, sem alavancagem; d) ele deve ser um fundo balanceado.

54 Com relação ao fundo A, pode-se afirmar que: a) ele é um fundo agressivo; isso não existe. Fundo agressivo e conservador são argumentos de venda e nome e não classificação de fundo b) ele deve ser um fundo de ações ativo, sem alavancagem, com investimento mínimo de R$ 5.000,00; não dá para saber o investimento mínimo. c) ele deve ser um fundo de ações ativo, sem alavancagem; d) ele deve ser um fundo balanceado. Este é um fundo que tem liberdade de ação quase total, podendo alterar sua estratégia de aplicação livremente no curto prazo. Multimercado, tem um percentual máximo de exposição ao risco e pode ser comparado ao CDI Balanceado, não tem percentual máximo de exposição ao risco e não pode ser comprado. Não tem alavancagem, pois teria que ter algo em derivativos, futuro, opções, etc..

55 Qual dos fundos parece ser um fundo referenciado? a) A. b) B. c) C. d) D.

56 Qual dos fundos parece ser um fundo referenciado? a) A. ações sem alavancagem b) B. c) C. Renda Fixa ativo d) D. ações com alavancagem Referenciado busca acompanhar o DI, sem colocar em risco o investidor

57 Qual dos fundos é um fundo que só aceita Investidores Qualificados como cotistas? a) A. b) B. c) C. d) D.

58 Qual dos fundos é um fundo que só aceita Investidores Qualificados como cotistas? a) A. b) B. c) C. d) D. Fundos que operam com mercado futuro da BM&F com operações de dívida externa só podem receber aplicações de investidores qualificados. Mercado futuro, termo, swap só pode ter investimento de investidores qualificados (mais de R$ 300 mil aplicados no mercado)

59 O cálculo da TR tem por base: a) a rentabilidade dos CDB e RDB negociados pelos 30 maiores bancos e a TJLP; b) a TBF mais a aplicação de um redutor; c) a rentabilidade dos CDB e RDB pós-fixados negociados pelas 30 maiores instituições financeiras do país; d) a rentabilidade dos CDB e RDB com prazo de 30 dias, negociados pelo mercado.

60 O cálculo da TR tem por base: a) a rentabilidade dos CDB e RDB negociados pelos 30 maiores bancos e a TJLP; b) a TBF mais a aplicação de um redutor; c) a rentabilidade dos CDB e RDB pós-fixados negociados pelas 30 maiores instituições financeiras do país; d) a rentabilidade dos CDB e RDB com prazo de 30 dias, negociados pelo mercado.

61 O cálculo da TR tem por base: a) a rentabilidade dos CDB e RDB negociados pelos 30 maiores bancos e a TJLP; rentabilidade de CDBs e RDBs pré fixados é a TBF. A TJLP é divulgada pelo governo e não entra nesta conta. b) a TBF mais a aplicação de um redutor; c) a rentabilidade dos CDB e RDB pós-fixados negociados pelas 30 maiores instituições financeiras do país; são CDBs pré fixados, não pós fixados d) a rentabilidade dos CDB e RDB com prazo de 30 dias, negociados pelo mercado. Este é o calculo correto da TBF, a TR tem ainda um redutor. A TBF é calculada pelos CDBs e RDBs pré fixados de 30 a 35 dias corridos das 30 maiores instituições financeiras. A TR tem um redutor. A TJLP é definida pelo governo, baseada na meta de inflação. Serve para corrigir a inflação antecipadamente.

62 Fundos de Investimentos Rogério tem aplicação em um fundo de renda fixa no Banco Alameda, que acabou de anunciar que está em liquidação judicial. Ele fica muito nervoso, temendo que vá perder todo seu dinheiro aplicado no fundo. Seu gerente o acalma, dizendo que, uma vez que sua aplicação era de R$ ,00, que ele está garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). O gerente está: a) errado, pois o fundo de investimento não conta com a garantia do FGC; b) certo, pois qualquer aplicação no banco conta com a garantia do FGC; c) errado, pois o FGC só garante até R$ 6.000,00; d) certo, pois o FGC garante qualquer investimento até R$ ,00.

