A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BPMO Escritório de Processos Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT 19 de junho de 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BPMO Escritório de Processos Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT 19 de junho de 2009."— Transcrição da apresentação:

1 BPMO Escritório de Processos Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT 19 de junho de 2009

2 Agenda Definições Tipos de Processos BPM Escritório de Processos Escritório de Processos x Escritório de Projetos

3 Definições de Processo Conjunto de atividades interrelacionadas que transforma insumos (entradas) em produtos (saídas) –ISO Uma sequência de passos executados para um dado propósito –IEEE STD-610

4 Visão funcional x Visão por processo

5 Cadeia de Valor Agregado Modelo que representa a visão sistêmica dos processos organizacionais, para que se tenha uma macrovisão de encadeamento dos macroprocessos

6 Modelagem de Processos Mapeamento –Levantamento e diagramação do processo como ele é executado hoje (as is) Redesenho –Proposta de otimização do processo (to be) –Racionalização do fluxo de trabalho

7 Tipos de Processos (visão TI) Processos de TI –Manutenção de sistemas –Backup de dados Processos de Negócio –Venda de selos na agência de Correios Processos de Negócio habilitados pela TI (IT-enabled business process) –Venda de ingressos de teatro por cartão de crédito na Internet ?

8 BPM Business Process Management Gestão de Processos de Negócio –Metodologia e processo de gestão –Arquitetura de processos, políticas e padrões –Estruturas, papéis e responsabilidades

9 Iniciativas de BPM

10 BPM Framework

11 Maturidade em BPM

12 Avaliação de Maturidade em BPM

13 BPMO – BPM Office ou Escritório de Processos

14 Fatores que influenciaram a criação do conceito do Escritório de Processos A evolução do tratamento dos processos de negócios, que passaram a ser entendidos de uma forma mais científica O surgimento de tecnologias que viabilizaram o seu tratamento Os projetos de workflow que esbarravam na necessidade de se ter processos mais estruturados e otimizados A perda do trabalho gerado em cada levantamento para informatização, automação, qualidade ou análise de risco O amadurecimento do conceito da Gestão de Mudanças que afeta todos os níveis da organização

15 Atuação do Escritório de Processos CPIO – Chief Process and Information Officer

16 Benefícios do Escritório de Processos Melhoria dos tempos e dos movimentos Melhoria da eficiência e da eficácia Melhoria do desempenho das equipes de produção Redução de custos de atividades Melhoria do time-to-market para novos produtos Melhoria dos serviços para os clientes Melhoria da qualidade dos produtos Melhoria da gestão das competências dos colaboradores Aumento da satisfação dos colaboradores Aumento da qualidade do processamento dos pedidos Promove a Governança de Processos!

17 Objetivos gerais: –Coordenar a implantação da cultura de processos; –Promover a melhoria contínua dos processos; –Normatizar os esforços de melhoria dos processos; Objetivos específicos: –Metodizar e padronizar a documentação de processos; –Melhorar a gestão dos projetos de redesenho de processos; –Controlar a produtividade e os riscos dos processos; –Suportar a cultura interna para o tratamento dos processos; –Suportar as iniciativas do uso de tecnologia para processos; –Desenvolver e difundir internamente a metodologia e as melhores práticas de gestão por processos –Orientar na formulação dos indicadores de desempenho dos processos –Promover a auto-avaliação dos processos, explicitando a contribuição dos mesmos para o alcance dos objetivos estratégicos –Subsidiar o planejamento estratégico no que diz respeito à otimização da utilização dos recursos –Proporcionar e fomentar a integração entre os processos –Identificar oportunidades de melhorias nos sistemas de informação existentes, buscando a integração dos mesmos –Suportar a geração de conteúdo referente a capacitação dos envolvidos nos processos da empresa –Alinhar os processos de negócio com a estratégia corporativa –Formalizar os processos de negócios de forma unificada e padronizada para toda a companhia, independente de localidade ou idioma –Padronizar e harmonizar os processos de negócios entre localidades distintas –Identificar variações dos processos entre localidades distintas –Reduzir os custos e tempos para replicação e reutilização dos processos e tecnologias em outras localidades e em processos de expansão Objetivos do Escritório de Processos

18 Estrutura do Escritório de Processos

19 Matriz RACI do Escritório de Processos

20 Roadmap para Implantação de um Escritório de Processos

21 Outsourcing de Escritório de Processos

22 Os Processos e os Projetos Um Projeto é um empreendimento temporário com o objetivo de criar um produto ou serviço único. Um Processo é uma cooperação de atividades distintas para a realização de um objetivo global, orientado para o cliente final que lhes é comum.

23 Os Processos de Projeto

24 Os Projetos de Processos

25 Escritório de Projetos x Escritório de Processos

26 Interfaces do Escritório de Processos e Projetos

27 Inserção dos Escritórios

28 BPMO Escritório de Processos Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT 19 de junho de 2009


Carregar ppt "BPMO Escritório de Processos Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT 19 de junho de 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google