A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os Desenhos (Parte I) Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE UNIVERSIDADE KIMPA VITA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os Desenhos (Parte I) Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE UNIVERSIDADE KIMPA VITA."— Transcrição da apresentação:

1 Os Desenhos (Parte I) Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE UNIVERSIDADE KIMPA VITA

2 Representação de Desenhos Tópico: Os Desenhos (Conceitos Básicos)

3 Representação de Desenhos Formatos de desenhos: representação no espaço de objetos = representação vetorial (geométrica); primitiva gráfica - unidade de dado geométrico; entidade gráfica - primitiva ou coleção de primitivas.

4 Representação de Desenhos Processamento de modelos geométricos: metarquivos gráficos: arquivos de desenho acessíveis a aplicativos; conversão de varredura: desenho imagem; vetorização: imagem desenho.

5 Representação de Desenhos Formatos de meta-arquivos gráficos: CGM: padrão independente de fabricante; DXF: formato 3D do Autocad, com subconjunto 2D; WMF: padrão do Windows; EMF: formato avançado do Windows.

6 Representação de Desenhos Formatos de arquivos de impressão: PS ou PRN: para dispositivos Postscript; EPS: versão encapsulada da linguagem Postscript; HPGL ou PLT: para plotters compatíveis com HP.

7 Representação de Desenhos Vantagens dos arquivos vetoriais: tamanho menor que o dos arquivos de imagem; conservação da precisão nas ampliações; a maioria das operações de processamento é feita de forma muito mais fácil e eficiente.

8 Representação de Desenhos Problemas dos arquivos vetoriais: inadequação para imagens naturais; aspecto dependente do programa e do dispositivo de exibição; tempo para exibição proporcional à complexidade do modelo.

9 Representação de Desenhos Funções de um editor gráfico 2D: criação de primitivas; alteração de atributos; construção de estruturas gráficas; transformações lineares e não-lineares; visualização.

10 Representação de Desenhos Primitivas geométricas - descritíveis por fórmulas matemáticas: lineares (de primeiro grau); quadráticas (de segundo grau); cúbicas (de terceiro grau).

11 Representação de Desenhos Primitivas não-geométricas: áreas: mapas de pixels embutidos nos desenhos; textos: criados como texto artístico ou importados de processadores de texto.

12 Representação de Desenhos Primitivas não-lineares:

13 Representação de Desenhos Primitivas bidimensionais lineares: reta - par de pontos; poligonal - seqüência aberta de pontos; polígono - seqüência fechada de pontos (pode ter interior); retângulo - caso particular de polígono.

14 Representação de Desenhos Primitivas lineares:

15 Representação de Desenhos Primitivas bidimensionais quadráticas: primitiva básica - elipse; círculo - caso particular da elipse; combinações de formas lineares e quadráticas (por exemplo, retângulo arredondado).

16 Representação de Desenhos Curvas cúbicas: formadas por concatenação de trechos de curva descritos por polinômios do terceiro grau; tipos mais comuns: curvas de Bézier, splines; Spline - uma curva paramétrica definida por pontos de controle. curvas de Bézier - Segmento de curva definido por quatro pontos de controle conservam a curvatura nas ampliações; permitem modelagem rápida e flexível de contornos arbitrários e desenhados à mão livre. O termo spline vem da área de desenho em engenharia, em que uma spline é um pedaço de madeira ou metal flexível usado para desenhar curvas suaves.

17 Representação de Desenhos Propriedades das curvas de Bézier: os trechos são separados por nodos; a forma de cada trecho é determinada pelos pontos de controle; pontos de controle: nodos e extremidades das tangentes à curva nos nodos.

18 Representação de Desenhos Curva de Bézier:

19 Representação de Desenhos Atributos dos textos (a ser tratado posteriormente): fontes; tamanhos das fontes; estilos (negrito, itálico, sublinhado); alinhamento; posição e orientação.

20 Representação de Desenhos Transformações bidimensionais: transformações lineares - descritíveis por fórmulas matemáticas do primeiro grau; transformações não-lineares - não-descritíveis por fórmulas matemáticas do primeiro grau.

21 Representação de Desenhos Transformações lineares: translações; rotações; mudanças de escala; cisalhamentos.

22 Representação de Desenhos Translação:

23 Representação de Desenhos Mudança de escala uniforme:

24 Representação de Desenhos Mudança de escala diferencial:

25 Representação de Desenhos Rotação:

26 Representação de Desenhos Cisalhamento:

27 Representação de Desenhos Aplicação das transformações lineares: modificação do aspecto de primitivas e grupos; repetição de primitivas e grupos; representação do movimento; transformações de visualização.

28 Representação de Desenhos Visualização bidimensional: operações de redução e ampliação; recorte: eliminação das partes da figura externas a uma figura de recorte; pré-visualização: visualização mais aproximada da figura impressa.

29 Representação de Desenhos Transformações não-lineares: usadas para efeitos especiais; operações pseudotridimensionais: extrusão, falsa perspectiva etc; deformações não-lineares: envoltórias, metamorfoses etc.

30 Representação de Desenhos Transformações não-lineares:


Carregar ppt "Os Desenhos (Parte I) Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE Prof. AMOUSSOU DOROTHÉE UNIVERSIDADE KIMPA VITA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google