63 Fundos de Investimentos Rogério tem aplicação em um fundo de renda fixa no Banco Alameda, que acabou de anunciar que está em liquidação judicial. Ele fica muito nervoso, temendo que vá perder todo seu dinheiro aplicado no fundo. Seu gerente o acalma, dizendo que, uma vez que sua aplicação era de R$ ,00, que ele está garantido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). O gerente está: a) errado, pois o fundo de investimento não conta com a garantia do FGC; b) certo, pois qualquer aplicação no banco conta com a garantia do FGC; c) errado, pois o FGC só garante até R$ 6.000,00; d) certo, pois o FGC garante qualquer investimento até R$ ,00. Apenas depósitos a vista (CC) e a prazo (CDB) são garantidos pelo FGC

64 Fundos de Investimentos O valor da cota do dia de um fundo de investimento é calculado da seguinte forma: a) Tendo por base o ativo total do fundo. b) Dividindo-se o valor do patrimônio líquido do fundo pelo seu total de cotas. c) Com base no preço de abertura dos ativos da carteira do fundo. d) Dividindo-se a soma da rentabilidade do fundo no dia pela quantidade de cotas do fundo.

65 Fundos de Investimentos O valor da cota do dia de um fundo de investimento é calculado da seguinte forma: a) Tendo por base o ativo total do fundo. b) Dividindo-se o valor do patrimônio líquido do fundo pelo seu total de cotas. c) Com base no preço de abertura dos ativos da carteira do fundo. d) Dividindo-se a soma da rentabilidade do fundo no dia pela quantidade de cotas do fundo. O patrimônio do fundo já contempla a rentabilidade, seja positiva ou negativa

66 Fundos de Investimentos A taxa de administração de um fundo de investimento a) Não será cobrada quando o fundo apresentar variação negativa da cota. b) Será cobrada diariamente, independente da variação da cota ser positiva ou negativa c) Será cobrada apenas quando o fundo exceder o benchmark estabelecido. d) Não será cobrada quando o fundo for destinado a investidor qualificado

67 Fundos de Investimentos A taxa de administração de um fundo de investimento a) Não será cobrada quando o fundo apresentar variação negativa da cota. É sempre cobrada b) Será cobrada diariamente, independente da variação da cota ser positiva ou negativa c) Será cobrada apenas quando o fundo exceder o benchmark estabelecido. Isso é taxa de performance d) Não será cobrada quando o fundo for destinado a investidor qualificado. Será também cobrada. Este é o salário fixo do fundo.

68 Fundos de Investimentos Para cobrança de taxa de performance de um fundo de ações, o benchmark e o ciclo de cobrança deverão ser, respectivamente a) CDI, semestral b) Ibovespa, semestral c) IGP-M, mensal d) Ibovespa, semestral

69 Fundos de Investimentos Para cobrança de taxa de performance de um fundo de ações, o benchmark e o ciclo de cobrança deverão ser, respectivamente a) CDI, semestral b) Ibovespa, semestral c) IGP-M, mensal d) Ibovespa, semestral Deve superar um becnhmark apropriado e ter um ciclo pelo menos semestral, ou seja, tem que compensar as perdas num mês no outro mês pelo menos, zerando as perdas de 6 em 6 meses.

70 Fundos de Investimentos Os cotistas respondem por um eventual patrimônio negativo do fundo de investimento. Essa afirmativa é a) Falsa b) Depende do tipo de fundo c) Verdadeira d) Verdadeira se fundo exclusivo para investidor qualificado.

71 Fundos de Investimentos Os cotistas respondem por um eventual patrimônio negativo do fundo de investimento. Essa afirmativa é a) Falsa - É verdadeiro. O investidor é o dono. b) Depende do tipo de fundo - É raro, mas fundos mais conservadores podem ter rentabilidade negativa. c) Verdadeira d) Verdadeira se fundo exclusivo para investidor qualificado. – Vale para todos os clientes. Por isso o investidor assina termo de adesão.

