A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Debian Gerência de Memória. Utilização de memória e Swapping O kernel Linux sempre utiliza a maior quantidade de memória RAM possível; Dados não são apagados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Debian Gerência de Memória. Utilização de memória e Swapping O kernel Linux sempre utiliza a maior quantidade de memória RAM possível; Dados não são apagados."— Transcrição da apresentação:

1 Debian Gerência de Memória

2 Utilização de memória e Swapping O kernel Linux sempre utiliza a maior quantidade de memória RAM possível; Dados não são apagados imediatamente após o encerramento da execução; Agilidade na execução; Quando não há mais espaço suficiente: Swapping; Envelhecimento e rejuvenescimento de informações;

3 Proteção O kernel Linux divide e separa os processos carregados na memória RAM como processos do kernel e processos do usuário.

4 Mapeamento de memória Processos em execução divididos em páginas, nem todas estão realmente na memória física; Endereços virtuais agilizam o acesso à memória; Mapeamento: utilização de endereços virtuais com endereços reais(físicos); mm_struct – estrutura de dados com informações sobre o que está sendo executado e apontamentos para vm_area_structure; vm_area_structure – contém a localização exata das informações na memória (Page Frame Numbers).

5 Controle de Alocação Algoritmo Companheiro – Mantém lista de blocos; – Cada bloco tem tamanho igual a uma potência de 2; – No início, um único bloco contém toda a memória; – Para alocar: Enquanto o tamanho do processo for menor do que a metade do menor bloco divida o bloco em 2 partes – Para alocar: Se o vizinho estiver livre, recombine em um único bloco.

6 Algoritmo Companheiro

7 Vantagens: Facilita a busca de bloco livre, se for implementada com uma estrutura de árvore; Blocos sempre começam em endereços determinados. Desvantagens: Aumenta a fragmentação para processos ligeiramente maiores do que uma potência de 2. A fragmentação é resolvida pelo Kernel com um processo de desfragmentação que junta espaços preenchidos de memória que são categoricamente semelhantes.

8 Memória Cache Otimizar e agilizar o acesso às informações; Buffer Cache: operações de E/S; Page Cache: torna mais rápido o acesso a vários tipos de informação no disco; Swap Cache: apenas páginas da memória modificadas são salvas na memória virtual física.

9 Memória Virtual (Swap) Consiste em reservar uma parte do HD para ser uma extensão da memória RAM; Memória virtual = RAM + SWAP; Quando é necessário esvaziar parte da RAM, os processos mais envelhecidos (swapping) são transferidos para o disco (partição swap)

10 Paginação Sob Demanda Traz uma página para a memória somente quando ela é necessária. – Necessita de menos E/S – Ocupa menos memória – Resposta mais rápida – Permite mais usuários

11 Paginação Sob Demanda Similar ao swapping, mas o sistema não traz todo o processo para a memória, apenas as paginas requeridas. Pode aumentar o numero de acessos a disco. Um processo pode precisar de várias páginas durante sua execução. Quando uma página não é encontrada na memória principal, uma exceção chamada de falta de página é capturada.

12 Paginação Sob Demanda O tratador de falta de página, no kernel realiza as seguintes tarefas: – Localizar a página no disco; – Escolher o frame para armazenar a memória física; – Atualiza a tabela de páginas; – Reinicia a execução do programa.

13 Paginação Sob Demanda Um processo é dividido em uma série de páginas. Isto informa onde estão as páginas do processo. O bit de válido/inválido indica se a página já está presente na memória ou se ainda está no disco

14 Referências bibliográficas estrutura-basica-do-kernel-linux/ oad/solinux2.pdf sobre-os-tipos-de-gerenciamento-do-SO- Linux?pagina=2


Carregar ppt "Debian Gerência de Memória. Utilização de memória e Swapping O kernel Linux sempre utiliza a maior quantidade de memória RAM possível; Dados não são apagados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google