A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aluna: Carla Rocha Leão Orientador: Prof. Esp. José Luis de Oliveira Freire Orientador (empresa): Eng. Luiz Alex de Oliveira Gomes INSTITUTO DE ENSINO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aluna: Carla Rocha Leão Orientador: Prof. Esp. José Luis de Oliveira Freire Orientador (empresa): Eng. Luiz Alex de Oliveira Gomes INSTITUTO DE ENSINO."— Transcrição da apresentação:

1 Aluna: Carla Rocha Leão Orientador: Prof. Esp. José Luis de Oliveira Freire Orientador (empresa): Eng. Luiz Alex de Oliveira Gomes INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR FUCAPI ENGENHARIA DE COMUNICAÇÕES MODEM ADSL: PROCESSO DE MANUFATURA

2 O que é o Digital Subscriber Line (xDSL)? Tipos de xDSL Benefícios Modelo da infraestrutura ADSL Divisão do Canal Modulações Utilizadas Processo de montagem do modem ADSL Conclusão Introdução 2

3 O que é o Digital Subscriber Line ( xDSL)? 3 É uma tecnologia de rede de acesso de banda larga que permite o acesso à Internet e a redes remotas em banda larga utilizando a base de linhas telefônicas já instaladas. Não é necessária a instalação de linhas dedicadas.

4 4 Acesso de banda larga Tipo de DSL Velocidade de Envio Max. Velocidade de Recepção Max. Distância Max. Linhas Necessárias Suporte Telefônico ADSL800 kbit/s8 Mbit/s5,500 m1Sim HDSL1,54 Mbit/s 3,650 m2Não RDIS144 kbit/s 10,700 m1Não MSDSL2 Mbit/s 8,800 m1Não RADSL1 Mbit/s7 Mbit/s5,500 m1Sim SDSL2,3 Mbit/s 6,700 m1Não VDSL16 Mbit/s52 Mbit/s1,200 m1Sim

5 5 Benefícios Serviço always-on Telefone / Internet simultâneos 25x mais rápido que dial-up Conexão dedicada e veloz Custo efetivo Downloads mais rápidos Não há sinal de ocupado A conexão não cai

6 Modelo da infraestrutura ADSL 6

7 Divisão do Canal 7 Cria três canais de informação: um canal downstream de alta velocidade um canal duplex de velocidade média e um POTS. Cada canal pode ser multiplexado para formar múltiplos canais de baixa taxa de transferência. Isto pode ser feito por FDM ou Cancelamento de Eco.

8 8 Multiplexação por Divisão de Freqüência (FDM) uma banda para downstream e outra para upstream os caminhos downstream e upstream são multiplexados

9 9 Cancelamento de ECO a banda upstream sobrepõe a banda downstream objetiva otimizar a utilização da largura de banda

10 10 Modulações Utilizadas As modulações utilizadas entre o ATU-R (Modem) e o ATU-C (DSLAN): CAP: Carrierless amplitude/phase modulation (Propriedade AT&T); DMT: Discrete Multitone Ambas as técnicas permitem transmissão eficiente em presença de ruído, diafonia, imperfeições de linha.

11 11 Discrete Multitone (DMT) O serviço ADSL ocupa a banda a partir de 25 khz (6 x 4,3125=25,875 kHz) Atribuição dos subcanais: Subcanais 1 a 6 - voz analógica (0 a 4 kHz) Subcanais 7 a 38 - canais ascendentes (25Khz a 138Khz) Subcanais 7 a canais descendentes c/ cancelador de eco (200Khz a 1.1Mhz) Subcanais 39 a canais descendentes s/ cancelador de eco (138Khz a 1.1Mhz)

12 12 REPARO TESTE APROVADO RASTREABILIDADE Fluxo do processo de montagem do modem ADSL POSICIONAMENTO REPARO 1. INSERÇÃO AUTOMÁTICA PLACA DE CIRCUITO IMPRESSO COMPONETES APLICAÇÃO DE PASTA DE SOLDA INSPEÇÃO FINAL APROVADO NÃO 2. MONTAGEM MANUAL SIM FORNO DE REFUSÃO COMPONETES MÁQUINA DE SOLDA ETIQUETAGEM RIP TESTE PRÉ TESTE NÃOSIM INSPEÇÃO FINAL APROVADO EMBALAGEM INÍCIO FIM

13 13 Processos Surface Mount Device (SMD)

14 14 PASTA DE SOLDA STENCIL PASTA DE SOLDA STENCIL Pasta de solda aplicada no stencil

15 15 Processos de inserção manual e soldagem

16 16 Fluxo de teste – Rip test Escanear prefixo da etiqueta MAC TMM MAC & S/N Escanear Código de acesso do Modem e Gerenciar a senha de segurança remota Programar MAC Programar S/N Programar conteúdo do RIP Fim Início

17 17 Rip Teste

18 18 Pré Teste

19 19 CONCLUSÃO

20 OBRIGADA!


Carregar ppt "Aluna: Carla Rocha Leão Orientador: Prof. Esp. José Luis de Oliveira Freire Orientador (empresa): Eng. Luiz Alex de Oliveira Gomes INSTITUTO DE ENSINO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google