72 Fundos de Investimentos Os principais fatores de risco de um fundo de investimento classificado como sendo renda fixa, de acordo com a CVM são: I – taxa de juros II – Índice de preços III – taxa de câmbio Está correto o que se afirma em: a) I e II b) II e III c) I e III d) I, II e III

73 Fundos de Investimentos Os principais fatores de risco de um fundo de investimento classificado como sendo renda fixa, de acordo com a CVM são: I – taxa de juros – se aumenta, reduz o valor do título. II – Índice de preços - se aumenta, aumenta os juros. III – taxa de câmbio - renda fixa não pode estar vinculado em dólar. Está correto o que se afirma em: a) I e II b) II e III c) I e III d) I, II e III Trata-se do risco de mercado da renda fixa, aumento na taxa de juros reduz o valor do título. Renda fixa ainda pode ter risco de crédito e liquidez.

74 Fundos de Investimentos O investidor resgata seus recursos em um fundo que adota a conversão D+1 e prazo de pagamento D+4, isso significa que a cota da conversão é a data a) anterior a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a conversão. b) anterior a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a solicitação. c) Seguinte a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a conversão. d) Seguinte a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a solicitação.

75 Fundos de Investimentos O investidor resgata seus recursos em um fundo que adota a conversão D+1 e prazo de pagamento D+4, isso significa que a cota da conversão é a data a) anterior a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a conversão. b) anterior a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a solicitação. c) Seguinte a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a conversão. d) Seguinte a solicitação do resgate e o crédito 4 dias úteis após a solicitação. O prazo de pagamento começa a contar a partir da conversão.

76 Fundos de Investimentos Em uma situação de extrema iliquidez, o administrador do fundo de investimento aberto pode a) Transformar fundo em fechado, com resgate apenas na data do vencimento. b) Decidir quais investidores terão liquidez imediata. c) Suspender temporariamente os resgates de u fundo de investimento. d) Proporcionar liquidez ao fundo desde que o fundo compre títulos do próprio administrador.

77 Fundos de Investimentos Em uma situação de extrema iliquidez, o administrador do fundo de investimento aberto pode a) Transformar fundo em fechado, com resgate apenas na data do vencimento. Fundo aberto não tem data de vencimento b) Decidir quais investidores terão liquidez imediata. Direitos iguais c) Suspender temporariamente os resgates de u fundo de investimento. d) Proporcionar liquidez ao fundo desde que o fundo compre títulos do próprio administrador. O administrador não pode comprar títulos próprios, isso é contra a lei (chinese wall)

78 Fundos de Investimentos A entrega do prospecto do fundo de investimento ao investidor comum, cliente de agencia bancária, é obrigatória a) Somente nos casos de fundos fechados. b) Somente nos casos de fundos com carência c) Sempre que o investidor solicita. d) Sempre, qualquer que seja o tipo de fundo.

79 Fundos de Investimentos A entrega do prospecto do fundo de investimento ao investidor comum, cliente de agencia bancária, é obrigatória a) Somente nos casos de fundos fechados - todos os fundos tem prospecto b) Somente nos casos de fundos com carência - todos os fundos tem prospecto c) Sempre que o investidor solicita. – Nem sempre o cliente sabe que existe d) Sempre, qualquer que seja o tipo de fundo. A ANBIMA quer proteger o cliente, por isso deve-se entregar o prospecto mesmo que ele não queira. Só fundo exclusivo não precisa de prospecto, mas este também é para investidor qualificado, não de agencia.

80 Fundos de Investimentos A respeito do PIBB – Fundo Índice Brasil 50 I – É um fundo cujo o objetivo do investimento é acompanhar o IBrX-50 II – AS cotas são denominadas PIBBs e representam uma fração ideal do patrimônio do fundo. III – O fundo é constituído sob forma de condomínio aberto. É correto afirmar: a) I e III b) I e II c) II e III d) I, II e III

81 Fundos de Investimentos A respeito do PIBB – Fundo Índice Brasil 50 I – É um fundo cujo o objetivo do investimento é acompanhar o IBrX-50 – é um indicador similar ao IBOVESPA II – As cotas são denominadas PIBBs e representam uma fração ideal do patrimônio do fundo. – é um fundo, só que negociado na bolsa. III – O fundo é constituído sob forma de condomínio aberto. – correto, qualquer um pode participar. É correto afirmar: a) I e III b) I e II c) II e III d) I, II e III Uma cota é parecido com uma ação, negociada diretamente na bolsa. Somente acima de 200 mil cotas pode se converter o fundo em ações

82 Fundos de Investimentos O valor da cota é obtido mediante a) Patrimônio líquido do dia dividido pela quantidade de cotas do dia. b) patrimônio líquido dividido pela quantidade de cotistas do dia c) patrimônio líquido do dia anterior dividido pela quantidade de cotas do dia. d) Quantidade de cotas dividido pela quantidade de cotistas.

83 Fundos de Investimentos O valor da cota é obtido mediante a) Patrimônio líquido do dia dividido pela quantidade de cotas do dia. b) patrimônio líquido dividido pela quantidade de cotistas do dia c) patrimônio líquido do dia anterior dividido pela quantidade de cotas do dia. d) Quantidade de cotas dividido pela quantidade de cotistas. Por isso os fundos de ação cotizam em D+1, precisa esperar o fechamento.

84 Fundos de Investimentos A alíquota de imposto de renda retida periodicamente pelo administrador de um fundo de investimento, com carteira de prazo médio inferior a 365 dias, será de a) 20% b) 15% c) 22,5% d) 17,5%

85 Fundos de Investimentos A alíquota de imposto de renda retida periodicamente pelo administrador de um fundo de investimento, com carteira de prazo médio inferior a 365 dias, será de a) 20% b) 15% - Isto é para qualquer fundo (exceto ações e curto prazo) c) 22,5% - O come cotas é cobrado pela menor alíquota possível da tabela regressiva d) 17,5% - O come cotas é cobrado pela menor alíquota possível da tabela regressiva O imposto retido semestralmente é o come cotas. O come cotas retém o menor valor de alíquota de todos os fundos (exceto ações). Este valor é sempre 15%, exceto para curto prazo, que a menor alíquota possível é 20%.

86 Fundos de Investimentos Seu cliente aplicou em um fundo DI de longo prazo no mês de fevereiro e resgatou suas cotas 150 dias depois. No resgate, a incidência do imposto de renda será a) 20% sobre o rendimento gerado desde a data da aplicação b) 22,5% sobre o rendimento produzido desde a data da aplicação, compensado o IR retido em maio. c) 20% - sobre o rendimento produzido entre maio e a data do resgate. d) 22,5% - sobre o rendimento produzido após a data da última incidência.

87 Fundos de Investimentos Seu cliente aplicou em um fundo DI de longo prazo no mês de fevereiro e resgatou suas cotas 150 dias depois. No resgate, a incidência do imposto de renda será a) 20% sobre o rendimento gerado desde a data da aplicação. A alíquota para 150 dias é de 22,5% b) 22,5% sobre o rendimento produzido desde a data da aplicação, compensado o IR retido em maio. c) 20% - sobre o rendimento produzido entre maio e a data do resgate A alíquota para 150 dias é de 22,5%. O come cotas retém apenas 15% para fundos de longo prazo. d) 22,5% - sobre o rendimento produzido após a data da última incidência. O come cotas retém apenas 15%, o restante é compensado na data do resgate. O come cotas é calculado pela menor alíquota do fundo (15% para longo prazo) e é uma antecipação do pagamento de impostos, que será descontado no momento do resgate.

88 Fundos de Investimentos Prazo de permanênciaAlíquota Até 180 dias22,5% De 181 dias a 360 dias20,0% De 361 dias a 720 dias17,5% Acima de 720 dias15,0% A alíquota é cobrada sobre o rendimento produzido, menos o que foi pago antecipadamente pelo come cotas.

89 Fundos de Investimentos A tributação de um fundo de investimento em Fundo de Curto Prazo sem carência, resgatado 25 dias após a aplicação, será de a) Imposto de Renda, alíquota de 20%. b) IOF + Imposto de Renda, alíquota de 22,5%. c) Imposto de Renda, alíquota de 22,5%. d) IOF + Imposto de Renda, alíquota de 20%.

90 Fundos de Investimentos A tributação de um fundo de investimento em Fundo de Curto Prazo sem carência, resgatado 25 dias após a aplicação, será de a) Imposto de Renda, alíquota de 20% - até 180 dias a alíquota de imposto de renda é de 22,5% b) IOF + Imposto de Renda, alíquota de 22,5%. c) Imposto de Renda, alíquota de 22,5%. - Menos de 30 dias tem IOF (exceto ações). d) IOF + Imposto de Renda, alíquota de 20%. - até 180 dias a alíquota de imposto de renda é de 22,5% O IOF e cobrado pela tabela regressiva durante o prazo de 30 dias (exceto fundo de ações). Visa evitar especulações de curtíssimo prazo com títulos públicos.

91 Fundos de Investimentos A classe de Fundo de Investimento que pode utilizar derivativos somente como estratégia de proteção (ou hedge): a) Multimercado b) Ações c) Referenciado d) Renda Fixa

92 Fundos de Investimentos A classe de Fundo de Investimento que pode utilizar derivativos somente como estratégia de proteção (ou hedge): a) Multimercado - pode assumir risco, portanto, pode alavancar. b) Ações - pode assumir risco, portanto, pode alavancar. c) Referenciado d) Renda Fixa - pode assumir risco, portanto, pode alavancar. Referenciado é um dos fundos mais conservador do mercado e não pode assumir riscos além do risco soberano e de títulos de baixíssimo risco.

93 FIM

94 Fundos de Investimentos Um investidor adquiriu cotas de um fundo de renda fixa que adota a conversão pela cota de fechamento de aplicação e resgate. Ocorre uma elevação na taxa de juros de mercado e ele pede regate imediatamente para evitar perda provocada pela desvalorização da cota. Esse investidor a) conseguiu evitar a perda b) não conseguiu evitar a perda c) não pode pedir resgate d) depende do horário do pedido do resgate, conseguiu evitar a perda

95 Fundos de Investimentos Um investidor adquiriu cotas de um fundo de renda fixa que adota a conversão pela cota de fechamento de aplicação e resgate. Ocorre uma elevação na taxa de juros de mercado e ele pede regate imediatamente para evitar perda provocada pela desvalorização da cota. Esse investidor a) conseguiu evitar a perda – apenas se fosse cota de abertura ele conseguiria evitar a perda b) não conseguiu evitar a perda c) não pode pedir resgate - fundo aberto pode d) depende do horário do pedido do resgate, conseguiu evitar a perda – fundo deve ser cotizado por dia, não por hora. Os fundos podem usar a cota de abertura ou de fechamento. A cota de fechamento evita que um investidor se beneficie, prejudicando outros. Na cota de abertura pode existir perda. Por isso, apenas fundos de curto prazo e referenciado podem usar esta cota. Renda fixa não pode A ANBIMA VISA PROTEGER O INVESTIDOR!

96 Fundos de Investimentos Um fundo multimercado deverá ter sua carteira composta por a) mínimo 80% em títulos públicos federais e máximo de 20% em ações b) mínimo 50% em títulos públicos federais e máximo de 50% em renda fixa c) títulos de renda fixa, renda variável e derivativos, de acordo com seu regulamento. d) máximo 80% em títulos de renda fixa e mínimo de 20% em ações

97 Fundos de Investimentos Um fundo de investimento com mais de 50% da carteira em risco privado deve a) ser distribuído apenas a investidores qualificados b) acolher a assinatura eletrônica do cotista no próprio termo de adesão. c) exigir valor mínimo de aplicação de R$ 25 mil d) conter a expressão crédito privado na denominação do fundo.

98 Fundos de Investimentos Um fundo de investimento com mais de 50% da carteira em risco privado deve a) ser distribuído apenas a investidores qualificados – qualquer pessoa pode avaliar o risco do crédito privado. b) acolher a assinatura eletrônica do cotista no próprio termo de adesão. – não pode ser eletrônica e é no termo de ciência do risco. c) exigir valor mínimo de aplicação de R$ 25 mil – não protege o investidor d) conter a expressão crédito privado na denominação do fundo. A ANBIMA quer proteger o investidor. O fundo deve avisar do risco

99 Fundos de Investimentos A assembléia geral de cotistas deve deliberar sobre. a) propaganda a ser vinculada em jornais e revistas b) alteração da política de investimentos taxas a serem pagas pelos cotistas. c) nível de risco aceitável a ser assumido pelo fundo d) setores da economia potenciais para compor parcela das ações

100 Fundos de Investimentos A assembléia geral de cotistas deve deliberar sobre. a) propaganda a ser vinculada em jornais e revistas – função do distribuidor b) alteração da política de investimento e taxas a serem pagas pelos cotistas. c) nível de risco aceitável a ser assumido pelo fundo – previsto no regulamento d) setores da economia potenciais para compor parcela das ações – decisão do gestor Além destes dois itens, a assembléia pode decidir sobre a troca do gestor e do administrador do fundo.

101 Fundos de Investimentos A alavancagem é uma estratégia de investimento mediante a qual o gestor aumenta os riscos da carteira em busca de rentabilidade superior à de mercado. Para implantar essa estratégia ele deve comprar a) Títulos emitidos por empresas do setor privado sem classificação da agência de classificação de risco. b) Ações com elevado potencial de retorno, selecionadas entre as menos negociadas c) Alongar o prazo médio dos títulos de taxa prefixada, ficando mais exposto ao risco de elevação da taxa de juros d) Contrato de derivativos, assumindo uma posição de risco maior do que o patrimônio do fundo

102 Fundos de Investimentos A alavancagem é uma estratégia de investimento mediante a qual o gestor aumenta os riscos da carteira em busca de rentabilidade superior à de mercado. Para implantar essa estratégia ele deve comprar a) Títulos emitidos por empresas do setor privado sem classificação da agência de classificação de risco. b) Ações com elevado potencial de retorno, selecionadas entre as menos negociadas c) Alongar o prazo médio dos títulos de taxa prefixada, ficando mais exposto ao risco de elevação da taxa de juros d) Contrato de derivativos, assumindo uma posição de risco maior do que o patrimônio do fundo Todas as estratégias aumentam o potencial de retorno e conseqüentemente o risco, mas alavancagem são operações com derivativos. Alavancagem é a única estratégia em que o investidor pode perder mais do que aplicou.

103 Fundos de Investimentos Um fundo investimento com menos de 67% em ações está sujeito à incidência do imposto de renda a) a cada 30 dias, ou no resgate, o que ocorrer primeiro b) no último dia útil de cada mês, ou no resgate, o que ocorrer primeiro. c) no último dia útil dos meses de maior e novembro, ou no resgate, o que ocorrer primeiro. d) somente no resgate

104 Fundos de Investimentos Um fundo investimento com menos de 67% em ações está sujeito à incidência do imposto de renda a) a cada 30 dias, ou no resgate, o que ocorrer primeiro b) no último dia útil de cada mês, ou no resgate, o que ocorrer primeiro. c) no último dia útil dos meses de maio e novembro, ou no resgate, o que ocorrer primeiro. d) somente no resgate Regra de come cotas.

105 Fundos de Investimentos Investidor mantém seus recursos em dois fundos de investimento – renda fixa e ações. No mês de novembro, percebeu uma mudança na quantidade de cotas do fundo de renda fixa, sem ter realizado resgates, enquanto do fundo de ações não ocorreu alteração e deseja saber de você porque. Você explica a) cobrou taxa de performance e o fundo de ações não b) cobrou imposto de renda (via come cotas) e o fundo de ações não, pois neste fundo a tributação ocorre apenas no resgate c) teve cobrança de IR – come cotas, mas houve problemas no sistema e por isso não foi cobrado o IR do fundo de ações. d) Teve uma valorização maior devido a marcação a mercado enquanto a cota do fundo de ações caiu.

106 Fundos de Investimentos Investidor mantém seus recursos em dois fundos de investimento – renda fixa e ações. No mês de novembro, percebeu uma mudança na quantidade de cotas do fundo de renda fixa, sem ter realizado resgates, enquanto do fundo de ações não ocorreu alteração e deseja saber de você porque. Você explica a) cobrou taxa de performance e o fundo de ações não b) cobrou imposto de renda (via come cotas) e o fundo de ações não, pois neste fundo a tributação ocorre apenas no resgate c) teve cobrança de IR – come cotas, mas houve problemas no sistema e por isso não foi cobrado o IR do fundo de ações. d) Teve uma valorização maior devido a marcação a mercado enquanto a cota do fundo de ações caiu.


Carregar ppt "Fundos de Investimentos 1.Um fundo de investimento com administração ativa tem como característica: a) seu objetivo é acompanhar o benchmark; b) seu objetivo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google